Ppt grupo g1 modelos comunicacionais (1)

205 visualizações

Publicada em

trabalhos de grupo, da disciplina de Comunicação e Tecnologias em Educação M C R .

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
205
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
9
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ppt grupo g1 modelos comunicacionais (1)

  1. 1. Professor Dr. José Lagarto Trabalho de grupo G1: Hercíla Silva; Dolores Caldeira; Rosalina Rodrigues e Sara Filipe
  2. 2. Comunicar significa tornar comum, estabelecer comunhão, participar da comunidade através da troca de informações. Comunicar não é só gesticular, falar, escrever, mas sim estabelecer uma ligação de compreensão entre quem emite e quem recebe.
  3. 3. É neste sentido, que comunicar é ser livre!
  4. 4. Shannon e Weaver, engenheiros eletrónicos, elaboraram um modelo mecânico de comunicação. Este modelo centra-se na transmissão, no sinal percetível, conducente a uma boa receção por parte do recetor, ao invés de atribuir o papel principal à mensagem.
  5. 5. Estes dois autores foram os primeiros a tratar das questões da Comunicação. Este modelo é centrado nos problemas da transmissão da mensagem e na qualidade da receção.
  6. 6.  A comunicação é apresentada como uma transferência de uma mensagem a partir de uma fonte até ao destinatário, sob a forma de um sinal, que pode ser afetado por “ruídos”.  O modelo pretendia medir o nível da qualidade da receção, expresso em três níveis de análise – técnica, semântica e de eficácia.
  7. 7.  O nível técnico está relacionado com a precisão do funcionamento da transmissão dos símbolos da comunicação;  O nível semântico está relacionado com o conhecimento dos códigos das linguagens em que se comunica;  O nível de eficácia tem a ver com a adequação da resposta do recetor face às expectativas do emissor.
  8. 8.  Contudo, este modelo aponta-nos alguns defeitos: situações de comunicação despojadas de qualquer contexto, fazendo dos indivíduos entidades abstratas;  O ruído também era considerado de uma forma bastante incipiente, influenciando a mensagem;  A noção de realimentação (feedback) também não era aqui representada.
  9. 9.  O modelo de Roman Jakobson faz um estudo da comunicação sob um prisma linguístico. Coloca em análise e em relação tanto o Emissor como o Recetor da mensagem. Este modelo acrescenta o contacto, que representa, simultaneamente, o canal físico na qual a mensagem circula e as ligações psicológicas entre destinador e destinatário.
  10. 10.  Para Jakobson, existem seis factores constitutivos da comunicação Associado a cada factor existe uma função da comunicação.  O modelo centra-se num eixo já conhecido. O destinador (emissor) envia a mensagem ao destinatário (receptor). Esta mensagem tem a sua orientação num contexto.
  11. 11.  Função emotiva: descreve a relação da mensagem com o destinador (emissor);  Função conativa: refere-se ao efeito da mensagem no destinatário;  Função referencial: exactidão da mensagem, isto é, a preocupação da verdade da comunicação;
  12. 12.  Função fática: desimpedimento físico e psicológico dos canais de comunicação de modo a que a mensagem possa sempre fluir;  Função metalinguística: identificação do código que está a ser utilizado;  Função poética: consiste na relação da própria mensagem consigo própria;
  13. 13.  O modelo de Newcombe apresenta uma estrutura triangular, diferente das estruturas lineares que os modelos anteriores assentam.
  14. 14.  Este modelo introduz o papel das relações sociais e do seu equilíbrio nos processos comunicacionais.  O equilíbrio do grupo passa pela flexibilidade que cada membro do grupo consegue ter face a posições divergentes de outros.
  15. 15. Os modelos comunicacionais são necessários para entender o processo comunicativo e como é que o recetor interpreta os vários significados que queremos transmitir.
  16. 16. https://www.google.pt/search?q=modelo+shannon&biw=1366&bih=644&tbm=isch &tbo=u&source=univ&sa=X&ei=Yv4rVJvqJfDnsASM0oKwDw&ved=0CCkQ7Aki https://www.google.pt/search?q=modelo+jakobson&biw=1366&bih=644&tbm=isch &tbo=u&source=univ&sa=X&ei=NgAsVIXxFYePsQSFuIG4CQ&ved=0CB4QsAQ

×