IX - ROCHAS MAGMÁTICAS

1.071 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.071
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
38
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

IX - ROCHAS MAGMÁTICAS

  1. 1. ESCOLA FERREIRA CASTRO 13/14 PROFª SANDRA NASCIMENTO IX – ROCHAS MAGMÁTICAS
  2. 2. Importância das rochas 2  Todas as rochas contam a sua história, nomeadamente as condições de temperatura e pressão a que estiveram sujeitas ao longo do tempo. O registo desta informação nas rochas torna-as testemunhos da dinâmica externa e interna da Terra Profª: Sandra Nascimento
  3. 3. As rochas 3  As rochas são constituídas por minerais.
  4. 4. Ciclo das rochas 4  O ciclo das rochas representa as principais relações entre as rochas, descrevendo os processos dinâmicos que ocorrem ao longo do tempo. Profª: Sandra Nascimento
  5. 5. Como se classificam as rochas ? 5 As rochas classificam-se quanto à sua origem em: - Magmáticas - Metamórficas - Sedimentares Todas estas rochas sofrem processos contínuos de formação, modificação, destruição e “reciclagem”. Profª: Sandra Nascimento
  6. 6. Principais tipos de rochas 6 Profª: Sandra Nascimento
  7. 7. 7 Rochas magmáticas
  8. 8. Rochas magmáticas 8   As rochas magmáticas são as mais abundantes na crusta e resultam do magma. Este origina-se no manto superior ou na crusta, onde as temperaturas podem ser superiores a 1000 °C, o que provoca a fusão dos materiais. Profª: Sandra Nascimento
  9. 9. Rochas magmáticas 9 Rochas magmáticas Vulcânicas ou Extrusivas Plutónicas ou Intrusivas Profª: Sandra Nascimento
  10. 10. Atividade experimental 10 1. Verteu-se um pouco de enxofre para uma lâmina de vidro. 2. O restante ficou a solidificar no cadinho. Questão: O enxofre arrefeceu mais rapidamente no cadinho ou na placa de vidro? Profª: Sandra Nascimento
  11. 11. Atividade experimental 11 Cristais de enxofre desenvolvidos Cristais de enxofre pouco desenvolvidos Questões: 1. Os cristais de enxofre mais desenvolvidos formaram-se no cadinho ou na lâmina? 2. Relaciona a velocidade de arrefecimento com a formação e desenvolvimento de cristais. Profª: Sandra Nascimento
  12. 12. Formação de cristais 12 Como já sabes, as rochas plutónicas resultam do arrefecimento do magma em profundidade e as rochas vulcânicas resultam do arrefecimento do magma à superfície. Qual destes dois tipos de rochas (plutónicas ou vulcânicas) deverá apresentar cristais bem desenvolvidos, visíveis a olho nu? Justifica. Profª: Sandra Nascimento
  13. 13. Texturas 13   Textura agranular - as rochas vulcânicas arrefecem muito rapidamente, dificultando o desenvolvimento de cristais. Textura granular - as rochas plutónicas solidificam muito lentamente, permitindo o desenvolvimento de cristais. Imagens ao microscópio petrográfico. Profª: Sandra Nascimento
  14. 14. Rochas com textura agranular 14 Basalto Obsidiana Pedra-pomes Profª: Sandra Nascimento
  15. 15. Rochas com textura granular 15 Granito Gabro Profª: Sandra Nascimento
  16. 16. Rochas Plutónicas 16 Granito Profª: Sandra Nascimento
  17. 17. Rochas Vulcânicas 17 Basalto Exemplo: Basalto Profª: Sandra Nascimento
  18. 18. Formação de cristais 18   A cristalização corresponde à formação de minerais que, no caso das rochas magmáticas, ocorre a partir de uma solução quente. A cristalização inicia-se pelo aparecimento de cristais de dimensões muito reduzidas, que crescem e originam cristais sucessivamente maiores à medida que o material arrefece ao longo do tempo. Profª: Sandra Nascimento
  19. 19. Rochas magmáticas 19 Profª: Sandra Nascimento
  20. 20. FIM

×