Introdução ao Estudo da História - Fontes Históricas

520 visualizações

Publicada em

Introdução ao Estudo da História

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
520
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
16
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Introdução ao Estudo da História - Fontes Históricas

  1. 1. INTRODUÇÃO À HISTÓRIAINTRODUÇÃO À HISTÓRIA “Aquele que compreende o que acontece, e porque acontece, é livre”. (Spinoza) “Da incompreensão do passado nasce a ignorância do presente” (Marc Bloch)
  2. 2. Perguntas usuaisPerguntas usuais  O que é História?O que é História?  Estudar História: paraEstudar História: para quê?quê?  Como se escreve aComo se escreve a História?História?
  3. 3. EtimologiaEtimologia  HístorHístor: “sábio”,: “sábio”, “conhecedor” (em grego)“conhecedor” (em grego)  História: “conhecimentoHistória: “conhecimento por meio da indagação”por meio da indagação”
  4. 4. Definições famosasDefinições famosas  ““Estudo do passado” (Johann Goetfried von Herder, 1744-1803)Estudo do passado” (Johann Goetfried von Herder, 1744-1803)  ““Narração metódica dos fatos notáveis ocorridos na vida dosNarração metódica dos fatos notáveis ocorridos na vida dos povos, em particular, e na vida da humanidade, em geral”.povos, em particular, e na vida da humanidade, em geral”. (Aurélio Buarque de Holanda Ferreira, 1910-1989)(Aurélio Buarque de Holanda Ferreira, 1910-1989)  ““A ciência dos homens no transcurso do tempo” (Marc Bloch,A ciência dos homens no transcurso do tempo” (Marc Bloch, 1886-1944)1886-1944)  ““Processo de mudança contínua da sociedade humana” (LucienProcesso de mudança contínua da sociedade humana” (Lucien Febvre, 1878-1956)Febvre, 1878-1956)  ““Estudo do que os homens do passado fizeram, da maneira pelaEstudo do que os homens do passado fizeram, da maneira pela qual viviam, da idéias que tinham... em resumo, a História é aqual viviam, da idéias que tinham... em resumo, a História é a soma do estudo dos costumes do passado, com a descrição dossoma do estudo dos costumes do passado, com a descrição dos acontecimentos havidos, mostrando como viviam e o queacontecimentos havidos, mostrando como viviam e o que realizaram os homens que nos precederam” (Sérgio Buarque derealizaram os homens que nos precederam” (Sérgio Buarque de Holanda, 1902-1982).Holanda, 1902-1982).  ““Área do conhecimento responsável pelo estudo metódico dasÁrea do conhecimento responsável pelo estudo metódico das sociedades humanas do passado” (Marcelo dos Reis Tavares,sociedades humanas do passado” (Marcelo dos Reis Tavares, 1977- ...)1977- ...)
  5. 5. HistóriaHistória  É a área do conhecimento humano que estuda asÉ a área do conhecimento humano que estuda as sociedades do passado.sociedades do passado.  A História tem sempre em vista as mudanças eA História tem sempre em vista as mudanças e permanênciaspermanências  Todos somos parte da HistóriaTodos somos parte da História
  6. 6. Estudar História: para quê?Estudar História: para quê?  Porque é interessantePorque é interessante conhecer as sociedades doconhecer as sociedades do passadopassado  Porque ajuda aPorque ajuda a compreender o mundo atualcompreender o mundo atual e a nós mesmose a nós mesmos  Conhecendo o mundo e aConhecendo o mundo e a nós mesmos poderemosnós mesmos poderemos construir, juntos, um futuroconstruir, juntos, um futuro melhormelhor
  7. 7. História e CulturaHistória e Cultura ““A cultura é uma teia deA cultura é uma teia de significados que o própriosignificados que o próprio homem tece e que depoishomem tece e que depois se vê preso à ela”se vê preso à ela” (Max Weber)(Max Weber)
  8. 8. O tempo HistóricoO tempo Histórico ““Que é o tempo? Se não meQue é o tempo? Se não me perguntar eu sei. Se meperguntar eu sei. Se me perguntar direi que não sei”perguntar direi que não sei” (Santo Agostinho)(Santo Agostinho)  Rupturas e continuidadesRupturas e continuidades  DialéticaDialética  Processo históricoProcesso histórico
  9. 9. Os calendáriosOs calendários  Ocidente: Calendário CristãoOcidente: Calendário Cristão (Papa Gregório XIII – 1582)(Papa Gregório XIII – 1582)  Outros povos têm outrosOutros povos têm outros calendárioscalendários  Cuidado com a visãoCuidado com a visão eurocêntrica (cada povo temeurocêntrica (cada povo tem sua cultura e História)sua cultura e História)  Milênios, séculos e décadasMilênios, séculos e décadas
  10. 10. O HistoriadorO Historiador  Tem papel ativo na escritaTem papel ativo na escrita da históriada história  Sua posição social, suasSua posição social, suas expectativas e suasexpectativas e suas experiências refletem emexperiências refletem em sua interpretação dasua interpretação da HistóriaHistória  Erudição é importanteErudição é importante
  11. 11. As Fontes HistóricasAs Fontes Históricas  Qualquer vestígio de qualquer sociedade doQualquer vestígio de qualquer sociedade do passadopassado  Podem ser escritas ou não-escritasPodem ser escritas ou não-escritas  Não dizem nada até que o historiador asNão dizem nada até que o historiador as interpreteinterprete
  12. 12. Ciências auxiliaresCiências auxiliares  ArqueologiaArqueologia  AntropologiaAntropologia  SociologiaSociologia  CronologiaCronologia  EconomiaEconomia  GeografiaGeografia  AstronomiaAstronomia  Etc., etc., e etc.,Etc., etc., e etc.,
  13. 13. Anos, décadas, séculos e milêniosAnos, décadas, séculos e milênios

×