Cobit 5

815 visualizações

Publicada em

Apresentação sobre Cobit 5

Publicada em: Negócios
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
815
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
51
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Cobit 5

  1. 1. Cobit 5 Rodrigo da Silva Pinto Histórico Framework Modelo de Capabilidade Processos Habilitadores Composição Frameworks ISACA Estudo de Caso Cobit 5 Rodrigo da Silva Pinto CEETEPS - Centro Paula Souza Mestrado em Gestão de Sistemas Produtivos Gestão da Tecnologia da Informação 28 de outubro de 2014 1 / 41
  2. 2. Cobit 5 Rodrigo da Silva Pinto Histórico Framework Modelo de Capabilidade Processos Habilitadores Composição Frameworks ISACA Estudo de Caso Agenda 1 Histórico 2 Framework 3 Modelo de Capabilidade 4 Processos Habilitadores 5 Composição Frameworks ISACA 6 Estudo de Caso 2 / 41
  3. 3. Cobit 5 Rodrigo da Silva Pinto Histórico Framework Modelo de Capabilidade Processos Habilitadores Composição Frameworks ISACA Estudo de Caso Cobit Cobit é um framework que auxilia as organizações a entregar valor por meio da governança e gestão de TI. Desenvolvido pela ISACA há quase 20 anos. Em 9 de abril de 2012 foi pulicado oficialmente o Cobit 5. Resultado do trabalho de especialistas dos 5 continentes e dos comentários das centenas de membros da ISACA. 3 / 41
  4. 4. Cobit 5 Rodrigo da Silva Pinto Histórico Framework Modelo de Capabilidade Processos Habilitadores Composição Frameworks ISACA Estudo de Caso ISACA Information Systems Audit and Control Association Fundada em 1967 86.000 membros em mais de 160 países 185 capítulos estabelecidos em mais de 75 países 4 / 41
  5. 5. Cobit 5 Rodrigo da Silva Pinto Histórico Framework Modelo de Capabilidade Processos Habilitadores Composição Frameworks ISACA Estudo de Caso Infográfico 5 / 41
  6. 6. Cobit 5 Rodrigo da Silva Pinto Histórico Framework Modelo de Capabilidade Processos Habilitadores Composição Frameworks ISACA Estudo de Caso Infográgico Para os respondentes: Percepção da Governança de TI: 78% mais valiosa Top 4 benefícios: 1 Integração TI/Negócio: 73% 2 Melhor Gerenciamento de Risco: 60% 3 Descobrimento de Gaps: 49% 4 Maior visibilidade da TI: 45% Recomendam o Cobit: 93% Acham o Cobit útil: 88% 6 / 41
  7. 7. Cobit 5 Rodrigo da Silva Pinto Histórico Framework Modelo de Capabilidade Processos Habilitadores Composição Frameworks ISACA Estudo de Caso Evolução do Cobit 7 / 41
  8. 8. Cobit 5 Rodrigo da Silva Pinto Histórico Framework Princípios Ciclo de Vida Modelo de Capabilidade Processos Habilitadores Composição Frameworks ISACA Estudo de Caso Agenda 1 Histórico 2 Framework 3 Modelo de Capabilidade 4 Processos Habilitadores 5 Composição Frameworks ISACA 6 Estudo de Caso 8 / 41
  9. 9. Cobit 5 Rodrigo da Silva Pinto Histórico Framework Princípios Ciclo de Vida Modelo de Capabilidade Processos Habilitadores Composição Frameworks ISACA Estudo de Caso Família de Produtos Cobit 5 Figura 1: Publicações Cobit 5 9 / 41
  10. 10. Cobit 5 Rodrigo da Silva Pinto Histórico Framework Princípios Ciclo de Vida Modelo de Capabilidade Processos Habilitadores Composição Frameworks ISACA Estudo de Caso Princípios do Cobit 5 Figura 2: Os 5 Princípios do Cobit 10 / 41
  11. 11. Cobit 5 Rodrigo da Silva Pinto Histórico Framework Princípios Ciclo de Vida Modelo de Capabilidade Processos Habilitadores Composição Frameworks ISACA Estudo de Caso Princípios do Cobit 5 1 Satisfazer as necessidades das partes interessadas 2 Cobrir a organização de ponta a ponta 3 Aplicar um framework integrado único 4 Possibilitar uma visão holística 5 Separar governança do gerenciamento 11 / 41
  12. 12. Cobit 5 Rodrigo da Silva Pinto Histórico Framework Princípios Ciclo de Vida Modelo de Capabilidade Processos Habilitadores Composição Frameworks ISACA Estudo de Caso 1. Satisfazer as necessidades das partes interessadas Cobit possui um mecanismo para traduzir as necessidades dos stakeholders em objetivos corporativos, objetivos de TI e objetivos de habilitadores. 12 / 41
  13. 13. Cobit 5 Rodrigo da Silva Pinto Histórico Framework Princípios Ciclo de Vida Modelo de Capabilidade Processos Habilitadores Composição Frameworks ISACA Estudo de Caso 1. Satisfazer as necessidades das partes interessadas Figura 3: Objetivos em cascata 13 / 41
  14. 14. Cobit 5 Rodrigo da Silva Pinto Histórico Framework Princípios Ciclo de Vida Modelo de Capabilidade Processos Habilitadores Composição Frameworks ISACA Estudo de Caso 1. Satisfazer as necessidades das partes interessadas Figura 4: Objetivos corporativos 14 / 41
  15. 15. Cobit 5 Rodrigo da Silva Pinto Histórico Framework Princípios Ciclo de Vida Modelo de Capabilidade Processos Habilitadores Composição Frameworks ISACA Estudo de Caso 1. Satisfazer as necessidades das partes interessadas Figura 5: Mapeamento dos objetivos: Corporativo x TI 15 / 41
  16. 16. Cobit 5 Rodrigo da Silva Pinto Histórico Framework Princípios Ciclo de Vida Modelo de Capabilidade Processos Habilitadores Composição Frameworks ISACA Estudo de Caso 2. Cobrir a organização de ponta a ponta Integrar a governança empresarial de TI Cobrir todas as funções e processos requeridos para governar e gerenciar a informação e tecnologia relacionada (não foca apenas no departamento de TI) 16 / 41
  17. 17. Cobit 5 Rodrigo da Silva Pinto Histórico Framework Princípios Ciclo de Vida Modelo de Capabilidade Processos Habilitadores Composição Frameworks ISACA Estudo de Caso 2. Cobrir a organização de ponta a ponta Figura 6: Papéis, Atividades e Relacionamentos Chave 17 / 41
  18. 18. Cobit 5 Rodrigo da Silva Pinto Histórico Framework Princípios Ciclo de Vida Modelo de Capabilidade Processos Habilitadores Composição Frameworks ISACA Estudo de Caso 3. Aplicar um framework integrado único Figura 7: Framework integrado único 18 / 41
  19. 19. Cobit 5 Rodrigo da Silva Pinto Histórico Framework Princípios Ciclo de Vida Modelo de Capabilidade Processos Habilitadores Composição Frameworks ISACA Estudo de Caso 3. Aplicar um framework integrado único Figura 8: Cobertura de outros Padrões e Frameworks 19 / 41
  20. 20. Cobit 5 Rodrigo da Silva Pinto Histórico Framework Princípios Ciclo de Vida Modelo de Capabilidade Processos Habilitadores Composição Frameworks ISACA Estudo de Caso 4. Possibilitar uma visão holística Figura 9: Habilitadores Corporativos 20 / 41
  21. 21. Cobit 5 Rodrigo da Silva Pinto Histórico Framework Princípios Ciclo de Vida Modelo de Capabilidade Processos Habilitadores Composição Frameworks ISACA Estudo de Caso 5. Separar Governança de Gerenciamento Figura 10: Áreas chave de Governança e Gerenciamento 21 / 41
  22. 22. Cobit 5 Rodrigo da Silva Pinto Histórico Framework Princípios Ciclo de Vida Modelo de Capabilidade Processos Habilitadores Composição Frameworks ISACA Estudo de Caso 5. Separar Governança de Gerenciamento Figura 11: Modelo de Referência 22 / 41
  23. 23. Cobit 5 Rodrigo da Silva Pinto Histórico Framework Princípios Ciclo de Vida Modelo de Capabilidade Processos Habilitadores Composição Frameworks ISACA Estudo de Caso Ciclo de Vida do Cobit Figura 12: 7 fases de implementação do Ciclo de Vida 23 / 41
  24. 24. Cobit 5 Rodrigo da Silva Pinto Histórico Framework Princípios Ciclo de Vida Modelo de Capabilidade Processos Habilitadores Composição Frameworks ISACA Estudo de Caso Ciclo de Vida do Cobit Melhoria Contínua (núcleo) Habilitação de Mudança (2o anel) Gerenciamento do programa (3o anel) 24 / 41
  25. 25. Cobit 5 Rodrigo da Silva Pinto Histórico Framework Modelo de Capabilidade Processos Habilitadores Composição Frameworks ISACA Estudo de Caso Agenda 1 Histórico 2 Framework 3 Modelo de Capabilidade 4 Processos Habilitadores 5 Composição Frameworks ISACA 6 Estudo de Caso 25 / 41
  26. 26. Cobit 5 Rodrigo da Silva Pinto Histórico Framework Modelo de Capabilidade Processos Habilitadores Composição Frameworks ISACA Estudo de Caso Process Capability Model Figura 13: Modelo de Capabilidade do Processo 26 / 41
  27. 27. Cobit 5 Rodrigo da Silva Pinto Histórico Framework Modelo de Capabilidade Processos Habilitadores Composição Frameworks ISACA Estudo de Caso Process Capability Model Contém uma escala de 0 a 5 com significados diferentes do Cobit 4.1 Maturity Model Está alinhado com norma internacional ISO/IEC 15504 de Engenharia de Software - norma de avaliação de processos 27 / 41
  28. 28. Cobit 5 Rodrigo da Silva Pinto Histórico Framework Modelo de Capabilidade Processos Habilitadores Composição Frameworks ISACA Estudo de Caso Agenda 1 Histórico 2 Framework 3 Modelo de Capabilidade 4 Processos Habilitadores 5 Composição Frameworks ISACA 6 Estudo de Caso 28 / 41
  29. 29. Cobit 5 Rodrigo da Silva Pinto Histórico Framework Modelo de Capabilidade Processos Habilitadores Composição Frameworks ISACA Estudo de Caso Cobit 5 - Processos Habilitadores O Cobit 5 possui: Área: 2 Domínio: 5 Processo: 37 Prática: 210 29 / 41
  30. 30. Cobit 5 Rodrigo da Silva Pinto Histórico Framework Modelo de Capabilidade Processos Habilitadores Composição Frameworks ISACA Estudo de Caso Cobit 5 - Processos Habilitadores Os Processos Habilitadores estão divididos em: Descrição do Processo Objetivos relacionados à TI Objetivos e Métricas de Processo Gráfico RACI Práticas de Processo Entradas/Saídas Atividades Guias Relacionados 30 / 41
  31. 31. Cobit 5 Rodrigo da Silva Pinto Histórico Framework Modelo de Capabilidade Processos Habilitadores Composição Frameworks ISACA Estudo de Caso Processos Habilitadores BAI01 - Gerenciar Programas e Projetos 31 / 41
  32. 32. Cobit 5 Rodrigo da Silva Pinto Histórico Framework Modelo de Capabilidade Processos Habilitadores Composição Frameworks ISACA Estudo de Caso Processos Habilitadores BAI01 - Gerenciar Programas e Projetos 32 / 41
  33. 33. Cobit 5 Rodrigo da Silva Pinto Histórico Framework Modelo de Capabilidade Processos Habilitadores Composição Frameworks ISACA Estudo de Caso Processos Habilitadores BAI01 - Gerenciar Programas e Projetos 33 / 41
  34. 34. Cobit 5 Rodrigo da Silva Pinto Histórico Framework Modelo de Capabilidade Processos Habilitadores Composição Frameworks ISACA Estudo de Caso Agenda 1 Histórico 2 Framework 3 Modelo de Capabilidade 4 Processos Habilitadores 5 Composição Frameworks ISACA 6 Estudo de Caso 34 / 41
  35. 35. Cobit 5 Rodrigo da Silva Pinto Histórico Framework Modelo de Capabilidade Processos Habilitadores Composição Frameworks ISACA Estudo de Caso Composição e outros Frameworks ISACA Figura 14: Composição de outros frameworks no Cobit 5 35 / 41
  36. 36. Cobit 5 Rodrigo da Silva Pinto Histórico Framework Modelo de Capabilidade Processos Habilitadores Composição Frameworks ISACA Estudo de Caso Agenda 1 Histórico 2 Framework 3 Modelo de Capabilidade 4 Processos Habilitadores 5 Composição Frameworks ISACA 6 Estudo de Caso 36 / 41
  37. 37. Cobit 5 Rodrigo da Silva Pinto Histórico Framework Modelo de Capabilidade Processos Habilitadores Composição Frameworks ISACA Estudo de Caso Estudo de Caso Avaliação da Capacidade de Processos de Governança Corporativa de TI baseada no Cobit 5 Autores: Diana Leite Nunes dos Santos (UCB) e João Souza Neto (UCB) Objetivo: Avaliar a aplicação do Cobit 5 em uma instituição pública federal brasileira pertencente ao Ministério Público da União 37 / 41
  38. 38. Cobit 5 Rodrigo da Silva Pinto Histórico Framework Modelo de Capabilidade Processos Habilitadores Composição Frameworks ISACA Estudo de Caso Estudo de Caso Figura 15: Níveis de capacidade, atributos de processo e escala de medição 38 / 41
  39. 39. Cobit 5 Rodrigo da Silva Pinto Histórico Framework Modelo de Capabilidade Processos Habilitadores Composição Frameworks ISACA Estudo de Caso Estudo de Caso Figura 16: Níveis desejados vs. Níveis alcançados 39 / 41
  40. 40. Cobit 5 Rodrigo da Silva Pinto Histórico Framework Modelo de Capabilidade Processos Habilitadores Composição Frameworks ISACA Estudo de Caso Estudo de Caso Cobit 4.1 Nível 2 Avaliação relativamente rápida Resultados baseados em consenso amplo 40 / 41
  41. 41. Cobit 5 Rodrigo da Silva Pinto Histórico Framework Modelo de Capabilidade Processos Habilitadores Composição Frameworks ISACA Estudo de Caso Estudo de Caso Cobit 4.1 Nível 2 Avaliação relativamente rápida Resultados baseados em consenso amplo Cobit 5 40% dos processos - Nível 0 60% dos processos - Nível 1 Avaliação mais demorada e detalhada Resultados são baseados em componentes mensuráveis 40 / 41
  42. 42. Cobit 5 Rodrigo da Silva Pinto Histórico Framework Modelo de Capabilidade Processos Habilitadores Composição Frameworks ISACA Estudo de Caso Agradecimentos Prof. Dr. Napoleão Verardi Galegale Profa. Dra. Marília Macorin de Azevedo Prof. Dr. Marcelo Duduchi Feitosa Obrigado! 41 / 41

×