Aula Inaugural do Curso de SI/UFS by Prof Dr. Alberto Costa Neto em 2015

1.080 visualizações

Publicada em

Aula Inaugural do Curso de SI - Sistemas de Informação da UFS.- Universidade Federal de Sergipe (BRASIL) by Prof Dr. Alberto Costa Neto. Realizada no período letivo 2015/1.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.080
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
600
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula Inaugural do Curso de SI/UFS by Prof Dr. Alberto Costa Neto em 2015

  1. 1. Aula Inaugural Turma 2015-1 Sistemas de Informação Prof. Alberto Costa Neto Coordenador de Curso de Sistemas de Informação
  2. 2. 2 Criação do Curso de SI ● Em 2006 foi aprovado o curso de Sistemas da Informação, com a primeira turma em 2007.1. – 50 alunos por turma.
  3. 3. 3 Objetivos Gerais ● Voltado para a formação de recursos humanos para o mercado de trabalho, visando: – Desenvolvimento, avaliação, uso e gestão de sistemas de informação das organizações; – Projeto, implementação e gerenciamento de infraestrutura de tecnologia da informação, envolvendo computadores, comunicação e dados em sistemas organizacionais; – Atender as necessidades sócio-econômicas regionais e nacionais, no âmbito da área de sistemas de informação; – Contribuir para o desenvolvimento científico e tecnológico da área de sistemas de informação; – Fomentar a integração da universidade com a sociedade, na resolução de problemas da área de sistemas de informação.
  4. 4. 4 Competências e Habilidades ● Diagnosticar, com base científica, problemas nas organizações, propondo alternativas de soluções baseadas sistemas de informações; ● Planejar e gerenciar os sistemas de informação de forma a alinhá-los aos objetivos estratégicos de negócio das organizações; ● Elaborar, executar, supervisionar e avaliar planos, projetos e programas de tratamento automatizado da informação; ● Desenvolver, implantar e validar sistemas de informação, interagindo com profissionais de outras áreas; ● Selecionar, projetar e utilizar soluções tecnológicas para viabilizar a implantação de diferenciais estratégicos para as organizações;
  5. 5. 5 Competências e Habilidades ● Interagir com profissionais que se utilizam de sistemas de informação na execução de suas atribuições dentro das organizações; ● Ter uma visão contextualizada da área dos Sistemas de Informação, em termos políticos, sociais e econômicos; ● Identificar fontes de desenvolvimento científico e tecnológico na área de sistemas de informação; ● Ser criativo e inovador na proposição de soluções de problemas identificados nas organizações, e, ● Ter capacidade de ser um empreendedor no setor de informática e desenvolver uma postura ética no tratamento de informações.
  6. 6. 6 Sistemas de Informação ● Bacharelado em Sistemas de Informação – Sistema de créditos. ● 1 Crédito – 15 horas de aula. – Disciplinas ● Obrigatórias (186 créditos). ● Optativas (28 créditos). – Pré-requisitos. – Atividades complementares.
  7. 7. 7 MGP e IR ● A média geral ponderada (MGP) é calculada multiplicando-se a média de cada disciplina cursada na UFS com aprovação pelo respectivo número de créditos e dividindo-se a soma destes produtos pela soma dos créditos.
  8. 8. 8 MGP e IR ● O Índice de Regularidade (IR) corresponde ao quociente entre a média dos créditos cursados pelo aluno a partir do seu ingresso na UFS no curso atual (CMA) e a média dos créditos que devem ser cursados para integralizar o currículo do curso no tempo padrão (CMC).
  9. 9. 9 MGP e IR ● MGP e IR são utilizados como bases para a seleção dos programa institucionais da UFS. – A MGP e IR são eliminatórios no processo de seleção (valor mínimo de MGP e IR). – Em geral, alunos com a maiores MGP e IR são selecionados.
  10. 10. 10 MGP e IR ● Além disso, elas são utilizadas como base para outros programas: – Utilizados na seleção do ciência sem fronteira. – A média do aluno é utilizada pela maioria dos programas de mestrado para a seleção dos candidatos e concessão de bolsas.
  11. 11. 11 Atividades complementares ● PIBIC ● PIBIT ● PIBIX ● Programa Jovens Talentos ● Monitoria ● PRODAP
  12. 12. 12 Atividades Complementares ● Outras atividades importantes – Maratona de programação – Olimpíada brasileira de informática – ERBASE – SECOMP
  13. 13. 13 Ciências sem fronteiras ● Ciência sem Fronteiras é um programa que busca promover a consolidação, expansão e internacionalização da ciência e tecnologia, da inovação e da competitividade brasileira por meio do intercâmbio e da mobilidade internacional.
  14. 14. 14 Dicas ● Os dois primeiros semestres do curso de sistemas de informação são formados em sua maioria por disciplinas da Matemática, Administração e Computação ● A partir do terceiro período, as disciplinas básicas de computação são a maioria.
  15. 15. 15 Dicas ● As disciplinas da Matemática e Administração são base para o desenvolvimento do curso. ● Na nova grade, haverá mais disciplinas da Matemática. ● Além disso, elas são pré-requisito de grande parte das disciplinas que virão nos próximos semestres.
  16. 16. 16 Dicas ● Estudem – Perder uma disciplina que é pré-requisito atrasa o curso. ● Um dos principais motivos de abandono do curso. – Cuidado especial com as disciplinas Fundamentos e Álgebra para Computação e Fundamentos da Computação para Sistemas de Informação . ● Não desistam – As disciplinas podem parecer difíceis num primeiro momento, mas com dedicação é possível concluir a disciplina. – Não larguem a disciplina no meio, tentem ficar até o final. – O professor sempre ajuda o aluno que é interessado.
  17. 17. 17 Dicas ● Não percam aulas. ● Aproveitem a universidade.

×