Cruzamento
Corte
Industrial
COM BASE NELORE?
Você investe no cruzamento industrial com o Angus ou outras raças taurinas?
A heterose do cruzamento é imbatível na busca ...
ANCP DEP AC% TOP
D3P 53,5 37 8,0%
DSTAY 56,6 51 16,0%
DPAC 9,8 58 0,5%
MP120 3,42 47 2,0%
MGT 19,12 59 0,5%
BACKUP X 1646 ...
ANCP DEP AC% TOP
D3P 56,25 23 3,0%
DSTAY 63,65 26 2,0%
DPAC 6,43 27 4,0%
MP120 2,17 30 12,0%
MGT 16,11 36 2,0%
QUARK COL X...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Como garantir um menor ciclo de produção e melhor qualidade através do Cruzamento Industrial com Base Nelore

217 visualizações

Publicada em

Como garantir um menor ciclo de produção e melhor qualidade através do Cruzamento Industrial com Base Nelore

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
217
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
44
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Como garantir um menor ciclo de produção e melhor qualidade através do Cruzamento Industrial com Base Nelore

  1. 1. Cruzamento Corte Industrial COM BASE NELORE?
  2. 2. Você investe no cruzamento industrial com o Angus ou outras raças taurinas? A heterose do cruzamento é imbatível na busca por melhores carcaças, menor ciclo de produção e melhor qualidade de carne. Porém, sua base é Zebuína, certo? Só a adaptabilidade da vaca Nelore permite a expansão do cruzamento por todo o território brasileiro. Mas, nós damos a devida atenção a ela? Ela tem que parir o mais cedo possível para deixar um bezerro a mais em sua vida produtiva, desmamar um bezerro por ano com peso elevado e ser longeva no rebanho para diluir seu custo de mantença, ou seja, deixar no mínimo 3 crias até os 76 meses de idade para pagar sua conta. A reposição da sua base Nelore deve ser escolhida com o mesmo, ou mais, critério com que escolhe os reprodutores taurinos. Pensando nisso, a CRI traz esse material para você. Confira exemplares com características maternais de excelência.
  3. 3. ANCP DEP AC% TOP D3P 53,5 37 8,0% DSTAY 56,6 51 16,0% DPAC 9,8 58 0,5% MP120 3,42 47 2,0% MGT 19,12 59 0,5% BACKUP X 1646 DA MN EAO 3479 | ORMON DA EAO Proveniente da Fazenda Baviera, o ORMON foi selecionado a pasto na região de Itagibá, na Bahia, em um plantel PO de três mil matrizes. É filho de Backup em vaca 1646 da MN. Destaque para características de Probabilidade de Parto Precoce, Stayability, Produtividade Acumulada e Habilidade Materna. Destaque - características maternais
  4. 4. ANCP DEP AC% TOP D3P 56,25 23 3,0% DSTAY 63,65 26 2,0% DPAC 6,43 27 4,0% MP120 2,17 30 12,0% MGT 16,11 36 2,0% QUARK COL X 1646 DA MN RDM 4760 | PAPUDO MATINHA ANCP DEP AC% TOP D3P 52,75 5 11,0% DSTAY 61,85 12 3,0% DPAC 6,68 13 4,0% MP120 3,54 20 2,0% MGT 18,12 46 0,5% C8398 DA MN X MANH 02 DA MN LBMN D1564 | CORONEL DA MN FAZENDAMUNDONOVO–UBERABA/MG ANCP DEP AC% TOP D3P 59,50 33 1,0% DSTAY 57,55 48 12,0% DPAC 6,38 56 4,0% MP120 2,69 47 6,0% MGT 16,51 58 2,0% AVESSO DA BELA TE X MARISCO IZ AZAN 1451 | JEITO FIV DA BELA FAZENDA BELA ALVORADA – GUARARAPES/SP RANCHO DA MATINHA – UBERABA/MG Conheça outras opções de animais com excelentes características maternais Juliana Ferragute Coordenadora Técnica de Corte jferragute@crigenetica.com.br

×