Mesa-redonda: Recuperação dos Rios Tietê e Pinheiros e das Represas Guarapiranga e Billings - parte 1

1.086 visualizações

Publicada em

A mesa-redonda apresentou os trabalhos e ações que estão sendo realizados para a recuperação das águas. A proposta falou sobre as perspectivas e prazos para remediar a degradação ambiental sofrida ao longo das últimas décadas nessas áreas.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.086
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
12
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Mesa-redonda: Recuperação dos Rios Tietê e Pinheiros e das Represas Guarapiranga e Billings - parte 1

  1. 1. RECUPERAÇÃO DOS RIOSTIETÊ E PINHEIROS E DAS REPRESAS GUARAPIRANGA E BILLINGS
  2. 2. 1906 - 1908• SÃO PAULO TRAMWAY LIGHT AND POWER CONSTROI A REPRESA GUARAPIRANGA• FINALIDADE: RESERVAR ÁGUA PARA GERAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA USINA DE PARNAÍBA
  3. 3. 1928• GUARAPIRANGA PASSA A SER MANANCIAL DE ÁGUA DE ABASTECIMENTO PÚBLICO• 1929: ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE ÁGUA THEODORO RAMOS (1M3/S)• 1945: ACELLATOR JUNTO À THEODORO RAMOS
  4. 4. DÉCADA DE 20 RIO PINHEIROS
  5. 5. DÉCADA DE 20• REPRESA BILLINGS É INUNDADA COM A BARRAGEM DE PEDREIRA• FINALIDADE: GERAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA EM CUBATÃO
  6. 6. 1957 E 1958• REPRESA BILLINGS UTILIZADA PARA ABASTECIMENTO PÚBLICO• 1957: ESTAÇÃO DO RIO GRANDE• 1958: ESTAÇÃO DO ALTO DA BOA VISTA
  7. 7. 1958• BILLINGS É UTILIZADA PARA ABASTECIMENTO PÚBLICO• INAUGURADA A ESTAÇÃO DO ALTO DA BOA VISTA (ETA ABV)
  8. 8. CONSTRUÇÃO DA USINA HENRY BORDEN EM 1925
  9. 9. 1960• ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE ÁGUA DE CUBATÃO: ETA CUBATÃO
  10. 10. REGIÃO METROPOLITANA REGIÃO METROPOLITA População: 19.681.716 hab Área: 7.944 km 2 Cidades: 39     
  11. 11. CONTRIBUIÇÃO DE CADA SISTEMA A. Cotia R. Grande B. Cotia R. Claro ~2,1% ~6,6% ~1,5% ~6,1% Alto Tietê R. Estiva ~11,4% 0,2%GUARAPIRANGA BILLINGS ABV WTP ~19,8 – ~22,3%~12,87 – ~14,5 m3/s Cantareira ~52,4% PRODUÇÃO TOTAL (MÉDIA DE NOV/00 ATÉ OUT/01): 65 m³/s
  12. 12. ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE ÁGUA DO ALTO DA BOA VISTA(ETA ABV)- RESERVATÓRIOS GUARAPIRANGA/BILLINGS-
  13. 13. TEM ÁGUA SUFICIENTE PARA A CAPACIDADE DA ETA ABV (14M3/S)? NÃO!!!HÁ NECESSIDADE DE TRANSFERIR ÁGUA DA BILLINGS PARA GUARAPIRANGA
  14. 14. Reversão do Taquacetuba Billings GuarapirangaPinheiros Mananciais do Sistema Guarapiranga
  15. 15. ESTAÇÕES DE TRATAMENTO DE ESGOTO (ETES)
  16. 16. CAPACIDADES NOMINAIS DAS ETES CAPACIDADE NOMINAL: •Barueri  9,5 m3/s •ABC  3,0 m3/s •Parque Novo Mundo  2,5 m3/s •Suzano  1,5 m3/sINTERCEPTORES: •São Miguel  1,5 m3/s EXISTENTES TOTAL  18,0 m3/s EM OBRAS OU PLANEJADOS
  17. 17. RIO PINHEIROS
  18. 18. COR DA ÁGUA VARIANDO DOMARROM AO NEGRO
  19. 19. SÓLIDOS SUSPENSOSAPÓS CHUVA É COMUM A PRESENÇA DE LIXO
  20. 20. ODORDESPRENDIMENTO DE GASES QUE OFENDEM O OLFATO EAS ESTRUTURAS METÁLICAS
  21. 21. MOSQUITOSEM TODO SEU CURSO
  22. 22. Culex quinquefasciatusMosquito do canal do rio Pinheiros
  23. 23. Culex quinquefasciatusMosquito do canal do rio Pinheiros
  24. 24. HOJE: REVERTER ÁGUA DO TIETÊPARA O PINHEIROS E DEPOIS PARA A BILLINGS E PARA GUARAPIRANGA É NECESSÁRIO SIM, POR 3 MOTIVOS 1- NÃO PODEMOS ABRIR MÃO DA GERAÇÃO DE ENERGIA EM HENRY BORDEN 2- NÃO TEMOS ÁGUA PARA POTABILIZAR 3- CONTROLE DE ENCHENTES
  25. 25. RIO QUE QUEREMOS
  26. 26. RIO QUE TEMOS
  27. 27. UNIVERSIDADE DE SÃO PAULOFACULDADE DE SAÚDE PÚBLICA PROF. DR. PEDRO MANCUSO mancuso@usp.br www.ehsolutions.com.br OUTUBRO DE 2012

×