“O ENSINO DA CONTABILIDADE      FACE AS NORMAS       BRASILEIRAS”
O ENSINO DA CONTABILIDADE                               Exame de        Currículo Diretrizes       ENADE                  ...
A formação geralDevemos nos preocupar com a capacidade dos alunos derelatar, analisar, sintetizar, comunicar-se com clarez...
Formação geralA formação de um profissional ético, competente e comprometidocom a sociedade em que vive.Devemos formar os ...
Formação Específica1. Nível de compreensão em relação as questões sociais, econômicas   e financeiras;2. Grau de domínio d...
Formação específica tomará como        referência o seguinte perfil1.   Domínio da Ciência Contábil;2.   Capacidade de abs...
Formação específica tomará como        referência o seguinte perfil1.   O uso adequado da terminologia e linguagem contábi...
O bom profissional de Contabilidade                    deve:1.   Domínio da Ciência Contábil;2.   Capacidade de abstração;...
Conteúdos1. Teoria contábil2. Ética geral e profissional3. Escrituração contábil e elaboração de demonstrações    contábei...
Ensino da Contabilidade através das                 normas•As Normas Brasileiras de Contabilidade classificam-se em Profis...
Ensino da Contabilidade através das                 normas•As Normas Técnicas estabelecem conceitos doutrinários, regras e...
Ensino da Contabilidade através das        normas: a EssênciaEmenta                                      Resolução CFC nºP...
Ensino da Contabilidade através das      normas: Legislação Profissional•Decreto Lei nº 9295/46 consolidada com a Lei 12.2...
Contabilidade BásicaEmenta                                                 Resolução CFC nºNORMAS PROFISSIONAISNBC PG - GE...
Contabilidade SocietáriaEmenta                                                 Resolução CFC nºNORMAS PROFISSIONAISNBC PG ...
Contabilidade SocietáriaEmenta                                                                         Resolução CFC nºNOR...
Contabilidade SocietáriaEmenta                                                                                            ...
Contabilidade em atividades específicasEmenta                                                               Resolução CFC ...
Contabilidade PúblicaEmenta                                                               Resolução CFC nºNORMAS PROFISSIO...
AuditoriaEmenta                                                             Resolução CFC nºNORMAS PROFISSIONAISNBC PG - G...
AuditoriaEmenta                                                                                       Resolução CFC nºNORM...
AuditoriaEmenta                                                                                    Resolução CFC nºNORMAS ...
AuditoriaEmenta                                                                         Resolução CFC nºNORMAS PROFISSIONA...
AuditoriaEmenta                                                                                    Resolução CFC nºNORMAS ...
PeríciaEmenta                                   Resolução CFC nºNORMAS PROFISSIONAISNBC PG - GERALNORMAS TÉCNICASNBC TP - ...
Para ter acesso ao texto completo das               normas                www.cfc.org.br   clique Normas Brasileiras de Co...
Os Grandes Desafios de um Curso de ExcelênciaComo integrar o aluno ao mundo empresarial e à pesquisa científicaComo capaci...
“As escolas estão se tornando   cada vez mais empresas eas empresas cada vez mais escolas.”
“Aprender a aprender;SENAC - SP                                       Aprender a ser                                      ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

22ª Convecon - Ensino da Contabilidade face às Normas Brasileiras de Contabilidade

1.985 visualizações

Publicada em

Palestra Ensino da Contabilidade face às Normas Brasileiras de Contabilidade


Entre os dias 17 e 19/8/2011 a cidade de Santos recebeu a 22ª Convenção dos Contabilistas do Estado de São Paulo (Convecon), evento que reuniu empresas, profissionais e estudantes do segmento e promoveu diversas palestras com temas referentes a todas as áreas da contabilidade.

O Senac marcou presença durante os três dias da Convecon e ofereceu seis palestras diferentes dentro de seu estande, além de organizar um concurso cultural que premiou com um iPad, a melhor frase que contenha as palavras “Senac” e “contabilidade”.

Para mais informações, acesse http://j.mp/nFhqZL

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.985
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
179
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
52
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

22ª Convecon - Ensino da Contabilidade face às Normas Brasileiras de Contabilidade

  1. 1. “O ENSINO DA CONTABILIDADE FACE AS NORMAS BRASILEIRAS”
  2. 2. O ENSINO DA CONTABILIDADE Exame de Currículo Diretrizes ENADE Suficiência UNESCO -Curriculares IFAC Formação de profissionais preocupados com a Educação Profissional Continuada 73
  3. 3. A formação geralDevemos nos preocupar com a capacidade dos alunos derelatar, analisar, sintetizar, comunicar-se com clareza ecoerência: 1. sociodiversidade, 2. multiculturalismo e inclusão de minorias, 3. biodiversidade, ecologia, novos mapas sócio e geopolíticos; 4. globalização, arte e filosofia; 5. política, educação, habitação saúde e segurança, redes sociais e responsabilidade. 6. Setor público e privado, relações interpessoais, vida urbana e rural, cidadania, avanços tecnológicos e relações de trabalho 74
  4. 4. Formação geralA formação de um profissional ético, competente e comprometidocom a sociedade em que vive.Devemos formar os estudante para: 1. analisar, sintetizar, criticar, deduzir, construir hipóteses, 2. estabelecer relações, 3. fazer comparações, 4. detectar contradições, 5. decidir, organizar, trabalhar em equipe e administrar conflitos. 75
  5. 5. Formação Específica1. Nível de compreensão em relação as questões sociais, econômicas e financeiras;2. Grau de domínio de elaboração das demonstrações financeiras e de analise e interpretação de suas informações, e consecutiva utilização no processo decisório;3. Os conhecimentos das funções de prestação de contas, auditorias, perícias e arbitragem;4. O conhecimento de análise qualitativa de dados e informações;5. A capacidade de reconhecer, de avaliar e de utilizar tecnologias de informação 76
  6. 6. Formação específica tomará como referência o seguinte perfil1. Domínio da Ciência Contábil;2. Capacidade de abstração;3. Habilidade numérica4. Visão sistêmica5. Habilidade de comunicação oral e escrita6. Capacidade de assumir responsabilidades7. Conduta ética8. Capacidade de conviver em ambientes de conflitos 77
  7. 7. Formação específica tomará como referência o seguinte perfil1. O uso adequado da terminologia e linguagem contábil2. Visão sistêmica e interdisciplinar da atividade contábil3. Elaboração de relatórios e pareceres4. Aplicação das legislações específicas inerentes a profissão contábil5. Desenvolver motivação, articulação, liderança e controles técnicos para gerar e divulgar as informações contábeis6. Responsabilidade no domínio da função contábil7. Desenvolver, analisar e implantar sistema de informação contábil e de controle gerencial8. Ética e proficiência na execução das atividades profissionais 78
  8. 8. O bom profissional de Contabilidade deve:1. Domínio da Ciência Contábil;2. Capacidade de abstração;3. Habilidade numérica4. Visão sistêmica5. Habilidade de comunicação oral e escrita6. Capacidade de assumir responsabilidades7. Conduta ética8. Capacidade de conviver em ambientes de conflitos 79
  9. 9. Conteúdos1. Teoria contábil2. Ética geral e profissional3. Escrituração contábil e elaboração de demonstrações contábeis e financeiras4. Análise e interpretação das demonstrações financeiras5. Contabilidade e analise de custos6. Controladoria7. Orçamento e administração financeira8. Contabilidade e orçamento governamental9. Noções de auditoria interna e externa10. Noções de perícia e arbitragem11. Noções de legislação societária, trabalhista e tributária12. Noções de estatística e inferência – especialmente probabilidade13. Noções de sistemas e tecnologias de informações 80
  10. 10. Ensino da Contabilidade através das normas•As Normas Brasileiras de Contabilidade classificam-se em Profissionais eTécnicas.•As Normas Profissionais estabelecem regras de exercício profissional eclassificam-se em: •NBC PG – Geral •NBC PA - do Auditor Independente •NBC PI - do Auditor Interno •NBC PP - do Perito 81
  11. 11. Ensino da Contabilidade através das normas•As Normas Técnicas estabelecem conceitos doutrinários, regras eprocedimentos aplicados de Contabilidade e classificam-se em:•NBC TG – Geral •Normas completas •Normas simplificadas para PMEs •Normas específicas 82
  12. 12. Ensino da Contabilidade através das normas: a EssênciaEmenta Resolução CFC nºPrincípios de Contabilidade 750/93 (alt. 1.282/10)Apêndice II - Princípios de Contabilidade 1.111/07 83
  13. 13. Ensino da Contabilidade através das normas: Legislação Profissional•Decreto Lei nº 9295/46 consolidada com a Lei 12.249/10•Resolução CFC 560/82•Código de Ética – atualmente em discussão – inserir o Código Ética do IFAC•Contextualizar os alunos sobre as As Normas Brasileiras de Contabilidadeclassificam-se em Profissionais e Técnicas.•As Normas Profissionais estabelecem regras de exercício profissional eclassificam-se em: •NBC PG – Geral •NBC PA - do Auditor Independente •NBC PI - do Auditor Interno •NBC PP - do Perito 84
  14. 14. Contabilidade BásicaEmenta Resolução CFC nºNORMAS PROFISSIONAISNBC PG - GERALNORMAS TÉCNICASContabilidade BásicaNBC T 1 - Estrutura Conceitual para a Elaboração e 1.121/08Apresentação das Demonstrações ContábeisNBC T 19.27 - Apresentação das Demonstrações Contábeis 1.185/09 (alt. 1.273/10)NBC T 19.35 - Demonstrações Separadas 1.239/09NBC T 19.36 - Demonstrações Consolidadas 1.240/09 (alt. 1.273/10)IT 09 - Demonstrações Contábeis Individuais, DemonstraçõesSeparadas, Demonstrações Consolidadas e Aplicação do1.262/09Método de Equivalência Patrimonial
  15. 15. Contabilidade SocietáriaEmenta Resolução CFC nºNORMAS PROFISSIONAISNBC PG - GERALNORMAS TÉCNICASContabilidade SocietáriaNBC T 3.7 - Demonstração do Valor Adicionado 1.138/08 (alt. 1.162/09)NBC T 3.8 - Demonstração dos Fluxos de Caixa 1.296/10NBC T 7 - Efeitos das Mudanças nas Taxas de Câmbio e1.295/10Conversão de Demonstrações ContábeisNBC T 10.2 - Operações de Arrendamento Mercantil 1.304/10NBC T 10.23 - Entidades de Incorporação Imobiliária 1.154/09 (alt. 1.273/10)NBC T 17 - Divulgação sobre Partes Relacionadas 1.297/10NBC T 19.1 - Ativo Imobilizado 1.177/09NBC T 19.2 - Tributos sobre o Lucro 1.189/09NBC T 19.4 - Subvenção e Assistência Governamentais 1.305/10NBC T 19.7 - Provisões, Passivos Contingentes e Ativos 1.180/09ContingentesNBC T 19.8 - Ativo Intangível 1.303/10NBC T 19.10 - Redução ao Valor Recuperável de Ativos 1.292/10
  16. 16. Contabilidade SocietáriaEmenta Resolução CFC nºNORMAS PROFISSIONAISNBC PG - GERALNORMAS TÉCNICASContabilidade SocietáriaNBC T 19.11 - Políticas Contábeis, Mudança de Estimativa e Retificação de Erro 1.179/09NBC T 19.12 - Evento Subseqüente 1.184/09NBC T 19.14 - Custos de Transação e Prêmios na Emissão de Títulos e Valores 1.313/10MobiliáriosNBC T 19.15 - Pagamento Baseado em Ações 1.314/10NBC T 19.16 - Contratos de Seguro 1.150/09NBC T 19.17 - Ajuste a Valor Presente 1.151/09NBC T 19.20 - Estoques 1.170/09 (alt. 1.273/10)NBC T 19.21 - Contratos de Construção 1.171/09NBC T 19.22 - Custos de Empréstimos 1.172/09NBC T 19.23 - Combinação de Negócios 1.175/09NBC T 19.25 - Informações por Segmento 1.176/09NBC T 19.26 - Propriedade para Investimento 1.178/09NBC T 19.28 - Ativo Não Circulante Mantido para Venda e Operação 1.188/09DescontinuadaNBC T 19.29 - Ativo Biológico e Produto Agrícola 1.186/09NBC T 19.30 - Receitas 1.187/09
  17. 17. Contabilidade SocietáriaEmenta Resolução CFC nºNORMAS PROFISSIONAISNBC PG - GERALNORMAS TÉCNICASContabilidade SocietáriaNBC T 19.31 - Benefícios a Empregados 1.193/09NBC T 19.32 - Instrumentos Financeiros: Reconhecimento e Mensuração 1.196/09NBC T 19.33 - Instrumentos Financeiros: Apresentação 1.197/09 (alt. 1.324/11)NBC T 19.34 - Instrumentos Financeiros: Evidenciação 1.198/09NBC T 19.37 - Investimento em Coligada e em Controlada 1.241/09NBC T 19.38 - Investimento em Empreendimento Controlado em Conjunto (Joint Venture) 1.242/09NBC T 19.42 - Resultado por Ação 1.287/10IT 01 - Contabilização da Proposta de Pagamento de Dividendos 1.195/09IT 02 - Instrumentos Financeiros: Reconhecimento, Mensuração e Evidenciação 1.199/09IT 03 - Aspectos Complementares das Operações de Arrendamento Mercantil 1.256/09IT 06 - Hedge de Investimento Líquido em Operação no Exterior 1.259/09IT 07 - Distribuição de Lucros in Natura 1.260/09IT 08 - Contratos de Concessão 1.261/09IT 10 - Interpretação sobre a Aplicação Inicial ao Ativo Imobilizado e à Propriedade para Investimento 1.263/09IT 11 - Recebimento em Transferência de Ativos dos Clientes 1.264/09IT 12 - Mudanças em Passivos por Desativação, Restauração e Outros Passivos Similares 1.265/09IT 13 - Contrato de Construção do Setor Imobiliário 1.266/09IT 14 - Direitos a Participações Decorrentes de Fundos de Desativação, Restauração e Reabilitação 1.288/10Ambiental.IT 15 - Passivos Decorrentes de Participação em Mercados Específicos - Resíduos de Equipamentos 1.289/10Eletroeletrônicos.IT 16 - Extinção de Passivos Financeiros com Instrumentos Patrimoniais 1.316/10
  18. 18. Contabilidade em atividades específicasEmenta Resolução CFC nºNORMAS PROFISSIONAISNBC PG - GERALNORMAS TÉCNICASContabilidade aplicada a atividades especificasNBC TE 11 - Entidade Fechada de Previdência Complementar 1.272/10NBC T 10.4 - Fundações 837/99NBC T 10.8 - Entidades Cooperativas 920/01NBC T 10.8 - IT - 01 - Entidades Cooperativas 1.013/05NBC T 10.13 - Entidades Desportivas Profissionais 1.005/04NBC T 10.18 - Entidades Sindicais e Associações de Classe 838/99 (alt. 852/99) 877/00 (alts. 926/01 eNBC T 10.19 - Entidades sem Finalidade de Lucros 966/03)NBC T 10.21 - Entidades Cooperativas Operadoras de Planos de 944/02Assistência à SaúdeNBC T 10.21 - IT 1 - Regulamentação do item 10.21.1.4 958/03NBC T 10.21 - IT 2 - Regulamentação do item 10.21.4 - Demonstração de 959/03Sobras e PerdasNBC T 15 - Informações de Natureza Social e Ambiental 1.003/04
  19. 19. Contabilidade PúblicaEmenta Resolução CFC nºNORMAS PROFISSIONAISNBC PG - GERALNORMAS TÉCNICASContabilidade PúblicaNBC TSP - DO SETOR PÚBLICONBC T 16.1 - Conceituação, Objeto e Campo de Aplicação 1.128/08 (alt. 1.268/09)NBC T 16.2 - Patrimônio e Sistemas Contábeis 1.129/08 (alt. 1.268/09)NBC T 16.3 - Planejamento e seus Instrumentos sob o Enfoque Contábil 1.130/08NBC T 16.4 - Transações no Setor Público 1.131/08NBC T 16.5 - Registro Contábil 1.132/08NBC T 16.6 - Demonstrações Contábeis 1.133/08 (alt. 1.268/09)NBC T 16.7 - Consolidação das Demonstrações Contábeis 1.134/08NBC T 16.8 - Controle Interno 1.135/08NBC T 16.9 - Depreciação, Amortização e Exaustão 1.136/08NBC T 16.10 - Avaliação e Mensuração de Ativos e Passivos em 1.137/08Entidades do Setor Público
  20. 20. AuditoriaEmenta Resolução CFC nºNORMAS PROFISSIONAISNBC PG - GERALNORMAS TÉCNICASAuditoriaNBC TA - DE AUDITORIA INDEPENDENTE DE INFORMAÇÃO CONTÁBIL HISTÓRICANBC TA 01 - Estrutura Conceitual para Trabalhos de Asseguração 1.202/09NBC TA 200 - Objetivos Gerais do Auditor Independente e a Condução 1.203/09da Auditoria em Conformidade com Normas de AuditoriaNBC TA 210 - Concordância com os Termos do Trabalho de Auditoria 1.204/09NBC TA 220 - Controle de Qualidade da Auditoria de Demonstrações1.205/09ContábeisNBC TA 230 - Documentação de Auditoria 1.206/09NBC TA 240 - Responsabilidade do Auditor em Relação a Fraude, no1.207/09Contexto da Auditoria de Demonstrações ContábeisNBC TA 250 - Consideração de Leis e Regulamentos na Auditoria de1.208/09Demonstrações ContábeisNBC TA 260 - Comunicação com os Responsáveis pela Governança 1.209/09NBC TA 265 - Comunicação de Deficiências de Controle Interno 1.210/09
  21. 21. AuditoriaEmenta Resolução CFC nºNORMAS PROFISSIONAISNBC PG - GERALNORMAS TÉCNICASAuditoriaNBC TA - DE AUDITORIA INDEPENDENTE DE INFORMAÇÃO CONTÁBIL HISTÓRICANBC TA 300 - Planejamento da Auditoria de Demonstrações Contábeis 1.211/09NBC TA 315 - Identificação e Avaliação dos Riscos de Distorção Relevante por meio do1.212/09Entendimento da Entidade e do seu AmbienteNBC TA 320 - Materialidade no Planejamento e na Execução da Auditoria 1.213/09NBC TA 330 - Resposta do Auditor aos Riscos Avaliados 1.214/09NBC TA 402 - Considerações de Auditoria para a Entidade que Utiliza Organização Prestadora de1.215/09ServiçosNBC TA 450 - Avaliação das Distorções Identificadas durante a Auditoria 1.216/09NBC TA 500 - Evidência de Auditoria 1.217/09NBC TA 501 - Evidência de Auditoria - Considerações Específicas para Itens Selecionados 1.218/09NBC TA 505 - Confirmações Externas 1.219/09NBC TA 510 - Trabalhos Iniciais - Saldos Iniciais 1.220/09NBC TA 520 - Procedimentos Analíticos 1.221/09NBC TA 530 - Amostragem em Auditoria 1.222/09NBC TA 540 - Auditoria de Estimativas Contábeis, Inclusive do Valor Justo, e Divulgações1.223/09RelacionadasNBC TA 550 - Partes Relacionadas 1.224/09NBC TA 560 - Eventos Subseqüentes 1.225/09NBC TA 570 - Continuidade Operacional 1.226/09NBC TA 580 - Representações Formais 1.227/09
  22. 22. AuditoriaEmenta Resolução CFC nºNORMAS PROFISSIONAISNBC PG - GERALNORMAS TÉCNICASAuditoriaNBC TA - DE AUDITORIA INDEPENDENTE DE INFORMAÇÃO CONTÁBIL HISTÓRICANBC TA 600 - Considerações Especiais - Auditorias de Demonstrações Contábeis de Grupos,1.228/09Incluindo o Trabalho dos Auditores dos ComponentesNBC TA 610 - Utilização do Trabalho de Auditoria Interna 1.229/09NBC TA 620 - Utilização do Trabalho de Especialistas 1.230/09NBC TA 700 - Formação da Opinião e Emissão do Relatório do Auditor Independente sobre as1.231/09Demonstrações ContábeisNBC TA 705 - Modificações na Opinião do Auditor Independente 1.232/09NBC TA 706 - Parágrafos de Ênfase e Parágrafos de Outros Assuntos no Relatório do Auditor1.233/09IndependenteNBC TA 710 - Informações Comparativas - Valores Correspondentes e Demonstrações Contábeis1.234/09ComparativasNBC TA 720 - Responsabilidade do Auditor em Relação a Outras Informações Incluídas em1.235/09Documentos que Contenham Demonstrações Contábeis AuditadasNBC TA 800 - Considerações Especiais - Auditorias de Demonstrações Contábeis Elaboradas de1.236/09Acordo com Estruturas Conceituais de Contabilidade para Propósitos EspeciaisNBC TA 805 - Considerações Especiais - Auditoria de Quadros Isolado das Demonstrações1.237/09Contábeis e de Elementos, Contas ou Itens Específicos das Demonstrações ContábeisNBC TA 810 - Trabalhos para a Emissão de Relatório sobre Demonstrações Contábeis1.238/09Condensadas
  23. 23. AuditoriaEmenta Resolução CFC nºNORMAS PROFISSIONAISNBC PG - GERALNORMAS TÉCNICASAuditoriaNBC TA - DE AUDITORIA INDEPENDENTE DE INFORMAÇÃO CONTÁBIL HISTÓRICACTA 05 - Emissão do Relatório do Auditor Independente Sobre Demonstrações1.331/11Contábeis de Fundos de Investimentos.CTA 06 - Emissão do Relatório do Auditor Independente sobre Demonstrações1.332/11Contábeis de Companhias Abertas, conforme facultado pela Deliberação CVM nº656/11CTA 07 - Emissão do Relatório do Auditor Independente dobre demonstrações1.333/11Contábeis Individuais e Consolidadas de Entidades Supervisionadas pela ANSCTA 08 - Emissão do Relatório do Auditor Independente sobre demonstrações1.334/11Contábeis das Entidades Fechadas de Previdência Complementar (EFPC)CTA 09 - Emissão do Relatório do Auditor Independente sobre demonstrações1.335/11Contábeis de Entidades de Incorporação ImobiliáriaCTA 10 - Emissão do Relatório (Parecer) do Auditor Independente sobre1.336/11Demonstrações Contábeis de Pequenas e Médias EmpresasCTA 11 - Emissão de Relatórios de Revisão das Informações Trimestrais do ano de1.338/112010
  24. 24. AuditoriaEmenta Resolução CFC nºNORMAS PROFISSIONAISNBC PG - GERALNORMAS TÉCNICASAuditoriaNBC TA - DE AUDITORIA INDEPENDENTE DE INFORMAÇÃO CONTÁBIL HISTÓRICANBC TR - DE REVISÃO DE INFORMAÇÃO CONTÁBIL HISTÓRICANBC TR 2400 - Trabalhos de Revisão de Demonstrações Contábeis 1.275/10NBC TR 2410 - Revisão de Informações Intermediárias Executada pelo Auditor da Entidade 1.274/10NBC TO - DE ASSEGURAÇÃO DE INFORMAÇÃO HISTÓRICANBC TO 3000 - Trabalho de Asseguração Diferente de Auditoria e Revisão 1.160/09 (alt. 1.163/09)NBC TSC - DE SERVIÇO CORRELATONBC TSC 4400 - Trabalhos de Execução de Procedimentos Acordados Referentes a Informação 1.277/10ContábilNBC TI - DE AUDITORIA INTERNANBC T 12 - Da Auditoria Interna 986/03CT 07 - Emissão do Relatório do Auditor Independente sobre Demonstrações Contábeis 1.320/11Individuais e Consolidadas.CT 08 - Emissão do Relatório do Auditor Independente sobre Demonstrações ContábeisIndividuais e Consolidadas de Instituições Financeiras e Demais Instituições Autorizadas a1.321/11Funcionar pelo Banco Central do Brasil (BCB).CT 09 - Emissão do Relatório do Auditor Independente sobre Demonstrações ContábeisIndividuais e Consolidadas de Entidades Supervisionadas pela Superintendência de Seguros1.322/11Privados (SUSEP).
  25. 25. PeríciaEmenta Resolução CFC nºNORMAS PROFISSIONAISNBC PG - GERALNORMAS TÉCNICASNBC TP - DE PERÍCIANBC TP 01 - Perícia Contábil 1.243/09
  26. 26. Para ter acesso ao texto completo das normas www.cfc.org.br clique Normas Brasileiras de Contabilidade.
  27. 27. Os Grandes Desafios de um Curso de ExcelênciaComo integrar o aluno ao mundo empresarial e à pesquisa científicaComo capacitar o aluno para que ele compreenda a dinâmica do mundocontemporâneoComo incorporar ao conhecimento dos docentes todas as mudanças que omundo contábil promoveComo integrar o professor ao mundo empresarial e acadêmicoComo captar as tendências do mundo da educação, com relação a novoscursos e conteúdos mais dinâmicos (em suma, o que o sistema estádemandando)Como compreender as novas demandas dos adolescentes, oferecendocursos modernos e com aplicação intensiva de estudos de caso
  28. 28. “As escolas estão se tornando cada vez mais empresas eas empresas cada vez mais escolas.”
  29. 29. “Aprender a aprender;SENAC - SP Aprender a ser Aprender a fazer” Graduação • Bacharelado em Ciências Contábeis entre os 32 cursos de Bacharelado e Tecnólogo Pós Graduação • 60 títulos de Especialização Lato Sensu - Controladoria e Finanças - credenciado no CRC-SP – desconto para contabilista In Company • Cursos de curta, média ou longa duração desenvolvido especificamente para atender necessidades específicas da empresa Cursos e Treinamentos • Ensino técnico e livre – Programa Senac de Gratuidade

×