Teclado Curso

934 visualizações

Publicada em

Curso de teclado

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
934
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
9
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
55
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Teclado Curso

  1. 1. EDIÇÃO DE JUNHO/97 - ANO 01 / N“ 1G - RS 6,50 REV| STA À sm ; É 1 x _b_ . CW Í _M Esía edição tem: m usam-u As músicas desta Revista vêm com arranjos para teclado, explicações o sobre o método g [teoria musical. - 57735133 IP()3S'IT CR[DH R ou P¡ 'ND1 OCÍ filhin | r Ql I)O O S01 B-TER '_JH ~ DO TH' QL RTO Naum ¡twam _ H* It *() t nd | !mc hm Zc/ ;H D¡ Camargo (x Lu< mm ›¡ SKI ~D| R_. ~1 ií 1 Ux' ¡êanda t bczim dv rn r L. 'S H: w. 1m LV *rrmp [! rS duaxew . m UQUN , E ; $513 “ PARA 1.": 1.
  2. 2. Autumn. ” ' Heim r ~ v v . « lr Alfredodnkmlliunnndu CristianodnRozaGonoalvcs DíltnndnsSantos Snhrinndel-'ariasl-“moo »ll u¡ t 'nu x Rostand/ natura . J : :cimeira Jung Aruanda Snnlrtn' Jurema de Aguia Masks Mnin km3:: vma. ~ Dijllm¡ Damilo Prev: DlXÍr: 0800 45-6665 (648) Delúsín Kmbha¡ d: Oliveira Inside Hnlu Campos limiar¡ Freitas Gàl Sousa Mon: Antonio Casas rmmmnu Christina Knochcnhamr Zmelra Âr11Il-/ * Dani: Reis Av. Patricio Lima, 946 - Caixa Postal 495 88704-410 Tubarão - SC Fone: (048) 626-4000 Fax (04106263333 luana: bqy/ urmufmnaazuqumaw null. - untada-uruguai: EDITORA DEHON Otto Pfulzermeutér Neto Ricardo Pfotrlenremer * Linete Ésrger Ptotzsiireuter Evilásia l<nabben de Aguiar A Revista Teclado ! imunes 6 uma pulúiwdo mensal da Editora Denon -Tubarão - Sama catarina. O sistema oe grafia V VW" 5 é um invento com patente requerida no INPI. A reprodução ou copiado parcial ou letal. sem expressa aulorizaçâo. está sujeita a todas as sanções previstas por Lei. As músicas contidas nesta publicação leram selecionadas a partir de sugeslbes de leitores e oslão. uevruamenu autorizadas pero: arames ' de direitos lutar-als. opinioes, sugestões. redamações_ ligue para o Serviço de Alhndxmerrto ao Leitor ou escreva par¡ n Gráñca Editora Déhon Ltda. Dislriwidor Exclusivo para todo o Brasil: Rua Teodoro da Silva, 907 retzrozr) 575 17m Telex: (021) 23970 BR Fax: (D21) 577-6353 20561900 RIO de Janeiro - RJ Sistema de Graña RBQlSUEÚO › Direitos Reservados . › Cap: : Lula Miguel- gentilmente ' cedida pola Wamer Music Bon . lrwl- Pollgrnnr '^ Fábio Jr. - BMG Marin Monte - EMI . JL/ nl , . Direitos de Publicação arm-m¡ _r-rrrwr/ j_› _ A Revista Teclado Multicorcs, na sua Etliíáo Mensal, preparou para seus leitores, uma seleção musical incrívol; Para satisfazer . todos os gostos. estamos nos empenhando em publicar gêneros variados, principalmente lmsesmrlo-'se nas sugestões que recebemos. Estamos dando também, especial atenção para n aprendizagem, respondendo a dúvidas e dando dicas sobre, teoria musical. Esta Edição, acompanha ainda, a Fita Cassete. Este importante recurso veio para facilitar ainda mais o aprendizado¡ sem ¡rrolesson Leia com _ bastante zitençàao Mánunl Básico. pois a Revista Teclado Multicorcs trziz muito mais (gàrsílmrtitnras, traz inter-magic, conhecimento e diversão _para você e toda a sua fmnñia. A Rcdaiçâo.
  3. 3. Igesumo IlIANUAL BÁSICO PARA 0 MÉTODO MULTICORES COM FITA CASSE TE Como colar as etiquetas Partituras Musicais A numeração dos dedos Fita Cassete É Os acordes Como utilizar este novo recurso ; Arranjos _ U Tempo A Melodia ( mão direita ) V4] O Tem! ” wlntervalos NEGRO vtagem FESTAS POPULARES BRASILEIRAS . ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... . __ (L1 z - ' U S' l ca S' ÉXESCRAVOS DE Jó (Juvenal Fernandes) . ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... . . . r_ VIVO (Folclore Brasileiro) . ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... __ CAN CAN (Jacques Ofenbach) . ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... .. . _ 3*¡ QUANIÍO O SOL BATER NA JANELA DO TEU QUARTO (Dado Wlla-Labos/ Renato Russo/ Marcelo Bonfí) ------------------------------------------------------------------------------------------- . . 3' HVIPOSSÍVEL ACREDITAR QUE PERDI- VOCÊ (Márcio Greyck) . ... ... ... ... ... ... ... . . . W¡ o XÓTE DAS MENINAS (Luiz Gonzaga/ Zé Dantas) . ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... . __ ¡m! ALWAYS (Jon Bon Jovi). .. . ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... . __ Nil EU TE AMO ( I Love Her ) (John Lennon/ Paul McCartney) . ... ... ... ... ... ... ... ... ... .. ?bl SUENA ( Suave) (Ignacio Cibrian/ Orlando Castro) . ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ._ ? ut VAI SACUDIR, VAI ABALAR (Paulo Jorge/ Pierre Onasis) . ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... . . , E713¡
  4. 4. l MAENJQULÂXEL @Ásueo ("ema @ MÉFQJEUCUJ muumüneríeies @íâ/ MJ @um @messias Prezado Leitor. leia atentamente este manual para obter o máximo de aprendizagem no menor tem- po possível. COMO COLAR AS ETIQUETAS l Para Teclados de quatro oitavas (49 teclas), cole conforme o desenho abaixo: í , , Obs. : Neste caro. irão . cobrar seis i l , l _ Í i l diquztas verdes, a qu: nzcesxariamenre ' l I l não irá interferir nn seu aprendizado. l t_ _ . l l “. .. HL . .ig _r_ _H_ m4 l 'làla ugmplalàirain uHt Para Teclados de cinco oitavas (61 teclas). cole conforme o desenho abaixo: z ___ , , : will m m A NUMERAÇÃO DOS DEDOS s “l lí. ) . .1.l «Mr l n: n( . ..| ... . uno-s l . ..app a: : aíuaaiaappy. .a 3 = z ' 5 _ Serve para identiñcá-Ios 5p¡ _. ,-5 quando necessário. Ó i ' r' À_ l Em alguns exercícios e explicações, ” V estes números serão utilizados. ,Y E 4 . - OS ACORDES , L 7 (Mão esquerda) Acorde é o conjunto de notas musicais que soam harmoniosamente entre si. O acorde, também , chamado de acompanhamento_ é tocado sempre com os dedos da mão esquerda. nas etiquetas pretas, colocadas em seu teclado. Observe as diferentes formas de escrita de acordes: Acorde por extenso DO Notas do Acorde 3
  5. 5. Para tocar um acorde, siga a seqüência de notas da esquerda para a direita, pressionando as notas todas, de uma só vez. EXEMPLO 1.- EX EMPL O 2: Observe que no 29 exemplo, o DO utilizado e' do lado direito, isto é da segunda oitava. A MELODIA (Mão direita) A melodia é sempre executada com a mão direita. Você deve tocar as notas que estão nos quadradinhos coloridos, logo acima das sílabas que definem o tempo de sua duração. A mesma nota com cor diferente determina a oitava, pois esta torna-se cada vez mais aguda. O TEMPO O tempo de duração da nota é o período em que você deverá mantê-la pressionada. Será representado ela própria letra da música. Cada sílaba corresponde a um toque na nota. O quadradinho É , indica que nenhuma tecla deverá ser tocada. Como é importante conhecer a música para discernir o tempo das notas, a partir desta edição você terá um reforço didático: a ñta casset . Para melhor assimilar a música e definir o tempo das notas, ouça a fita até memorizar a melodia. Após 'a memorização, comece a tocar somente as notas com a mão direita. Deixe para tocar com as duas mãos, somente quando estiver dominando bem a música. DI_CA: Procure tocazr as notas da mão direita junto 'com a fita, isso facilitará. a memorização-
  6. 6. PARTITURAS MUSICAIS Você certamente percebeu que abaixo dos quadradinhos coloridos existe a Partitura Musical. A partituraéo meio mais perfeito que existe de se escrever música. Através da partitura, grandes musicos deixaram suas obras registradas para a humanidade. E importante que o leitor saiba que o Método MULTlCOFlES tem por finalidade facilitar o aprendizado musical, portanto, vamos estabelecer a relação entre as duas formas de escrita musical: Como você pode notar na partitura, as notas não são identificadas pelos seus nomes e sim pela sua posição em relação as linhas. A Pauta Musical é formada por cinco linhas e quatro espaços, também chamada PENTAGRAMA. FITA CASSETE A Revista Teclado Multicores deste mês contém uma fita cassete com as músicas que estão nesta edição, executadas somente no teclado. A fita cassete, além de ser uma solicitação feita por nossos leitores que desejavam um complemento para seus estudos de música, é um importante recurso didático que visa facilitar ainda mais o aprendizado de teclado. Este material será inicialmente encartado nas Revistas Teclado, Edição Mensal e terá como objetivo, entre outros, solucionar as dificuldades no conhecimento do tempo das notas musicais. COMO UTILIZAR ESTE NOVO RECURSO: Sabese que ao ouvir uma melodia torna-se mais fácil relacionar o tempo na partitura, com o tempo na música. Portanto, é indispensável que você dedique-se primeiro a ouvir a música até memorizá-la. Após então, você deverá começar tocando somente a melodia (com a mão direita), acompanhando a fita. Gradativamente você irá adquirindo um domínio maior sobre a música. ARRANJOS: As músicas que constam na fita são idênticas à partitura. Porém, os arranjos que incluem bateria e orquestração, irão variar de acordo com os recursos do seu teclado. Isto significa que, dependendo da capacidade de seu teclado, a música poderá soar diferente da fita. TEMPO: As músicas vêm em sua velocidade normal, mas aconselhamos que você comece por executá-las mais lentamente. Acelere o ritmo, gradativamente, conforme o seu domínio no teclado.
  7. 7. ESCRAVOS DE JÓ JUVENAL FERNANDES TOM: CÀJOÍ RITMO: MARCHA¡ TEMPO: 80 TIMBRE. PLANO 35° oo soL mamas! ! DO B¡ -CRA--VOS DE JÓ @Editora e Importadora Musical Ferrnata do Brasil Ltda. Vejà como fica a posição dos dedos cia mão direita nesta música: ”“* FOL oo si] LA Em [LA soL [Taís-oq FAI Mnjísoqlu¡ [SOLJWJ 2 5 4 3 2 3 2 rm 'na na [soL] L. : Em. , LSíL] Fra m [so-CI 'soL soL] [MJ SOL 'ía-I rs¡ m E a Esquerda: DO SOL Hansa: 232mm 5 3 1 5 2 ' 1
  8. 8. PEIXE' VIVO FOLCLORE BRASILEIRO @uma ITMO: MARCHA EMPO: ao TIMBRE: ACORDEOM DO SOL 7 ISIIEEEE! @QE MME¡ MEME MMLMWIEEJ FMHEJREI SOL 7 3mm mama¡ . mama: : mama¡ 'í' É] WI W¡ LTL¡ W W F¡ | L^I Fa] Iwl IJ¡ | $°LHF^H7E| _|'^' r O Dominio Público 5 YTÉCOS En' TODOS _ . _ V_ 5, EPJTÔS E n Casio aluno teniàsua disposição g , p' W_ L , já «. , 5 r _ n. « . . u _ _ - - guibnjas, ainpliñcadares @processador g f_ ; g 1, Cursos Teoncos de harmonia funcional, deeferms, Importados. impiíovisação. arranjo, orquestração, ,. Biblioteca de mégudps imporiaqos, V, teona e percepção muswah etc_ video-aulas, audio-livros, apostilas e * _ tablaturas. ', ^$«*"vg›_'a' d _ Ç Í ' QUÊ : J angglflrãíàas 'Í . Professores especializados em cada estilo musical. @R$25.145 L _múmia . Guitar Club showeeunzrnet NO RIO DE JANEIRO aulas com cn TRAINER a TELEFAX: m” 2555540 , 2535555 mét°d°5 'mP°'*3d°S› Esmámilada 9'" @Emma- Av. N. Sra. de Copabana, 759 . GR, 201 , ;. ~". ,~ 5./ srzmosos¡ ? mais_2,: .:›. z:zi: :s'¡;2ui mes! !!; uaiaícuuxsgnsaiixsui 7_
  9. 9. "v iñgsoungl l L] s¡ f à sit# EJ: 'ÍAV' FA soL] é¡ I : jmlf . : - . . l A' y › J . n , n , .- . IG; i4. Í 4 . . ll"? l f: A' LW' TF' mv SOL no! FA soL] s¡ r 'sr "JH il 'flimfnf 'ZIíIEAqMLÍI/ xtiãêul' u . HÚÉWWmJVI/ UFÀYSSÍII? ' ”' f ' ' “ . iiinuimyuizxqi. xzmyilñuaviil' uma. ,;Iiiizuiagg/ @aqíl-wmq 'fl High¡I/ Itlltlilzl/ le/ êl! !"VIIMWIIJIIIUÍAKÇÁWÃYIÍÊ, '0lgI¡lÍ; )^"d1ñ'nÍéI/ Iã*! Un 'gÍÍIJ/ lm) a j , v LIGIVTIIKLI* ' [Ílmw an¡ . q. , ¡u! :IÍ/ imiiiir em : Yi um', quim¡ l Qliidlxqgl" , a ahi/ í?- lviiilmii/ I- : ii/ fim if# 771134914114113!! #lili/ A ; Iémen 31:11h: # ! It'- ! qiiz ; aliam/ uno flw 111111450' _qua mu'! há/ ipnmugpisikiiinygiíñfnrmnwimrqmiiiiiuâinirManga” «um 3a¡i¡= ~(b'¡'4¡a¡ii*›: › › 'dh/ mou _min- gñlfiÍll' r i 11141121,: _unjÉAnt-p ; Ê : :iaidíu : :min nm¡ um»
  10. 10. mil! @uma R| TMO: ROCK @E111 TIMBRE: GUITAR RE sbL s¡ soul! :: i o Fá x -l I I E'igi°*'5"z: 'a1; 4 51H : um FA 3 : E SOL s¡ : Jam , __a[I› #HIM #Br-“LXIF Ill; ' E273*
  11. 11. _I à l um ILÉMaÁILU Inmqpu: mia: - : igamoxveiiv-. xzl ai; I<. :U“F". :V mãwm: .- nu n! 'I'_= .'. L.u.
  12. 12. !E LA MI m7 LA 7 @IEEE [ENEM ESEIIEE @MEME ¡ FA Wim -SE-E-: JO-O Em7 _, é__, v! = ' Repetir várias vezes sumindo para finalizar. D 1989 Corações Perfeitos Ed. Mushis Ltda. 1 1
  13. 13. “L ; uík-: m: JÍÍCÍAUE-f 37051* . ESIÉÊEIÊI EE EZ. , ; L--4Í'J›'L. =I§-= 'J5'l . nnm v. I.-«. .-. ›J¡I I : v.- &Lçánbà »virar _Air-asi. : iai! 'A Lava'. wi; u» r
  14. 14. !HIBIKM ¡BIEMB- sí-Imtmr lwlml, ;_li___, «I I ' , = = 'I'-~“'lã¡'. ',? -'1I. '.H " -.1I! .L. -:1_= Longa: .. .Auf 'imuan . .ràwznu Ç ' uma. : SI-kuiiã ã~~~rãj~ Ejíillbilill' ; ímituicili DOI ¡| si]^ E¡ 91H32 ' ' ' "u ' " 55,, "_ , _ '¡ à' í íOíMM l l . . r. .. 1 . . "na. N, .z, _ _ . n. , l - a4-e! "sv-wzerwraüváéxotrazeraãa
  15. 15. *Pa* -, §'V¡5^'5;, ';L"3a"w' v RnMo: seems E : :Ino/ Í v f jam. . _um gw_ w ¡Agnqnqnxu- : Jim lilrhuirLAglg . '.'I«-. I.= :c". '- 'Aamslw 6151
  16. 16. .jnp ¡ r- ¡Bau . .ln _ FAMA RE¡ ? g s¡ , REISCL LA Dol- P~= E%í= ~”rv›-F. ›V @a-; Tn iaêLu-ih| ,=mllv~. x___-m(ça guisa-em 'Jazsaiaam ML. |amIzv-. »_. .«. w1-= uma, j 'f-'w . _jpl= k ' u . SCL 51 ! REI SDL LA Doi: : aáznas-. tàrs : avant- uaesmamx : raw-amu . vu-Ja. ¡azeníç-am ! EVALLI - í +~~1-: --t. ›--w~›s-›mw “Í7'*l x 'm ¡m! ,_I_= L._a'/ ü: _[›s; n_1g: ›-I9› : tomavam -xañknzàx-W m; ,im 5!n›--= =t-I. =m›= n): u [
  17. 17. 'REm lama: 51mm iíüm ÍRHÍRETÍEÍRHHÍF** M1751 WWFÂWWWW EHÉÍEFIÍIÉHQ '-EN-TADA NÃO CO-ME NEM ES- -TU-: DÀ NÃO DOR-ME NEM QUER NÂí-DA E-_LÀ SÓ NAoHAuM só RE- -MÉ--DIO EM 'ro-DA ©1953 by Irmãos Vrtale SA. Ind. e Com. SP - RJ - Brasil. Todos os direitos autorais reservados para todos os países. All rights reserved. Estou escrevendo para da: meus parabéns a toda equipe que faz esta maravilhosa revista Não perco uma edição, pois através dela realizei meu sonho de aprender a tocar teclado. Gostaria de pedir a canção "Endless Love", de Diana Ross e tirar uma pequena dúvida sobre ritmos e como utilizar as teclas TONE BANK e BEAT BANK do meu teclado. z (José Antônio Aparecido Antuna - Itapetininga - SP) Caro leitor: na tecla BEAT BANK você seleciona o ritmo da música. Notes/ o T ONE BANK, o som do instrumento. Para escolher o ritmo aperte a tecla BEAT BA NK e verifique a numeração do ritmo desejado. Faça a programação. Proceda da mesmo forma para a tecla TONE BANK. Não esqueça de acertar o tempo através dos botões ^ e V . Aconselhamos ler com bastante atenção o manual do teclado. Sua sugestão musical foi cadastrada. Aguarde e escreva sempre! ! 16 ' pergunta: meu teclado é CA-l t0, e l l | | l l I I l l l l l l l l l l l l l l I l l l l | l | Venho por meio desta, parabeniza-los pela lucidez do seu método e também tirar algumas dúvidas sobre música. Gostaria de saber sobre fennata, modulação, intervalo e arpejo. Faço também algumas sugestões musicais para serem publicadas na Revista. (Rosilene de Cássia Rezende - Quem parabeniza-los pelo trabalho "m" ' MG) de vocês, na Revista Teclado Multicores, com seu método fácil. Estou escrevendo para sugerir mais músicas infantis e também dos Mamonas Assassinas, além das sertanejas das duplas mais famosas. Gostaria também de fazer uma Obrigado por nos escrever: Vamos às dúvidas: sobre fennata temos uma explicação na Revista n' 03/N0 V/96 pág_ i8. Estude-a com atenção para tirar suas dúvidas. Quanto a modulação. podemos dizer que ocorre quando uma música varia de uma tonalidade maior pau uma menor, ou vice-versa. 0 compasso l 2/8 deriva de um compasso quoternário e quatro Compassos ternários. A contagem devera' ser em três, obedecendo a acentuação do compasso quaternário: eu pouco entendo de música Consigo tocar somente através do seu método e estou preocupada se não vou ñcar muito dependente. Aguardo resposta! (Mariza deMaris - Itapevi - SP) Obrigado pelos elogios ao nosso trabalho. Sobre sua dúvida. podemos afinnor através de nossa experiência. que a Revista Ieclodo Multicores possui uma didática que favorece a aprendizagem musical. E muito mais fácil memorizar os acordes pelas etiquetas. Sem perceber. o associação da EEE] lIlEl 7l9l0lll2 Sobre wpejo, vamos dar um exemplo parofacilitar sua aprendizagem: no acorde de DO maior as notas são DO MI SOL No arpejo você deve l | | l l l l l l l I I I l l l ' l 2 3 A l I l I I l l : tocar as notas uma após a outra e l l l l l | | partitura musical e do Método não toda-www como 0mm: Multicores toma-se automática "omdmme- Obs"" " "de" Quanto ao manejo da teclado. DOMSOL DOM sol' acnmemamm ayuda, Utilize sua criatividade criando deudhadamenm o mama¡ de arpejos diferentes, utilizando todos os ¡mmwões que o acompanha oitavas de seu teclado. Mais detalhes Obrñgado pda carta¡ sobre intervalo, você encontrara' nesta revista. na página 32. Um abraço!
  18. 18. O repercute em todo o Brasil, Q assumindo características a _ diferenciadas, mas sendo o Fonte de Pesquisa: Enelclopédn do Estudante , Redação: Jucimara de Medeiros Jung No mês de junho, as festas para os Santos Antônio, João e Pedro, animam as noites em todas as regiões do Brasil. No Sul e Sudeste, a tradição das danças e das comidas quentes no Norte e Nordeste do pais, as fogueiras e quermesses reúnem o povo, na alegria dos festejos. Introduzidas pelos portugueses, as festas iniciam-se no dia 12 de junho e estendem-se até o mês de julho. Embora sendo de origem religiosa, as festas juninas possuem uma caracteristica própria. As danças, as comidas típicas da época, as barraquinhas de jogos e diversões, a tradição das sortes para encontrar um marido, são peculiaridades que aos poucos foram se tomandotradicionais. Num pais onde a diversidade cultural e' tão grande, as festas populares possuem um destaque especial, no folclore do povo. Várias são as manifestações que se realizam em locais e datas determinadas. Algumas com origem religiosa, tanto católica como de cultos añicanos, outras simplesmente originárias de costumes do povo, fazem a alegria e a descontração dos brasileiros. Na Amazônia, também no mês de junho, o Festival de Parintins, conhecido como Festa do Boi, anima o povo durante três dias. Com desñles suntuosos, dois blocos, o do Boi Garantido e o do Boi Caprichoso, disputam o título de melhor boi- bumbá. Esta tradição também . mesmo em sua essência. No Sul é chamado de Boi-de-mamão e nas demais regiões, também deBumba-meu-boi. Ocorrem ainda, durante o ano todo festas populares como o Afoxé, em Salvador durante o Carnaval, com cortejos acompanhados pelos atabaques e agogôs, cantos em dialeto añicano são entoados. As Congadas em homenagem a São Benedito, quando danças e cantos, durante a primeira semana de outubro, festejam este Santo padroeiro. O Fandango, comemoração que lembra os marinheiros, também conhecida como marujada, traz navariedade de danças, trintaaotodo, sua maior representação. A Farra do Boi, na Semana Santa, tradição açoriana, onde um animal bravio é solto e torturado pelo povo. Representando os pecados, o boi soñe e em seguida é abatido. Esta festa vem sendo combatida pelos grupos ecológicos e já começa a assumir um caráter menos violento. O Maracatu pemambucano, _de origem afro-brasileira, inspirou-se nas coroações dos reis negros. imitando um cortejo real, os blocos saem pelas ruas, durante o Carnaval, divididos em alas, que representam as nações añicanas. Estas festas demonstram a alegria e disposição do povo_ em perpetuar suas tradições e são a expressão da cultura e do folclore nacional.
  19. 19. ü . na . . u. . PÉÊnS-OQ v _ oouu¡ LAI' _ : il l À V ' ' “í : :í “l *- ¡LÊ! Í na 'soLl s! ) V¡ : :um WEA¡ u »í nha : :o-anna aum-Lui; ;me 29:41:41-- ' ~ -vrxv<w. -çwg, vm~ f' npnumrqnnolá 'amgaalnlg M¡¡u'¡1up); mu'. ¡ . Mumlmr
  20. 20. ›. ., , *à* u: : . ',| §;h'_| r"~¡'. -,_ › *Hi3 Wiãâ* «Lori
  21. 21. IEÊEEI so ; ln lãLRETIREI | sd l KNOW NHEN l DIE YOU' -LL BE ON MY MIND E @Em Êmfãafvíl# NOW YOUR 31 : WN-M u WWW# LEFT BE: HIND ARE JUST
  22. 22. 512m7 soL LA _ Slm IEEE¡ manu EEEIEI JÍÉ-Wwfñmnu: ruwm Fínrmwlínsn MME IMS-VKES.
  23. 23. IREILTIEITREIIEILEEJ SAYS THE VDRDS YOUVEBEEN NEE--DING TO HEAR I1.LMSH IVMSHIMCAUSE I @WWE SAV vou mu. *me END o: 11ME
  24. 24. soL [EMEI @Lmxaeílmum IN THESE __ MEME soL R# RE RE FQ#IMI]WWI| EIMIÍÍMW InMQLMÍÊWFAHLWJ Ml . CA-DED DICE BUT BA--BV IF YOU GRE ME JUST ONE MORETRY WE CAN SC». LA EEE¡ EBÊISIIE . - - _, .í l , 1 _ ” RE R: ; RE Ri! RE» RE É RE FA ; #1 M. , M¡ y Ml¡ . W ã MI í ? ak-CK _P OUR OLD DREAMS AND OUR OLD Uí-VES WELI. FIND A PLACE “HERE THE Peça já a ! Mala-Direta com as publicações da Editora Dehon. , Nela você va¡ encontrar as promoções e as músicas que já i foram publicadas em cada Revista. @EEE sun snLL SHINES YE- 80 59 ESCREVA-NOS OU LIGUE JÁ PARA FORNECER SEU ENDEREÇO! !! O Menzy Prod. e Ed. Musicais Ltda.
  25. 25. EU TE AMO ( And I Love Her ) JOHN LENNON l PAUL MdIARTNEY / Versão: Puerto Carlos #E ; SOL ! seg
  26. 26. 4D . - - Ê @II- #- m IE ífll III I l , m l um u m @ . M . r __ h @ M __ g a n o _ _ . u I “___ M ___ à_ u , . _ . - . q o m mí_ N_ . _ a E m ___ L _u_ ___ . ___ m n _m 21kg . m xt. .. . 'ã _E . Fl. q', o n , . ~ _SonQsLTDISONYIATVSonQsLLCIEllBlackv/ oodllusiclnc. _ _M 4 rAwuusiccorpJaauahamooauusscum
  27. 27. SUENA( suave a IGNACIO CIBRIAN ! ORLANDO CASTRO x y L Ml FA SOL M | RE! no n¡ uu LFA DE-n--BE LLE--~ NO Ml--RESAn Y EL SOL BRI~ G _É _f- ¡Íl-_Z---EK r.1z¡1::1:1 Kçviul REm IEEIBIB ! SOL M| ISOLHSOL LA m - ENEM DO DO ITQ! !DO ES MUY P0- -Sl-o-»o-BLE Sl 1'-GA_A_~AR T-TRÁ--Ãw--Ás -cnóu DE VOL- -VER U_NAN EN LUZ CON LA E-M0- LAS AL-MAS SE
  28. 28. "' Run¡ 5%¡- . I I --ÊII 'ii-I' . I-@EII- QUE EN-CON- -TRE-MOS E--SE sue-no emu-au_ -RA--A_As No run-am . I ' QUE E5- -TRU--Ê SOL LA DE @ll ÊMÍEIII Ii¡ DE TU AL-MA LAVER- UN CON UN MUPO Dl
  29. 29. Mb" LA) r v 'mu fo: : su_ no# ~E5~*| -~«T~I: ãí4 4 F ¡ _ RzsoLLsLlREwA 511- . _ ~ 4 v¡ R§; AL&| Dgkimiípg, : ~~Ir! sIE-I. f~! E “ ~nEEmmawuãetg *ê ; Lagamar . an: "um RELRFPÉ s¡ : EH M¡ : .11 ! VSVULIÃVJ OÊÇSl ' - r g: 1;; _ 4 «¡ _E “ETE, “ 'Z ; ami-Law , 'ht 'FJ-, f-L-wgírs: íã*ra›¡E¡íííá )r: ¡Í(: sE: ;;naEwr: ›?5rca: :2%: v«r; âer; ; v4 : RIIEAV/ Í" 'mw amam 27:: : #indutor : VllJ. ^l~1:l›¡i¡›'? '5 'rzzmas atrai# : umarzqx: :I›*<= ”.'1§'/ L'I/ :P›* : III: »sw/ anta . lEAgRíér Iü›'RIRl. '1;/ _K77á'i' 41;): _um : m : ni/ m ; QMAIHIIIAVfAI . « dI/ :l lílllímtíi- n1I¡7I. I'I; I:II&I/
  30. 30. VAI SACUDIR, VAI ABALAR PAULO JORGE I PIERRE ONAS| S TOM: GISOL RITMO: SAM ' TEMPO: 110 TIMBRE: PIANO soL mm mama : mam : soL soLfsTLl Eo-LH-s¡ a [soL FAMMHÍIÉTI VAI A--BA---LAR QUAN-DOO MEU AíMoR PAS--SAR _LAR QUAN-DOO MEU A--MOR PAS--SAR amam 'Êíâam goma: Êáam gana: M' @ F71 E W F1 ITATÉ W Ex. .. -PLO_›DE_ COm-RA-ÇÀO E EX--- -PLO-DE CO---RA--ÇÃO E soL RE HHEÊ ÉEEÉ soL¡ mu! RE! na; E E [É] : 1 w - ( MAS VA--Al ) VAI sA__cU-_ L3' ' 5._ E »E E: : Í soL E33 MJÍ [RE-í EEE¡ Em. SDLÊ 'FS-OL IFA# PRA TU--DO GEN--TE GEN›--TE PRA
  31. 31. Mim mam¡ EEEMM# -ce FU--GIR DE -_ce FU-~GIR DE MIM ! FA # PAUSÁ ILSOL SOL SOL SOL 43 FA POR TER--Rk CEU E POR TER---RA, ceu e rwíí-: ñ DO RE SOL RE animam mama: mam: mama: s¡| LA SOL LA LA soL soL 1509 soLlsoLhFAg. EMEB: MA_AR DE VO›--CE»--E VOU A---BRIR MÃO DE @E E@E1 E 1:1 V» r? i m no no (MAIS VAI ) VAI sA-_cu
  32. 32. MI RE_ DE FES-TA _: _É_. o Namer ChaDPeII Edições Musicais Ltda, Zí- líí: Todos os direitos reservados. Gênese (Mercury) ao sumindo para iamlinar. Asszwg JÁ ; w @que Grátis 0500 45-6665 receba em casa as Edições Mensais das Revistas Teclado Multicores e Violão Cordas & Cores. ..
  33. 33. Intervalo é a distância entre dois sons. O menor inteNalo entre dois sons e' chamado de semitom ( ou meio tom ). O intervalo formado porágois semitons é chamado de tom. Veja a segu 'as intervalos de tons e semitons mostrados no teclado: - . _ As escalas maiores íem-aseguinte ordem NOMES de tons e semitons (tomaremos a escalada DO como base): segunda menor ( 2' m) segunda Maior( 2' M) terceira menor( 3' m ) terceira Maior ( 3' M) quarta 1mm U' jus ) quarta aumentada ( 4' aum ) ou 5 quinta diminui: (5' dim) quinta mai: ( 5' jus ) quinta aumentada ( 5' aum ) ou * sexta menor( 6' m) sexta Maior( 6' M ) ou sétima *i gjminuta ( 7' dim) l_sétima menor ( 7' m) sétima Maior( 7' M) Qs intervalos de uma escala maior serão os seguintes: 3 5-, oitava j_u_slz (8'jus) Veja a seguir o quadro de intervalos com seus respectivos nomes tendo a nota DO como fundamental ( nota que temos comojbase para uma escala ou acorde): ENARMONIA: Nous que possuem nomes diferentes porém, seus sets são iguais. / ¡àgíQ_¡í? §RQ, ›i. /.¡, / ll/ A PRóY/ Marw/ MUÍUMRE/ uos k ESÍIS OUADROEA/ A / e rommçíãbbssãconví , "5- aimiaru_ #aumentada "e 0 B' Iumonhâa "- NÃO ESQUEÇA ! ll O quadro com os exemplos acima foram relacionados à nota DO, porém podem ser utilizados em qualquer nota musical, desde que esta seja substituída pela fundamenta Ex . SOL= fundamental u SOL SOL# ÍLÂi- =2°m LA= 2' M 52,

×