Roadshow Brasília Novas funcionalidades Liferay 6

3.257 visualizações

Publicada em

Palestra

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.257
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.048
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
25
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Roadshow Brasília Novas funcionalidades Liferay 6

  1. 1. Liferay 6: novas funcionalidades Thiago Moreira Consultoria/Treinamentos
  2. 2. Principais objetivos - Aumentar e melhorar o conjunto de funcionalidades disponíveis por padrão Permitindo um deployment mais rápido de soluções. - Facilitar a customização da plataforma de forma prática e simples. Para que você possa implementar tudo o que imaginar.
  3. 3. Áreas - Melhorias funcionais - Usabilidade e acessibilidade - Melhorias da plataforma - Extensão e integração
  4. 4. Melhorais Funcionais Gerenciamento de conteúdo, colaboração, funcionalidades socias, etc
  5. 5. Campos costumizáveis ● Permitem criar campos extras para usuários, comunidades, páginas, wikis e qualquer tipo de conteúdo. ● Não há necessidade de alterar a estrutura do banco de dados ● Os campos podem ser usados para busca automaticamente. ● UI gerada automaticamente.
  6. 6. Workflow integrado ● Permitir atribuir workflows diferentes para criação de conteúdo. ● Integrado com os principais conteúdos por padrão. ● Configurável por Comunidade e Organização ● Workflows pré definido para os casos mais comuns. ● Terá integração com as engines de workflows líderes de mercado: jBPM já disponível
  7. 7. Compartilhamento global ● Repositório global de conteúdos. ● Permite criar conteúdos que podem ser compartilhados pelas Comunidades e Organizações.
  8. 8. Editor de estrutura ● Editor visual com drag and drop. ● Permite atualizar a estrutura sem sair do ambiente de edição de conteúdo web. ● Ajuda integrada que auxilia a edição da estrutura.
  9. 9. Publicador de ativo ● Permite mostrar qualquer tipo de conteúdo. ● Conteúdo pode ser filtrado por: 1. Tipo (um, todos ou específico) 2. Categorias: contendo ou não 3. Tags: contendo ou não 4. Fonte: global, comunidade, organização ou página 5. Qualquer combinação acima
  10. 10. Modelos de página ● Criação de páginas pré-configurdas. ● Acelera a construção de sites. ● Permite a padronização de configurações.
  11. 11. Modelos de sites ● Cria um site com um clique. ● Permite definir a configuração de páginas, portlets e seus conteúdos. ● Aplicado na criação de Comunidades e Organizações. ● Para páginas públicas e privadas.
  12. 12. Permissões ● Permite executar queries inteligentes no banco de dados que filtram items baseado em permissões individuais. ● Disponível por padrão na Biblioteca de documentos e no Fórum. ● Funcionalidade limitada a deployments usando o algoritmo de permissão 6. ● Migração de outros algoritmos para o 6 está disponível.
  13. 13. Equipes ● Permite criar equipes dentro de Comunidades e Organizações. ● Complementa Grupo de usuários e Papéis os quais são definidos globalmente no portal.
  14. 14. Equidade social ● Permite recompensar de forma mais balanceada a iteração dos usuários com o portal. ● A quantidade não é mais a única métrica. Peso da ação, tempo de vida, limite diário são items que podem ser configurados.
  15. 15. Usabilidade e acessibilidade
  16. 16. Tradução ● Tradução manual dos termos para o Português Brasileiro. ● Padronizada e consistente.
  17. 17. Novo tema padrão ● Design mais “clean” ● Tableless ● Melhor infra estrutura para costumização ● HTML 5
  18. 18. Navegação e administração ● Dockbar ● Administração simplificada ● Breadcrumb unificado ● Sites ● Hierarquia de páginas ● Navegação de portlets
  19. 19. Melhorias no design dos portlets ● Principais portles ● Biblioteca de documentos ● Galeria de images ● Fórum ● Melhorias ● Design mais “clean” ● Melhor layout das informações
  20. 20. Acessibilidade ● Adotada a recomendação WCAG 2.0 do W3C ● Compatível na criação de aplicações dinâmicas do tipo web 2.0 ● Rápida adoção mundial ● UI taglib permitem a criação de portlets acessíveis ● Integração com o novo CKEditor para facilitar a edição de conteúdo de forma acessível.
  21. 21. Melhorias da plataforma
  22. 22. Performance e monitoração ● Muitas melhorias de performance ● Redução do uso de memória ● Smart locking ● Monitoração através do JMX ● Monitora métricas ● Identifica portlets lentos
  23. 23. Framework de auditoria ● Permitir auditar qualquer operação realizada pelo usuário ● Administração de usuários e permissão ● Gerenciamento de conteúdo ● Customizável através do hook plugin ● Inclui interface para visualizar os logs
  24. 24. Geração de relatórios ● Permite executar relatórios pré definidos baseados nas informações da base dados. ● Integrado com Jasper e BIRT (logo) ● Permite agendar a execução
  25. 25. Scripting framework ● Permite a execução de qualquer linguagem de script suportada pela JVM: Groovy, Ruby, Python e Javascript ● Principal uso ● Console de administração avançado
  26. 26. Sharding ● Permite conectar o portal a diferentes banco de dados ● Principal uso ● Escabilidade ● Isolamento de dados (SaaS/Cloud)
  27. 27. Extensão e integração
  28. 28. Liferay IDE
  29. 29. Liferay IDE ● Baseado no Eclipse ● Permite criar plugins do tipo Hook, Ext, Layout, Portlet, Theme ● Gereciamento do servidor de aplicação (Tomcat 6) ● Permite deploy, re-deploy e debugging ● Suporte para service builder ● Importa projetos existentes
  30. 30. Alloy ● Objetivo: aumentar a produtividade ● Permite encapsular componentes avançados de UI ● Flexível e configurável ● Especialmente desenvolvido para ambientes de portal
  31. 31. Maven ● Artefatos do portal disponíveis no repositório central do Maven ● Archtypes para criação de plugins do tipo Layout, Portlet e Theme.
  32. 32. Muito mais testes ● Passou por um processo de beta antes de ser feito o release. ● Teve mais testes manuais e automáticos que qualquer outra versão ● Adquirimos 100 novos servidores para testar diferentes ambientes
  33. 33. Novos padrões e integrações ● Padrões ● CMIS (Content Management Interoperability Services) ● Atom Publishing Protocol ● Integração com Documentum
  34. 34. E muito mais... ● API de workflow para portlets customizados ● API para campos customizados e taglibs ● Taglibs para reportar abusos ● Configuração mais flexível para importação e sincronização LDAP ● Framework de categorização e tags
  35. 35. Obrigado thiago.moreira@liferay.com

×