O envelhecimento saudável

812 visualizações

Publicada em

PROFESSOR RUBENS DE FRAGA JÚNIOR DA AULA SOBRE COMO ENVELHECER BEM COM SAÚDE E MANTENDO QUALIDADE DE VIDA!
ADICIONANDO VIDA AOS ANOS E NAO APENAS ANOS A VIDA!
RUBENS FRAGA FALA DA POSSIBILIDADE DE AUMENTAR 15 ANOS OU MAISS DE VIDA SAUDAVEL!

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
812
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Summarize how volunteering benefits volunteers...
    First, volunteers serve a certain amount of time regularly.
    Second, volunteering has a positive effect of social-psychological factors or improved mental health.
    Third, enhanced sense of purpose or well being can contribute to lower risks of poor physical health.
    (Source: The Health Benefits of Volunteering: A Review of Recent Research. CNCS. April 2007.)
  • O envelhecimento saudável

    1. 1. O ENVELHECIMENTO SAUDÁVEL Rubens de Fraga Junior
    2. 2. RUBENS FRAGA JR, 1962
    3. 3. O ENVELHECIMENTO
    4. 4. QUEM É IDOSO?
    5. 5. NOSSA CULTURA DEIFICA A JUVENTUDE! NO MUNDO OCIDENTAL DE HOJE, A VELHICE É TIDA COMO UMA DOENCA INCURÁVEL, COMO UM DECLÍNIO INEVITÁVEL, QUE ESTÁ VOLTADO AO FFRRAACCAASSSSSSOO
    6. 6. O QUE LIMITA O IDOSO... O PROCESSO NATURAL DE ENVELHECIMENTO? OU AS DOENÇAS CRÔNICAS?
    7. 7. AS DOENÇAS CRÔNICAS 52,6 milhões (30 %) de brasileiros tem pelo menos uma doença crônica(DC) 25% destes tem mais de uma DC 70% de todas as mortes no país são relacionadas a DC IBGE 2007
    8. 8. PREVENIR DOENÇAS NÃO TRANSMISSIVEIS EM 2011 Doenças não transmissíveis, como doenças cardíacas, AVE, diabetes, cânceres comuns e doenças crônicas do fígado, rim e respiratórias juntos causam 74% das mortes na Brasil. World Health Organization: NCD Country Profiles , 2011
    9. 9. OMS BRASIL 2011 World Health Organization: NCD Country Profiles , 2011
    10. 10. OMS BRASIL 2011 World Health Organization: NCD Country Profiles , 2011
    11. 11. IMPORTÂNCIA DAS DOENÇAS NÃO TRANSMISSIVEIS Polipatolgias : 3, 4 e 6 DIAG/PAC Polifarmacia : > 70 % Limitações : DEFICIÊNCIAS INCAPACIDADES DESVANTAGENS
    12. 12. QUAL O TIPO DE ENVELHECIMENTO TEREI ...
    13. 13. O GIRO DO CÍNGULO ANTERIOR ÁREA CEREBRAL RESPONSAVEL PELO ENVELHECIMENTO SAUDÁVEL! Anterior Cingulate Activation Is Related to a Positivity Bias and Emotional Stability in Successful Aging" Biological Psychiatry, Volume 70, Number 2 (July 1, 2011)
    14. 14. ENVELHECIMENTO SAUDÁVEL CORRIGIR COMPOTAMENTOS POSTERGAR DOENÇAS REDUÇÃO DO ESTRESSE AUMENTAR A REDE SOCIAL
    15. 15. CORRIGIR COMPORTAMENTOS CONTROLAR O USO DO TABACO USO NOCIVO DO ALCOOL INATIVIDADE FÍSICA SOBREPESO E OBESIDADE
    16. 16. CONTROLAR O USO DO TABACO
    17. 17. PARAR DE FUMAR É UM PROCESSO
    18. 18. USO NOCIVO DO ÁLCOOL
    19. 19. Níveis (mg/dL) Usuário esporádico Bebedor crônico 50 Euforia, desinibição Efeito mínimo 75 Loquacidade Efeito mínimo 100-200 Incoordenação e alt de reflexos Comportamento Fala Sonolência e náusea Efeito mínimo Incoordenação leve 200-300 Letargia/torpor, confusão, agressividade Euforia/desinibição Alts. motoras leves 300-400 Torpor e coma Sonolência > 500 Dep. Respiratória Morte Letargia, torpor Morte O ÁLCOOL
    20. 20. CAGE ut-down nnoyed uilty ye-opener C A G E cortar ou parar incomodado culpado “acordar”
    21. 21. A INATIVIDADE FÍSICA
    22. 22. O SOBREPESO E A OBESIDADE
    23. 23. REDUÇÃO DO CONSUMO DO SAL A Organização Mundial de Saúde recomenda 5 gramas, ou uma colher de chá, por dia. Média brasileira é de 12 gramas diárias, uma colher de sopa.
    24. 24. REDUÇÃO DO CONSUMO DE GORDURAS SATURADAS E TRANS
    25. 25. AUMENTAR A REDE SOCIAL “Sentir-se útil” (Ter um propósito de vida) Assumir papeis na família e na sociedade Manter-se em atividades produtivas Desenvolver redes sociais (conectar-se)
    26. 26. CENTENÁRIOS NO BRASIL O Censo 2010 apurou ainda que existem 23.760 brasileiros com mais de 100 anos. Bahia é a unidade da federação a contar com mais brasileiros centenários (3.525), São Paulo (3.146) e Minas Gerais (2.597).
    27. 27. COMPONENTES DA VIDA LONGA OS GENES O MEIO AMBIENTE A NUTRIÇÃO A ATIVIDADE FÍSICA O SENTIDO DA VIDA
    28. 28. A ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL muita verdura, legumes e frutas Fibras solúveis e insolúveis deve ser a base da alimentação Folhas verde escuras e alaranjadas Grãos integrais Pães integrais Carne branca peixe e frango Oito copos de água por dia
    29. 29. A DIETA MEDITERRÂNEA
    30. 30. O PRATO SAÚDAVEL The Center for Nutrition Policy and Promotion, an organization of the U.S. Department of Agriculture, 2011
    31. 31. A ATIVIDADE FÍSICA Alguma é melhor que nenhuma Jardinagem Caminhadas… Aeróbicos Resistidos Alongamento Equilibrio
    32. 32. AUMENTAR A A ATIVIDADE FÍSICA AERÓBICO Freqüência: pelo menos 3 dias/semana Intensidade: moderada Tempo: 50 minutos
    33. 33. O VOLUNTARIADO COMO INSTRUMENTO DE PROMOÇÃO DA SAÚDE DO IDOSO
    34. 34. BENEFÍCIOS PARA A SAÚDE Evidências crescentes da literatura sugerem que o voluntariado aumenta ou mantem a saúde especialmente na terceira idade Os voluntários são mais propensos a relatarem boa saúde física, menos doenças crônicas e boa saúde mental. Voluntários vivem mais que os não-voluntários Giving & Volunteering Research Conference 2009
    35. 35. TRÊS ARGUMENTOS Hipótese do prazer em doar-se: o voluntariado produz ação fisiológica anti-estresse( diminui cortisol e adrenalina) Hipótese do tamanho da rede social: o voluntariado constroi redes sociais que podem ser evocadas quando necessárias Hipótese da personalidade forte: O voluntariado aumenta o bem estar psicológico que dá suporte à saúde Giving & Volunteering Research Conference 2009
    36. 36. VOLUNTARIADO REDUZ MORTALIDADE EM IDOSOS Health Psychology: American Psychological Association 2011
    37. 37. BENEFICIOS PARA A SAÚDE DO IDOSO 2) Efeito positivo em fatores psicológicos e sociais (P.ex senso de propósito) 1) Voluntariado 100 HS/ANO 3) Baixo risco de doenças crônicas
    38. 38. AREAS AZUIS The Blue Zones: Lessons for Living Longer From the People Who've Lived the Longest . Dan Buettner . 2008
    39. 39. OKINAWA, JAPÃO
    40. 40. HHAARRAA HHAACCHHII BBUU
    41. 41. IIKKIIGGAAII 生き甲斐
    42. 42. MMOOAAII
    43. 43. SARDENHA, ITÁLIA
    44. 44. DIETA MEDITERRÂNEA
    45. 45. “PLAN DE VITA” RELACIONAMENTOS SOCIAIS
    46. 46. NNIICCOOYYAA,, CCOOSSTTAA RRIICCAA
    47. 47. Bebem muita Agua Pouca carne Tortilhas de milho
    48. 48. FAMÍLIAS MULTIGERACIONAIS PROPÓSITO DE VIDA
    49. 49. LOMA LINDA, ESTADOS UNIDOS
    50. 50. Adventistas, Bebem Muita Agua Não comem carne, não fumam, Frutas Secas
    51. 51. AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DE VIDA”PENTÁCULO” NUTRIÇÃO CONTROLE ESTRESSE ATIVIDADE FÍSICA COMPORTAMENTO PREVENTIVO RELACIONAMENTO SOCIAL
    52. 52. O OTIMISMO… UM TRAÇO DE PERSONALIDADE COMUM A TODOS OS CENTENARIOS
    53. 53. http://weblogdofraga.blogspot.com Geripar@hotmail.com

    ×