Cartilha de Segurança Residencial

2.846 visualizações

Publicada em

Para melhorar a segurança do cidadão paranaense, a Polícia Militar do Paraná desenvolveu recentemente pesquisas em residências onde ocorreram delitos contra o patrimônio, verificando, nas residências pesquisadas, o que havia de comum entre elas, para saber o que nelas gerava atratividade para criminosos. Os resultados dessa pesquisa serviram de base, entre outros estudos, para as informações constantes neste trabalho. Este pequeno manual traz informações básicas necessárias para uma boa prevenção por parte de cada cidadão, seja nos espaços públicos ou privados nos quais convive e, principalmente, sobre os quais pode e deve ter influência, para melhorar a segurança de todos. A maior parte das medidas aqui propostas é simples e não requer gastos, pois se sugere acima de tudo mudanças de atitudes que oportunizam a ocorrência do delito. Na pesquisa, 48% dos entrevistados admitiu que a estrutura da sua residência permitiu a ação do criminoso e 36% afirmaram que atitudes suas (dos moradores da residência vitimada) facilitaram a ação do criminoso.

O manual é divido nos seguintes tópicos:

1. Noções Gerais
2. O espaço privado - sua primeira linha de defesa
2.1. A sua residência
2.1.1. Área interna
2.1.2. Área externa
2.2. Quando for construir ou reformar
2.3. Quando for se mudar
3. O espaço público - seu espaço avançado de segurança

A cartilha está disponível também, para visualização e download, através do link: http://www.seguranca.pr.gov.br/arquivos/File/CARTILHA_SEGURANCA_RESIDENCIAL.pdf

NÚMEROS DE SEGURANÇA

190 POLÍCIA MILITAR
181 DISQUE DENÚNCIA
41 3219-8600 Delegacia da Mulher Polícia Civil/PR
41 3338-1832 Centro de Atendimento à Mulher em Situação de Violência do Paraná
41 3221-7250 Coordenadoria dos Direitos de Cidadania/SEJU/PR

FONTE: A Secretaria de Estado da Segurança Pública do Paraná (SESP/PR)
_______________
Fone 1 (41) 3524-7418
Fone 2 (41) 3524-7421
E-mail servix@servixparana.com.br
Endereço Rua Niterói, 610
CEP 82940-270
Bairro Cajuru
Curitiba PR
www.servixparana.com.br
Soluções em serviços para sua segurança e bem-estar: Limpeza e Conservação, Portaria e Segurança, Zeladoria, Recepção, Manutenção Predial, Jardinagem.

Publicada em: Negócios
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.846
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
606
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
146
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Cartilha de Segurança Residencial

  1. 1. 1
  2. 2. 2
  3. 3. 3Para melhorar a segurança do cidadão paranaense, a Polícia Mili-tar do Paraná desenvolveu recentemente pesquisas em residênciasonde ocorreram delitos contra o patrimônio, verificando, nas resi-dências pesquisadas, o que havia de comum entre elas, para sa-ber o que nelas gerava atratividade para criminosos. Os resultadosdessa pesquisa serviram de base, entre outros estudos, para asinformações constantes neste trabalho.Este pequeno manual traz informações básicas necessárias parauma boa prevenção por parte de cada cidadão, seja nos espaçospúblicos ou privados nos quais convive e, principalmente, sobre osquais pode e deve ter influência, para melhorar a segurança detodos. A maior parte das medidas aqui propostas são simples enão requerem gastos, pois se sugere acima de tudo mudanças deatitudes que oportunizam a ocorrência do delito.Na pesquisa, 48% dos entrevistados admitiu que a estrutura dasua residência permitiu a ação do criminoso e 36% afirmaram queatitudes suas (dos moradores da residência vitimizada) facilitarama ação do criminoso.Introdução
  4. 4. 4
  5. 5. 5Noções gerais1 A seguir apresentamos sugestões de providências a serem tomadas,visando reduzir a probabilidade do acontecimento de delitos, com mo-dificações no comportamento das pessoas e na estrutura das residên-cias, melhorando a segurança de todos (as).A estrutura de cada residência deverá dar ao eventual delinquente asensação de que é constantemente observado e de que poderá sercapturado a qualquer instante.Vigilância natural é a possibilidade de ver e ser visto. Quanto maior avigilância natural, menor a possibilidade de ocorrer delitos.CRIMINOSO VÍTIMASOPORTUNIDADE
  6. 6. 6Sempre poderá haver vítimas e criminosos. O que nós podemosreduzir drasticamente é a oportunidade.O delinquente na maior parte das vezes:Não leva consigo ferramentas, mas pode carregar uma arma.Sempre antes de agir se pergunta: – estou sendo observadopor alguém?É um hábil escalador.Segue sempre a “lei do menor esforço”.Não se preocupa em criar oportunidades e sim aproveitar asque se apresentam.
  7. 7. 7Como norma geral de segurança pense na sua casa como umasérie de perímetros de proteção que você coloca entre o quequer proteger e o delinquente:O espaço privado ---sua primeira linha dedefesa2Por isso, percorra todo o perímetro interno e externo da sua resi-dência, verificando a segurança que oferecem.CONTENÇÃOEFICIENTEPORTASREFORÇADASVOCÊ E SUA FAMÍLIAEM SEGURANÇAILUMINAÇÃOAO ENTORNO DARESIDÊNCIAJANELASSEGURAS
  8. 8. 8Muitos intrusos ganham entrada por uma porta ou ja-nela destrancada. Na pesquisa, 12% das casas foraminvadidas porque o portão estava aberto.Se o criminoso souber que ele vai obter resultados se-melhantes entrando em sua casa em vez da casa doseu vizinho, que a entrada vai requerer menos esforçoe representa menos chance de ser preso, ele escolherásua casa.A sua residência2.1.
  9. 9. 9Em 9% dos casos de delito em residências, o crimeocorreu porque havia muros ou grades deficientes nelase 26% das vítimas não tomaram providências para me-lhorar a segurança depois do delito.Faça sua casa parecer de difícil acesso para ele e vocêterá menos probabilidade de se tornar uma vítima.Uma casa que parece permanentemente ocupada de-sencorajará a maioria dos criminosos nela interessados.A segurança de sua residência é tão forte quanto o pon-to mais fraco dela. Detecte qual é o seu ponto fraco eo fortaleça.2.1.1. Área interna
  10. 10. 10c.d.Lembre-se: sua porta só serve como dispositivo desegurança enquanto ela estiver fechada.Não confie no sistema de engate de uma correnteque permite uma pequena abertura da porta. Nor-malmente sua resistência é bastante limitada.a.b.Quanto maior o número de portas ou janelas volta-das para a frente de sua residência melhor a prote-ção, pela vigilância natural, para quem entra ou saie também para quem passa pela rua.Você sempre deve poder ver quem bate à sua porta(mesmo se morar em apartamento ou condomíniofechado). Se você não tem visualização deste pontoatravés de uma janela, instale um sistema de visua­lização externa à porta como um “olho mágico” ousimilar.Quanto à sua porta valem algumas recomendações:
  11. 11. 11e. Portas de madeira são as mais comuns, mas façaalguns testes com ela:Bata na porta e veja se ela soa “oca”. Portasexternas devem ser maciças e o mais reforça-das possível.Verifique também se ela se ajusta perfeita-mente na guarnição. Frestas maiores e portasempenadas sempre são mais fáceis de seremarrombadas.As fechaduras devem também ser o mais resis-tentes possível. As fechaduras antigas e as dotipo “de cilindro” são consideradas totalmenteobsoletas e levam poucos segundos para se-rem abertas por um ladrão experimentado.
  12. 12. 12Se a sua janela possui pequenas divisões próximasà fechadura, o barulho provocado pela quebra dovidro não será tão grande e isto poderá ser aprovei-tado pelo invasor.Existem inúmeras formas de se trancar uma janelae você deve sempre ter em mente que trancas sem-pre atrasam a ação do criminoso (ex.: um pedaçode madeira colocado no trilho de uma janela de cor-rer, que impeça a sua abertura).f. Nunca pense que uma tranca ou cadeado a maispoderia ser exagero em sua porta. Todo o sistemade trancamento conta tempo a seu favor e o tem-po trabalha contra os interesses do criminoso. Istopode significar a diferença entre sua residência serou não invadida.Quanto às janelas existem também alguns cuidados aserem tomados:a.b.c. Tome muito cuidado comjanelas muito próximas deportas, pois através delas ocriminoso pode alcançar a fe-chadura destas para abri-las.
  13. 13. 13Janelas do tipo vitrô, ainda que tenham um vãopequeno podem ser invadidas por um delinquentede pequeno porte ou por crianças (trazidas peloinvasor) que acessando o interior da casa abremportas ou janelas por dentro – uma grade resolveo problema.Dependendo do tipo da janela de correr, um orifí-cio atravessando a folha interna da janela e pene-trando até a metade da folha externa poderá servirtambém como tranca.d.e.
  14. 14. 14A instalação de sistemas de alarme não eliminaa necessidade de outras medidas de segurançacomo as aqui sugeridas.Mesmo após instalado o alarme, você deverá ga-rantir que, na sua ausência, sempre que este foracionado, um vizinho próximo chame a polícia.f. Telas instaladas contra insetos podem, ao mesmotempo, reforçar a segurança, se forem metálicas efirmemente presas à porta ou janela protegida.Quanto à utilização de alarmes cabe lembrar:a.b.Se ter um cofre em suaresidência não for in-teressante, você podeter o que se chama de“quarto forte”. O quar-to forte é um cômododa casa que tem suaestrutura, portas e ja-nelas mais reforçadas.Todo o patrimônio demaior valor é guarda-do e trancado ali nasausências mais pro-longadas.QUARTO FORTE
  15. 15. 15Tenha sempre um aparelho de telefone em seu quarto.Isto lhe permitirá acionar a polícia mais facilmente e deforma silenciosa em caso de emergência.2.1.2. Área externa2.1.2.1 Jardins e quintaisComo norma geral fortaleça a vigilância natural.
  16. 16. 16CORRETA COLOCAÇÃO DE ÁRVORES E ARBUSTOSESPINHOS(BARREIRADOLOROSA)ARBUSTOS BAIXOS REFORÇAM ACONTENÇÃO E NÃO PROJETAM SOMBRASÁRVORES COLOCADASLATERALMENTE E COMGALHOS BAIXOS PODADOS(NÃO LIMITAM A VISÃO)Plantas e arbustos espinhosos podem ser plantadospelo lado de dentro junto aos muros, grades, cercas oujanelas constituindo-se uma “dolorosa” barreira contraintrusos.
  17. 17. 17Árvores e arbustos volumosos não devem estar posicio-nados junto a janelas e/ou portas de modo que redu-zam a visibilidade, projetem sombras ou sirvam comoesconderijo para um criminoso.
  18. 18. 18Sobre a iluminação é importante destacar:Não deixe escadas ou outros objetos no quintal quefacilitem para criminoso o acesso ou saída de sua resi-dência. Peça ao seu vizinho que faça o mesmo.Jogue fora chaves velhas. Se você perder uma chave decasa, mude a fechadura imediatamente.a. Reduz o medo, dando a sensação de segurança paraa casa.b.c.d.e.f.A provisão de luz declara a presença de intrusos.Reduz as sombras eliminando eventuais encobri-mentos de invasores.Detém potenciais intrusos criando nestes um sen-timento de incerteza (melhora a vigilância natural).Todos os locais onde você para ou passa quandochega em casa devem estar iluminados, inclusive asáreas que ligam sua residência e a via pública.Esteja atento também quando você chega em casae constata que luzes externas que deveriam estaracesas não estão. Pode ter sido um apagamento in-tencional gerado por um criminoso.
  19. 19. 192.1.2.2 Muros e gradesNa pesquisa realizada, 60% dos delitos ocorreram porescalada, ou seja, pulando muros, grades ou escalandojanelas. Isso indica que uma boa forma de contenção(muros e grades) é fundamental para uma melhor segu-rança.Sempre que possível dê preferência a grades ao invésde muros, porque estas:a.b.c.d.Permitem melhor vigilância natural.São na maioria das vezes mais difíceis de transpordo que muros.Não permitem pixação.A altura, o formato e detalhes do muro, podem faci-litar o acesso ao interior da residência.ESCADA ENCOSTADA NALATERAL COM MENOR NÍVELDE VISÃO DE PROTEÇÃO QUEO PAVIMENTO INFERIOR
  20. 20. 20Tome cuidado com o suporte para lixo, ou caixas de luz,colocando junto ao muro ou grade pois pode ser usadocomo “degrau” para facilitar a transposição deles.Coloque de forma bem visível o número de sua residên-cia, tanto de dia como à noite, para facilitar a sua loca-lização, em caso de emergência, pela polícia.Se sua garagem for aberta, deverá ter sistema de ilumi-nação que abranja todo o ambiente dela, e permanecerligada à noite.2.1.2.3. GaragensGARAGEMALINHADACOM ARESIDÊNCIAGARAGEMDESALINHADACOLOCADA ÀFRENTEAMPLO RAIODE VISÃOCORRETO INCORRETORESIDÊNCIA RESIDÊNCIAGARAGEMGARAGEMRAIODEVISÃOLIMITADO
  21. 21. 21Se for fechada, sempre tranque a porta dela à noite,mesmo que a contenção de sua residência (muros ougrades) seja de boa qualidade.Seja qual for o tipo de garagem, sempre acione os dis-positivos de segurança do veículo quando estiver aliguardado, como alarmes, travas de direção e de pedal,feche os vidros e tranque as portas.Quando for construirou reformar2.2.ILUMINAÇÃO COLOCADACORRETAMENTE ABRANGETODA A ÁREA INTERNA SEMPROJEÇÃO DE SOMBRASNÚMERO DA RESIDÊNCIAILUMINADO À NOITE E EMTAMANHO VISÍVEL
  22. 22. 22Quando custo, estética e segurança, são levados emconta ainda na fase de projeto, o resultado final é muitomelhor.As entradas e saídas da edificação deverão estar vol-tadas para espaços abertos, livres e desimpedidos deobstáculos, preferencialmente para a frente do imóvel.A existência de saliências, cantos e vãos, nos murosou paredes da edificação, que dificultem ou impeçam avisualização da presença de estranhos, devem ser eli-minados.A fachada deve permitir a fácil visualização de toda aárea defronte à edificação, pelo maior número de pes-soas possível (vigilância natural).A pessoa que entra e sai da edificação deve poder terampla visão deste espaço, inclusive nos espaços deintersecção entre a área pública e a área privada.Faça planejamentos para que o projeto de construçãoou reforma observe aspectos de segurança, não ape-nas contra sinistros, mas principalmente contra delitos.a. Devem ser evitados detalhes arquitetônicos que sirvamcomo degraus para se atingir os pavimentos superiores.
  23. 23. 232.2.1. Quanto ao projeto deiluminaçãoa.b.c.O projeto deverá aproveitar ao máximo a incidência de luznatural nos espaços daquela propriedade.Procure variar os pontos de iluminação, evitando projeçãode sombras e prevendo sobreposição de luz nos locais demaior interesse.Todas as áreas de trânsito interno, entre o sistema de con-tenção (grades ou muros) e a edificação propriamente dita,deverão estar abrangidas pela luminosidade instalada.
  24. 24. 24Sempre que possível deverão haver portas e janelasvoltadas para a frente da residência, para facilitar a vi-gilância natural.Instale trancas complementares às fechaduras.TRANCACOMPLEMENTARFECHADURA COMLINGUETA LONGABATENTEREFORÇADOFECHE COM APENAS METADEDA LINGUETA PARA DENTRODO BATENTE (MAIS QUE ISSO,QUANDO FOR FORÇADA, ALINGUETA DOBRA DENTRO DAFECHADURA)2.2.2. Área internaEvite instalar portas externas sem visibilidade de quembate à porta, bem como fechaduras de baixa qualidade.
  25. 25. 25Se sua residência tiver pavimento superior e sacada,evite que esta fique encostada na parede ou muro late-ral, pois isto pode facilitar o acesso subindo pelo ladodo vizinho.Providencie também para que ela tenha janelas e por-tas resistentes e instale ali grades. Ladrões mais expe-rientes não se intimidam com a altura de um ponto seeste lhes parecer de fácil acesso.Instale um sistema de luzes que permita a iluminaçãode toda a área externa e os acessos da sua residênciapara a rua.Grades são preferíveis a muros, mas se optar por estes,evite que os muros laterais que se unem à edificaçãosejam construídos em rampa ascendente, de modo quefacilitem o acesso ao pavimento superior caminhando--se por sobre eles.2.2.3. Área externaLembre que o pavimento superior deverá ter o mesmonível de proteção do inferior. Assim se colocar gradesno pavimento inferior faça o mesmo no superior.
  26. 26. 26Tanto para grades como muros, evite que tenha deta-lhes ou barras transversais que possam ser usadascomo degraus para se pular por cima deles.VERIFIQUEA ALTURA DOMURO PELOLADO DOVIZINHOSUA CASA
  27. 27. 272.3. Quando for se mudarAntes de definir sua nova residência, observe o seguinte:a.b.Procure conversar com o antigo morador e com os vi-zinhos a fim de obter informações com referência aolocal.Verifique a presença de casas desocupadas ou terre-nos baldios nas proximidades, principalmente se conti-verem escombros ou estejam cobertos de mato.
  28. 28. 28c.d.A presença de estabelecimentos comerciais (super-mercados, farmácias, locadoras, restaurantes) quepermaneçam até tarde funcionando, melhoram a segu-rança, pois a circulação dos clientes destes aumentaa vigilância natural.Por outro lado pontos de venda de bebidas e estabe-lecimentos de lazer noturno, num raio de pelo menos400 metros, podem ocasionar perturbação do sosse-go no futuro.
  29. 29. 29g.h.Antes de fechar o negócio visite a sua futura residên-cia durante o dia e também à noite para verificar aquestão da iluminação, tranquilidade e trânsito de pe-destres (evite lugares mal iluminados e com pouca mo-vimentação de pessoas).Verifique se as calçadas são livres e permitem circu-lação de pedestres. Isto melhora a vigilância naturaldo lugar.e.f.Verifique se a residência já foi vítima de delitos contrao patrimônio e se mudanças foram feitas após isso naestrutura de segurança do imóvel.Quando se mudar, troque a fechadura das portas danova residência.
  30. 30. 30O espaço público ---seu espaço avançadode segurança3A manutenção do espaço público é fundamental para aprevenção de delitos. Assim, se não ocupamos e man-temos o espaço público o delinquente o fará.Aqui se destaca a importância da sociedade organiza-da através de associações de moradores e, principal-mente, Conselhos Comunitários de Segurança, a cobrardas autoridades públicas e também colaborar para aresolução de problemas no desenho urbano, que criemproblemas à segurança pública.Se você quer umacomunidade mais se-gura para você e suafamília, não se limiteao seu espaço priva-do, atue também paramelhorar o espaço pú-blico.
  31. 31. 31Solicite o imediato restabelecimento da iluminação públicada sua rua e mantenha a iluminação externa de sua residên-cia sempre funcionando.Acione de pronto o fone 190, quando observar pessoas es-calando os postes da rede de energia. Além de ser perigoso,poderá estar ocorrendo furto de cabos de energia, ou insta-lação de ligações clandestinas.SISTEMA DE LUZPÚBLICA E PRIVADA SECOMPLETAMJANELA FRONTALSEM OBSTÁCULOS ÀVISUALIZAÇÃO DA RUAÉ POSSÍVEL VERTODO O TRÂNSITO DEALGUÉM QUE ENTRAOU SAI DA CASAGRADES (LIVRES DEPICHAÇÃO) PERMITEMA VISIBILIDADECALÇADAS LIMPASE LIVRES PERMITEMO TRÂNSITO DEPEDESTRESARBORIZAÇÃOCOLOCADA E PODADAPARA NÃO PROJETARSOMBRASVEGETAÇÃO DOPASSEIO APARADA
  32. 32. 32Coíba brincadeiras de crianças contra a rede elétrica,como pedaços de arame jogados para dar curto circuito,bolas chutadas contra a fiação etc.Mutirões de pinturas de fachadas, recolhimento de lixoem terrenos baldios, parques e ruas, sempre são formasimportantes de se prevenir delitos.Se as árvores existentes na calçada defronte a sua re-sidência reduzirem a iluminação, solicite à prefeitura dacidade para que seja feita a poda.
  33. 33. 33Para evitar a pichação, evite ter como contenção na suaresidência, muros lisos principalmente de cor clara, poissão atrativos para pichadores.Grades, muros revestidos de pedras ou outro material ru-goso e escuro, coberto por vegetação (trepadeiras), ouencoberto por um renque de arvoredos ou outra vegeta-ção similar, desmotivam os pichadores.3.1.1. Pichação
  34. 34. 34Uma forma também frequentemente usada é ceder seumuro para que um grafiteiro faça ali uma obra de arte.Pichadores costumam respeitar o trabalho destes, nãopichando por sobre uma grafitagem.Se um ponto mais elevado da sua residência (sacadas,parte superior de marquizes, a parede logo abaixo dotelhado entre outros), aparecer pixada, verifique comoé possível subir até ali e instale dispositivo que impeçaisso. Do contrário os pichadores voltarão e depois delespoderão vir ladrões.
  35. 35. 35Quem não previne o crimecolabora com ele!ConclusãoA construção de uma sociedade mais segura é deverdo Estado, direito e responsabilidade de todos, pois
  36. 36. 36

×