Diretrizes para o desenvolvimento da Bahia

801 visualizações

Publicada em

Diretrizes para o desenvolvimento da Bahia

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
801
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
365
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Lançados os editais de Sondagem e EngenhariaLançamento dos editais de Estudos Urbanísticos e EIA-RIMA dentro das próximas semanas
  • Diretrizes para o desenvolvimento da Bahia

    1. 1. Diretrizes para oDesenvolvimento
    2. 2. Diretrizes para o Desenvolvimento
    3. 3. PRODUTO INTERNO BRUTO 2013Taxas de CrescimentoSetores DinâmicosConstrução CivilComércioServiçosAumento dosInvestimentosReduçãodaPobrezaDistribuiçãoda RendaMotores doCrescimento
    4. 4. • Parques Eólicos no Semi áridoda BahiaInteriorização doDesenvolvimento• Ampliar outras fontes primáriasde geração energéticaDiversificação daMatriz Energética• Novas cadeias de produção:Polo Acrílico, Licitações da ANPExpansão denovos setoresprodutivosDiretrizes para o Desenvolvimento
    5. 5. FIOL – Ferrovia de Integração Oeste Leste
    6. 6. LOTES01 02 03 04 05 05A 06 07FIOL – Fer r ovia de Integr aç ão Oes te Les te
    7. 7. POSIÇÕES DE ENGENHARIA FERROVIA OESTE LESTEENGENHEIROS VAGASConcursados Convocados pela Valec 37Contratados Pelos 6 Lotes em Execução 180Gerentes Executivos 8Gerentes Operacionais 20Integrantes atuantes nas disciplinas de Elétrica,Instrumentação, Telecomunicação, Automação,Tubulação, Mecânica e Edificação.
    8. 8. Plano de Desenvolvimentoda Bahia de Todos os SantosR$ 7 bilhões
    9. 9. Lançado o edital desondagemLançado o edital deprojeto básicoLançamento dos editaisde estudos urbanísticose EIA-RIMA dentro daspróximas semanasEdital de concessão aser publicado em 2014Plano de DesenvolvimentoA ponte, principal peça, já está se tornando realidade
    10. 10. 11A ponte abre um novo eixo para o tráfego da RMS,integrando-a ao Baixo-Sul e ao Recôncavo Sul▪ Fechamento do ANEL VIÁRIO do Recôncavo, integrando toda a região:– Construção da Ponte– Duplicação da BA-001 na Ilha e da Ponte do Funil– Construção da ligação entre Santo Antônio de Jesus e Castro Alves– Qualificação da infraestrutura viária regionalMaior conectividade da RMScom o sul do EstadoDesenvolvimento da logísticana regiãoAumento do fluxo depessoas, serviços emercadorias
    11. 11. A Ponte e o SVO criam um novo eixo de desenvolvimento noRecôncavo Sul e no Baixo-Sul, regiões com menor IDH e nasproximidades da RMS12RecôncavoBaixo-sul
    12. 12. ... Aproximando milhões de pessoasSanto Antônio de JesusValença133 horas e 30 min4 horas e 30 min 2 horas e 45 min1 hora e 45 min3 horas e 30 min 1 hora e 45 minItaparicaDe... Para...3 horas 30 min2 horas e 30 min 1 horas e 15 min
    13. 13. Mobilidade Urbana Salvador – Lauro de Freitas
    14. 14. Estaleiro Enseada do ParaguaçuConfidencialNOVAS INDÚSTRIAS – NÁUTICA / NAVAL
    15. 15. Polo da Indústria Naval do Estado da BahiaIMPACTOSInvestimento inicial deR$ 5 bilhões de reais;10 mil empregos;Qualificação da mão-de-obra;Expansão e qualificaçãodo ensino técnico;Demanda de profissionaisde nível superior;Educação Ambiental e ComunicaçãoSocial;Capacitação Tecnológica para asAtividades Tradicionais.
    16. 16. IntervençõesremediadorasSistemas simplificados deabastecimentoCisternasCarros pipaDistribuição de alimentosCréditoIntervençõesestruturantesEstímulos a atividadeseconômicas maisresistentes a secaSistemas de acumulaçãode agua em grandeescalaCriação de alternativaseconômicas locaisPoliticas pósestiagemReposição de rebanhoAmpliacao da estocagemConvivência com a seca é o desafioSeca é um fenomeno climático ciclico e temos que estar preparado para superar asdificuldades da estiagem prolongadaConvivência com a seca
    17. 17. INFOVIAS26 Projetos de IrrigaçãoSource: CodevasfIntegração de BaciasEixo NorteEixo SulSource: AnaEixoLesteProjetos que requerem AtençãoHidrovia doSão FranciscoFerrovia Juazeiro-Feira de SantanaIntegração de Bacias Eixo SulLinhas de transmissão de energia
    18. 18. 20
    19. 19. MineraisGrãosPecuáriaLeiteiraFrutasPecuáriaLeiteiraFeijãoFeijãoEucaliptoEucaliptoBanana BananaCaféCacauCaprinoculturaFonte: SEI/SeplanFIOLFCAAceleração dosfluxos econômicos einformacionaisMaior importânciado mercado internoRedistribuição darendaMaior pressão sobrea infraestruturaLimitações do podermunicipal
    20. 20. Hidrovia São FranciscoFIOLFCAGrãosFrutasPolosIndustriaisMinériosCeluloseIntermodalidade Logísticado Vale do São FranciscoArticulação dosTransportes coma InfraestruturaEnergiaInfoviasSocialFronteiras de Expansão
    21. 21. TRABALHO QUALIFICADO
    22. 22. NOVOS PROJETOS DE MOBILIDADE URBANAViadutos do Imbui
    23. 23. NOVOS PROJETOS DE MOBILIDADE URBANAViaduto Narandiba
    24. 24. NOVOS PROJETOS DE MOBILIDADE URBANADuplicação Avenida Pinto de Aguiar
    25. 25. NOVOS PROJETOS DE MOBILIDADE URBANAInvestimento em Mobilidade Urbana: Av 29 de março, duplicação da Av. OrlandoGomes e Pinto de Aguiar, Viadutos do Imbui, Av Gal Costa e construção do METRO
    26. 26. José Sergio Gabrielli de AzevedoSecretário de Planejamento da BahiaObrigado!

    ×