Ao Gás, de Cesário Verde

14.591 visualizações

Publicada em

Análise da terceira parte do poema O Sentimento dum Ocidental - Ao Gás, de Cesário Verde, feita pelos alunos do 11ºF, da Escola Básica 2,3/S de Vale de Cambra, no âmbito da disciplina de Português

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
14.591
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.030
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ao Gás, de Cesário Verde

  1. 27. Temas do terceiro momento do poema: O sujeito poético caminha solitário observando os cenários nocturnos da miséria humana, estes provocam-lhe uma espécie de estado alucinado . As imagens da cidade são associados a outras imagens igualmente triste s e degradantes . O poeta evidencia a hipocrisia de certos comportamentos sociais e religiosos para mostrar que a burguesia é tão miserável como as “impuras” que se arrastam pelas ruas da cidade. A comparação torna-se mais evidente quando o narrador realça o trabalho honesto daqueles que vivem a vida a trabalhar mas que a cidade aprisiona. A ultima estrofe sintetiza a dor do poeta perante uma realidade tão perversa .
  2. 28. Figuras de estilo presentes no poema: Apóstrofe “Ó moles hospitais! Sai das embocaduras” Enumeração “Com santos e fieis, andores, ramos, velas” Ironia “Em uma catedral de um comprimento imenso” Sinestesia “Um cheiro salutar e honesto a pão no forno” Tripla adjectivação “Com versos magistrais, salubres e sinceros” Metáfora “Que grande cobra, a lúbrica pessoa” Dupla adjectivação “E nas esquinas, calvo, eterno, sem repouso”
  3. 29. Escola Básica 2,3/S de Vale de Cambra Português - 2008/2009 Trabalho feito por: Laura Julien Gisela Marina Eduarda 11ºE A Professora: Dina Baptista

×