Turismo acessível slides

1.345 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.345
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
14
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
19
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Turismo acessível slides

  1. 1. TURISMOUMA VIAGEM DE INCLUSÃO
  2. 2. O turismo é uma das atividades econômicas que temtido as maiores taxas mundiais de crescimento anualhá várias décadas. Isto fez ampliar mercados antesinexplorados e atingir amplas camadas da população,devido às diferentes facilidades de acessos e meios detransportes, aumento da renda e ações promocionais.Porém, o crescimento das viagens de turismo aindanão permitiu que todos os segmentos da populaçãofossem beneficiados para desfrutar do turismo delazer.
  3. 3. O incentivo à acessibilidade no turismopromoverá a integração das pessoas comdeficiência permanentes e também daquelascom mobilidade reduzida, ou seja, idosos,crianças, gestantes, obesos em diferentesgraus, pessoas temporariamente imobilizadasdevido a acidentes etc.
  4. 4. TurismoSocial
  5. 5. Para o Ministério do Turismo,Turismo Social é a forma deconduzir e praticar a atividadeturística, promovendo aigualdade de oportunidades, aequidade, a solidariedade e oexercício da cidadania naperspectiva da inclusão.
  6. 6. Bem atender na área de serviços, como noturismo, significa cumprir com o serviçoprometido, atendendo ou superando asexpectativas dos seus clientes.No caso do turismo acessível, significadisponibilizar recursos e estratégias de forma aatender um público diferenciado, que exigiráatenção em aspectos específicos de suasinstalações, equipamentos e procedimentosoperacionais.
  7. 7. Para tanto é necessário envolver esensibilizar os diferentes prestadores deserviços turísticos tais como osestabelecimentos de alimentação(restaurantes, bares, cafés, lanchonetes,sorveterias, docerias etc.) os meios dehospedagem (hotéis,pousadas, campings,resorts etc.), as agências de turismo(emissivas e receptivas), os meios detransportes privado (táxis, vans dealuguel etc.), atrativos, espaço paraeventos e parques temáticos, entreoutros, assim como os serviços de guias econdutores locais.
  8. 8. Dicas de Atendimento ao Turista com Deficiência ou Mobilidade Reduzida• Ao falar com uma pessoa em cadeira de rodas, procure situar-sede frente e na mesma altura da pessoa, sentando-se, por exemplo.A cadeira de rodas (assim como as bengalas e muletas) é parte doespaço corporal da pessoa, uma extensão de seu corpo. Procurenão agarrar ou apoiar-se na cadeira de rodas;• Ao desejar falar com uma pessoa surda, chame a atenção dela,seja sinalizando com a mão ou tocando-lhe o braço;• Se a pessoa surda estiver acompanhada de intérprete de Libras,dirija a comunicação oral a ela e não ao seu intérprete;• Nunca distraia um cão guia, pois ele tem a responsabilidade deguiar seu dono que tem uma deficiência visual;

×