Alfmat 2012

142 visualizações

Publicada em

Matemática

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
142
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Alfmat 2012

  1. 1. ALFMAT JOGO DO TABULEIRO ESCOLA MARIA SHIRLEY BARNABÉ LYRA TURMA: 2º A / 2012 PROFESSORA: SALETE MORETO GUISSO
  2. 2. 1º MOMENTO: • AS CRIANÇAS IRÃO SENTAR EM DUPLAS; • SERÁ ENTREGUE UMA CARTELA PARA CADA DUPLA; • AS CRIANÇAS DEVERÃO CONTAR 2 MONTES DE 20 UNIDADES, SENDO MONTE DIFERENTE, PODENDO UTILIZAR TAMPINHAS E BOTÕES VARIADOS.
  3. 3. EXEMPLO:
  4. 4. ADIÇÃO • SERÁ EXPLICADO PARA TURMA AS IDÉIAS DE ADIÇÃO; • O QUE ACONTECE QUANDO SE: GANHA, CHEGA, AUMENTA, ACRESCENTA ALGO..........ISSO LEVA A TER MAIS OU MENOS? ( LEVAR AS CRIANÇAS A TEREM O NOÇÃO DE MAIS – ADIÇÃO) REPRESENTAR NO QUADRO O SINAL DE + (MAIS) NA MATEMÁTICA.
  5. 5. DANDO AS COORDENADAS PARA A ADIÇÃO NO TABULEIRO. • A PROFESSORA DIZ O RESULTADO E A TURMA TERÁ DE DISPOR ENTRE TAMPINHAS E BOTÕES A QUANTIDADE PEDIDA, PARA DEPOIS FORMULAREM A ADIÇÃO NO CADERNO; • PRIMEIRO A PROFESSORA FAZ UMA COM A PARTICIPAÇÃO DE TODOS, AS OUTRAS SERÁ POR CONTA DE CADA DUPLA.
  6. 6. RESULTADOS SOLICITADOS/ EQUAÇÕES REALIZADAS • 14 • PARA AS EQUIPES QUE IAM FAZENDO IGUAL AOS DOS COLEGAS, A PROFEESORA FOI INTERVINDO DIZENDO QUE GOSTARIA QUE A SITUAÇÃO MONTADA DA DUPLA FOSSE DIFERENTE DOS QUE JÁ HAVIAM SIDO REALIZADOS. BUSCANDO ASSIM ENRIQUECER AS POSSIBILIDADES!
  7. 7. OUTRAS POSSIBILIDADES......
  8. 8. OS ERROS E ACERTOS – COLOCANDO A CUCA PARA PENSAR........
  9. 9. ANALISANDO A QUANTIDADE COM O REGISTRO.......... QUANTO VALE O QUATRO AQUI? QUAL CASA VOCÊ DEVE COLOCÁ-LO NA EQUAÇÃO (CONTA)? CONTE OS OBJETOS DO TABULEIRO. O RESULTADO É IGUAL AO DA CONTA? ONDE O QUATRO DEVERIA ESTAR?
  10. 10. OUTRAS EQUAÇÕES COM RESULTADOS: • 20 • 15 • 17 • 16
  11. 11. OS REGISTROS................
  12. 12. AS OBSERVAÇÕES: • A CONSTRUÇÃO DAS EQUAÇÕES APRESENTARAM DIVERSAS SITUAÇÕES QUE POSSIBILITOU A PARTICIPAÇÃO DE TODOS. • CONFORME FORAM SENDO REALIZADAS, CADA UMA IA SENDO APRESENTADA NO QUADRO E A PROFESSORA PEDIA A ATENÇÃO DE TODOS E POSTERIORMENTE A CÓPIA NO CADERNO. COM AS CORREÇÕES REALIZADAS INDIVIDUALMENTE.
  13. 13. • CONFORME FORAM SENDO FEITAS AS EQUAÇÕES, FUI PASSANDO NAS CARTEIRAS E OBSERVANDO A FORMA COMO O PROCESSO IA ACONTECENDO, MUITOS DOS ALUNOS SABIAM EXATAMENTE O SINAL E ESTRUTURA DA EQUAÇÃO, O QUE MAIS APRESENTAVA DIFICULDADE ERA NO LOCAL DO REGISTRO, PRINCIPALMENTE SE A CONTA COMEÇASSE COM A UNIDADE SIMPLES, AS CRIANÇAS COLOCAVAM O NUMERAL NA CASA DA DEZENA, AÍ ERA A HORA DA INTERVENSÃO ATRAVÉS DO QUESTIONAMENTO SE O NUMERAL VALIA MAIS OU MENOS QUE DEZ, DEPENDENDO DA RESPOSTA A CRIANÇA PERCEBIA SE DEVERIA OU NÃO MUDAR A CASA DO NUMERAL, PERCEBENDO ASSIM QUE A SOMA DOS FATOS NÃO CORRESPONDIA COM O TOTAL NO TABULEIRO. • PARA OS ALUNOS QUE NÃO CONSEGUIAM PERCEBER A SITUAÇÃO, O ALUNO COM QUEM FAZIA DUPLA AJUDAVA E QUANDO NECESSÁRIO A PROFESSORA IA PARA O QUADRO REALIZANDO A SITUAÇÃO PARA QUE TODOS PUDESSEM ANALISAR E AJUDAR NA SOLUÇÃO.
  14. 14. EM ALGUNS CASOS, OS ALUNOS COLOCAVAM O NUMERAL 10 NA UNIDADE, AÍ EU QUESTIONAVA O QUE ACONTECIA QUANDO TÍNHAMOS 10 UNIDADES NO MATERIAL DOURADO, A RESPOSTA ERA UNÂNIME: TROCA PELA BARRINHA. NESTE MOMENTO ALGUNS JÁ PERCEBIAM QUE A DEZENA MUDAVA DE CASA, OUTROS PRECISAVAM DE MAIOR INTERVENÇÃO DA MINHA PARTE!
  15. 15. CONCLUSÃO • ESTA FOI UMA ATIVIDADE MUITO MOTIVADORA PARA AS CRIANÇAS, COM CERTEZA, QUANDO TRABALHADO MAIS VEZES AS POSSIBILIDADES AUMENTAM, FICANDO MAIS ENRIQUECEDOR. • SUGESTÕES DE TRABALHO COM MAIS DE DOIS TIPOS DE MATERIAIS VAI LEVAR A CRIANÇA A CONSTRUIR EQUAÇÕES COM TRÊS OU MAIS PARCELAS. ESPERO TER AJUDADO COM ESTE SIMPLES TRABALHO. • ATÉ À VOLTA. • AMO TRABALHAR COM ESTA EQUIPE! SALETE

×