INTER DO TEXTO

244 visualizações

Publicada em

INTER DO TEXTO

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
244
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

INTER DO TEXTO

  1. 1. Significa alcançar a compressão do proposito e da mensagem na mente de Deus. “ Falamos a sabedoria de Deus, oculta em mistério, a qual Deus ordenou antes dos séculos para a glória” ( 1 Co 2.7 ). “ Falamos não com palavras de sabedoria humana, mas com as que o Espirito Santo ensina, comparando as coisas espirituais com as espirituais” (1 Co 2.13). A Revelação constitui-se assim, no desvendar de verdade divinas por ação do Espirito Santo. Este processo ocorre do Espirito de Deus para o espírito do homem ( pregador ) por que se discerne espiritualmente “ Pois o espiritual discerne bem tudo” ( 1 Co 2.14-15 )
  2. 2. Hermenêutica - É a ciência e a arte que estuda a interpretação da Bíblia. Ciência porque estabelece regras positivas e invariáveis Arte porque as suas regras são práticas. [Do grego hermenêuticos] Ciência que tem por principal objetivo descobrir o verdadeiro significado de um texto. É a base para toda a crítica filológica. Quando empregada nas Sagradas Escrituras a sua missão passa a ser interpretar o que realmente Deus quer revelar através da Bíblia.
  3. 3. Exegese - É a aplicação das regras estabelecidas pela hermenêutica. [Do grego ek + egéomai] Literalmente, arranco do texto. É a prática da hermenêutica sagrada que busca a real interpretação dos textos que formam o Antigo e o Novo Testamento. Vale-se, pois, do conhecimento das línguas originais (hebraico, aramaico e grego), da confrontação dos diversos textos bíblicos e das técnicas aplicadas na linguística e na filosofia.
  4. 4. O termo Homilética é derivado do Grego "HOMILOS" o que significa, multidão assembléia do povo, derivando assim outro termo, "HOMILIA" ou pequeno discurso do verbo "OMILEU" conversar. O termo Grego "HOMILIA" significa um discurso com a finalidade de Convencer e agradar. Portanto, Homilética significa "A arte de pregar". A arte de falar em público nasceu na Grécia antiga com o nome de Retórica. O cristianismo passou a usar esta arte como meio da pregação, que no século 17 passou a ser chamada de Homilética.
  5. 5. O objetivo geral é o propósito geral do sermão, a categoria a que ele se encaixa em termos de fim último. O que se pretende com um sermão? Ocupar o espaço no culto? Dar algum material para o povo pensar? Os ouvintes de um pregador ou são salvos ou são perdidos. A quem se destina o sermão? A ênfase no seu conteúdo se para os salvos, se para os perdidos, é o que determina o seu objetivo geral. São seis os objetivos gerais do sermão, evangelístico, doutrinário, devocional, consagração, ética (ou moral) e alento (pastoral). Destina-se a crentes e não crentes.
  6. 6. 1- INTRODUÇÃO 2- NARAÇÃO 3- DEFESA 4- REFUTAÇÃO 5- CONCLUSÃO. 6- APELO 7- ORAÇÃO.
  7. 7. 1. Introdução Tipos de introdução ( Ilustração – Interrogação – Contexto Histórico – Informa de Anuncio 2. Narração Exposição do texto Bíblico 3. Defesa È a Fé exercida no sermão em nome de cristo ( Exemplo Naama ) 4. Refutação È a confrontação direta ao ouvinte 5- Conclusão Aplicação das verdades expostas no sermão, levando ao ouvinte a uma analise de si próprio 6- Apelo Chamar o ouvinte ao arrependimento através da pregação 7- Oração Orar exercendo a Fé em que foi pregado, orar pelos arrependidos
  8. 8. Visto como na sabedoria de Deus o mundo pela sua Sabedoria não conheceu a Deus, aprove a Deus Salvar os Homens pela loucura da pregação (Paulo de Tarso, 1 Coríntios 1:21 )
  9. 9. O sermão Temático é aquele cuja as divisões e derivada do Tema. Uma forma lógica e prática para o desenvolvimento de um sermão Topical é a utilização das perguntas básicas ? Porque ? Quando ? Como ? Onde? O que ? O sermão textual é aquele cuja as divisões e derivada do texto. Uma forma lógica e prática para o desenvolvimento é utilizar as divisões do próprio texto. o sermão expositivo é aquele cuja as divisões estão inseridas no fato narrado. Uma forma lógica e prática para o desenvolvimento de um sermão é a descrição do episódio..
  10. 10. ( Porque ser tornarão incrédulos ) A. Época dos fatos ( Contexto Histórico ) B. O Lugar ( Belém Significado ) C. Pessoas ( Uma família –Elemeleque – Noemi – Malon – Quilion Tentativa de esconder nossos erros ( Rt 1:13 ) Culpar a Deus por nossas provações

×