Ficha verificação de leitura alienista

5.817 visualizações

Publicada em

Ficha de verificação de leitura

Publicada em: Educação
0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.817
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
8
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
204
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ficha verificação de leitura alienista

  1. 1. Agrupamento de Escolas D. Manuel de Faria e Sousa TEIP – Território Educativo de Intervenção Prioritária Rua Manuel de Faria e Sousa – Apartado 38 – 4610-178 Felgueiras - Contribuinte: 600 081 222 Telefone: 255 926 669 – Fax: 255 926 769 – www.manuelfariasousa.pt - info@eb23-dmfariasousa.edu.pt 1 ANO LETIVO 2013-2014 Ficha de Verificação de Leitura – 9.º ANO O Alienista Turma:__________ Nome: _______________________________________________________ Número: ______ Turma: _______ Data: ____________________________ Professora:_______________ Classificação: _____________ E. Educação: _____________ Seleciona a opção correta ou escreve a resposta às questões.  O ESPAÇO 1. Espaço físico (cidade) onde decorre a ação: ____________________________________________________  O TEMPO 2. O tempo histórico da ação corresponde A.  ao futuro: séc. XXII. B.  ao passado longínquo: Idade Média. C.  ao passado, embora não seja possível determinar exatamente a época histórica.  O NARRADOR 3. Quanto à participação, o narrador é: ___________________________________________________________  A AÇÃO 4. As frases que se seguem correspondem a ideias-chave do conto. Numera-as, de 1 a 5, cronologicamente. ( ____) Inquietação popular e revolta dos canjicas. ( ____ ) Casamento com Evarista e desejo de filhos. ( ____ ) Retorno ao Brasil e decisão pela psiquiatria. ( ____ ) Consulta a amigos e decisão de autoisolamento. ( ____ ) Inauguração da Casa Verde e primeiros internamentos.  AS PERSONAGENS I - O PROTAGONISTA 5. O título da obra remete para o protagonista da ação como sendo… A.  um indivíduo socialmente alienado. B.  uma pessoa procurada pelas autoridades, pela sua instabilidade mental. C.  um médico ligado à psiquiatria. 6. Nome do protagonista: ______________________________________________________________________ 7. Nome do projeto a que se dedica o protagonista: ________________________________________________
  2. 2. Agrupamento de Escolas D. Manuel de Faria e Sousa TEIP – Território Educativo de Intervenção Prioritária Rua Manuel de Faria e Sousa – Apartado 38 – 4610-178 Felgueiras - Contribuinte: 600 081 222 Telefone: 255 926 669 – Fax: 255 926 769 – www.manuelfariasousa.pt - info@eb23-dmfariasousa.edu.pt 2 8. Objetivo do protagonista com este projeto: _____________________________________________________ _________________________________________________________________________________________ 9. Qual o destino final da personagem principal? ___________________________________________________ _________________________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________________________  AS PERSONAGENS II 10. Personagem adjuvante que apoia o protagonista no seu projeto: ____________________________ 11. Personagem oponente, líder de uma revolta: ____________________________________________ 12. Associa as personagens às frases. A. Dr. Simão Bacamarte 1. Admirador da obra do Dr. Bacamarte. B. D. Evarista 2. Homem de muitas virtudes, razão pela qual é internado. C. Crispim Soares 3. Representante da ambição do poder. D. Padre Lopes 4. Nem “bonita nem simpática” é a eleita do protagonista. E. Barbeiro Porfírio 5. A ciência é o seu único emprego. 13. A Casa Verde e os seus “hóspedes”. Faz as associações corretas. “HÓSPEDES” CAUSAS DO INTERNAMENTO A. Costa 1. Elogio à D. Evarista. B. Martim Brito 2. Excessivamente cortês, cumprimentos espalhafatosos. C. Gil Bernardes 3. Muito falador. D. Coelho 4. Rico e vaidoso, ficava horas a contemplar a sua casa. E. Mateus 5. Rico empobrecido por emprestar dinheiro sem se importar com o pagamento. FIM Bom trabalho. A B C D E A B C D E
  3. 3. Agrupamento de Escolas D. Manuel de Faria e Sousa TEIP – Território Educativo de Intervenção Prioritária Rua Manuel de Faria e Sousa – Apartado 38 – 4610-178 Felgueiras - Contribuinte: 600 081 222 Telefone: 255 926 669 – Fax: 255 926 769 – www.manuelfariasousa.pt - info@eb23-dmfariasousa.edu.pt 3 CORREÇÃO  O ESPAÇO 1. Espaço físico onde decorre a ação: Cidade de Itaguaí  O TEMPO 2. O tempo histórico da ação corresponde A.  ao futuro: séc. XXII. B.  ao passado longínquo: Idade Média. C.  ao passado, embora não seja possível determinar exatamente a época histórica.  O NARRADOR 3. Quanto à participação, o narrador é: heterodiegético  A AÇÃO 4. As frases que se seguem correspondem a ideias-chave do conto. Numera-as, de 1 a 5, cronologicamente. ( 4 ) Inquietação popular e revolta dos canjicas. ( 2 ) Casamento desejo de filhos. ( 1 ) Retorno ao Brasil e decisão pela psiquiatria. ( 5 ) Consulta a amigos e decisão de autoisolamento. ( 3 ) Inauguração da Casa Verde e primeiros internamentos.  AS PERSONAGENS I - O PROTAGONISTA 5. O título da obra remete para o protagonista da ação como sendo… A.  um indivíduo socialmente alienado. B.  uma pessoa procurada pelas autoridades, pela sua instabilidade mental. C.  um médico ligado à psiquiatria. 6. Nome do protagonista: Simão Bacamarte. 7. Nome do projeto a que se dedica o protagonista: Casa Verde 8. Objetivo do protagonista com este projeto: Descobrir as causas da loucura. 9. Qual o destino final da personagem principal? Por considerar que é o único com personalidade reta e perfeita, conclui que o único anormal é ele próprio. Após muita reflexão, isolou-se na Casa Verde, onde ficou 17 meses, acabando por morrer.  AS PERSONAGENS II 10. Personagem adjuvante que apoia o protagonista no seu projeto: Boticário, Crispim Soares. 11. Personagem oponente, líder de uma revolta: Barbeiro Porfírio.
  4. 4. Agrupamento de Escolas D. Manuel de Faria e Sousa TEIP – Território Educativo de Intervenção Prioritária Rua Manuel de Faria e Sousa – Apartado 38 – 4610-178 Felgueiras - Contribuinte: 600 081 222 Telefone: 255 926 669 – Fax: 255 926 769 – www.manuelfariasousa.pt - info@eb23-dmfariasousa.edu.pt 4 12. Associa as personagens às frases. A. Dr. Simão Bacamarte 1. Admirador da obra do Dr. Bacamarte. B. D. Evarista 2. Homem de muitas virtudes, razão pela qual é internado. C. Crispim Soares 3. Representante da ambição do poder. D. Padre Lopes 4. Nem “bonita nem simpática” é a eleita do protagonista. E. Barbeiro Porfírio 5. A ciência é o seu único emprego. 13. A Casa Verde e os seus “hóspedes”. Faz as associações corretas. “HÓSPEDES” CAUSAS DO INTERNAMENTO A. Costa 1. Elogio à D. Evarista. B. Martim Brito 2. Excessivamente cortês, cumprimentos espalhafatosos. C. Gil Bernardes 3. Muito falador. D. Coelho 4. Rico e vaidoso, ficava horas a contemplar a sua casa. E. Mateus 5. Rico empobrecido por emprestar dinheiro sem se importar com o pagamento. A B C D E 5 4 1 2 3 A B C D E 5 1 2 3 4

×