Transtornos do sono

976 visualizações

Publicada em

Transtornos do Sono e suas consequências para a saúde.

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
976
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
35
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Transtornos do sono

  1. 1. Transtornos do Sono e MemóriaTranstornos do Sono e Memória Sono e Qualidade de VidaSono e Qualidade de Vida Rubens Mário Mazzini Rodrigues, MDRubens Mário Mazzini Rodrigues, MD Médico PsiquiatraMédico Psiquiatra
  2. 2. O Sono na Mitologia GregaO Sono na Mitologia Grega  HypnosHypnos, o Deus do sono, levava o sono aos, o Deus do sono, levava o sono aos homens e também aos Deuses.homens e também aos Deuses.  Seu inúmeros filhos, que orbitavam ao seuSeu inúmeros filhos, que orbitavam ao seu redor, eram os sonhos.redor, eram os sonhos.  MorpheuMorpheu é o mais conhecido.é o mais conhecido.  Ícelo o “terrificante”,Ícelo o “terrificante”, Deus do pesadelo.Deus do pesadelo.  Fantaso, o “imitador”,Fantaso, o “imitador”, Deus da fantasia.Deus da fantasia.
  3. 3. Papoula, a dormideiraPapoula, a dormideira Papaver SomniferumPapaver Somniferum  Na mitologia grega era relacionada aNa mitologia grega era relacionada a HipnosHipnos, que a tinha como planta, que a tinha como planta favorita e, por isso, era representadofavorita e, por isso, era representado com os frutos desta planta na mão.com os frutos desta planta na mão.  A papoula é conhecida há mais de 5A papoula é conhecida há mais de 5 mil anos - os sumérios já a utilizavammil anos - os sumérios já a utilizavam para combater problemas.para combater problemas.  Os antigos comiam a flor inteira ou aOs antigos comiam a flor inteira ou a maceravam para obter o sumo.maceravam para obter o sumo.  Na Mesopotâmia, curavam-seNa Mesopotâmia, curavam-se doenças como insônia e constipaçãodoenças como insônia e constipação intestinal com infusões obtidas aintestinal com infusões obtidas a partir da papoula.partir da papoula.
  4. 4. Sono e CiênciaSono e Ciência  19371937  Eletroencefalograma.Eletroencefalograma.  19531953  Descoberta do sono REM.Descoberta do sono REM.  19851985  Laboratórios do SonoLaboratórios do Sono  19911991  Medicina do SonoMedicina do Sono
  5. 5. EletroEncefaloGrama - EEGEletroEncefaloGrama - EEG
  6. 6. EEG ComputadorizadoEEG Computadorizado
  7. 7. EEG TridimensionalEEG Tridimensional
  8. 8. Idade e Necessidade de SonoIdade e Necessidade de Sono  Em adultos, a média é de 8 horas.Em adultos, a média é de 8 horas.  2,5% das pessoas precisam 102,5% das pessoas precisam 10 horas ou mais.horas ou mais.  Outros 2,5% se satisfazem com 6Outros 2,5% se satisfazem com 6 horas ou menos.horas ou menos.  O bebê necessita 16 horas de sono.O bebê necessita 16 horas de sono.  Crianças em crescimentoCrianças em crescimento necessitam de 10 a 12 horas.necessitam de 10 a 12 horas.  Adolescentes precisam de 8 a 10Adolescentes precisam de 8 a 10 horas.horas.  Com o avanço da idade aCom o avanço da idade a quantidade de sono necessárioquantidade de sono necessário tende a cair.tende a cair.
  9. 9. O Sono no Mundo AtualO Sono no Mundo Atual  Dormir tornou-se um luxoDormir tornou-se um luxo..  PPrejuízo incalculável para arejuízo incalculável para a qualidade de vidaqualidade de vida..  Desde o início do séc XX aDesde o início do séc XX a duração do sono diminuiuduração do sono diminuiu 20% pelas mudanças de20% pelas mudanças de nossas condições de vida.nossas condições de vida.  Algumas Conseqüências:Algumas Conseqüências: – RRaciocínio mais lento,aciocínio mais lento, alterações de humor ealterações de humor e irratibilidade, maiirratibilidade, maioror vulnervulnerabilidadeabilidade a infecçõesa infecções,, diminuição da atenção,diminuição da atenção, concentração e reflexos,concentração e reflexos, diabete, obesidade.diabete, obesidade.
  10. 10. Importância do SonoImportância do Sono  O sono é um termômetro daO sono é um termômetro da saúde física e mental.saúde física e mental.  Um bom sono é sinal de boaUm bom sono é sinal de boa saúde.saúde.  Diversas doenças afetam aDiversas doenças afetam a quantidade e qualidade doquantidade e qualidade do sono.sono.  O maus sono, portando, éO maus sono, portando, é sinal de má saúde.sinal de má saúde.  O sono ocupa cerca de 1/3 deO sono ocupa cerca de 1/3 de nossas vidas.nossas vidas.
  11. 11. Dia Internacional do SonoDia Internacional do Sono  21 de março.21 de março.  Primeira edição foi emPrimeira edição foi em 21/03/200121/03/2001  Primeiro dia da primaveraPrimeiro dia da primavera no hemisfério norte.no hemisfério norte.  Primeiro dia do outono noPrimeiro dia do outono no hemisfério sul.hemisfério sul.
  12. 12. Fases do SonoFases do Sono
  13. 13. Hipnograma NormalHipnograma Normal
  14. 14. Hipnograma PatológicoHipnograma Patológico
  15. 15. Para que serve o sono?Para que serve o sono?  O sono é uma função fisiológicaO sono é uma função fisiológica complexa, natural, necessáriacomplexa, natural, necessária ao organismo e ao cérebro,ao organismo e ao cérebro, para restaurar um padrão idealpara restaurar um padrão ideal de funcionamento do corpo.de funcionamento do corpo.  O sono tem importânciaO sono tem importância fundamental para a maturaçãofundamental para a maturação do cérebro e dos circuitosdo cérebro e dos circuitos neuronais.neuronais.
  16. 16. Sono e MemóriaSono e Memória  Durante o sono são colocados em açãoDurante o sono são colocados em ação mecanismos de consolidação das novasmecanismos de consolidação das novas memórias e de re-consolidação das memóriasmemórias e de re-consolidação das memórias antigas.antigas.  O sono insuficiente ou de má qualidade causaO sono insuficiente ou de má qualidade causa prejuízo progressivo para a capacidade deprejuízo progressivo para a capacidade de memorização.memorização.  Durante o sono há um aumento da produção deDurante o sono há um aumento da produção de hormônio de crescimento e de fatoreshormônio de crescimento e de fatores estimulantes da neurogênese (BDNF).estimulantes da neurogênese (BDNF).  Nosso cérebro é literalmente reconstruídoNosso cérebro é literalmente reconstruído durante o sono.durante o sono.
  17. 17. NeurogêneseNeurogênese
  18. 18. NeuroplasticidadeNeuroplasticidade
  19. 19. Desenvolvimento daDesenvolvimento da Árvore DendríticaÁrvore Dendrítica
  20. 20. Novos Neurônios no HipocampoNovos Neurônios no Hipocampo
  21. 21. Efeito do Álcool e Drogas HipnóticasEfeito do Álcool e Drogas Hipnóticas
  22. 22. Sono de Ondas LentasSono de Ondas Lentas  Durante o sono de ondasDurante o sono de ondas lentas o cérebro selentas o cérebro se regenera, há formação deregenera, há formação de novos dendritos, formaçãonovos dendritos, formação e consolidação de novase consolidação de novas sinapses e desativação esinapses e desativação e destruição de sinapsesdestruição de sinapses desnecessárias.desnecessárias.
  23. 23. Sono REMSono REM  Durante os sonhos (sonoDurante os sonhos (sono REM) ocorre um processo deREM) ocorre um processo de associação das memórias doassociação das memórias do dia com as memórias antigasdia com as memórias antigas e seus conteúdose seus conteúdos emocionais e relação com aemocionais e relação com a história do indivíduo.história do indivíduo.  Durante o sonoDurante o sono reescrevemos nossa história.reescrevemos nossa história.  Não apenas o cérebro, masNão apenas o cérebro, mas também nossa identidade setambém nossa identidade se renova.renova.
  24. 24. Capital de SonoCapital de Sono  O sono é um “Capital deO sono é um “Capital de Saúde” necessário paraSaúde” necessário para garantir o desenvolvimentogarantir o desenvolvimento harmonioso das funçõesharmonioso das funções cerebrais na infância, paracerebrais na infância, para conservá-las na idade adulta econservá-las na idade adulta e para frear seu declínio com opara frear seu declínio com o envelhecimento.envelhecimento.
  25. 25. Transtornos do SonoTranstornos do Sono  Cerca de 70% dos brasilesesCerca de 70% dos brasileses queixam-se da quantidade ouqueixam-se da quantidade ou qualidade de seu sono.qualidade de seu sono.  20 a 30% da população mundial sofre20 a 30% da população mundial sofre de insônia e 10% de algum tipo dede insônia e 10% de algum tipo de insônia grave.insônia grave.  Apenas 20% busca tratamento.Apenas 20% busca tratamento.  A insônia é responsável por grandeA insônia é responsável por grande parte dos acidentes de trânsito.parte dos acidentes de trânsito.  26 a 32% dos acidentes são26 a 32% dos acidentes são causados por sonolência ao volante.causados por sonolência ao volante.  Alguns carros já estão vindo comAlguns carros já estão vindo com sistemas de prevenção do sono.sistemas de prevenção do sono.
  26. 26. Principais causas da InsôniaPrincipais causas da Insônia  Causas médicas (dor, asma,Causas médicas (dor, asma, angina, reumatismos, etc.)angina, reumatismos, etc.)  Causas psíquicas (depressão,Causas psíquicas (depressão, ansiedade, transtorno bipolar,ansiedade, transtorno bipolar, etc.)etc.)  Transtorno circadiano.Transtorno circadiano.  Síndrome das pernas inquietas.Síndrome das pernas inquietas.  Apnéia de sono.Apnéia de sono.  Insônia Psicofisiológica.Insônia Psicofisiológica.
  27. 27. Conselhos para dormir melhorConselhos para dormir melhor  Ter horários regulares para acordar e dormir.Ter horários regulares para acordar e dormir.  Praticar atividade física regular, no máximo até 8 horasPraticar atividade física regular, no máximo até 8 horas antes de dormir.antes de dormir.  Limitar as sestas e o sono diurno.Limitar as sestas e o sono diurno.  Criar um ambiente compatível.Criar um ambiente compatível.  Evitar álcool, fumo, mate e café à noite.Evitar álcool, fumo, mate e café à noite.  Ter um período de descontração antes de ir para aTer um período de descontração antes de ir para a cama.cama.  Evitar comer muito no jantar.Evitar comer muito no jantar.  Evitar exercício físico ou intelectual intenso antes deEvitar exercício físico ou intelectual intenso antes de dormir.dormir.  Não ficar ruminando na cama os problemas do dia.Não ficar ruminando na cama os problemas do dia.
  28. 28. Quarto de DormirQuarto de Dormir  Usar a cama para dormir (associação)Usar a cama para dormir (associação)  Evitar comer, estudar, ler, telefonar naEvitar comer, estudar, ler, telefonar na cama.cama.  Televisão e computadores não sãoTelevisão e computadores não são recomendáveis no quarto de dormir.recomendáveis no quarto de dormir.  Rádio relógio: a exibição permanente daRádio relógio: a exibição permanente da hora pode ser prejudicial.hora pode ser prejudicial.  Cortinas opacas para garantir aCortinas opacas para garantir a escuridão.escuridão.  Tomar um copo de água antes de dormirTomar um copo de água antes de dormir ajuda a manter a hidratação (evitaajuda a manter a hidratação (evita acordar com sede).acordar com sede).
  29. 29. Medicamentos HipnóticosMedicamentos Hipnóticos  Depois de algum tempo perdem aDepois de algum tempo perdem a eficácia.eficácia.  Causam dependência química eCausam dependência química e psíquica.psíquica.  O uso contínuo e prolongado causaO uso contínuo e prolongado causa prejuízo à capacidade de atenção,prejuízo à capacidade de atenção, concentração e memória devido aconcentração e memória devido a sua ação sobre a arquitetura dosua ação sobre a arquitetura do sono.sono.  A longo prazo podem contribuir paraA longo prazo podem contribuir para induzir ou agravar uma depressão.induzir ou agravar uma depressão.  Antidepressivos são mais eficazesAntidepressivos são mais eficazes para ajudar a regular o sono.para ajudar a regular o sono.
  30. 30. Perguntas e ContribuiçõesPerguntas e Contribuições
  31. 31. PROJETO CRISÁLIDAPROJETO CRISÁLIDA Palestras, Cursos, Workshops, DebatesPalestras, Cursos, Workshops, Debates  Transtornos de SonoTranstornos de Sono - Palestra- Palestra – 5ª-feira dia 30 de agosto às 19:305ª-feira dia 30 de agosto às 19:30  Nova Espiritualidade – Grupo de EstudoNova Espiritualidade – Grupo de Estudo – 5ª-feira dia 06 de setembro às 19:305ª-feira dia 06 de setembro às 19:30  Workshops do Projeto CrisálidaWorkshops do Projeto Crisálida – 29 de setembro –29 de setembro – Reeducação EmocionalReeducação Emocional Mais informações:Mais informações: www.yatros.com.brwww.yatros.com.br Physis – Rua Pe. Chagas 140Physis – Rua Pe. Chagas 140 Fone: 3222 8000 E-mail:Fone: 3222 8000 E-mail: sinaisvitais@yatros.com.brsinaisvitais@yatros.com.br
  32. 32. Obrigado a todos pela presença!Obrigado a todos pela presença! www.www. yatros.com.bryatros.com.br rmmrodri@yatros.com.brrmmrodri@yatros.com.br

×