Ceara i

586 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
586
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ceara i

  1. 1. Parques Eólicos CEARÁ I(Praias de Parajurú, Praia do Morgado e Volta do Rio) Estado do Ceará - Brasil A IMPSA é a principal desenvolvedora de Parques Eólicos na América Latina Acreditamos no Poder da Natureza
  2. 2. Descrição Nome Praias de Parajurú Praia do Morgado Volta do Rio País Brasil Brasil Brasil Cliente ELETROBRÁS ELETROBRÁS ELETROBRÁS Escopo BOO(*) BOO(*) BOO(*) Capacidade nominal instalada 28,8 MW 28,8 MW 42,0 MW Produção anual média 112.604 GWh 125.481 MWh 174.963 MWh Energia equivalente 196.600 BEP ano 219.000 BEP ano 305.400 BEP ano (*) Build, Operate, OwnO projeto CEARÁ I é composto por três parques eólicos: Praias de Parajurú, Praia do Morgado e Volta do Rio,totalizando 100 MW. Os parques estão localizados no estado do CEARÁ onde se encontram os melhores ventos doBrasil. Praias de Parajurú localiza-se em Beberibe a cerca de 280 Km de Fortaleza; Praia do Morgado está em Acaraú, a280 Km de Fortaleza; finalmente Volta do Rio que também se encontra em Acaraú, a cerca de 220 Km de Fortaleza.O empreendimento foi desenvolvido pela Energimp, subsidiária da IMPSA Energy, dentro do marco do programaPROINFA (Programa de Incentivo às Fontes Alternativas) do Brasil. O investimento total é de R$ 550 milhões.O objetivo principal é ampliar a oferta deenergia proveniente de recursossustentáveis. Sua produção, no mesmoperíodo, fornece energia a mais de320.000 famílias, evitando o consumopor ano ao equivalente a 700.000 barrisde petróleo e a emissão de 34.000toneladas de CO2.Os aerogeradores dos três projetosestão distribuídos de forma a conseguir omáximo de aproveitamento do vento,diminuindo as perdas aerodinâmicas. Aárea destinada à implantação do parquecaracteriza-se por uma faixa da costa quese estende de nordeste a sudeste com 3;7,4 e 8 km de extensão respectivamente.Sua direção é de aproximadamente 130ºem relação ao norte, que é uma ótimaorientação a respeito dos ventos alísiospredominantes na região. O terrenoapresenta um relevo bastante simples com pequenas elevações formadas por dunas inferiores a 20 metros de altura.Toda a energia gerada pelos parques eólicos alimenta a rede de distribuição, conforme o Contrato de Conexão aoSistema de Distribuição (CCD).Praias de Parajurú conta com duas linhas de transmissão de 69 KV, uma de 31,7 km conectada à Subestação de Aracatí ea outra de 35,1 Km à Subestação de Beberibe. Praia do Morgado conta com uma linha de transmissão de 69 KV, com 22km de extensão, conectada à Subestação de Acaraú II, e uma linha de transmissão de 230 kV, com 92 km de extensão,conectada à Subestação Sobral III. Volta do Rio conta com uma linha de transmissão de 69 KV, com 23 km de extensão,conectada à Subestação de Acaraú II, e uma linha de transmissão de 230 kV, com 92 km de extensão, conectada àSubestação Sobral III.
  3. 3. FinanciamentoO financiamento do projeto conseguiu-se através de contribuições privadas, crédito proveniente de uma instituiçãofinanceira e a assinatura de um contrato de compra e venda de energia.Os acionistas do projeto são IMPSA Energy (51%) e CEMIG (49%). Foram investidos R$ 550 M, sendo R$ 175 M de capitalpróprio e o restante através de financiamento outorgado pela Caixa Econômica Federal a 12 anos, a uma taxa de TJLP +2,5%.A IMPSA Energy desenvolve projetos de geração de energia elétrica a partir de recursos renováveis e a CEMIG é aCompanhia Energética de Minas Gerais, um dos maiores grupos de energia elétrica da América Latina e líder mundial emsustentabilidade, de acordo com o índice Dow Jones da Bolsa de New York.A base do financiamento desta iniciativa é o Contrato de Compra de Energia (CCVE) por 20 anos, celebrado comCentrais Elétricas Brasileiras S.A. - ELETROBRÁS, que regula a compra e venda da totalidade da energia anual gerada, deacordo com as condições de fornecimento estabelecidas legalmente para o PROINFA.Engineering, Procurement, & Construction (EPC)IMPSA Wind realiza o fornecimento deparques eólicos em condições EPC, oequipamento associado em condições chave-na-mão, os aerogeradores, a engenharia e aintegração do balanço de planta.Os parques estão equipados com turbinaseólicas IMPSA Wind de 1,5 MW. O projetodemandou a provisão de 66 unidades.A IMPSA Wind é o único fabricante deturbinas eólicas de alta potência comtecnologia própria, na América Latina.Atualmente a IMPSA é um dos dois únicosprovedores de soluções totais para a geraçãoeólica e hidrelétrica, a nível mundial.
  4. 4. Operação e Manutenção (O&M)Para isso conta não só com o pessoal qualificado, como também, com uma política de monitoramento que permiteacompanhar o estado das máquinas e efetuar uma manutenção preditiva que maximiza a energia gerada pelo parque.A tecnologia da IMPSA permite a transmissão dos dados de funcionamento e estado das unidades geradoras a qualquerparte do mundo.A experiência destes projetos na América Latina indica que um dos maiores problemas para conseguir o tempo de utilizaçãoprevisto, é a disponibilidade dos aerogeradores. Esta se vê degradada por não contar com assistência técnica e as peçassobressalentes necessárias em tempo e forma. IMPSA Wind, com suas plantas de produção em Brasil, Argentina e Malásiaresolve este problema oferecendo os serviços que o cliente deseja num tempo compatível com a importância de manter aoferta de energia do parque nos níveis esperados.Aspectos Sociais e EconômicosEm termos sócio-econômicos, a iniciativa é considerada de máximo interesse para o Brasil e em particular para os municípiose localidades que serão atendidas, contribuindo também no incremento da demanda de mão de obra local e fortalecimentodo Produto Interno Bruto (PIB) das regiões, destacando os seguintes benefícios: Crescimento da infra-estrutura; Atração de atividades econômicas; Criação de novos empregos diretos, elevação do nível de renda regional; Especialização da mão-de-obra regional através da capacitação; Contribuição, através da oferta de energia, ao Programa “Luz Para Todos”, que prevê o acesso de 12 milhões de brasileiros à energia elétrica; Melhoramento das condições de vida através dos benefícios sociais oferecidos. A construção deste parque gerou cerca de 2.000 empregos. Este projeto é mais um exemplo do compromisso da IMPSA em prover soluções integradas para a geração de energia elétrica a partir de recursos renováveis.
  5. 5. Características TécnicasPraias de Parajurú / Praia do Morgado / Volta do Rio V 77 / 77 / 70Dados geraisProdução média anual 112.604 / 125.481 / 174.963 MWhPotência instalada 28,8 / 28,8 / 42 MWModelo IMPSA V77 / V77 / V70Nº de aerogeradores 19 / 19 / 28Potência nominal 1,5 MWVelocidade nominal 13 / 13 / 11,7 m/sVelocidade de sobrevivência 52,5 / 52,5 / 59,5 m/sNormas de projeto GL; IEC 61400-1Classe II-A / II-A / I-ARotor Sistema de ControleDiâmetro 77 / 77 / 70 m Conceito do projeto CLPs (Controle Lógico Programável)Área de varredura 4.657 / 4.657 / 3.848 m2Sentido de rotação Sentido horário Sistema de FreioQuantidade de pás 3 Três sistemas independentes de controle Freio aerodinâmico de pitchComprimento das pás 37,25 / 37,25 / 34,00 m Freio mecânico Hidráulico, para a parada do rotor Fibra de vidro e resina com proteçãoMaterial das pás contra radiação ultravioleta e descargas Trava do rotor Manual (rotor lock) atmosféricasControle de Potência Passo variável Conversor de Frequência Tipo Completo - 4 quadrantes comutados porTorre IGBTs- PWMTipo Aço tubular, concreto ou combinada Freqüência 45 - 65 HzAltura do eixo do gerador 85 / 85 / 65 m Tensão 620 Vac (1,5 MW)Seções 4/4/3 Em tensão THD (Distorção <5% Harmônica Total)Proteção anticorrosiva Pintura Outros - Característica LVRT - Ordem interna/externa de potência reativaGerador (fator de potência variável).Tipo DDPM (Direct Drive Permanent Magnet) - Filtro EMI (interferência eletromagnética) Acionamento direto, imãs permanentes minimiza as emissões eletromagnéticasPotência nominal 1580 kW - Disjuntor no lado da linha e do gerador Curva de PotênciaProjeto IMPSA - VTensão Y 690 V 1600.0Refrigeração Ar, IP 23 Passivo (EN-60529) 1400.0Classe de isolamento F 1200.0Sistema de Yaw 1000.0 Power [KW]Tipo Sistema ativo 800.0Acionamento Motores elétricosRolamentos Engrenagem exterior 600.0Quantidade de mecanismos 3 400.0Velocidade do movimento 0,5 º/sFaixa de operação 360º 200.0 0.0Controle de Pitch 0 5 10 15 20 25 Wind speed [m/s]Conceito de projeto Acionamento independentes com servo motores Todas as especificações estão sujeitas a modificação sem aviso prévio.Energia de reserva Ultra-capacitores
  6. 6. www.impsa.com IMPSA BRASIL IMPSA RECIFEAv. Engenheiro Luis Carlos Berrini, 1.253 Estrada TDR Norte, 1724 Km 3,3 13º andar, Cidade Monções Distrito Industrial de Suápe São Paulo, SP - Brasil Cabo de Santo Agostinho, PE - Brasil Cep: 04571-902 Cep.: 54590-000 Tel (+55 11) 5501 5000 Tel (+55 81) 3087 9300 Fax (+55 11) 5102 4806 Fax (+55 81) 3087 9372 ISO 9001 :: ISO 14.001 :: OHSAS 18.001

×