Projeto “Ruas da Lezíria”                 3ªParte
Francisco Almeida Grandella nasceu emAveiras de Cima em 23 de Julho de 1853e morreu em 20 Setembro de 1934, naFoz do Orelh...
   Chegou a Lisboa, adolescente,    quando a cidade ainda não    experimentara os sobressaltos    da modernização.   Nas...
Este percurso acompanha o surto demográficoe urbanístico da Lisboa da viragem do séculoXIX para o século XX e é balizadoto...
o Foi um dos entusiastas do descanso semanal, fundou    assim o jornal “O domingo”, e mais tarde o jornal    Federação Com...
   Simultaneamente fundou algumas unidades fabris    de têxteis, móveis, etc. Prosperando de tal modo à    opulência e mu...
o      Construída em 1906, é a    primeira das várias escolas    Grandella existentes no país. Foi    fundada sobre o loca...
   Em estilo neoclássico, funcionou como escola primária e    sendo atualmente utilizada como Centro Cultural e    Biblio...
 Alunos   da turma 2ª/3ª J, E.B. 1 Aveiras de Cima; Pesquisa  realizada em casa pelos alunos e familiares.
Francisco Maria de Almeida Grandella
Francisco Maria de Almeida Grandella
Francisco Maria de Almeida Grandella
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Francisco Maria de Almeida Grandella

1.753 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.753
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Francisco Maria de Almeida Grandella

  1. 1. Projeto “Ruas da Lezíria” 3ªParte
  2. 2. Francisco Almeida Grandella nasceu emAveiras de Cima em 23 de Julho de 1853e morreu em 20 Setembro de 1934, naFoz do Orelho.Filho de um médico, aos onze anos teveque interromper os estudos para deempregar numa loja da Rua dosFanqueiros em Lisboa.
  3. 3.  Chegou a Lisboa, adolescente, quando a cidade ainda não experimentara os sobressaltos da modernização. Nascido em 1853, vinha, aos 11 anos, substituir um irmão, marçano, que adoecera. Iniciou então um percurso no mundo do comércio que o levaria de empregado a patrão, de pequeno lojista a proprietário de uma das maiores unidades de venda a retalho da sua época
  4. 4. Este percurso acompanha o surto demográficoe urbanístico da Lisboa da viragem do séculoXIX para o século XX e é balizadotopograficamente pela Rua dos Fanqueiros,onde se inicia o aprendizado do jovemFrancisco de Almeida Grandella, pela rua daPrata, onde chegaria a 1º caixeiro e realizariaa suprema ambição de um empregado decomércio – estabelecer-se por conta própria -e pela rua do Ouro, por onde principia aedificação da catedral do comércio que serãoos Armazéns Grandella que, como é sabido,crescerão até à Rua do Carmo.
  5. 5. o Foi um dos entusiastas do descanso semanal, fundou assim o jornal “O domingo”, e mais tarde o jornal Federação Comercial. Grandella desenvolve tal propaganda comercial, que acaba por introduzir nos seus estabelecimentos um dia de descanso.o Depois de uma breve passagem por França e Londres, regressa com novas ideias , revolucionando assim Lisboa. Começou por comprar o prédio na esquina da Rua do ouro coma Rua da Assunção, e ali inaugurar os “Armazéns Grandella”.
  6. 6.  Simultaneamente fundou algumas unidades fabris de têxteis, móveis, etc. Prosperando de tal modo à opulência e muito crédito bancário. Foi também, um dos fundadores do Teatro dos Condes e Clube dos Makavenkos. Dirigiu revistas ilustradas como o “Passatempo”e “Cidade e Campos. Fundou em Benfica um Bairro Social para os seus empregados e operários, com a creche e Escola Primária à qual deu o nome do seu amigo Dr. Afonso Costa. Particionou um Santo António Anti- Tuberculosos, em Cabeço-de–Montachico.
  7. 7. o Construída em 1906, é a primeira das várias escolas Grandella existentes no país. Foi fundada sobre o local onde existira a casa dos pais de Francisco Almeida Grandella, ficando situada logo à entrada de Aveiras, perto da Igreja Matriz. Na fachada possui quatro colunas e, tal como as outras construídas por Francisco Almeida Grandella, exibe sobre estas a tal parede triangular, assemelhando-se a um frontão clássico. Construída inteiramente a suas expensas, foi batizada com o nome do seu pai, Dr. Francisco Maria de Almeida Grandella.
  8. 8.  Em estilo neoclássico, funcionou como escola primária e sendo atualmente utilizada como Centro Cultural e Biblioteca Municipal. Instalada por Francisco Almeida Grandella e batizada com nome do respetivo progenitor, esta escola é a única, num conjunto de cinco, que não possui alusões a símbolos da Maçonaria, ideal com que o fundador se identificava. No frontão está inscrita a data de fundação, o nome e a designação “Escola Mista”. Há um painel de azulejo retratando o respetivo tutor (de Eduardo Ferreira, fixado em 1911). Também se pode ver um busto de Francisco A. Grandella e um painel em bronze que destaca a data de 10 de Setembro, altura em que se realizou a primeira reunião preparatória (ou conspirativa) para a implantação da 1ª República.
  9. 9.  Alunos da turma 2ª/3ª J, E.B. 1 Aveiras de Cima; Pesquisa realizada em casa pelos alunos e familiares.

×