O livro infantil

1.306 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.306
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
420
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O livro infantil

  1. 1. O livro infantil: projeto gráfico, metodologia e subjetividade. (Guto Lins) Prof. Me. Joaquim Sérgio Borgato Artes visuais – UFMS – 2013
  2. 2. A imagem no livro infantil • Neste mundo repleto de imagens (eletrônicas ou não), o livro infantil mantém o papel de estimular a criança a ser criança, a criar.
  3. 3. Texto x imagem • O texto escrito conta uma história recheada de imagens nas linhas e nas entrelinhas. A imagem complementa e enriquece esta história, a ponto de cada parte de uma imagem poder gerar diversas histórias.
  4. 4. A imagem - caracterização • A imagem caracteriza o personagem, podendo dar-lhe personalidades diferentes, idades diferentes e figurinos diferentes e situá-lo em locais e épocas diferentes.
  5. 5. Boneca Emília – Monteiro Lobato
  6. 6. Evolução do livro infantil • O mundo muda, a moda muda, tudo muda. A criança de hoje lê e vê o mundo de uma forma diferente. Da mesma maneira, o livro, enquanto produto dinâmico, tem que se atualizar constantemente. • Uma criança hoje, urbano ou não, recebe uma carga de informação visual impensável há décadas atrás até para um adulto.
  7. 7. O livro infantil • O tempo do livrinho exclusivamente bonitinho, bem desenhadinho e bem escritinho, já era. • Da mesma forma, a ilustração extremamente literal puramente ornamental e decorativa não representa mais a diversidade, a pluralidade e a riqueza de informações visuais a que as crianças de hoje têm acesso.
  8. 8. Livro infantil • Sendo um produto industrial, o livro infantil está sujeito a imposições técnicas e pedagógicas, é resultado de um trabalho artístico e cooperativo e, como tal, tem que responder aos anseios estéticos de todas as partes envolvidas, além de atender às expectativas emocionais e psicológicas do público leitor que escapam da teoria e de toda metodologia de trabalho.
  9. 9. O livro infantil • Os livros para crianças pequenas, em geral, são mais coloridos, ilustrados e com pouca massa de texto. A criança interage com livro como se fosse um brinquedo.
  10. 10. Forma e função • Existe uma grande variedade de materiais e suportes possíveis tanto na execução das ilustrações como na confecção do objeto livro. Ilustrações feitas com massa de modelar e depois fotografadas, esculturas em papel, digitalização de imagem de vídeo, papéis especiais para impressão, encartes em materiais diversos, recortes, livros musicais, acolchoados, infláveis, etc.
  11. 11. Ilustração: técnica e conteúdo • A técnica e o estilo das ilustrações destinadas à literatura infanto-juvenil não necessitam seguir nenhuma norma. A técnica, o estilo, o traço, tudo tem que trabalhar em conjunto, a favor do livro. Mesmo que as escolhas passem por fatores subjetivos.
  12. 12. Dicas: • www.angela-lago.com.br • http://www.visionvox.com.br/biblioteca/m/Maria-Jose-Palo- %26-Maria-Rosa-D.-Oliveira-Literatura-Infantil,-Voz-de- Crian%C3%A7a-doc-rev-.pdf • http://www.casadaleitura.org/portalbeta/bo/abz_indices/000 894_CIL.pdf • http://www.lume.ufrgs.br/bitstream/handle/10183/2072/000 313860.pdf?sequence=1 • http://w.livroehistoriaeditorial.pro.br/pdf/marceloghizifreire.p df

×