Óptica da Visão
Professora: Rosana Maia
Disciplina: Física
EEEM Ormanda Gonçalves
2013
Contextualizando...
“Física Vivencial”:
http://www.fisicavivencial.pro.br/mapacondigita
l/59
O olho humano
• Esclera: Parte branca dos olhos que forma
quase toda camada externa do bulbo ocular.
• Íris: Parte central, com diferent...
Viagem ao interior do olho: e se fossemos um feixe de
luz?
Começamos o trajeto
atravessando a córnea.
Depois penetramos um...
Ao passar pelo
cristalino, penetramos em um
“mar gelatinoso” chamado de
humor vítreo, e ao fundo
encontramos a retina –
su...
Formação de imagem
A formação de imagens nos
olhos ocorre de maneira
semelhante à câmara escura
de orifício!
Assim, nós en...
Se a imagem formada com uma câmara escura
é invertida, por que não vejo tudo de “ponta-
cabeça”??
•
• Isso ocorre porque, ...
Defeitos da visão...
• As pessoas com a visão considerada normal tem
imagens formadas sobre a retina.
• Assim, os objetos ...
Miopia
• Caracteriza-se pela dificuldade de focalizar objetos
muito distantes. Sua causa é o afastamento da retina.
• Para...
Hipermetropia
• Caracterizado pela dificuldade de focalizar objetos
próximos. Sua causa é o bulbo ocular curto.
• Para com...
Presbiopia
• É caracterizado pela perda de flexibilidade da lente do
olho (cristalino), o que dificulta a acomodação visua...
Astigmatismo
• O astigmatismo está relacionado com a curvatura
irregular da córnea, o que faz os raios provenientes de
um ...
Lentes
Lentes de “Bordas Finas”:
Convergentes
Lentes de “Bordas Delgadas”:
Divergentes
Qual problema de visão você tem??
Analise as lentes dos seus óculos!
Elas tem bordas finas (lente convergente) ou
delgadas...
De olho no vestibular...
(UFES) Texto de Guimarães Rosa - "Campo geral" (Corpo de baile, 1956):
O doutor era homem muito b...
(UNESP) Para que alguém, com o olho normal, possa distinguir um
ponto separado de outro, é necessário que as imagens desse...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

óptica da visão

2.378 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.378
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
103
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
99
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

óptica da visão

  1. 1. Óptica da Visão Professora: Rosana Maia Disciplina: Física EEEM Ormanda Gonçalves 2013
  2. 2. Contextualizando... “Física Vivencial”: http://www.fisicavivencial.pro.br/mapacondigita l/59
  3. 3. O olho humano
  4. 4. • Esclera: Parte branca dos olhos que forma quase toda camada externa do bulbo ocular. • Íris: Parte central, com diferentes tonalidades de cor, cujos músculos fazem a pupila dilatar ou contrair. Controla a entrada de LUZ nos olhos • Córnea: camada transparente que tem a função de proteção da íris.
  5. 5. Viagem ao interior do olho: e se fossemos um feixe de luz? Começamos o trajeto atravessando a córnea. Depois penetramos uma camada líquida, chamada humor aquoso (contribui para refração da luz). Em seguida vemo-nos cercados pelas fibras musculares da íris, enquanto passamos pela pupila. Essa passagem termina sobre o cristalino (lente o olho).
  6. 6. Ao passar pelo cristalino, penetramos em um “mar gelatinoso” chamado de humor vítreo, e ao fundo encontramos a retina – superfície rugosa com milhares de sensores ópticos: células chamadas cones (responsáveis pela visão das cores) e bastonetes (responsáveis pela visão em condições de pouca luminosidade). As fibras nervosas da retina se unem e formam o nervo óptico, que leva a imagem até o cérebro.
  7. 7. Formação de imagem A formação de imagens nos olhos ocorre de maneira semelhante à câmara escura de orifício! Assim, nós enxergamos porque a luz passa por um pequeno orifício – a pupila – e é projetada no interior do olho – na retina.
  8. 8. Se a imagem formada com uma câmara escura é invertida, por que não vejo tudo de “ponta- cabeça”?? • • Isso ocorre porque, no nervo óptico, existe um composto químico chamado rodopsina, derivado da vitamina A, que transforma luz em impulsos elétricos que são levados para o cérebro, onde a imagem é decodificada e corrigida.
  9. 9. Defeitos da visão... • As pessoas com a visão considerada normal tem imagens formadas sobre a retina. • Assim, os objetos são vistos com nitidez desde uma distância de, aproximadamente, 25 cm até o infinito. • O ponto mais distante que o olho é capaz de enxergar é chamado de Ponto Remoto (PR) e o ponto mais perto é chamado de Ponto Próximo (PP). Para pessoas com problema de visão esses pontos são localizados em posições diferentes, já que as imagens são formadas antes ou depois da retina sendo necessário o uso de lentes corretivas para posicioná- las adequadamente.
  10. 10. Miopia • Caracteriza-se pela dificuldade de focalizar objetos muito distantes. Sua causa é o afastamento da retina. • Para compensar essa alteração, é preciso alterar o sistema de convergência das lentes dos olhos Utilização de lentes divergentes ou por cirurgia A imagem é formada antes da retina
  11. 11. Hipermetropia • Caracterizado pela dificuldade de focalizar objetos próximos. Sua causa é o bulbo ocular curto. • Para compensar a retina muito próxima, é preciso alterar o trajeto dos raios de luz que entram nos olhos Utilização de lentes convergentes ou cirurgia A imagem é formada depois da retina
  12. 12. Presbiopia • É caracterizado pela perda de flexibilidade da lente do olho (cristalino), o que dificulta a acomodação visual. • Assim, é necessário o uso de lentes convergentes ou bifocais para realização de tarefas como: leitura ou outras atividades que exigem visão próxima, como costura ou conserto e manuseio de objetos muito pequenos. • Geralmente, manifesta-se a partir dos 40 anos.
  13. 13. Astigmatismo • O astigmatismo está relacionado com a curvatura irregular da córnea, o que faz os raios provenientes de um mesmo objeto serem focalizados em regiões diferentes do olho. • A correção das imagens pode ser realizada com óculos e lentes de contato cilíndricas convergentes ou divergentes, ou por cirurgia.
  14. 14. Lentes Lentes de “Bordas Finas”: Convergentes Lentes de “Bordas Delgadas”: Divergentes
  15. 15. Qual problema de visão você tem?? Analise as lentes dos seus óculos! Elas tem bordas finas (lente convergente) ou delgadas (lente divergente)??
  16. 16. De olho no vestibular... (UFES) Texto de Guimarães Rosa - "Campo geral" (Corpo de baile, 1956): O doutor era homem muito bom, levava o Miguilim, lá ele comprava uns óculos pequenos, entrava para a escola, depois aprendia ofício. - "Você mesmo quer ir?" Miguilim não sabia. Fazia peso para não soluçar. Sua alma, até ao fundo, se esfriava. De acordo com o Texto, pode-se inferir que Miguilim necessita de óculos para corrigir uma deficiência visual (ametropia). Entre as ametropias estão a miopia e a hipermetropia. Sobre essas ametropias, julgue como verdadeiro (V) ou como falso (F) o que se afirma a seguir. I - A miopia é um defeito da visão que não permite visão nítida de um objeto distante, pois, estando os músculos ciliares relaxados, o foco imagem do olho está antes da retina, portanto, formando a imagem de um objeto distante antes da retina. ( ) II - A lente corretora da miopia deve ser divergente e um míope não precisa usar lentes para perto. ( ) III - A lente corretora da hipermetropia deve ser convergente. ( ) A seqüência CORRETA, de cima para baixo, é a) F,F,F. b) F,F,V. c) F,V,V. d) V,V,F. e) V,V,V.
  17. 17. (UNESP) Para que alguém, com o olho normal, possa distinguir um ponto separado de outro, é necessário que as imagens desses pontos, que são projetadas em sua retina, estejam separadas uma da outra a uma distância de 0,005 mm. Adotando-se um modelo muito simplificado do olho humano no qual ele possa ser considerado uma esfera cujo diâmetro médio é igual a 15 mm, a maior distância x, em metros, que dois pontos luminosos, distantes 1 mm um do outro, podem estar do observador, para que este os perceba separados, é a) 1 b) 2 c) 3 d) 4 e) 5

×