A Eficiência Energéticapara aumento da competitividade            da Indústria    Palestrante: Engª Rosaura Piccoli, M.Sc
Definição• Eficiência energética é uma atividade que procura otimizar, de  maneira racional, o uso das fontes de energia.
Introdução• Além de fundamental para avanços no plano ambiental, a melhoria  da eficiência energética é vital para redução...
Introdução• Estudos da Associação Brasileira da Indústria de  Máquinas (Abimaq, 2012) indicam que os combustíveis,  juntam...
Introdução• No setor de transporte, responsável por mais da metade  do consumo de derivados do petróleo e gás natural no  ...
Introdução• A diminuição desse impacto passa pela adoção de  estratégias energéticas que envolvem programas de  eficiência...
Panorama atual• Para isso o governo lançou o Plano Nacional de  Eficiência Energética – 2030:  Que visa orientar ações e d...
Panorama atual          Projeção das Demandas                 Fonte: EPE, 2011.
A Energia na Indústria• O Setor Industrial é o maior  consumidor de energia do país,  respondendo por 37,2% de todo  consu...
A Energia na Indústria • Distribuição do Consumo de Energia pelos Setores da                        economia              ...
Fontes de Energia usadas na Indústria• Distribuição das Fontes de  Energia  Eletricidade e o bagaço de cana são as  duas f...
Fontes de Energia usadas na Indústria• Uso dos Combustíveis no setor industrial  - As usinas de açúcar e álcool (setor de ...
Fontes de Energia usadas na Indústria• Uso dos Combustíveis no setor industrial  - Cerca de 89% do consumo industrial de c...
Fontes de Energia usadas na Indústria• Distribuição das Fontes de Energia                   Fonte: BEN, 2010.
Fontes de Energia usadas na Indústria• Distribuição do consumo de EE por Setores                    Fonte: BEN, 2010.
Fontes de Energia usadas na Indústria• Distribuição do consumo de EE por Atividade                    Fonte: BEN, 2010.
Fontes de Energia usadas na Indústria• Distribuição do consumo de Gás Natural nos setores  industriais                    ...
Fontes de Energia usadas na Indústria  • Distribuição do consumo de Óleo Combustível pelos                     setores ind...
Oferta de Energia• Oferta Interna de Energia                    Fonte: BEN, 2010.
Consumo de Energia• Consumo Final por Fonte                   Fonte: BEN, 2010.
Consumo de Energia na Indústria Cerâmica Comparativo entre os Processos de Fabricação Cerâmico                O Brasil é o...
Consumo de Energia na Indústria Cerâmica Comparativo entre os Processos de Fabricação Cerâmico  O desafio está em fazer pr...
Consumo de Energia na Indústria Cerâmica        Comparativo entre os Processos de             Fabricação Cerâmico         ...
Consumo de Energia na Indústria Cerâmica      Consumo Térmico Médio dos Processos de               Fabricação Cerâmico    ...
Consumo de Energia na Indústria Cerâmica   Contudo, estudos feitos pelo Departamento de Energia da EUA,   demonstram que c...
Consumo de Energia na Indústria Cerâmica Considerando-se a realização de um projeto de eficiência energética, que pode ser...
Considerações Finais
Obrigada!    rosaura@sc.senai.brwww.sc.senai.br | 0800 48 1212
A Eficiência Energética para o aumento da competitividade das indústrias
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

A Eficiência Energética para o aumento da competitividade das indústrias

1.205 visualizações

Publicada em

A Eficiência Energética para o aumento da competitividade das indústrias / The Energy Efficiency to increase the industries competitivity
Palestrante: Prof. Msc. Rosaura Piccoli – Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial – SENAIsc / Brasil

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.205
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
9
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
51
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A Eficiência Energética para o aumento da competitividade das indústrias

  1. 1. A Eficiência Energéticapara aumento da competitividade da Indústria Palestrante: Engª Rosaura Piccoli, M.Sc
  2. 2. Definição• Eficiência energética é uma atividade que procura otimizar, de maneira racional, o uso das fontes de energia.
  3. 3. Introdução• Além de fundamental para avanços no plano ambiental, a melhoria da eficiência energética é vital para redução de custos operacionais da indústria e o aumento de sua competitividade.
  4. 4. Introdução• Estudos da Associação Brasileira da Indústria de Máquinas (Abimaq, 2012) indicam que os combustíveis, juntamente com lubrificantes, eletricidade, gás e embalagens participam com um percentual de 24,01% na composição da receita líquida da indústria brasileira de transformação.
  5. 5. Introdução• No setor de transporte, responsável por mais da metade do consumo de derivados do petróleo e gás natural no país (o transporte rodoviário corresponde a mais de 90% desse consumo), o gasto com combustível pode superar 35% do custo operacional para veículos pesados em trajetos longos. Esse consumo sobe 10% com a falta de manutenção e até 25% com excesso de peso.
  6. 6. Introdução• A diminuição desse impacto passa pela adoção de estratégias energéticas que envolvem programas de eficiência energética e investimentos na modernização tecnológica da indústria brasileira.
  7. 7. Panorama atual• Para isso o governo lançou o Plano Nacional de Eficiência Energética – 2030: Que visa orientar ações e decisões voltadas para o equacionamento do equilíbrio entre projeções de crescimento da demanda de energia e a correspondente expansão da oferta para os próximos 20 anos, tomando como parâmetros aspectos técnicos, econômicos e ambientais.
  8. 8. Panorama atual Projeção das Demandas Fonte: EPE, 2011.
  9. 9. A Energia na Indústria• O Setor Industrial é o maior consumidor de energia do país, respondendo por 37,2% de todo consumo no ano de 2010 (BEN, 2010) seguido pelo setor de transporte com 30,4%.
  10. 10. A Energia na Indústria • Distribuição do Consumo de Energia pelos Setores da economia Fonte: BEN, 2010.
  11. 11. Fontes de Energia usadas na Indústria• Distribuição das Fontes de Energia Eletricidade e o bagaço de cana são as duas fontes energéticas principais, respondendo por 40% de toda energia consumida na indústria.
  12. 12. Fontes de Energia usadas na Indústria• Uso dos Combustíveis no setor industrial - As usinas de açúcar e álcool (setor de alimentos e bebidas) respondem por quase 100% do consumo de bagaço de cana; - A lenha é utilizada nos setores alimentos e bebidas, de cerâmica e papel e celulose, os quais juntos respondem por quase 85% do consumo;
  13. 13. Fontes de Energia usadas na Indústria• Uso dos Combustíveis no setor industrial - Cerca de 89% do consumo industrial de carvão mineral e coque estão na indústria siderúrgica; Na siderurgia o carvão vegetal aparece como finte renovável de energia e responde por mais de 2% do consumo industrial total; O gás natural, o óleo combustível e o coque de petróleo, são as outras fontes fósseis de destaque no setor; Com exceção do coque – combustível primordial das indústria de cimento, responsável por quase 53% da energia consumida;
  14. 14. Fontes de Energia usadas na Indústria• Distribuição das Fontes de Energia Fonte: BEN, 2010.
  15. 15. Fontes de Energia usadas na Indústria• Distribuição do consumo de EE por Setores Fonte: BEN, 2010.
  16. 16. Fontes de Energia usadas na Indústria• Distribuição do consumo de EE por Atividade Fonte: BEN, 2010.
  17. 17. Fontes de Energia usadas na Indústria• Distribuição do consumo de Gás Natural nos setores industriais Fonte: BEN, 2010.
  18. 18. Fontes de Energia usadas na Indústria • Distribuição do consumo de Óleo Combustível pelos setores industriais Fonte: BEN, 2010.
  19. 19. Oferta de Energia• Oferta Interna de Energia Fonte: BEN, 2010.
  20. 20. Consumo de Energia• Consumo Final por Fonte Fonte: BEN, 2010.
  21. 21. Consumo de Energia na Indústria Cerâmica Comparativo entre os Processos de Fabricação Cerâmico O Brasil é o país que possui as condições mais favoráveis para o uso do processo de fabricação por via seca. Neste contexto se destaca, a nível mundial pelo desenvolvimento da cerâmica pelo processamento por via seca x via úmida
  22. 22. Consumo de Energia na Indústria Cerâmica Comparativo entre os Processos de Fabricação Cerâmico O desafio está em fazer produtos cerâmicos com a mesma qualidade do processamento por via umida.
  23. 23. Consumo de Energia na Indústria Cerâmica Comparativo entre os Processos de Fabricação Cerâmico Fonte: UFSCAR-DEMA-LaCer, 2012.
  24. 24. Consumo de Energia na Indústria Cerâmica Consumo Térmico Médio dos Processos de Fabricação Cerâmico Fonte: UFSCAR-DEMA-LaCer, 2012.
  25. 25. Consumo de Energia na Indústria Cerâmica Contudo, estudos feitos pelo Departamento de Energia da EUA, demonstram que com um simples trabalho de eficiência energética é possível alguma recuperação de energia térmica relacionada ao consumo de combustível. Termografia
  26. 26. Consumo de Energia na Indústria Cerâmica Considerando-se a realização de um projeto de eficiência energética, que pode ser uma simples contenção de calor o tempo de retorno deste investimento nunca é superior a 9 meses. Termografias
  27. 27. Considerações Finais
  28. 28. Obrigada! rosaura@sc.senai.brwww.sc.senai.br | 0800 48 1212

×