Regulamento

535 visualizações

Publicada em

TRACO

Publicada em: Indústria automotiva
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
535
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Regulamento

  1. 1. TROFÉU DE REGULARIDADE AUTOMÓVEIS CLÁSSICOS DO OESTE PASSEIO TURÍSTICO COM ROADBOOK FAQ –Perguntas frequentesQuem pode participar?Todos as equipas compostas, pelo menos, por 2 elementos, que tenham carta de condução(pelo menos 1 elemento), boa disposição e “fair play”.Que viaturas podem participar?Todos os veículos com ano de fabrico até 1988, inclusive.Poderão ser aceites viaturas mais recentes, de cariz desportivo, mediante analise daorganização;As viaturas necessitam de algum equipamento especial?Não, as viaturas podem-se apresentar completamente de origem, obrigatoriamente legaispara circular na via pública, com documentos, ipo e seguro em dia;Aconselhamos seguro com assistência em viagem incluída.Necessitamos de extintor, capacete, rollbar ou outro equipamento especial?Não, embora não restrigimos o seu uso, pois segurança nunca é demais.Que tipo de estradas são usadas?Sempre estradas de alcatrão, vias públicas, abertas ao transito.Que provas compõem o Troféu?São 4 provas + uma!Haverá um briefing no dia 27 de Janeiro durante o encontro Mafraclássicos! Consulte todas as regras e informação no regulamento abaixo;
  2. 2. REGULAMENTO 1ºA Manobras Paralelas, Lda, devidamente autorizada pelas entidades competentes, organizaum passeio de automóveis clássicos designado de: “Troféu de Regularidade de AutomóveisClássicos do Oeste”, destinada a Automóveis Antigos, que decorrerá nos dias 24 deFevereiro, 24 de Março, 25 de Maio, 14 de Julho e 22 de Setembro de 2013. 2ºTodos os Inscritos respeitarão, sem restrições, as prescrições Gerais Aplicáveis às Provasde Automobilismo de 2012 e o presente Regulamento, reconhecendo as jurisdiçõesdesportivas aplicáveis, estabelecidas pelo Código de Manifestações da FIVA (Events Code),comprometendo-se a não recorrer a qualquer jurisdição civil, comercial, ou internacional. 3ºOs participantes respeitarão o Código de Estrada Português e as demais prescrições detrânsito, designadamente as que regulamentam a circulação dentro das localidades. 4ºA empresa organizadora reserva o direito de introduzir as alterações que julgar convenientesou as impostas por razões alheias à sua vontade, incluindo o cancelamento ou adiamento dacompetição, sob reserva de aprovação das Entidades competentes. Essas alterações aoRegulamento serão levadas ao conhecimento de todos os interessados, por aditamento. 5ºA Organização não aceita qualquer responsabilidade por acidentes, desastres ou infracçõesàs Leis, Regulamentos, Portarias ou Códigos, ocorridos no desenrolar do evento 6ºTodos os casos não previstos e todas as dúvidas de interpretação, serão resolvidos pelaorganização que detêm o exclusivo poder de decisão.Contudo, é salvaguardado ao concorrente, o direito de apelo.
  3. 3. VEÍCULOS ADMITIDOS 7ºSerão admitidos automóveis ligeiros fabricados até 1988, que estejam devidamentematriculados e aptos a circular legalmente na via pública;Poderão ser admitidos veículos mais recentes, desde que, autorizados pelaorganização.Não é obrigatório o uso de qualquer componente de segurança, além dos obrigatóriospor lei e originalmente usados nas viaturas. 1. Atendendo ao limite de inscrições, no máximo de 60, a Organização dará preferência aos Automóveis de fabrico mais antigo ou de comprovado interesse, ficando a sua escolha ao critério da Organização.Atendendo às características do Evento, aceitamos que haja alteração da viaturainscrita, desde que comunicada com 5 dias de antecedência; Alteração de viatura 8ºÉ permitido ao longo do “troféu” alterar a viatura e/ou o navegador;Explicação:Apenas é obrigatório manter o mesmo condutor para pontuação do Campeonato, aviatura e o navegador podem ser alterados sem prejuízo na classificação, desde quecomunicado 5 dias antes de cada prova;Por este motivo a classificação não será feita por classes (mediante a cilindrada ouano da viatura), é apenas uma classificação geral para permitir que teste diferentesviaturas nos diferentes dias do evento; CAMPEONATO - TROFÉU
  4. 4. 9ºO desigando “troféu” será composto por 5 provas, diferentes entre si, mas com umaclassificação final que chamamos de “classificação troféu”; Prova ZERO 24 FEVEREIRO 2013 9.00h em MAFRA Prova 1 24 MARÇO 2013 9.00h em MAFRA Prova 2 25 MAIO 2013 17.30h em MAFRA Prova 3 14 JULHO 2013 9.00h em MAFRA FINAL 22 SETEMBRO 2013 9.00h em MAFRA 10ºA participação na prova Zero não implica obrigatoriedade de inscrição em todas as outras;A prova Zero serve como prefácio à abertura do Troféu.Os participantes na prova zero, caso venham a participar nas restantes provas do troféu,terão automaticamente acréscimo de 20% nos pontos obtidos na prova UM;A classificação troféu inicia-se na prova UM a 24 de Março 2013, somando o resultado dasprovas seguintes com ponderações diferentes a estipular pela organização nos aditamentosde cada prova;É aceite inscrições extra-campeonato, em cada evento, sendo atribuída uma numeraçãodiferente (X) e tendo uma classificação GERAL e uma TROFÉU, ou seja, as classificaçõessão individuais em cada prova, pontuando directamente no troféu quem se inscrever nas 4provas; 11º Classificação
  5. 5. Classificação Pontos Classificação Pontos1º Lugar 20 Pontos 6 º Lugar 5 Pontos2º Lugar 16 Pontos 7º Lugar 4 Pontos3º Lugar 14 Pontos 8º Lugar 3 Pontos4º Lugar 10 Pontos 9º Lugar 2 Pontos5º Lugar 7 Pontos 10ºLugar 1 PontoA organização atribuirá diferentes ponderações a cada prova para cálculo da“classificação troféu”;Prova UM: Factor multiplicativo 1 (acresce 20% se participou na prova zero)Prova DOIS: Factor multiplicativo 1,3Prova TRÊS: Factor multiplicativo 0,9FINAL: Factor multiplicativo 1,6EXEMPLO:PARTICIPANTE A, designado PaPARTICIPANTE B, designado PbPARTICIPANTE C, designado PcO “Pa” inscreve-se na PROVA ZERO, e no troféuO “pb” inscreve-se só no TroféuO “pc” vem apenas à prova zero, não se inscreve no troféu, mas vem a prova 1 e finalEtc etc;Temos então, por exemplo:
  6. 6. PROVA ZERO PROVA 1 PROVA 2 PROVA 3 FINALPa 3º lugar 1º 2º 3º 6º (5º no trofeu)Pb 2º 1º 10º 1ºPc desistiu 3º 2ºEm termos de pontuação, fica: PROVA ZERO PROVA 1 PROVA 2 PROVA 3 FINAL TROFEUPa 14 24(20x1,2) 20,8(16x1,3) 12.6 (14x0,9) 11.2(7x1,6)** 68.6Pb 16* 20 0,9 (1x0,9) 32 (20x1,6) 68,9***Pc s/pont 3º da geral 2º da geralNOTAS EXPLICATIVAS:A vermelho, 16*, não acresce 20% ao seu 2º lugar, porque não esteve presente no eventozero;A vermelho, 11,2** porque apesar de ficar em 6º, o 2º classificado não contava para o troféue tem a pontuação de 5º, acrecendo 1,6 do fator ponderativo da prova.A vermelho 68,9, mesmo não tendo participado na prova zero, o excelente resultado naúltima prova dá-lhe o 1º lugar no troféu!Parece confuso?É simples, primeiro, não se confunde LUGAR E PONTUAÇÃO.Participa no Troféu ou apenas numa ou outra prova?Numa ou outra prova?Então não tem que se preocupar com pontos, apenas lhe será atribuído do 1º ao último lugarnesta prova; Só pontua quem está no troféu!Participa no Troféu?Sim!
  7. 7. Então interessa não confundir o lugar (do 1º ao último) com a pontuação que vai receberpara cálculo final de todas as provas!Terá o seu lugar na classificação da prova (junto com os “não troféu”) e a sua pontuação noTroféu;Pode ter ficado em 3º na prova, mas em 1º nos participantes do troféu e ser-lhe-á atribuído apontuação de “20”, embora tenha ficado em 3º;2º confusão:Participou na PROVA ZERO?Sim! Então a sua pontuação para o troféu na prova zero será acrescida de 20% comobónus, mas mantém o LUGAR que obteve, só aumenta a pontuação para o conjunto!Não! Então a sua pontuação será a do lugar que obteve nos participantes troféu!3ª Confusão:As provas têm diferentes ponderações no cálculo final do troféu, mais uma vez, nãoconfunda lugar com pontuação, pois há provas mais importantes/dificeis que outras!O primeiro lugar na Prova 2 vale 20 pontos, mas multiplica por 1,3, significando 26 pontos, o1º lugar (20 pontos x 0.9) da prova 3 vale 18 pontos e o da Prova 4 valerá 32 pontos, porexemplo.Como se calcula os lugares, i.e, quem fica em primeiro?Serão estabelecidas as posições finais de cada prova, de acordo com a seguinte fórmula:L= Pp + Pv + PrEm que “Pp” representa a soma das penalizações nos troços de regularidade (penalizaçãoda prova em si), “pv” as penalizações apuradas na verificação técnica e “Pr” aspenalizações por infracção ao regulamento.A ordem de classificação do melhor até ao pior classificado, será a ordem crescente dosvalores de “L”.Em caso de igualdade o desempate será assim decidido:
  8. 8. • 1º - A favor do automóvel mais antigo (ou de menor cilindrada, se forem do mesmo ano de fabrico). • 2º - A favor do condutor com mais idade. DESCLASSIFICAÇÃOSerá desclassificado o participante que: • Cometer qualquer acto tendente a falsear o espirito deste Evento. • Cometer infracção grave ao Código da Estrada ou aos Regulamentos de trânsito. • Contrariar o disposto no Regulamento. • Não será admitido à partida o Concorrente que não se apresentar à Verificação técnica ou que nela tenha reprovado. 12ºO “condutor” é a Pessoa ou Entidade que, perante a Organização, responde pelo conjuntoparticipante e como tal, se designa no impresso de inscrição como condutor. O Condutor ouCondutores deverão estar munidos obrigatoriamente de carta de condução válida, emitidahá mais de um ano; • 1º - Admite-se o transporte de passageiros até ao limite máximo da lotação do automóvel. Os seus nomes deverão figurar no impresso de inscrição. • 2º - Admite-se que o condutor altere de lugar com o seu colega participante apenas em caso de força maior, (saúde, má disposição, falta de documento identificativo etc) antecipadamente comunicado e autorizado pela organização; NÚMEROS DE COMPETIÇÃO 13ºOs números de competição serão estabelecidos por ordem crescente e por forma tal que,sejam atribuídos os números mais baixos às viaturas mais antigas.Os participantes extra troféu terão uma numeração diferente, partindo após os do troféu;A cada um dos Concorrentes serão entregues os números de participação, que deverão sercolocados sob a lateral direita (vidro lateral traseiro ou chapa da porta).
  9. 9. 14ºTodos os Concorrentes deverão apresentar na verificação técnica, as suas cartas decondução válidas, sem as quais não poderão alinhar à partida. .15ºTodos os automóveis inscritos, serão submetidos a uma verificação técnica, destinada acomprovar o ano de fabrico, e, especialmente as condições de segurança e marcha da suamecânica, os orgãos acessórios e chapas de matricula e sua documentação.São permitidos a bordo quaisquer equipamentos mecânicos, eléctricos ou electrónicos deavaliação de média, velocidade e distância.Não será dada a partida aos automóveis que não tenham sido submetidos a verificaçãotécnica ou que, por razões de segurança tenham sido reprovados. Por tais motivos, nadapoderão reclamar da Organização. 16ºAs horas da partida para cada uma das etapas da Prova de Estrada, encontram-se fixadasno roadbook.As partidas poderão ser estabelecidas com intervalos de 30 segundos ou 1 minuto, deacordo com o número de participantes escritos, sendo os concorrentes informados com adevida antecedência. 17ºNão são permitidos atraso na partida.Se algum condutor partir com atraso em relação à hora que lhe tiver sido indicada, dentro dolimite fixado, poderá tentar recuperar o atraso, mas deverá contudo, respeitar ao máximo asmédias inscritas no seu roadbook, isto é, essencialmente, não deverá desrespeitar as regrase segurança, bem como o código de estrada. 18ºOs roadbooks, terão as seguintes indicações:
  10. 10. a) Hora e local de partida;b) Distância quilométrica a respeitar. • Quilometro de aferição. • Média horária das provas de Regularidade • Localização das provas de Regularidade • Outras informações indispensáveis (como contactos emergência, etc.) 19ºOs participantes deverão obrigatoriamente, “regularizar” a sua passagem nos locais, quepara o efeito, lhes forem assinalados, no respectivo roadbook. 20º • Os controlos destinam-se a verificar o cumprimento das médias impostas e os locais de passagem. 21ºOs participantes deverão apresentar-se nos diversos controlos, em horas, minutos esegundos. Concede-se uma tolerância de mais ou menos dois segundos naapresentação de partida/chegada.Pode haver controlos sem presença “notada” da organização, cabendo ao participantecumprir à risca o horário sob pena de penalização de um controlo “escondido”.1 º - Nas provas de Regularidade, sem paragem, cuja localização figurar nos roadbooks,com a indicação de: P.R. os participantes deverão respeitar a média fixada. • 2º - Nas provas de regularidade (troços) concede-se uma tolerância de um segundo por avanço ou atraso. 22ºO tempo de apresentação nos controlos será anotado pelos Comissários aí em serviço, emhoras, minutos e segundos, para apuramento de eventuais penalizações, por avanço ouatraso em relação ao tempo ideal.
  11. 11. 23ºOs Controlos secretos e não secretos abrirão para cada equipa 10 minutos antes da suahora ideal, de apresentação e encerrarão 10 minutos após esse tempo. 24ºO tempo de paragem em toda a zona de controlo, não deverá exceder o tempo necessárioàs operações deste.Será penalizado quem, a 100metros do posto de controlo, parar ou abrandarexcessivamente, sem razão aparente, para acertar a média congestionando o trânsito ou“atrapalhando” a prova de outro participante;A hora ideal de controlar é da inteira responsabilidade das equipas, que podem consultar orelógio oficial, utilizado pelos Controladores. Porém os Comissários em serviço, não podemfornecer qualquer informação sobre a hora de controlo. Não deverão, de igual modo, visar acarta de controlo, sem que os dois membros da equipa, bem como a viatura, se encontremdentro da zona de controlo.É permitida a utilização de intercomunicadores entre os elementos da equipa, bem como decapacetes, embora não obrigatório.Não é permitida a comunicação por rádio ou outra (telefone etc) com veículos deoutros participantes, de apoio e/ou pessoas externas à prova, para troca deinformações sobre a prova, exceptuando avisos de segurança;Considera-se o controlo efectuado quando a roda da frente direita do automóvel (verticalbaixada pelo cubo) corta a linha de controlo. 25ºOs participantes deverão respeitar a média horária de 40Km./hora (nos troços de ligação),com excepção das zonas de regularidade, onde a média horária a cumprir virá indicada norespectivo roadbook.Poderá, também, a Organização estabelecer uma média horária de 50Km./hora para
  12. 12. percursos mais longos, desde que sejam utilizadas estradas aceitáveis para o fácilcumprimento da média exigida, o que, de igual modo será indicado no roadbook. PENALIZAÇÕES 26ºSão fixadas as seguintes penalizações: 1. Por cada segundo de atraso nos controlos horários e prova, descontada a tolerância concedida. – 1 segundo. 2. Por cada segundo de avanço nos controlos horários e prova, descontada a tolerância concedida. – 2 segundos. 3. Perda de números de autocolantes, ou não afixação no sítio correcto – 1 minuto 4. Infracção ao regulamento e aditamentos – 1 hora 5. Não executar qualquer das provas de regularidade estabelecidas no percurso – 1 hora. 6. Não passar no controlo ou passar antes da abertura ou após o fecho do controlo conforme estipulado – 1 hora PRÉMIOS 27ºSerão atribuídos os seguintes prémios: • Troféu de 1º, 2º, 3º classificados em cada prova/dia. • Troféu Melhor Conjunto Feminino. • Prémios monetários para os 3 primeiros classificados do Campeonato Troféu – Entregue a 22 Setembro! HORA OFICIAL 28ºA hora oficial será a hora Portuguesa aferida pelo relógio padrão da organização, que estaráà disposição dos concorrentes para consulta nas partidas de cada etapa da prova deestrada.
  13. 13. SEGURANÇA 29ºAconselhamos que os automóveis estejam equipados com, pelo menos, um extintor deincêndios de carga não inferior a 1 Kg., em perfeito estado de funcionamento, mas nãoobrigatório. 31ºÉ indispensável que os dispositivos de sinalização acústica e luminosa funcionemnormalmente, no decorrer da prova. RECLAMAÇÕES-APELOS 32ºQualquer reclamação deverá ser apresentado por escrito, dentro do prazo de ½ Hora, apósa afixação dos resultados e entregue à Organização, acompanhada da importânciade:1.000,00 Euros ( Mil euros), que será devolvida se a reclamação for julgada procedente. • Único - Não serão admitidas quaisquer reclamações resultantes das condições de trânsito durante o desenvolvimento da competição.
  14. 14. ADITAMENTO PROVA ZERO INSCRIÇÕES PARA O DIA 24 FEVEREIRO 1ºAs inscrições deverão ser, impreterivelmente, feitas até ao dia 24 de Janeiro de 2013 dasseguintes formas:Transferência bancária: de NIB: 0018 0000 3999 3577 0013 4 ou:Manobras Paralelas Lda. Rua Luis de Camões nº 11 3ºC2665-589 Venda do Pinheiro. Pagamento da inscrição através NIB ou cheque para a morada acima mencionada;Taxa de inscrição - 60 Euros por equipa de 2 pessoas (30eur/pessoa)Refeições - Concorrentes – incluída Acompanhantes – incluídaOpção – ocupante adicional da viatura: + 20eur/pessoaO valor das inscrições após 24 de Janeiro de 2013 até 18 de Fevereiro 2013 acresce20eur/pessoa (100eur/equipa)A Organização poderá recusar a inscrição de qualquer concorrente sem que tenha quejustificar os fundamentos da sua decisão. • 1º - Ao assinarem os boletins de inscrição os Concorrentes submetem-se automaticamente às disposições deste Regulamento. • 2º - Na taxa de inscrição está também incluindo autocolantes com o número de ordem e as lembranças possíveis a oferecer, pelos Patrocinadores. • 3º - Seguro: Todas as viaturas devem obrigatoriamente ter seguro válido com assistência em viagem. 2ºA verificação técnica e documental realizar-se-á no dia 24 de fevereiro de 2012, em Mafraentre as 9 e as 10 horas.
  15. 15. § Único - Por motivo de força maior devidamente justificado pelo Concorrente, pode aOrganização proceder à verificação técnica e documental, fora do horário previsto nesteartigo, até 15 minutos antes do inicio da primeira etapa. 3ºA prova de estrada inicia-se no dia 24 de Janeiro de 2013, com a partida do primeiroConcorrente às 10.30 horas, e termina no mesmo dia;Os itinerários totais a percorrer estão indicados no roadbook.

×