Educação especial na ldb 2

2.821 visualizações

Publicada em

Slides usados para a vídeo aula discutida no seguinte post http://docenciainloco.com/concurso-docente/educacao-especial-na-ldb/, ideal para quem pretende prestar concursos na área da educação.

O post conta também com links para quiz com questões de concursoss anteriores sobre o assunto. O candidato pode verificar na hora como anda sua pontuação, resolver dúvidas com comentários e dicussõoes.

2 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.821
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
86
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
2
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Educação especial na ldb 2

  1. 1. Por Rosana Rogeri
  2. 2. Entende-se por educação especial, para osefeitos desta Lei, a modalidade de educação escolar, oferecida preferencialmente na rede regular de ensino, para educandos portadores de necessidades especiais.
  3. 3. Haverá, quando necessário, serviços deapoio especializado, na escola regular, para atender às peculiaridades da clientela de educação especial.
  4. 4. O atendimento educacional será feito emclasses, escolas ou serviços especializados, sempre que, em função das condições específicas dos alunos, não for possível a sua integração nas classes comuns de ensino regular.
  5. 5. A oferta de educação especial, dever constitucional do Estado, tem início nafaixa etária de zero a seis anos, durante a educação infantil.
  6. 6. Os sistemas de ensino assegurarão aoseducandos com necessidades especiais:
  7. 7. currículos, métodos, técnicas, recursoseducativos e organização específicos, para atender às suas necessidades;
  8. 8. terminalidade específica para aqueles que nãopuderem atingir o nível exigido para a conclusão do ensino fundamental, em virtude de suasdeficiências, e aceleração para concluir em menortempo o programa escolar para os superdotados;
  9. 9. professores com especialização adequada em nível médio ou superior, para atendimento especializado, bem comoprofessores do ensino regular capacitados para a integração desses educandos nas classes comuns;
  10. 10. educação especial para o trabalho, visando a sua efetiva integração na vida em sociedade, inclusive condições adequadas para os que não revelarem capacidade deinserção no trabalho competitivo, mediante articulação com os órgãos oficiais afins, bem como para aqueles que apresentamuma habilidade superior nas áreas artística, intelectual ou psicomotora;
  11. 11. acesso igualitário aos benefícios dos programas sociais suplementares disponíveis para o respectivo nível do ensino regular.
  12. 12. Os órgãos normativos dos sistemas de ensino estabelecerão critérios de caracterização das instituições privadassem fins lucrativos, especializadas e com atuação exclusiva em educação especial, para fins de apoio técnico e financeiro pelo Poder Público.
  13. 13. O Poder Público adotará, como alternativapreferencial, a ampliação do atendimentoaos educandos com necessidades especiaisna própria rede pública regular de ensino, independentemente do apoio às instituições previstas neste artigo.
  14. 14. Slides desenvolvidos por: Rosana Rogeri Para o blog Docência “in loco” http://docenciainloco.com Qualquer divergência teórica ou discussão serão bem vindas no blog. O uso para estudo e divulgação do saber pedagógico éautorizado, desde que mantidas as características originais e citada a fonte.

×