PDCA

5.384 visualizações

Publicada em

Publicada em: Negócios
2 comentários
12 gostaram
Estatísticas
Notas
  • A apresentação esta muito boa e de fácil assimilação do conceito. Poderia disponibilizar (viniciussou@ig.com.br)
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
  • Na página 238 do livro TQC - Controle da Qualidade Total no estilo japonês de Vicente Falconi Campos (8a edição) o autor credita a idéia da construção de tabelas para facilitar a difusão do método ao Eng. Luis Goulart de Siqueira Gaspar e a realização pelos facilitadores Eduardo Caramori, Carlos Augusto P. de Melo, Ulysses M. Moreira Filho, Alfredo Carlos V. Almeida, José Carlos Marques e Edison Luiz Mauri, funcionários da Companhia Siderúrgica Paulista - Cosipa em 1988. Essa adaptação foi feita tendo como referência a obra de Hitoshi Kume (Referência: KUME, Hitoshi. The QC Story. In: KUME, Hitoshi. Statistical methods for quality improvement. Tokyo: 3A Corporation, 1992. p. 191-206)
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.384
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
21
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
715
Comentários
2
Gostaram
12
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

PDCA

  1. 1. 1 ©The McGraw-Hill Companies, Inc., 2004 Método de Melhoria Continua -PDCA
  2. 2. 2 ©The McGraw-Hill Companies, Inc., 2004 • Criado por Walter A. Shewhart “Ciclo de controle estatísco do processo, que pode ser repetido continuamente sobre qualquer processo ou problema”
  3. 3. 3 ©The McGraw-Hill Companies, Inc., 2004 Introdução • Popularizado por W. Edwards Deming • Desenvolvimento do Shewhart PDCA Cycle • O método de melhorias PDCA e um instrumento valioso de controle e melhoria de processos.
  4. 4. 4 ©The McGraw-Hill Companies, Inc., 2004 Definições do PDCA • Insere qualidade ao produto final (Suzuki, 2000) • Caminho para se atingir a meta (Campos, 1996) • Não existe metodologia PDCA sem definição de uma meta a ser atingida
  5. 5. 5 ©The McGraw-Hill Companies, Inc., 2004 O Ciclo
  6. 6. 6 ©The McGraw-Hill Companies, Inc., 2004 O ciclo • O PDCA e um modelo dinâmico • Vantagens: – Reducão de custos – Aumento da produtividade • Possui espírito de melhoria contínua
  7. 7. 7 ©The McGraw-Hill Companies, Inc., 2004 Processo de evolução
  8. 8. 8 ©The McGraw-Hill Companies, Inc., 2004 Utilização • Estabelecimento de metas de melhoria. • Resolucão de problemas críticos (gerenciamento de rotina)
  9. 9. 9 ©The McGraw-Hill Companies, Inc., 2004 Módulo Plan • Planejar • O mais importante “É estipular objetivos e determinar programas e procedimentos para o alcance desses objetivos”
  10. 10. 10 ©The McGraw-Hill Companies, Inc., 2004 Questões que devem ser respondidas • Qual é o objetivo? • Quem será envolvido no processo? • Qual será o prazo para efetivação do plano? • Quais serão os recursos a serem gastos? • Quais serão os dados a serem coletados?
  11. 11. 11 ©The McGraw-Hill Companies, Inc., 2004 Módulo Do • Executar • Os objetivos do plano de ação são postos em prática • Enquanto planejamento é voltado para eficácia a etapa execução é voltada para eficiência
  12. 12. 12 ©The McGraw-Hill Companies, Inc., 2004 Módulo Do • Duas etapas: – Etapa de treinamento – Etapa de Execução da ação
  13. 13. 13 ©The McGraw-Hill Companies, Inc., 2004 Etapa de treinamento • Divulgação do plano a todos os funcionários • Realização de reuniões participativas • Apresentação das tarefas, a razão delas e os responsáveis por elas.
  14. 14. 14 ©The McGraw-Hill Companies, Inc., 2004 Etapa de Execução do plano • Realizações de treinamento • Verificações periódica no local onde esta sendo aplicado e controle do processo • Todas as ações devem ser registrados, para alimentar a etapa seguinte (CHECK)
  15. 15. 15 ©The McGraw-Hill Companies, Inc., 2004 Módulo check • Verificar • Uma das fases mais importante • Deve examinar quais ações obtiveram os melhores resultados e quais não alcançaram a eficácia desejada
  16. 16. 16 ©The McGraw-Hill Companies, Inc., 2004 Questões que devem ser levantadas • Qual a eficácia das ações frente aos objetivos iniciais? • Qual o grau de desvio das ações estipuladas inicialmente? • Os problemas detectados podem ser superados? • As ações foram eficazes o suficente para se estabelecer um padrão?
  17. 17. 17 ©The McGraw-Hill Companies, Inc., 2004 Módulo ACT • Atuar, padronizar • As ações devem ser baseada na fase anterior • O processo consiste em elaborar um novo padrão ou alterar o já existente.
  18. 18. 18 ©The McGraw-Hill Companies, Inc., 2004 Questões fundamentais para a padronização • O que fazer? • Quem devera executar? • Quando, Onde e Como deve ser executada? • POR QUE essa tarefa deve ser executada?
  19. 19. 19 ©The McGraw-Hill Companies, Inc., 2004 Formatos dos padrões • Descritivo – Elaborado com formato textual – Contém os itens citados • Esquemático – Apresentado em forma de fluxograma e figuras – Demonstração clara dos resultados
  20. 20. 20 ©The McGraw-Hill Companies, Inc., 2004 Procedimentos finais • Divulgação ampla dos novos padrões na empresa • Reeducação e treinamento dos funcionários • Comunicação deve ser clara, expondo as razões das mudanças • Os padrões devem ser acompanhados regularmente
  21. 21. 21 ©The McGraw-Hill Companies, Inc., 2004 Como Manter? • Aplicação do processo de Melhoria continua utilizando o método e melhorias PDCA • Iniciando o ciclo do PDCA, para manutenção do objetivos alcançados
  22. 22. 22 ©The McGraw-Hill Companies, Inc., 2004 MASPMetodologia de Análise Solução de Problemas O Ciclo PDCA desenvolvido por Deming foi adaptado por Falconi para o MASP
  23. 23. 23 ©The McGraw-Hill Companies, Inc., 2004

×