Aula DE CIENCIAS POLITICAS

399 visualizações

Publicada em

CIENCIAS POLITICAS

Publicada em: Economia e finanças
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
399
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
15
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula DE CIENCIAS POLITICAS

  1. 1. homens e base física norma jurídicas, organização e poder o bem comum, o progresso, a cultura
  2. 2. g NECESSIDADE DE ORGANIZAÇÃO, NASCE A: Daí o surgimento dos governantes e da politica propriamente dita.
  3. 3. SEGUNDO PARÁGRAFO
  4. 4. O autor nos ensina que as relações políticas não se dão apenas com a política institucionalizada, ou seja, estatal. Que nós seres humanos somos políticos, praticamos política no nosso dia-a-dia, uma vez que, quer seja no âmbito institucional, quer seja nas relações sociais do cotidiano estamos promovendo relações de poder, que para nosso autor é uma atividade política fundamental. Portanto, para Wolfgang Leo Maar, dentro de uma sociedade que objetiva o poder, existem diversas formas de política.
  5. 5. A política implica autoridade e Governo. Buscaram definir a Ciência política como uma Disciplina que se dedicaria Ao estudo da formação e da Divisão do poder
  6. 6. Não há estudioso da política que não parta de alguma maneira, direta ou indiretamente, de uma definição de poder ou de uma análise do fenômeno do poder
  7. 7. O uso do poder implica em muita das vezes o uso direto da força física. “Ainda conclui que, o poder está presente em quase todas as relações sociais” incluindo aquela que existe entre o empregado e o empregador
  8. 8. É aquele que utiliza a posse de bens socialmente necessários para induzir os que não possuem a adotar certos comportamentos, por exemplo: realizar determinado trabalho.
  9. 9. • É aquele que utiliza de posse de certas ideias, valores , doutrinas, para influenciar a conduta alheia, induzindo as pessoas a determinados modos de pensar e agir.
  10. 10. • É aquele que utiliza das posse dos meios de coerção social, isto é, o uso da força física considerada legal ou autorizada pelo direito da sociedade vigente.
  11. 11. • Para Bobbio, é o poder político, cujo meio específico de atuação consiste na possibilidade de utilizar a força física legalizada para condicionar comportamentos: • [...]o poder político é, em toda sociedade de desiguais, o poder supremo, ou seja, o poder ao qual todos os demais estão de algum modo subordinados. (Bobbio e outros. Dicionário de política.)
  12. 12. Tópico 6, pág. 9,10,11,12
  13. 13. Nas sociedades modernas pode-se dizer que cabem ao Estado três finalidades • garantir a soberania • promover o bem-estar social • manter a ordem
  14. 14. O Estado antes de atingir a forma definitiva de um governo organizado sobre um território desenvolveu-se a partir de uma organização muito rudimentar. tribal militar industrial
  15. 15. PAG. 13 E 14.
  16. 16. FILOSOFIA E CIÊNCIA POLÍTICA Apesar de a Ciência Política ter como objeto o poder político, não foi com a sua construção que se iniciou os estudos a cerca do fenômeno político Bobbio (1997.p.55) afirma: .
  17. 17. Segundo Bobbio (1997), na são compreendidos três tipos de investigações: • Da melhor forma de governo ou da ótima república • Do fundamento do Estado ou do poder político • Da essência da categoria do político ou da politicidade, com a prevalecente disputa sobre a distinção entre ética e política.
  18. 18. Bobbio (1997) entende por uma investigação no campo da vida política capaz de satisfazer três condições: • O princípio de verificação ou de satisfação como critério de aceitabilidade de seus resultados; • O uso técnico da razão que permitam dar uma explicação causal em sentido forte ou mesmo em sentido fraco do fenômeno investigado; • A abstenção ou abstinência de juízos de valor, a assim “chamada avaloratividade
  19. 19. Está preocupa com os fundamentos do poder político e a reflexão sobre “boas ou más” formas de governo Por sua preocupação central está em compreender e explicar os fenômenos políticos, por meio da análise sistemática da forma como eles se apresentam nas diversas sociedades e nos tempos históricos mais variados
  20. 20. As instituições políticas são instituições que dão resposta a organização social DEMOCRACIA MONARQUIA AUTORITARISMO
  21. 21. A foi um processo complexo, que durou cerca de 10 anos (1789-1799). Teve como marco inicial a Queda da Bastilha (1789) e foi de suma importância para a organização das ideias políticas da nova classe em ascensão, a burguesia
  22. 22. Foi responsável por uma revolução social, pois conseguiu derrubar a monarquia e instalar a nova base política – o sistema capitalista. Fundamentados nos ideais de “ ”
  23. 23. Os partidos políticos são organizações voluntárias que ligam as a seu . Os partidos recrutam e fazem campanha para os elegerem a cargos públicos e mobilizam as para participarem na escolha dos
  24. 24. O partido da maioria (ou o partido eleito para controlar os ministérios do governo) ou (partido da situação ou direita) procura decretar leis sobre muitas políticas e programas diferentes Os partidos de oposição ou esquerda são livres para criticar as ideias políticas do partido da maioria e apresentam as suas próprias propostas.
  25. 25. Pag. 23 a 27

×