o que a sua empresa
tem a ver com isso?
Mudanças climáticas, economia de baixo
carbono e desenvolvimento sustentável:
Contextualização
das questões globais
sobre mudanças
climáticas e metas
firmadas pós-COP21.
Parte 01
A COP21, conferência global sobre o clima, realizada em 2015, consolida a luta
contra as mudanças climáticas no topo da ag...
Parte 02
Como as mudanças
climáticas afetam
o meu negócio?
Um levantamento realizado pela consultoria PwC concluiu que quase metade
das empresas da América Latina sofreu algum tipo ...
Alguns dos principais problemas enfrentados por empresas
em decorrência do clima:
• 	 Alteração nos preços dos produtos;
•...
Parte 03
Identificando
os riscos
e oportunidades
das mudanças
climáticas.
Sim, além de riscos para empresas, as mudanças climáticas também podem
ser ponto de partida para a identificação de oportu...
A metodologia criteriosa do programa respeita padrões internacionais para
a escolha de projetos capazes de trazer reduções...
Parte 04
Identificando
oportunidades
de eficiência
em carbono.
Tudo começa a partir de uma avaliação interna, que contempla
três perguntas a serem feitas:
1. Onde, no meu negócio, estão...
2. comoépossívelreduzirasemissõesdomeuprocessoprodutivo?
O caminho passa por buscar alternativas e inovações tecnológicas....
3. Como adaptar o meu negócio aos efeitos irreversíveis
das mudanças climáticas?
Cuide para que seu negócio seja cada vez ...
Parte 05
O que é e como
se dará a transição
para a economia
de baixo carbono?
Na economia de baixo carbono existe uma nova forma de fazer negócios,
na qual empresas, países e sociedade promovem novas ...
1. novas tecnologias
Buscar soluções que visam à sustentabilidade através da tecnologia.
O Museu do Amanhã é um grande exe...
Falando em energia solar, ela é gerada por meio de placas fotovoltaicas
que, ao longo do dia, capturam a luz do sol. Outro...
2. Financiamentos
Aqui o papel dos bancos torna-se fundamental na economia de baixo carbono.
Até 2013 os bancos privados f...
Parte 06
Investir em
soluções mais
eficientes
é o caminho.
Opções para investir em eficiência:
Energia
• 	 Aquecedor solar;
• 	 Painéis fotovoltaicos;
• 	Lâmpadas mais eficientes (L...
água
Resíduos:
• 	Estações de tratamento de água e esgoto (ETA e ETE);
• 	Sistema de captação de água de chuva;
•	Equipame...
Parte 07
Criando um compromisso
de Mudanças Climáticas
dentro da sua empresa.
A criação de uma política de mudanças climáticas da empresa pode
potencializar seus negócios. Um documento que deixa claro...
Sua empresa pode assumir, por meio de seus negócios,
um papel protagonista na economia de baixo carbono.
• 	Ela pode se co...
‘Empresas B’ usam negócios para criar impacto socioambiental positivo - Folha de São Paulo
http://www1.folha.uol.com.br/me...
Mudanças climáticas, economia de baixo carbono e desenvolvimento sustentável: o que a sua empresa tem a ver com isso?
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Mudanças climáticas, economia de baixo carbono e desenvolvimento sustentável: o que a sua empresa tem a ver com isso?

279 visualizações

Publicada em

As mudanças climáticas são uma realidade e isso tem TUDO a ver com o dia a dia dos negócios da sua empresa. Quer saber mais sobre o assunto e descobrir o que você pode fazer a respeito? Confira a apresentação que preparamos e que inaugura o nosso SlideShare oficial.

Publicada em: Meio ambiente
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
279
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
8
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Mudanças climáticas, economia de baixo carbono e desenvolvimento sustentável: o que a sua empresa tem a ver com isso?

  1. 1. o que a sua empresa tem a ver com isso? Mudanças climáticas, economia de baixo carbono e desenvolvimento sustentável:
  2. 2. Contextualização das questões globais sobre mudanças climáticas e metas firmadas pós-COP21. Parte 01
  3. 3. A COP21, conferência global sobre o clima, realizada em 2015, consolida a luta contra as mudanças climáticas no topo da agenda internacional. Há um consenso na sociedade sobre a influência da atividade humana nas mudanças climáticas, sendo, portanto, responsabilidade de todos os governos, indivíduos e empresas agir para mitigar esse impacto. Empresas devem estar comprometidas com o desenvolvimento sustentável da sociedade, promovendo, por meio de seus negócios, iniciativas que contribuam para a proteção dos recursos naturais e minimizando impactos ao meio ambiente gerados por suas atividades. É importante agir além do sentido de responsabilidade, porque seus stakeholders exigem.
  4. 4. Parte 02 Como as mudanças climáticas afetam o meu negócio?
  5. 5. Um levantamento realizado pela consultoria PwC concluiu que quase metade das empresas da América Latina sofreu algum tipo de prejuízo nos últimos cinco anos em função de eventos naturais causados pelas mudanças climáticas. Fenômenos como chuvas intensas e concentradas e longos períodos de estiagem foram apontados como os eventos mais preocupantes. Sim, eles não afetam apenas a empresa em si, mas também toda a sua cadeia de negócios.
  6. 6. Alguns dos principais problemas enfrentados por empresas em decorrência do clima: • Alteração nos preços dos produtos; • Dificuldades logísticas (alagamentos e estradas danificadas pela chuva); • Prejuízos diretos (danos em instalações causados por eventos externos, por exemplo). O levantamento destaca que apenas 24% dos líderes entrevistados incluem os riscos ligados às mudanças climáticas em seu planejamento estratégico.!
  7. 7. Parte 03 Identificando os riscos e oportunidades das mudanças climáticas.
  8. 8. Sim, além de riscos para empresas, as mudanças climáticas também podem ser ponto de partida para a identificação de oportunidades. Tudo pode começar com uma análise de impacto socioambiental. Desde 2007, o Santander trabalha para reduzir e compensar suas emissões de gases do efeito estufa e, a partir de 2014, decidiu comprar créditos de carbono de projetos certificados, incentivando toda a sociedade a fazer o mesmo por meio do programa Reduza e Compense CO2.
  9. 9. A metodologia criteriosa do programa respeita padrões internacionais para a escolha de projetos capazes de trazer reduções efetivas de gases estufa, além de contribuições para o desenvolvimento sustentável. A ideia central do Reduza e Compense é promover a mudança dos modelos de negócio por meio da adoção de soluções mais eficientes de produção. Um exemplo é a Cerâmica Romana, dos Irmãos Fredi. Localizada em Presidente Epitácio, interior de São Paulo, a empresa utilizou durante muito tempo a queima de lenha nativa do cerrado como fonte de energia para sua produção. No entanto, desde 2004 mudou sua matriz energética e passou a utilizar em seus fornos combustíveis renováveis, como serragem e bagaço de cana, evitando o desmatamento gerado pelo processo convencional e gerando créditos de carbono.
  10. 10. Parte 04 Identificando oportunidades de eficiência em carbono.
  11. 11. Tudo começa a partir de uma avaliação interna, que contempla três perguntas a serem feitas: 1. Onde, no meu negócio, estão concentradas as maiores emissões de carbono? Conhecer as fontes de emissões mais relevantes e qualificá-las por meio de um inventário de emissões é o primeiro passo. Os setores que mais emitem gases do efeito estufa no Brasil são os de Agropecuária e Energia. Eles respondem por 37% das emissões, cada. Em seguida, aparece o setor de Mudança no Uso da Terra e Florestas, responsável por 15% das emissões.
  12. 12. 2. comoépossívelreduzirasemissõesdomeuprocessoprodutivo? O caminho passa por buscar alternativas e inovações tecnológicas. A empresa Ouro Branco Agronegócios apostou na recuperação de pastagens para transformar terras degradadas em áreas produtivas. Desde que começou este trabalho, em 2010, mais de 2,4 mil hectares já foram convertidos em lavouras. Com isso, a empresa tem aumentado ano a ano a produção de grãos sem a necessidade de ampliar a área de cultivo, mantendo as emissões sob controle.
  13. 13. 3. Como adaptar o meu negócio aos efeitos irreversíveis das mudanças climáticas? Cuide para que seu negócio seja cada vez menos vulnerável aos efeitos das mudanças climáticas, como a alteração no regime de chuvas e na temperatura, escassez hídrica, localização em áreas consideradas críticas ou mesmo à dependência de insumos que sofrerão cada vez mais com a variação da disponibilidade ou de preços, como é o caso de combustíveis ou energia fósseis.
  14. 14. Parte 05 O que é e como se dará a transição para a economia de baixo carbono?
  15. 15. Na economia de baixo carbono existe uma nova forma de fazer negócios, na qual empresas, países e sociedade promovem novas formas de produção e consumo, valorizando produtos e serviços de baixas emissões de carbono. Ela é capaz de gerar novas oportunidades de investimento, renda e empregos.
  16. 16. 1. novas tecnologias Buscar soluções que visam à sustentabilidade através da tecnologia. O Museu do Amanhã é um grande exemplo disso. O prédio se tornou o primeiro museu do Brasil a conquistar o selo Ouro na certificação LEED (Leadership in Energy and Environmental Design ou Liderança em Energia e Projeto Ambiental, em português). Para ganhar essa certificação, o museu investiu em arquitetura e construção sustentável. Um dos destaques é a tecnologia empregada na captação da energia solar e o uso das águas da Baía de Guanabara no sistema de ar condicionado.
  17. 17. Falando em energia solar, ela é gerada por meio de placas fotovoltaicas que, ao longo do dia, capturam a luz do sol. Outro quesito importante foi a reciclagem e o reaproveitamento de materiais. Toneladas de aço foram poupadas durante a construção. A seleção desses materiais também foi realizada a partir de critérios ambientais, dando preferência àqueles com componentes reciclados, de baixa toxidade, alta durabilidade e produzidos próximos ao local da obra.
  18. 18. 2. Financiamentos Aqui o papel dos bancos torna-se fundamental na economia de baixo carbono. Até 2013 os bancos privados foram responsáveis por 58% dos recursos utilizados para financiar a mitigação e medidas de adaptação para as mudanças climáticas.
  19. 19. Parte 06 Investir em soluções mais eficientes é o caminho.
  20. 20. Opções para investir em eficiência: Energia • Aquecedor solar; • Painéis fotovoltaicos; • Lâmpadas mais eficientes (LED, LFT, LFC); • Equipamentos de ventilação e acondicionamento com menor consumo de energia; • Equipamentos com selo Procel A.
  21. 21. água Resíduos: • Estações de tratamento de água e esgoto (ETA e ETE); • Sistema de captação de água de chuva; • Equipamentos de controle de vazão; • Válvulas para caixa de descarga, sistemas de acionamento a vácuo, torneiras e mictórios com acionamento de pressão. • Estação de tratamento de efluentes; • Máquinas e equipamentos para reciclagem e reutilização.
  22. 22. Parte 07 Criando um compromisso de Mudanças Climáticas dentro da sua empresa.
  23. 23. A criação de uma política de mudanças climáticas da empresa pode potencializar seus negócios. Um documento que deixa claro os seus compromissos com a proteção do meio ambiente e a redução dos impactos gerados e que deve ser compartilhado com seus principais stakeholders. Como exemplo, você pode conferir a Política Global de Mudanças Climáticas do Santander, que foi aprovada em 2014. O Banco tem como objetivos: • Minimizar os impactos gerados por suas atividades; • Considerar e avaliar os impactos sobre as mudanças climáticas do financiamento de projetos e as medidas a serem adotadas para reduzir ou eliminar emissões poluentes; • Promover produtos e serviços que fomentem o desenvolvimento sustentável; • Aumentar a conscientização entre seus funcionários para que estes adotem medidas para proteger o meio ambiente dentro das atividades ambientais da organização.
  24. 24. Sua empresa pode assumir, por meio de seus negócios, um papel protagonista na economia de baixo carbono. • Ela pode se comprometer a criar produtos e serviços para combater as mudanças climáticas; • Estabelecer metas. Por exemplo: reduzir um percentual significativo da geração atual de resíduos. Além disso, vale estabelecer uma meta a médio prazo para avaliar se os objetivos estão sendo alcançados; • Engajar e incentivar funcionários, clientes e fornecedores é fundamental, afinal, mudanças começam de dentro para fora; • Estar atento às inovações do seu setor e às demandas do mercado pode se tornar um diferencial para identificar soluções e oportunidades.
  25. 25. ‘Empresas B’ usam negócios para criar impacto socioambiental positivo - Folha de São Paulo http://www1.folha.uol.com.br/mercado/2015/04/1618159-empresas-b-usam-negocios-para-criar-impacto-socioambiental-positivo.shtml ​Mudanças climáticas já afetam metade dos negócios da América Latina - Época Negócios http://epocanegocios.globo.com/Informacao/Acao/noticia/2015/05/mudancas-climaticas-ja-afetam-metade-dos-negocios-na-america-latina.html Agronegócio produtivo e de baixo carbono - Santander Brasil https://sustentabilidade.santander.com.br/pt/Espaco-de-Praticas/Paginas/Agronegociomaisprodutivoedebaixocarbono.aspx Estimativas anuais de emissões de gases do efeito estufa no Brasil, 2ª edição - Ministério da Ciência,Tecnologia e Inovação http://www.mct.gov.br/upd_blob/0235/235580.pdf Conheça os setores que mais emitem gases de efeito estufa no Brasil - Green Me https://www.greenme.com.br/informar-se/ambiente/2123-conheca-os-setores-que-mais-emitem-gases-de-efeito-estufa-no-brasil Análise de emissões de GEE no Brasil (1990-2012) - Mudanças do Uso da Terra​- Observatório do Clima http://www.observatoriodoclima.eco.br/analise-das-emissoes-de-gee-no-brasil-1990-2012-mudancas-do-uso-da-terra/ https://s3-sa-east-1.amazonaws.com/arquivos.gvces.com.br/arquivos_gvces/arquivos/305/SEEG_UsoDaTerra.pdf Crise energética faz empresas emitirem mais carbono no Brasil - Folha de São Paulo http://www1.folha.uol.com.br/ambiente/2015/06/1637678-crise-energetica-faz-empresas-emitirem-mais-carbono-no-brasil.shtml Museu do Amanhã conquista certificação de construção sustentável​- Museu do Amanhã https://museudoamanha.org.br/pt-br/ouro-em-sustentabilidade Financiamentos para Pessoa Jurídica - Exemplos de Soluções - Santander Brasil https://sustentabilidade.santander.com.br/pt/Produtos-e-Servicos/Documents/Financiamentos%20PJ_Exemplo%20de%20Solucoes.pdf Compense suas escolhas - Espaço de práticas em sustentabilidade/Santander Eu Compenso https://sustentabilidade.santander.com.br/pt/Espaco-de-Praticas/PDF/CasoPratico_Reduza_Compense_CO2.pdf Fontes

×