Palestra jornalismo e novas tecnologias

797 visualizações

Publicada em

Palestra jornalismo e novas tecnologias

Publicada em: Educação
1 comentário
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
797
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
24
Comentários
1
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Palestra jornalismo e novas tecnologias

  1. 1. Jornalismo e tecnologia: as novas tendências do mercado Sergio Montes
  2. 2. Sergio Montes é Life, Professional & Business Coach, Pratictioner / Master em PNL, EMPRETECO / SEBRAE, Pós-graduado em Marketing pela UCM e graduado em Desenho Industrial e Comunicação Visual pela UFRJ. Diretor da DNADACRIAÇÃO Design, Comunicação e Marketing, professor da UNIPLI-ANHANGUERA. www.sergiomontes.com.br e www.dnadacriacao.com.br Webdesign , Webmaster e Webdeveloper Comunicação Digital e Planejamento de Mídia em Redes Sociais Estratégias de negócios em Redes Sociais Marketing de Serviços, Marketing Educacional, Marketing Digital, Direção de Arte, Direção de Criação, Ilustrações, Identidade Coorporativa, Branding e Comunicação Empresarial Planejamento de Marketing e de Comunicação • Canvas Professor Da UNIPLI – Anhanguera. Lecionou na ETEC, Liceu de Artes e Ofícios, Estácio de Sá, Universidade Castelo Branco, UniMSB E-mail: professor@sergiomontes.com.br / coaching@sergiomontes.com.br Facebook: sergiolmontes Twitter: sergiolmontes Redes sociais: www.meadiciona.com/sergiomontes www.sergiomontes.com.br Cel: 99503-3000
  3. 3. “Não existe sonho impossível. O que existe são caminhos mais ou menos longos para alcançá-los e que dependem das escolhas que fazemos e a determinação que colocamos na jornada para se chegar lá.
  4. 4. VÍDEO 1 - A Day Made of Glass VÍDEO 2 - A Day Made of Glass 2 Same Day Expanded
  5. 5. A evolução da tecnologia em nossas vidas
  6. 6. Onde tudo começou...será????
  7. 7. A EVOLUÇÃO DA TECNOLOGIA E DA INFORMAÇÃO NA SOCIEDADE
  8. 8. A EVOLUÇÃO DA TECNOLOGIA E DA INFORMAÇÃO NA SOCIEDADE • Nova relação com a informação: local - global • Nova relação com o mercado de trabalho: surgimento de novas oportunidades e o desaparecimento de algumas profissões • Informação em tempo real a nível global • Ampliação de mercados • Alteração no panorama econômico, social e cultural – diminuição das distâncias
  9. 9. A EVOLUÇÃO DA TECNOLOGIA E DA INFORMAÇÃO NA SOCIEDADE • Computador, notebooks, netbooks; • Internet – Sites, Homepages, e-mails – Hipertexto, Blogs, Twitter, Orkut, Flickr, Fotologs, facebook, etc; • Celular, Smartphones – Wap, SMS, e-mails; • CD, DVD, Blue-Ray; • Sistemas Multimídia; • Televisão Digital; • I-Pod, Palms, MP3, MP4...Mp11; • Televisão Digital.
  10. 10. RELAÇÃO COM A MÍDIA • Interatividade, usabilidade, acessibilidade, portabilidade, convergência • Associação Imagem – Som - Ação • Mudança na relação de compra • Estático x Dinâmico • Novas maneiras de expressão dos conteúdos • Disponibilidade das informações
  11. 11. NOVA RELAÇÃO DE TRABALHO • HOME-OFFICES, PART-TIMES, PROJETOS, FLEXIBILIDADE • VÍDEO-CONFERÊNCIAS, REUNIÕES VIRTUAIS • EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA, EDUCAÇÃO CONTINUADA • TRABALHO X LAZER, FAMÍLIA, QUALIDADE DE VIDA, SAÚDE • EXIGÊNCIA DE MAIOR CAPACITAÇÃO • CONHECIMENTO DIVERSIFICADO
  12. 12. NOVA RELAÇÃO DE TRABALHO
  13. 13. A PRESENÇA DA TECNOLOGIA
  14. 14. A PRESENÇA DA TECNOLOGIA
  15. 15. A PRESENÇA DA TECNOLOGIA
  16. 16. A PRESENÇA DA TECNOLOGIA
  17. 17. A PRESENÇA DA TECNOLOGIA • Vídeos • Músicas • Livros, revistas, jornais • Opiniões, artigos, textos, monografias, trabalhos... • Entrevistas, reportagens, pesquisas, estudos.
  18. 18. ALGUNS DADOS
  19. 19. ALGUNS DADOS
  20. 20. ALGUNS DADOS
  21. 21. ALGUNS DADOS
  22. 22. ALGUNS DADOS
  23. 23. ALGUNS DADOS
  24. 24. ALGUNS DADOS
  25. 25. ALGUNS DADOS
  26. 26. ALGUNS DADOS
  27. 27. ALGUNS DADOS
  28. 28. ALGUNS CONCEITOS IMPORTANTES 1 – Comercio Social e Branded Content: compra e venda de bens e serviços cada vez mais influenciadas pelas mídias sociais, troca de informações entre consumidores e usos das plataformas para e-commerce. Integração de narrativas e plataformas. 2 – Monitoramento de Conversações (buzz tracking) Pesquisa e análise de mercado. Novas ferramentas transformam a web e as mídias sociais em laboratórios de pesquisa de mercado.
  29. 29. ALGUNS CONCEITOS IMPORTANTES 3 – Plataforma de Anúncios: Mais espaço e receita com publicidade em todos os ambientes web. Aperfeiçoamento de formatos e modelos. 4 – Múltiplas telas: Computadores, smartphones, tablets, totens digitais, digital signage. Produção em diversos formatos e funcionalidades. Adequação de conteúdo.
  30. 30. ALGUNS CONCEITOS IMPORTANTES 5 – Apps e SaaS: Adesão dos aplicativos ao modelo de negócio “Software as a Service”. Mercado viável para desenvolvedores. 6- Cocriação e Customização : Prosumers (Produtores + Consumidores). Querem participar das processos, opinar, estar presentes, ajudar na divulgação.
  31. 31. ALGUNS CONCEITOS IMPORTANTES 7- Mensuração: Aumento e facilitação das formas de medir resultado da comunicação digital 8 – Performance e Competição: O Foursquare popularizou o uso de badges (sistema de recompensas para seus usuários) para que as competições entre usuários sejam mais divertidas e complexas. Tendências à gamificação, inclusive na notícia (newsgame)
  32. 32. ALGUNS CONCEITOS IMPORTANTES 9 – Segmentação de funções: Menos analistas de mídias sociais. Profissionais mais especializados. 10 – Mais investimento: A fatia do investimento em plataformas digitais ainda representa menos de 10%, mas cresce com solidez. Algumas grandes empresas investem até mais de 50% em digital, com bons resultados.
  33. 33. TENDÊNCIAS DO JORNALISMO 1 – Jornalismo em mídias móveis Mobile Journalism = MoJo
  34. 34. TENDÊNCIAS DO JORNALISMO 2 - Geolocalização Jornalismo Hiperlocal - modalidade de jornalismo voltado para a cobertura de comunidades sociais e pressupõe uma parceria entre cidadãos comuns e jornalistas. Não só é desejável como é inevitável, porque a cobertura local pode reaproximar os veículos de seus leitores.
  35. 35. TENDÊNCIAS DO JORNALISMO 2 - Geolocalização Jornalismo Hiperlocal
  36. 36. TENDÊNCIAS DO JORNALISMO 3 - Crowdsourcing O crowdsourcing é um modelo de produção que utiliza a inteligência e os conhecimentos coletivos e voluntários, geralmente espalhados pela Internet para resolver problemas, criar conteúdo e soluções ou desenvolver novas tecnologias, assim como também para gerar fluxo de informação.
  37. 37. TENDÊNCIAS DO JORNALISMO 4 – Metadados e Jornalismo Semântico A Web Semântica é chamada de “Web 3.0”, um passo à frente a 2.0, que foi o uso amplo e disseminado das redes sociais. Isso segundo o jargão da cobertura jornalística de informática, de comportamento digital e do marketing que atribui o termo a produtos, sites, portais, livros. A Web Semântica trata, de forma ampla, da organização das informações de maneira predominantemente semântica e do reconhecimento por parte de agentes computacionais dos significados dos conteúdos de qualquer natureza segundo palavras-chave e descrições atribuídas à eles e das relações existentes e possíveis entre elas.
  38. 38. TENDÊNCIAS DO JORNALISMO 4 – Metadados e Jornalismo Semântico
  39. 39. TENDÊNCIAS DO JORNALISMO 5 – Realidade Aumentada
  40. 40. TENDÊNCIAS DO JORNALISMO 6 – Holografia Criação de avatares e interação com outros elementos
  41. 41. TENDÊNCIAS DO JORNALISMO 7 - Transmídia a transmissão de uma mensagem ou história através de várias mídias, onde o foco na verdade é a história a ser transmitida (storytelling).
  42. 42. TENDÊNCIAS DO JORNALISMO 8 - Remix A apropriação de obras já existentes com o intuito de desenvolver novos produtos é uma das possibilidades do processo criativo que agora se torna mais recorrente com as tecnologias digitais. Trata-se de uma prática que se mantém entre a reprodução e a novidade que se tem denominado de remix. A tal da recombinação não é nenhuma novidade, muito menos no jornalismo. Tanto nas técnicas empregadas quanto na dita produção de seu conteúdo, o processo jornalístico se caracteriza por ser múltiplo e heterogêneo. Um sem número de produções, sejam elas grandes reportagens ou pequenas notícias, já foram feitas tendo como base estudos e pesquisas realizadas nos mais diversos campos do saber. Ou seja, apresentações de novas informações, decorridas das transformações naturais, reajustadas às informações previamente existentes.
  43. 43. TENDÊNCIAS DO JORNALISMO 9 - Newsgame são jogos eletrônicos baseados em acontecimentos reais e em aspectos do jornalismo e das notícias.
  44. 44. TENDÊNCIAS DO JORNALISMO 10 – Jornalismo de Imersão A norma agora é participar. Entramos na era do repórter participante. “O cara vai a uma feira nordestina e come buchada de bode. Depois de alguns segundos de hesitação, diz: “Hummm… Gostoso, gostoso mesmo”. Vai ao mercado de Pequim e come centopeia frita: “Hummm… Gostoso, gostoso mesmo”. Vai à Coreia do Sul e come cachorro: “Hummm… Gostoso, gostoso mesmo”. A onda é essa. Repórter tem de mergulhar, saltar, correr, patinar, malhar e cantar. Tudo que o objeto da reportagem faz, o repórter precisa fazer também. É o jornalismo de imersão. Cada “matéria” deve mexer com as sensações, pôr o jornalista em cena, torná-lo protagonista da coisa. O jornalista pratica agora o que os antropólogos chamam de “observação participante”.
  45. 45. TENDÊNCIAS DO JORNALISMO 11 – Conversações em rede Uso das redes sociais por veículos jornalísticos como forma de divulgação, circulação e produção de conteúdo noticioso.
  46. 46. FINALIZANDO A tecnologia não é boa nem ruim. É aquilo que fazemos com ela.

×