Drogas: Conceituação eContextualização Histórica
Drogas: Conceituação e           Contextualização Histórica             SISTEMA NERVOSO CENTRALO SNC tem a capacidade de r...
Drogas: Conceituação eContextualização Histórica        ● As drogas podem ser classificadas        de acordo com sua atuaç...
Drogas: Conceituação e        Contextualização Histórica         Depressoras da Atividade Mental●  São aquelas substâncias...
Drogas: Conceituação eContextualização Histórica        Podem ser:
Drogas: Conceituação e                 Contextualização Histórica                        Possíveis efeitos do álcool      ...
Drogas: Conceituação eContextualização Histórica Uso e consequências do álcool
Drogas: Conceituação e        Contextualização Histórica    Estimulantes do Sistema Nervoso Central● Estas substâncias aum...
Drogas: Conceituação e     Contextualização Histórica                EfeitosInquietação, insônia, ataque de pânico,       ...
Drogas: Conceituação eContextualização Histórica         Exemplos           A nicotina é um composto           orgânico.  ...
Drogas: Conceituação e         Contextualização Histórica                 O cigarro de tabaco...Tem-se notícia de que seu ...
Drogas: Conceituação e        Contextualização Histórica                  Sobre o tabaco...O Brasil é o sexto produtor mun...
Drogas: Conceituação eContextualização Histórica
Drogas: Conceituação e          Contextualização Histórica           Produtos que possuem nicotina● Cigarro● Cigarro de pa...
Drogas: Conceituação e        Contextualização Histórica                  O fumante passivoO indivíduo não fuma, porémestá...
Drogas: Conceituação e        Contextualização Histórica         Consequências do uso do tabaco● Doenças Cardiovasculares ...
Drogas: Conceituação e  Contextualização HistóricaPulmão com câncer    Pulmão normal
Drogas: Conceituação eContextualização Histórica         Câncer..
Drogas: Conceituação eContextualização Histórica
Drogas: Conceituação e          Contextualização Histórica                              CocaínaCocaína: Também é uma droga...
Drogas: Conceituação e           Contextualização Histórica                          Seu uso causa:●  Destruição da mucosa...
Drogas: Conceituação e Contextualização HistóricaLesão cerebral causada pela cocaína
Drogas: Conceituação eContextualização Histórica Necrose causada pela cocaína
Drogas: Conceituação eContextualização HistóricaAntes e depois do uso da cocaína
Drogas: Conceituação e          Contextualização Histórica                             CrackDerivado da cocaína, misturado...
Drogas: Conceituação eContextualização Histórica Efeitos devastadores do crack
Drogas: Conceituação e            Contextualização Histórica                         Consequências●  O crack diminui o ape...
Drogas: Conceituação e   Contextualização HistóricaMãe amarrou o filho, usuário de crack, que  roubava e agredia a própria...
Drogas: Conceituação eContextualização Histórica        Anfetaminas        São substâncias sintéticas, poderosos        es...
Drogas: Conceituação e           Contextualização Histórica                   Efeitos das anfetaminasAs anfetaminas desenv...
Drogas: Conceituação e          Contextualização Histórica        Perturbadoras do SNC: AlucinógenosProduzem alterações qu...
Drogas: Conceituação e    Contextualização HistóricaEcstasy: Metileno-Dioxo-Meta-Anfetamina (MDMA)                    ●  E...
Drogas: Conceituação e         Contextualização Histórica                Maconha (Cannabis Sativa)Substância natural Aluci...
Drogas: Conceituação e            Contextualização Histórica                        Efeitos Psicológicos●   Período inicia...
Drogas: Conceituação e            Contextualização Histórica                            Efeitos Físicos●   Observam-se rel...
Drogas: Conceituação e            Contextualização Histórica                           Sobre a maconha●   Os primeiros rel...
Drogas: Conceituação e         Contextualização HistóricaVocê é capaz de distinguir a maconha do esterco de vaca?
Drogas: Conceituação e            Contextualização Histórica                     Derivados da maconhaSkank- Variação da ma...
Drogas: Conceituação eContextualização Histórica  LSD - Ácido Lisérgico Dietilamida
Drogas: Conceituação e         Contextualização Histórica                     Efeitos psicológicos● LSD, doce ou apenas ác...
Drogas: Conceituação e            Contextualização Histórica                            Efeitos físicos●   Incluem pupilas...
Drogas: Conceituação e         Contextualização Histórica                       Para refletirmos...    O uso de drogas que...
Drogas: Conceituação e            Contextualização Histórica                             Referências●   MARTINS, Leonardo....
Drogas: Conceituação e  Contextualização Histórica"Dentro de nós habitam dois lobos: Um deles se alimenta da maldade,   da...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Drogas conceituação e contextualização histórica 2

2.309 visualizações

Publicada em

Drogas, conceituação e contextualização historica 2

0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.309
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
47
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
47
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Drogas conceituação e contextualização histórica 2

  1. 1. Drogas: Conceituação eContextualização Histórica
  2. 2. Drogas: Conceituação e Contextualização Histórica SISTEMA NERVOSO CENTRALO SNC tem a capacidade de receber,transmitir, elaborar e armazenar informaçõessobre mudanças que ocorrem no meioexterno .Inicia e regula as respostas adequadas àsdiversas interações orgânicas.É composto por: cérebro, cerebelo, medulaespinhal, órgãos dos cinco sentidoshumanos (visão, olfato, paladar, audição,tato), além da pressão e temperatura.
  3. 3. Drogas: Conceituação eContextualização Histórica ● As drogas podem ser classificadas de acordo com sua atuação no Sistema Nervoso Central (SNC) como: 1) Depressoras: deprimem o funcionamento do SNC; 2) Estimulantes: aceleram o funcionamento do SNC; 3) Perturbadoras (alucinógenas): perturbam o funcionamento do SNC.
  4. 4. Drogas: Conceituação e Contextualização Histórica Depressoras da Atividade Mental● São aquelas substâncias quereduzem a atividade de partes dosistema nervoso central, podendoreduzir atividades motoras,diminuir ansiedade, atenção,concentração memória ecapacidade intelectual. Exemplos: álcool, barbitúricos,inalantes e opiáceos.
  5. 5. Drogas: Conceituação eContextualização Histórica Podem ser:
  6. 6. Drogas: Conceituação e Contextualização Histórica Possíveis efeitos do álcool Baixo Médio Alto●Desinibição do ●Maior ataxia (falta de ●Náuseas e vômitos.comportamento. coordenação) ●Visão dupla (diplopia).●Diminuição da crítica. ●Fala pastosa, dificuldades de ●Acentuação da ataxia e da●Hilaridade e labilidade afetiva marcha e aumento importante sonolência (até o coma).(a pessoa ri ou chora por do tempo de resposta (reflexos ●Hipotermia e morte pormotivos pouco mais lentos). parada respiratória.●significativos). ●Aumento da sonolência, com●Certo grau de ataxia. prejuízo das capacidades de●Prejuízo das funções raciocínio e concentração.sensoriais.
  7. 7. Drogas: Conceituação eContextualização Histórica Uso e consequências do álcool
  8. 8. Drogas: Conceituação e Contextualização Histórica Estimulantes do Sistema Nervoso Central● Estas substâncias aumentam aatividade cerebral. Dão sensaçãode alerta, disposição eresistência, mas que, ao fim deseus efeitos, conferem cansaço,indisposição e depressão devidoà sobrecarga que o organismo seexpôs. Ex: Anfetaminas, cocaína ,crack,tabaco, cafeína.
  9. 9. Drogas: Conceituação e Contextualização Histórica EfeitosInquietação, insônia, ataque de pânico, alto nível de irritabilidade, desconfiança, paranóia, alucinações, confusão mental, depressão.
  10. 10. Drogas: Conceituação eContextualização Histórica Exemplos A nicotina é um composto orgânico. Está presente em toda a planta do tabaco, principalmente nas folhas. Seu uso causa dependência psíquica e física. Provoca náuseas, dores de cabeça, vômitos, convulsão, paralisia e até a morte. A dose letal é de apenas 50 mg/kg.
  11. 11. Drogas: Conceituação e Contextualização Histórica O cigarro de tabaco...Tem-se notícia de que seu uso surgiu aproximadamente três milanos atrás, nas sociedades indígenas da América Central, emrituais religiosos.Possui 4.700 substâncias tóxicas.Possui alcatrão que é um composto com de mais de 40substâncias comprovadamente cancerígenas, dentre elas obenzopireno. O alcatrão é formado a partir da combustão dosderivados do tabaco.Responsável por 200.000 mortes por ano no Brasil. (23pessoas/hora).
  12. 12. Drogas: Conceituação e Contextualização Histórica Sobre o tabaco...O Brasil é o sexto produtor mundial de fumo, produzindocerca de 170 bilhões de cigarros por ano.Também é o maior exportador de fumo, responsável por 275mil toneladas ao ano que movimentam cerca de R$ 7bilhões.Mais de 70% seguem para o governo na forma de impostos.Aproximadamente 30% dos brasileiros são fumantes.
  13. 13. Drogas: Conceituação eContextualização Histórica
  14. 14. Drogas: Conceituação e Contextualização Histórica Produtos que possuem nicotina● Cigarro● Cigarro de palha● Charuto● Rapé● Fumo de mascarNo cigarro, a substância que causa dependência é a nicotina.
  15. 15. Drogas: Conceituação e Contextualização Histórica O fumante passivoO indivíduo não fuma, porémestá exposto a fumaça decigarros de outras pessoas.Respirar essa fumaça éaltamente prejudicial.Por isso, as proibições defumar em locais fechados.
  16. 16. Drogas: Conceituação e Contextualização Histórica Consequências do uso do tabaco● Doenças Cardiovasculares e acidentes vasculares cerebrais(AVC).● Doenças respiratórias obstrutivas crônicas.● Doenças Renais.● Câncer de pulmão, bexiga, mama, boca, garganta, esôfago.● Aumento da gravidade e risco de complicações parahipertensão, diabetes e asma.● Envelhecimento precoce.● Mau hálito.● Odor corporal desagradável.
  17. 17. Drogas: Conceituação e Contextualização HistóricaPulmão com câncer Pulmão normal
  18. 18. Drogas: Conceituação eContextualização Histórica Câncer..
  19. 19. Drogas: Conceituação eContextualização Histórica
  20. 20. Drogas: Conceituação e Contextualização Histórica CocaínaCocaína: Também é uma droga estimulante. A cocaína deriva da folhado arbusto da coca (Erytbroxylon Coca), dos países Bolívia, Colômbiae Peru.São utilizados vários produtos químicos tóxicos, para fabricação dacocaína: cimento, uréia, gasolina, soda cáustica, acetona, clorofórmio,ácido clorídrico, ácido sulfúrico, anídrico acético, cloreto de metileno,éter etílico ou sulfúrico, metil etil cetona, permanganato de potássio,sulfato de sódio, tolueno .O traficante quer lucro, por isso ele mistura à cocaína : talco, sal,amido de milho, aspirina, pó de gesso, pó de mármore, pó de giz ,vidro de lâmpadas fluorescentes.
  21. 21. Drogas: Conceituação e Contextualização Histórica Seu uso causa:● Destruição da mucosa interna do nariz, das vias respiratórias.● Dores de cabeça● Hemorragias nasais.● Ansiedade seguida de depressão, desânimo, tristeza e cansaço;● Comportamento agressivo ,violento; desconfiança, alucinações;● Perda de controle, inibição do apetite, ideias desconexas, aumento darespiração, aumento de pressão arterial, dilatação da pupila;● Aumento dos reflexos (fica “elétrico”), insônia. Não olha nos olhos,distúrbios do fluxo sanguíneo cerebral;● Queda do desempenho profissional, desintegração nas relações pessoais,familiares e sociais, roubo financeiro, convulsões, infartos , febre intensaseguida de morte.
  22. 22. Drogas: Conceituação e Contextualização HistóricaLesão cerebral causada pela cocaína
  23. 23. Drogas: Conceituação eContextualização Histórica Necrose causada pela cocaína
  24. 24. Drogas: Conceituação eContextualização HistóricaAntes e depois do uso da cocaína
  25. 25. Drogas: Conceituação e Contextualização Histórica CrackDerivado da cocaína, misturado combicarbonato de sódio, amônia e água.É mais barato, seu efeito dura poralguns segundos.Feito para atrair a classe mais pobre dapopulação, porém, está atingindodemais classes.Muito destruidor, altamente viciante.
  26. 26. Drogas: Conceituação eContextualização Histórica Efeitos devastadores do crack
  27. 27. Drogas: Conceituação e Contextualização Histórica Consequências● O crack diminui o apetite, provocaagitação psicomotora, euforia, desinibição,taquicardia, dilatação da pupila, aumentoda pressão arterial e transpiração.● Eventualmente aparecem alucinaçõesvisuais ou tácteis.● A dependência acontece em poucos dias.● É mais potente e prejudicial do que acocaína inalada ou injetada.
  28. 28. Drogas: Conceituação e Contextualização HistóricaMãe amarrou o filho, usuário de crack, que roubava e agredia a própria família...
  29. 29. Drogas: Conceituação eContextualização Histórica Anfetaminas São substâncias sintéticas, poderosos estimulantes do Sistema Nervoso Central, que determinam a diminuição do apetite, aumento da energia e redução do sono. As anfetaminas são muito usadas pelos motoristas de caminhão e por estudantes. O "rebite" - seu nome popular - visa manter o usuário acordado. O principal uso médico é para o tratamento da obesidade, na forma de moderador de apetite.
  30. 30. Drogas: Conceituação e Contextualização Histórica Efeitos das anfetaminasAs anfetaminas desenvolvem importantetolerância: (necessidade de aumento da dosepara obtenção do mesmo efeito) edependência física discreta, o que contraria aideia de que estas drogas não podem ter seuuso interrompido de imediato.A dependência psicológica é bastante intensa.O usuário se torna extremamentedesconfiado, apresenta pupilas dilatadas,taquicardia, aumento da pressão sangüínea,agressividade, irritabilidade e paranóia.
  31. 31. Drogas: Conceituação e Contextualização Histórica Perturbadoras do SNC: AlucinógenosProduzem alterações qualitativas no funcionamento do cérebro, comodelírios, alucinações e alterações da percepção (maconha, alucinógenos,LSD, êxctase, anticolinérgicos).
  32. 32. Drogas: Conceituação e Contextualização HistóricaEcstasy: Metileno-Dioxo-Meta-Anfetamina (MDMA) ● EcDroga classificada como estimulante e alucinógena. ● Produzido em laboratório. (sintética). ● Atua sobre a serotonina. ● Usado mais em festas “Raves” . ● O efeito dura até 12 horas. ● Causa dependência. ● Custo relativamente alto.
  33. 33. Drogas: Conceituação e Contextualização Histórica Maconha (Cannabis Sativa)Substância natural AlucinógenaPrincípio Ativo: THC (TetraHidroCanabinol)É uma droga desmotivante.Diminui acentuadamente a vontade deestudar, de trabalhar, de relacionar-se coma família.É geralmente usada em forma de cigarroou cachimbo.Também é conhecida como baseado,bequi, charão, vela, erva, fininho, pacau,marijuana, ganja e bangh.
  34. 34. Drogas: Conceituação e Contextualização Histórica Efeitos Psicológicos● Período inicial de euforia seguido de relaxamento e sonolência;● Perda da discriminação de tempo e espaço;● Coordenação motora diminuída;● Prejuízo da memória recente;● Falha nas funções intelectuais e cognitivas;● Retardo na capacidade de percepção sensorial, intensificando assensações, os sentidos e exagerando a sensibilidade.● Em altas doses podem ocorrer reações psicóticas com ideiasparanoicas.
  35. 35. Drogas: Conceituação e Contextualização Histórica Efeitos Físicos● Observam-se relatos de náusea, redução da produção de saliva,diminuição da força muscular, hipotermia, taquicardia, hiperemia dasconjuntivas, aumento do apetite e da gustação.Efeitos crônicos refletem alterações de aprendizagem e memória,●podendo gerar um estado de falta de motivação conhecido como“Síndrome Amotivacional”.Em termos físicos, o uso crônico da maconha pode acarretar bronquite e●outras afecções respiratórias, maior incidência de câncer de pulmão,diminuição da imunidade e diminuição da testosterona, causandooligospermia (baixa contagem de espermatozóides no sêmen).
  36. 36. Drogas: Conceituação e Contextualização Histórica Sobre a maconha● Os primeiros relatos dessa erva no Brasil datam do século XVIII quandoera usada para a produção de fibras chamadas de cânhamo.● Trazidos ao Brasil pelos escravos africanos, os feixes da Cannabissativa eram usados para fazer cordas. O nome maconha se origina dorearranjo das letras c-a-n-h-a-m-o.● A planta da maconha contém mais de 400 substâncias químicas, dasquais 60 se classificam na categoria dos canabinoides, de acordo com oInstituto Nacional de Saúde.
  37. 37. Drogas: Conceituação e Contextualização HistóricaVocê é capaz de distinguir a maconha do esterco de vaca?
  38. 38. Drogas: Conceituação e Contextualização Histórica Derivados da maconhaSkank- Variação da maconha, conhecida como "super maconha”, feita●em laboratório, diferença é a alta concentração de THC.Haxixe - Resina da Canabis Sativa Linné em forma de pelotas de cor●marrom escura comalta concentração de T.H.C. Efeitos são maispotentes.
  39. 39. Drogas: Conceituação eContextualização Histórica LSD - Ácido Lisérgico Dietilamida
  40. 40. Drogas: Conceituação e Contextualização Histórica Efeitos psicológicos● LSD, doce ou apenas ácido, o Ácido Lisérgico Dietilamida éproduzido a partir de um fungo do centeio.● O LSD produz fenômenos alucinatórios. As sensações, apesar deilusórias, são "reais" para o usuário, provocando dor, prazer, medo,ansiedade e outras.● O usuário pode ter "uma viagem boa" (good trip) e ver formascoloridas ou uma “viagem ruim" (bad trip) com crises depressivas esentimentos de perda de controle .● Pode ocorrer também sinestesia, provocando sensações comoouvir uma cor, ver um som, ou seja, as sensações auditivas setraduzem em imagens e as imagens se traduzem em sons.
  41. 41. Drogas: Conceituação e Contextualização Histórica Efeitos físicos● Incluem pupilas dilatadas, aumento da temperatura do corpo, aumentodos batimentos cardíacos e da pressão arterial, suores, perda de apetite,falta de sono, boca seca e tremores.Mesmo doses muito grandes de LSD não chegam a intoxicar seriamente●uma pessoa, do ponto de vista físico. Mas, o uso de LSD pode levar aoaparecimento de flashbacks. Este fenômeno ocorre algum tempo(semanas ou meses) depois do uso de LSD.É um fato de causa desconhecida que leva a pessoa, repentinamente, a●ter todos os sintomas psíquicos da experiência anterior, sem ter tomadode novo a droga. O flashback pode ainda ser desencadeado por cansaço,estresse, intoxicação alcoólica ou pelo uso de maconha.
  42. 42. Drogas: Conceituação e Contextualização Histórica Para refletirmos... O uso de drogas que alteram o estado mental, aqui chamadas desubstâncias psicoativas, acontece há milhares de anos e muitoprovavelmente vai acompanhar toda a história da humanidade. Seja por razões culturais ou religiosas, seja por recreação ou comoforma de enfrentamento de problemas, para transgredir ou transcender,como meio de socialização ou para se isolar, o ser humano sempre serelacionou com as drogas. Por este motivo temos que orientar as pessoas sobre as drogas seusefeitos e consequências de modo a suprir esta carência que pareceatingir parte da população. Melhores condições de vida e esperança, são muito importantes paraque as pessoas fiquem longe das drogas...mas isso será tema para opróximo módulo.
  43. 43. Drogas: Conceituação e Contextualização Histórica Referências● MARTINS, Leonardo. Curso de Extensão Prevenção em Pauta. AULA 2:Conceitos Básicos Sobre Drogas e seus Padrões de Consumo. BeloHorizonte, Minas Gerais, 2011.● Integração de competências no desempenho da atividade judiciária comusuários e dependentes de drogas / coordenação geral de Arthur Guerrade Andrade.– Brasília: Ministério da Justiça, Secretaria Nacional dePolíticas sobre Drogas, 2011.● www.crackemorte.com.br● www.guerracontraasdrogas.com.br● www.antidrogas.com.br
  44. 44. Drogas: Conceituação e Contextualização Histórica"Dentro de nós habitam dois lobos: Um deles se alimenta da maldade, da ignorância e do egoísmo, o outro de conhecimento, sabedoria e amor ao próximo; Seremos sempre aquele que mais alimentarmos!!!"

×