Reflex1 sn resp

242 visualizações

Publicada em

Reflexologia Módulo 1

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
242
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Reflex1 sn resp

  1. 1. Reflexologia, vem de reflexo A palavra reflexo associa-se a uma acção involuntária devido a um estímulo externo (como por exemplo a contracção involuntária de um músculo ou um hábito), nós associamos essa palavra à imagem que surge quando olhamos para a água ou para um espelho, o nosso próprio reflexo. As causas da falta de saúde são: Genética Hábitos herdados Hábitos aprendidos
  2. 2. Conheça os seus pontos fracos. Desenhe a sua árvore genética.
  3. 3. O que é a Reflexologia ? A Reflexologia é a prática de estimular pontos específicos e obter de forma indirecta um desbloqueio sobre o órgão que lhes corresponde. Quando estes pontos trabalhados encontram-se nos pés designa-se Reflexologia Podal. De forma semelhante a uma chamada por telefone, o pé comunica com o corpo, via cérebro.
  4. 4. Para que serve a Reflexologia Podal ? aumenta a circulação sanguínea promove o relaxamento local e geral; restaura o fluxo energético e a auto-cura; estimula o funcionamento saudável dos órgãos reduz estados de dor, stress e ansiedade melhora a qualidade de vida, restaura o sono, a flexibilidade e o desenvolvimento das crianças bom estimulo para pessoas com deficiência e cuidados paliativos para doentes ou acamados valiosa forma de observação do interior do corpo e de ajudar no tratamento de uma queixa
  5. 5. Quando não fazer Reflexologia ? Trombose, Febre, Diabetes, Gota, Insuficiência Renal, Gravidez Fracturas, Bolhas, Feridas e Lesões Unhas encravadas, Varizes expostas Dermatites, doenças de pele infecciosa Pacientes cardíacos com marcapasso Cuidados paliativos ou após cirurgia Quando o seu médico não concorda
  6. 6. De onde vem o método ? A pré-história da Reflexologia Índia ? China ?
  7. 7. A reflexologia apareceu por todo o mundo: Índia – China – Américas – Egipto - ...
  8. 8. E no mundo moderno ? William Fritzgerald Terapia da Zona Eunice Ingham Mapa moderno do pé
  9. 9. Pronta para começar ? Faça o movimento como se estivesse a separar uma barra de chocolate. Faça o movimento como se estivesse a abrir a maçaneta duma porta.
  10. 10. Caminhe devagar pelo dedo 1 Ajuda na dor de cabeça, depressão, memória, ...
  11. 11. Caminhe pelo reflexo do pulmão Ajuda na contipação e problemas respiratórios.
  12. 12. Gostou ? Pratique
  13. 13. Na minha tribo trabalhar os pés é uma arte muito importante e não precisa de estar doente para participar. Os pés caminham na terra, e através deles estamos ligados a tudo. Que estas palavras sejam fonte de inspiração para praticar todos os dias no seu próprio pé. Hoje os pés estão envolvidos em materiais artificiais, que servem de isolamento para as correntes naturais que dão vitalidade a todos os seres. Ao fazer todos os dias a sua prática de reflexologia, está a voltar a sintonizar essa frequência natural, fonte de bem-estar. Experimente e veja a diferença, que os seus resultados sejam maiores que os que obtive. Se houver algum mérito nestas linhas, que ele seja dedicado a todos os praticantes do passado, presente e futuro, de todos os estilos, de todas as culturas, de todas as idades. Nos tempos antigos muitos pensaram que os praticantes dominavam o sobrenatural e por isso ficaram com medo. Muitos praticantes tiveram as suas mãos, pés e lingua cortados, mas mesmo assim este ensinamento chegou aos dias de hoje, e a si. Prestando homenagem a estes professores aprendemos, agradecendo o seu esforço partilhamos. Agora que tem nas suas mãos esta sabedoria, pratique. Primeiro em si diariamente, crie excesso de vitalidade e confiança na técnica. Mais tarde pratique nos outros e um dia, quando sentir que está na hora, partilhe com outros o que aprendeu.

×