O sucesso da Igreja Local.    Como acontece o sucesso de uma igreja local? Quando me refiro a IgrejaLocal não quero dizer ...
O sucesso de uma igreja local está ligado a sua vida de oração, uma igrejaque ora, estará sempre na presença de Deus, cami...
2-O caso da mulher samaritana. Evangelho de S.João 4.1-42    Em uma conversa que parecia informal, Jesus revelava a verdad...
que os soldados ingleses? Claro que sim! Por quê? Porque ele era um homempoderoso na oração. Vocês já leram sobre a vida d...
S.D.Gordon disse “os grandes sobre a terra são aspessoas que oram [...] não são [...] aqueles que falam sobre oração,nem a...
Leonard Ravenhill “Não se pode negar que amaior preocupação da igreja de hoje são as finanças. E, no entanto,esse problema...
Poderíamos preencher várias paginas com exemplo de homens que pormeio da oração e uma mensagem fiel a revelação das escrit...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

O sucesso da igreja local

1.217 visualizações

Publicada em

Orando para mudar o mundo

Publicada em: Espiritual, Turismo
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.217
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
31
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O sucesso da igreja local

  1. 1. O sucesso da Igreja Local. Como acontece o sucesso de uma igreja local? Quando me refiro a IgrejaLocal não quero dizer aquela fundada por Witness Lee que tem alguns ensinoscontrovertidos para não dizer heréticos, mas isto é assunto para outro texto.Quando me refiro a Igreja local refiro-me aquela igreja que está em seu bairro,em sua cidade ou mesmo em sua casa ou empresa, não me refiro somente a umlugar ou um local fixo. Quando me refiro a uma igreja que alcança o sucesso, tenho em minhamente, o sucesso como algo definido neste sentido: 1-Uma igreja que tem um evangelismo constante. 2-Uma igreja onde todos estão ligados uns aos outros, vivendo em amor,onde estão sendo discipulados, estão sendo ajudados e vivendo a vida cristãcom integridade. 3-Uma igreja que vive o “ide e fazei discípulos”. 4-Onde os dons do Espírito Santo estão em plena manifestação. 5-Onde a palavra de Cristo não é desprezada. 6-Onde a assistência social é manifestada, dando testemunho do amor deCristo ao mundo. Creio que o sucesso de uma igreja local, como esta descrita em poucaslinhas, está ligado a sua vida de oração, digo isto baseado num pedido feito peloApóstolo Paulo, observe o seu pedido a Igreja que estava em Colossos: “Por favor, incluam-nos em suas orações, a fim de que Deus abra umaporta para a entrada do evangelho. Orem para que falemos do mistério deCristo (por cuja pregação estou acorrentado atualmente) e para que eu possatorna claro aos homens, e sei que este é meu dever.” Colossenses 4.3-4 Paulo era um homem de oração, isto fica evidente ao lermos suas cartas,sempre existem relatos de momentos de oração e intercessões, o sucesso dePaulo está ligado a sua vida de oração, ele era depende de Deus para ter sucessona proclamação do evangelho, isto fica evidente nestes versos citados. O quedizer da vida de oração de Jesus, o que dizer da vida de oração de Davi, dosapóstolos, poderia acrescentar a este parágrafo a vida de oração dos profetas,dos patriarcas, todos estes homens que aqui foram citados ou indicados portabela, tem algo em comum, “uma vida de oração” constante e uma dependênciade Deus, que vai além de nossa compreensão.www.rupereta.blogspot.com Página 1
  2. 2. O sucesso de uma igreja local está ligado a sua vida de oração, uma igrejaque ora, estará sempre na presença de Deus, caminhará na direção ordenadapor Deus, manifestará a santidade pedida por Deus, manifestará os dons deDeus, sendo o maior destes dons o amor. Creio que uma igreja local deve ter uma boa teologia para responder aquelesque pedem a razão ou o motivo de nossa fé, no sentido administrativo temosque ter um bom cronograma com objetivos claros, e metas a serem alcançadas,temos que ter programas que assistam a comunidade local, sim tudo isto éválido, mas o que fará a real diferença; será a direção e a ação de Deus em cadaevento deste, e para o sucesso vir devemos buscá-lo. O que fará a diferença ao anunciarmos o evangelho, não será aquele seuargumento bem aplicado ou aquela sua filosofia bem explicada, isto tudo temsua importância, mas o que fará a real diferença é o poder de Deus, a ação deDeus dentro do coração humano, só Deus pode entrar em um lugar tãotenebroso e fazer nascer neste terrível lugar uma nova criatura (ou criação comoescrito na NVI); tenha sempre em mente esta verdade “o que fará diferença emsua argumentação ou explicação filosófica não será seu conhecimentointelectual, muito menos sua oratória, o que fará a diferença é o poder de Deus.” Entendermos isto é de suma importância, poderemos ter uma boaargumentação, poderemos ter aquela explicação filosófica irrefutável, mas senão agirmos na direção ordenada por Deus nada nos adiantará, precisamosurgentemente redescobrir estas verdades eternas. A oração é fundamental parao sucesso da igreja local. O sucesso de um pastor está ligado a uma igreja queintercede por ele. Paulo era um homem de oração, mas não abriu mão daintercessão, ele pediu para os irmãos de Colossos “orem a fim de que Deus abrauma porta para a entrada do evangelho”. A igreja não precisa de entretenimento, ela precisa redescobrir seu lugaraos pés da cruz. A igreja precisa redescobrir sua vida de oração. O sucesso de uma igreja local está totalmente ligado a uma ação de Deus,veja estes três exemplos: 1-O caso do eunuco. At 8.26-40. Tudo na conversação do eunuco é uma ação direta de Deus, Filipe está emSamaria e recebe uma ordem para ir a uma determinada “estrada deserta quedesce de Jerusalém” lá ele encontra um eunuco etíope, o Espírito Santo ordenaque ele acompanhe a carruagem, ele faz contato com o eunuco, em seguidaexplica o que o profeta Isaias estava relatando, Filipe lhe anuncia às boas novasde Jesus, no final a resposta do eunuco foi “creio que Jesus é o Filho de Deus”.Sucesso! Tudo começou em Deus, foi sua direção e sua ação, Filipe somenteobedeceu à direção de Deus.www.rupereta.blogspot.com Página 2
  3. 3. 2-O caso da mulher samaritana. Evangelho de S.João 4.1-42 Em uma conversa que parecia informal, Jesus revelava a verdadeirasituação em que se encontrava aquela mulher samaritana, esta revelação arespeito de sua vida conjugal, trouxe um enorme impacto a vida desta mulher,impacto este que levou ela a testemunhar aos seus concidadãos “venham ver umhomem que me disse tudo o que tenho feito. Será que ele não é o Cristo?”. O testemunho desta mulher depois de uma conversa como disse que aprincipio parecia algo informal, tinha tanta unção e graça que “muitossamaritanos daquela cidade creram nele por causa do seguinte testemunhodado pela mulher: “Ele me disse tudo o que tenho feito”” este encontro comJesus mudou a vida desta mulher, Deus foi ao seu encontro, Deus lhe pediuágua, este pedido simples mudou a vida desta mulher, não foi somente sua vidaque mudou, mas a vida de várias pessoas naquele lugar, Deus mudou umamulher e através dela alcançou outras vidas; “Agora cremos não somente porcausa do que você nos disse, pois nós mesmos o ouvimos e sabemos que este érealmente o Salvador do mundo” depois de uma conversa com Jesus ela voltapara sua localidade com a plena certeza “Ele é o Messias o Salvador do Mundo”Sucesso! Deus se manifestou novamente, Ele se aproximou, Ele manifestou seupoder e transformou o coração desta mulher. Tudo começou por meio dele. 3 - Paulo relata que seu sucesso e devido ao poder de Deus manifestado emsuas ministrações, seu sucesso não é devido a sua boa retórica ou palavraspersuasivas. “no que eu dizia e pregava não havia atrativos próprios da mentesábia, mas a demonstração do poder do Espírito Santo!” 1CO 2.4-5. Com tudo que já foi escrito fica evidente o quanto precisamos retornar anossa vida de oração e depender de Deus nos mínimos detalhes. As antigas reuniões de orações já não existem mais em boa parte da igreja,os círculos de orações se transformaram em cultos, para ser bem sincero docirculo de oração o que ficou foi somente o nome, pois a oração é algo raro... Quando buscamos referência na história da igreja podemos observa que avida de oração era constante na vida daqueles que foram tremendamenteusados por Deus observe as citações:O DR.D.M.Lloyd-Jones ao escrever seu livreto sobre “Rememorando a Reforma” ele cita a vida de oração do grande reformado John Knox “A outra coisa que quero frisar sobre eles é esta: o seu poder de oração. Não devemos pensar naqueles reformadores somente em termos de doutrina, embora devamos começar com isso. Esta outra coisa era igualmente notável e extraordinária acerca deles, eram homens de oração. Acaso Maria, Rainha dos Escoceses, não temia as orações de John Knox mais dowww.rupereta.blogspot.com Página 3
  4. 4. que os soldados ingleses? Claro que sim! Por quê? Porque ele era um homempoderoso na oração. Vocês já leram sobre a vida de oração de John Welsh,genro de John Knox? Ali estava um homem que passava noites em oração; suamulher geralmente acordava de noite e o via de joelhos, quase congelado. Queé que ele estava fazendo? Orando pelo povoa da cidade a quem servia, pedindopoder, pedindo poder, pedindo autoridade. Aqueles homens, cada um deles,eram homens grandemente marcados pela vida de oração, sabendo que neles epor eles não poderiam fazer nada, embora as suas doutrinas fossem certas eortodoxas.” iVeja o que, o grande teólogo e reformador alemão Martinho Lutero disse arespeito da oração: “Assim como o negócio do alfaiate é fazer roupas e odo sapateiro é consertar sapatos, de igual modo a negócio docristão é orar” “Quando perguntaram a Lutero, certa ocasião, queplanos tinha para o dia seguinte, ele respondeu: “Trabalho,trabalho, da manhã até a noite. De fato, tenho tantas coisas parafazer que vou passar as três primeiras horas em oração.” iiwww.rupereta.blogspot.com Página 4
  5. 5. S.D.Gordon disse “os grandes sobre a terra são aspessoas que oram [...] não são [...] aqueles que falam sobre oração,nem aqueles que dizem acreditar na oração, nem ainda aqueles queensinam sobre oração; são aqueles que dedicam tempo à oração.” iii John Stott diz “os homens e as mulheres emoração, de joelhos, diante de Deus, estão em sua mais nobre emelhor condição. Orar não é apenas ser verdadeiramenteconsagrado; é também ser verdadeiramente humano. Na oração,temos seres humanos feitos por Deus, semelhantes a Deus e paraDeus, gastando tempo em comunhão com Deus. Desse modo, aoração é uma atividade autêntica em si mesma, independente dequaisquer benefícios que possa nos trazer. No entanto, também éum dos meios mais eficazes da graça. Duvido que alguém tenha setornado parecido com Cristo sem ter se dedicado de forma diligenteà oração.”ivwww.rupereta.blogspot.com Página 5
  6. 6. Leonard Ravenhill “Não se pode negar que amaior preocupação da igreja de hoje são as finanças. E, no entanto,esse problema que tanto inquieta as igrejas modernas era o quemenos perturbava a do Novo Testamento. Hoje damos maisênfases à contribuição; eles a davam à oração.” v Leonard Ravenhill “Embora a igreja seja pobreem muitos aspectos, é mais pobre ainda na questão da oração.Contamos com muitas pessoas que sabem organizar, mas poucasdispostas a agonizar; muitas que contribuem, mas poucas queoram; muitos pastores, mas pouco fervor; muitos temores, maspoucas lágrimas; muitas que escrevem poucas que combatem. Sefracassarmos na oração, fracassarmos em todas as frentes debatalha.” vi O que dizer de homens como Daniel Berg, Gunnar Vingren, Emilio Condeentre outros pioneiros das Assembléia de Deus. Como explicar o avivamento pentecostal, tudo começou em uma reunião deoração e este avivamento saiu da Rua Azuza e alcançou o mundo. O que dizer do avivamento que ocorreu nas Ilhas Fuji, as igrejas locaisfizeram uma aliança e começaram a orar, não existia uma denominaçãobuscando um avivamento, era a Igreja de Cristo clamando diante daquele que ésanto, um clamor foi levado diante de Deus, pecados foram confessados, e Deusdos altos céus respondeu trazendo vida onde só existia morte.www.rupereta.blogspot.com Página 6
  7. 7. Poderíamos preencher várias paginas com exemplo de homens que pormeio da oração e uma mensagem fiel a revelação das escrituras transformaramseu bairro, sua cidade, seu Estado e seu País. “Quanto menos você ora, mais difícil se torna orar. Quanto mais você ora,mais você é levado a orar.” @paulwasher Sim a oração é o termômetro de como anda nosso relacionamento comDeus. Para finalizar gostaria de pedir, você pastor aceite o conselho de Paulo peçapara a sua congregação local interceder por você, interceda pelo seu povo, formegrupos de oração, busque a vontade de Deus para a sua igreja, faça aliança comoutros pastores no seu bairro ou na sua cidade, não perca tempo com suasdiferenças teológicas, tente reunir outros pastores, para que juntos levantem umclamor por sua cidade ou seu bairro. Você membro ore por seu pastor, peça que Deus direcione a vontade dele aocoração de seu pastor (ou seus pastores) peça que Deus o inspire na construçãode seu sermão, nos aconselhamentos e outros serviços, abençoe seu pastor comsuas orações. Que Deus nos abençoe... Paz e bem, Andrezinho Rupereta.i Rememorando a Reforma – D.M.Llody-Jones – Editora PES. Página 18.ii A oração e o preparo de líderes cristãos – Russell Shedd – Shedd publicações - Página 36-37.iii A oração e o preparo de líderes cristãos – Russel Shedd – Shedd Publicações - Página 33.iv Cristianismo Autêntico – John Stott – Editora Vida – Página 302 .v Por que tarda o pleno avivamento? – Leonard Ravenhill – Editora Betânia.vi Por que tarda o pleno avivamento? – Leonard Ravenhill – Editora Betânia.www.rupereta.blogspot.com Página 7

×