FÓRUM SABARÁ 300 ANOS MESA I – CRESCIMENTO DESORDENADO E CONURBAÇÃO URBANA   A INSERÇÃO DE SABARÁ NA REGIÃO METROPOLITANA ...
“ A GRANDE SABARÁ”  1714: sede da Comarca do Rio das Velhas   Adoção do nome: 1701 Criação e emancipação do distrito: 1711...
O  lugar Sabará nos séculos XX e XXI e sua inserção na RMBH POPULAÇÃO RESIDENTE TOTAL E CRESCIMENTO - 1960 – 2010 Fonte: F...
As diversas temporalidades na formação da RMBH <ul><li>Anos de 1940 e 1950: a articulação com os municípios industriais – ...
Relações entre as temporalidades e o uso do solo na RMBH : <ul><li>Sul/Quadrilátero:  Ferrífero: minerações,mananciais de ...
A Funcionalidade de Sabará, hoje? (ou parte dela)
A inserção de Sabará na RMBH: um centro local.
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Fórum sabará 300 anos

397 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
397
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Fórum sabará 300 anos

  1. 1. FÓRUM SABARÁ 300 ANOS MESA I – CRESCIMENTO DESORDENADO E CONURBAÇÃO URBANA A INSERÇÃO DE SABARÁ NA REGIÃO METROPOLITANA DE BELO HORIZONTE - RMBH BREVES CONSIDERAÇÕES Professora Marly Nogueira IGC/UFMG
  2. 2. “ A GRANDE SABARÁ” 1714: sede da Comarca do Rio das Velhas Adoção do nome: 1701 Criação e emancipação do distrito: 1711 - Vila Real de Sabará; Vila Leal de N. Sra. do Carmo (Mariana) e Vila Rica (Ouro Preto) Município de origem: não há O LUGAR: ponto de pousada para a travessia do sertão = um bom sítio para as roças, existência de fonte d e água, inexistência do perigo de enchentes e um ponto de travessia do rio a pé.
  3. 3. O lugar Sabará nos séculos XX e XXI e sua inserção na RMBH POPULAÇÃO RESIDENTE TOTAL E CRESCIMENTO - 1960 – 2010 Fonte: FJP: Anuário Estatístico de MG e IBGE: Censo Demográfico, 2010 ANOS POP. TOTAL RESIDENTE CRSCIMENTO RELATIVO (%) 2010 126.629 8,0 2000 115.352 22,2 1991 89740 28,4 1980 64255 29,7 1970 45.149 48,8 1960 23.098
  4. 4. As diversas temporalidades na formação da RMBH <ul><li>Anos de 1940 e 1950: a articulação com os municípios industriais – vetor oeste e sudoeste (Contagem e Betim, sobretudo); </li></ul><ul><li>Anos de 1970 e 1980: a expansão e articulação com municípios residenciais populares nos vetores norte/noroeste; </li></ul><ul><li>Anos 1990: expressivo crescimento em direção ao Vetor Sul: minerações e áreas residenciais de alta renda; </li></ul><ul><li>Anos 2000: o vetor norte cresce exponencialmente – o papel do Estado (escala estadual) no espraiamento, em direções mais longíquas, do processo de metropolização e da mancha urbana/conurbação . </li></ul>
  5. 5. Relações entre as temporalidades e o uso do solo na RMBH : <ul><li>Sul/Quadrilátero: Ferrífero: minerações,mananciais de água, chacreamentos e sítios (rèsidence secundaire) e alguma atividade agropecuária; </li></ul><ul><li>Norte : nas terras mais férteis do carste e de topografia mais plana um uso típico rural, de maior peso, ao lado da exploração do calcário e do reflorestamento do eucalipto e das áreas preservadas da Sa. do Cipó; adicionalmente: parcelamentos horizontais com expressiva carência de infraestrutura, mas com tendência à verticalização, em decorrência da CA, além dos condomínios de alta renda de Lagoa Santa; </li></ul><ul><li>Noroeste: Ribeirão das Neves e Esmeraldas: a precariedade dos parcelamentos; </li></ul><ul><li>Oeste: Contagem e Betim destacam-se pelo expansão dos pequenos conjuntos de prédios residenciais, em áreas já urbanizadas ou de urbanização recente, de classes médias, sobretudo; além de chacreamentos e sítios (rèsidence secundaire) das próprias classes médias locais, nos outros municípios ; </li></ul><ul><li>Leste: Sabará com área de antiga conurbação com Belo horizonte, apresenta-se com expressiva precariedade, muito embora com tendência à alguma verticalização, encerrando significativa parte de população de baixa renda, muito vinculada à metrópole; chacreamentos e sítios (rèsidence secundaire) das próprias classes médias locais, nos outros municípios mais próximos à Sa. Do Cipó ; </li></ul>
  6. 6. A Funcionalidade de Sabará, hoje? (ou parte dela)
  7. 7. A inserção de Sabará na RMBH: um centro local.

×