Tendências e oportunidades de um mercado de alimentos em permanente transformação

3.625 visualizações

Publicada em

Ana Lúcia da Silva Corrêa Lemos
23 e 24 de novembro de 2011

Publicada em: Educação
0 comentários
5 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.625
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
174
Comentários
0
Gostaram
5
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Tendências e oportunidades de um mercado de alimentos em permanente transformação

  1. 1. 3º Workshop Internacional SENAITecnologia Inovadora e Segurança para aIndústria de Alimentos Tendências e oportunidades de um mercado de alimentos em permanente transformação Ana Lúcia da Silva Corrêa Lemos 23 e 24 de novembro de 2011
  2. 2. CONTEÚDO• O perfil do consumo de alimentos no Brasil • Pesquisa FIESP/IBOPE• Produtos, oportunidades e estratégias
  3. 3. As tendências mundiais da alimentaçãoMercado global x Brasil Análise comparativaEstudos e pesquisas de referência … http://www.brasilfoodtrends.com.br
  4. 4. O Perfil do Consumo de Alimentos no Brasil:BFT2020 Pesquisa Fiesp/Ibope O perfil do consumo de alimentos no Brasil Drivers Tendências Mundiais Indústria de Alimentos Sensorialidade População e Prazer Produtos Saudabilidade Varejo e Bem-estar Renda Conveniência e Praticidade Ingredientes Educação e Informação Confiabilidade Food Embalagens e Qualidade Service Sustentabilidade Processos/ Cultura e Ética Equip“Um dos importantes resultados desta pesquisa foi a confirmação de que oBrasil tem hoje uma forte aderência às tendências atitudinais de consumo dealimentos encontradas em outros países do mundo” (BFT2020, p.50).
  5. 5. TENDÊNCIAS DE CONSUMOConveniência e Confiabilidade Sensorialidade Saudabilidade e Praticidade e Qualidade e Prazer (22%) Bem- estar/ (34%) (23%) Sustentabilidade e Gostosa e Ética (21%) atraente Congelados e Fidelização semi-prontos Prazer sem Benefício à saúde Pagariam mais culpa Confiam na qualidade dos por qualidade industrializados e marca Selos de qualidade Sabor e variedade Informações de origem Aumentariam o consumo em função do preço Qualidade de vida (sociedade e meio ambiente) FIESP/IBOPE (2010)
  6. 6. DECISÃO DE COMPRAAtualmente Futuro Ter marca que confio ou conheço 59% 42% Ser gostoso ou saboroso 47% 31% Ser nutritivo, adicionado de vitaminas 32% 33% Ser de qualidade 29% 35% Ser barato 28% 23% Ter menos agrotóxicos 19% 29% Ter menos conservantes 23% 33% FIESP/IBOPE (2010)
  7. 7. - Lasanha - Batata fritaIndustrializados Congelados - Hambúrguer - Nugget - PizzasOutras categorias tradicionais não são percebidas como industrializados! FIESP/IBOPE (2010)
  8. 8. Conveniência e Praticidade
  9. 9. Pesquisa Fiesp/Ibope
  10. 10. Nomadismo Fácil preparo/manipulação Rapidez
  11. 11. Refeições prontas ou semi prontas
  12. 12. Sensorialidade e Prazer
  13. 13. VariedadeExóticos Sofisticados Diversão de sentidos
  14. 14. Sensorialidade e Prazer: DRIVERSFonte: COASE, Penny. Premiumization strategies in food and drinks. USA: Business Insights, 2010, p. 26.
  15. 15. Sensorialidade e Prazer: RENDAClasse C: única que continua a crescer, segundo estudo da FGV (2010-2011) Folha de São Paulo, 27/06/2011.
  16. 16. PURDUE FARMS (USA) Fatias de Frango MAP Sem conservantesLOU FAMOUS - USAAll natural – Linguiças de frangoIsentas de glútenSem ingredientes artificiaisMinimamente processada
  17. 17. Gourmet
  18. 18. Gourmet
  19. 19. Premiumisation • Autenticidade regional • Ingredientes/matérias-primas escassas ou raras • Animais de raças nobres ou considerados clássicos • Variedades clássicas ou especiais • Cortes especiais de carnes, peixes, vegetais • O melhor da colheita, produtos obtidos na melhor época • Processos especiais • Equipamentos especiais • Novas tecnologias… PAGE, Carolyn. Innovation in gourmet and specialty food and drinks. USA: Business Insights, 2006.
  20. 20. Origem, tradição
  21. 21. Origem, etnias
  22. 22. Estilo de vida Veggitude ... dining in style
  23. 23. Diversão, entretenimento
  24. 24. Diversão, entretenimento
  25. 25. Indulgência sem culpa
  26. 26. Sabores
  27. 27. Saudabilidade e Bem-estar
  28. 28. Pesquisa FIESP/Ibope
  29. 29. Clean Natural label OrgânicoSaúde Vegetais Médico Funcionais EmagrecimentoFísico Cosmético Energia/disposição/bem estar
  30. 30. • Natural (EUA) • Não contém aditivos/conservantes (UE)Inova Market Insights • Orgânico • Rótulos promissores: minimamente processados, simples, real, low salt, low sódio • Alimentos processados tem conotação negativa para 75% dos consumidores (EUA) • Contém aditivos conservantes, aromas e corantes artificiais HealthFocus Intl. • Congelados com baixas calorias são percebidos como menos processados • Salgadinhos, molhos, biscoitos e sopas são considerados altamente processados • Não contém nutrientes importantes Hartman Group • 47% evitaram corantes artificiais (2010) • 52% evitaram MSG Fonte: Food Technology, v.65, n.8, p.48-55, 2011
  31. 31. Principais apelos • Aparelho digestivo • Cardiovascular • Sistema imunológico • Dificuldades de registro (EUA e EU) Emergentes • Relaxante • Beleza / cosmético (pele) • Saúde do idoso Reposicionamento • Beta caroteno • Magnésio (coração) • Potássio (contrapor-se ao sódio) • Vitamina C (imunidade)Fonte: Sloan, E. Food Expo Highlights clean labels and Functional Foods. Food Technology, v.65, n.8, p.48-55,2011.
  32. 32. Importância dos dizeres no rótuloHartman, 2010. Beyond organic and natural report, in SLOAN, E. Navigating the NaturalMarketplace.Food Technology, v.65, n.7, p. 24—33, 2011.
  33. 33. Preocupações dos consumidores EUA Reino Unido Alemanha França Brasil • Energia • Resistência • Energia • Diabetes (28%)• Obesidade imunológica • Colesterol• Colesterol • Ossos • Colesterol (13%) • Ossos • Resistência a • Dentes doenças • Obesidade (12%)• Ossos • Dentes • Fortalecimen • Câncer de • Hipertensão (12%)• Energia mama • Energia to sistema imunológico• Problemas • Colesterol • Intestino • Prisão ventre digestivos ü Conhecer as preocupações da população em função da faixa etária
  34. 34. Educação e InformaçãoRótulo das embalagens: interesse dos consumidores Pesquisa Fiesp/Ibope
  35. 35. Alimentação funcional Pesquisa FIESP/Ibope
  36. 36. Snacks e saudabilidade
  37. 37. Snacks e saudabilidade
  38. 38. Alimentação funcional Saúde cardiovascular
  39. 39. Alimentação funcional Desempenho, ânimo
  40. 40. Alimentação funcional Defesas, envelhecimento
  41. 41. Alimentação funcional Cosmético
  42. 42. Naturais
  43. 43. Naturais
  44. 44. Naturais
  45. 45. ESTRATÉGIAS ParceriasMarketing Produção P&D Institutos de Pesquisa e Insumos Equipamentos Universidades
  46. 46. In the meat market FrialVida is a new range of products that contain Vidalim, aformula developed by Embutidos Frial and the food sciences research group of theUniversidad Autonoma de Madrid. Vitalim is a combination of omega-3, fattyacids and natural antioxidants. FrialVida was launched in Spain in 2006 andincludes oven ham, frankfurters, turkey sausages and turkey breast.
  47. 47. Confiabilidade e Qualidade Sustentabilidade e Ética
  48. 48. Educação e InformaçãoDeclaram-se conhecedores dos termos: Pesquisa Fiesp/Ibope
  49. 49. CONFIABILIDADE E QUALIDADESistema de certificação de Sistema de certificação de produtos orgânicos produção segura de alimentos Certificados de garantia: produção local, produto vegetariano, produtos kosher
  50. 50. SUSTENTABILIDADE E ÉTICA Fonte: Divulgação
  51. 51. Vendas de orgânicos (alimentos e bebidas) nos principais mercados, 2004-2014 (U$m) BAND, John. Growth opportunities in sustainable and positive health food and drinks. UK: Business Insights, 2010.
  52. 52. Sustentabilidade
  53. 53. Orgânicos
  54. 54. Orgânicos
  55. 55. Orgânicos
  56. 56. Orgânicos
  57. 57. Ambiental
  58. 58. Social
  59. 59. Social
  60. 60. Social
  61. 61. Social
  62. 62. PANORAMA MUNDIAL DE INOVAÇÃO 2006 2007 2008 2009Prazer Sofisticação 17,6% 18,1% 20,0% 19,5%Prazer Variedade de Sentidos 11,4% 12,8% 15,2% 20,1%Saúde Medico 12,1% 12,8% 12,9% 11,5%Saúde Natural 8,6% 11,0% 11,9% 13,3%Físico Dietético 11,1% 10,6% 8,0% 7,0%Conveniência Prático 10,1% 9,9% 9,7% 9,0%Prazer Exótico 7,0% 5,6% 5,2% 4,0%Prazer Divertido 6,1% 5,5% 4,4% 4,1%Conveniência Economia de tempo 7,9% 5,3% 5,0% 4,0%Conveniência Nomadismo 4,0% 2,4% 1,8% 1,2%Físico Energia e Bem estar 2,0% 2,2% 2,2% 2,1%Saúde Vegetarianismo 1,1% 2,0% 1,4% 1,3%Ética Cidadania 0,8% 1,0% 1,2% 1,3%Físico Cosmético 0,2% 0,4% 0,5% 0,5%Ética Ecológico 0,1% 0,2% 0,6% 0,8% Dados XTC World Innovation Report, 2010
  63. 63. PANORAMA MUNDIAL DE INOVAÇÃO 60 50 40 30% 20 10 0 2006 2007 2008 2009 Saúde Físico Prazer Conveniência Ética Dados XTC World Innovation Report, 2010
  64. 64. Obrigada! analucia@ital.sp.gov.br www.ital.sp.gov.br/ctc

×