ASI - Simulação

278 visualizações

Publicada em

ASI - Simulação

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
278
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
55
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

ASI - Simulação

  1. 1. Administração de Sistemas de Informação Simulação Prof. Rodrigo Pinto de Carvalho rpinto.carvalho@gmail.com profrodrigocarvalho.blogspot.com.br
  2. 2. Simular • Abstrair e Estimar • Prever • Parametrizar • Decidir• Decidir • EXEMPLOS
  3. 3. Simulação • consiste em empregar formalizações em computadores, tais como expressões matemáticas ou especificações formalizadas, • construir um modelo computacional que• construir um modelo computacional que corresponda à situação real que se deseja simular.
  4. 4. Caso – Serviço - Atendimento • Atendentes: 3 • Atendimento: 6 por hora/posto • Chegadas: 20 por hora • Início atendimento: 8:00• Início atendimento: 8:00 • Final atendimento: 17:00 • Limitações análise ?
  5. 5. Benefícios • Uso obrigatório da visão sistêmica e rapidez de operação. • A visão global e as restrições gerais são consideradas em todas as execuções de um modelo bem definido.modelo bem definido. • Liberdade de definição de modelos. Não existe um modelo pré-existente obrigatório; • Pode-se criar, modificar parâmetros, retornar a situações anteriores, tudo em nome da flexibilidade
  6. 6. Benefícios • Problemas não estruturados também podem ser simulados. Não é exigido conhecimento total do modelo para conseguir conclusões da simulação • Diagnosticar problemas. A simulação pode apontar falhas e explorar possibilidades naapontar falhas e explorar possibilidades na aplicação de processos administrativos e projetos; • Análise de investimentos e construção de consensos. Novas diretrizes podem ser traçadas· • Treinamento de equipes.
  7. 7. Complexidades • Não trivialidade da solução. O processo de modelagem e simulação é uma tarefa complexa que exige um projeto cuidadoso. • Todo processo de mudança é por natureza difícil. Necessário engajamento da alta direção • Gestores tornarem-se dependentes do simulador, engessando• Gestores tornarem-se dependentes do simulador, engessando a habilidade de decisão e de análise; • Possível grande esforço de re-projeto, manutenções e definição de novos modelos caso ocorra uma alteração de mercado, legislação ou decisão interna;
  8. 8. Complexidades • O usuário do simulador encontrar dificuldade de operação ou de entendimento dos resultados apresentados • O simulador pode tornar-se desatualizado se• O simulador pode tornar-se desatualizado se não alimentado ou se não utilizado corretamente; • Se o simulador possuir problemas de projeto e sua falha não for detectada = decisão errada.
  9. 9. Referências DRUCKER, Peter. Pratica da Administração de empresa. 1ª ed. São Paulo: Pioneira, 1998. JOAO, Belmiro N. Sistemas de Informaçao. 1 ed. São Paulo: Pearson Brasil , 2012 LAUDON, KENNETH; LAUDON, Jane Price. Sistemas de Informações Gerenciais. São Paulo: Pearson, 2009. OLIVEIRA, Djalma de Pinho Rebouças de. Sistemas de informações gerenciais: estratégias, táticas,OLIVEIRA, Djalma de Pinho Rebouças de. Sistemas de informações gerenciais: estratégias, táticas, operacionais. 7. ed. São Paulo: Atlas, 2000. PALMISANO, Angelo & ROSINI, Alessandro Marco. Administração de Sistemas de Informação. 1 ed. São Paulo: Cengage, 2011 REYNOLDS, George W. & STAIR, Ralph M. Princípios de Sistemas de Informação. 9 ed. São Paulo: Cengage, 2011. STAIR, RALPH M.; REYNOLDS, GEORGE W. Princípios de sistemas de informação. 4a ed.,ltc: 2002.

×