Clientes Inconvenientes <ul><li>Trabalho realizado por: </li></ul><ul><li>Sara Resende </li></ul><ul><li>Rodíca Vitan </li...
<ul><li>Os clientes são importantes para o negócio porque representam a ligação mais forte entre o empregado e o dinheiro,...
<ul><li>Como lidar com esse tipo de clientes? </li></ul><ul><li>É esse o objectivo do nosso trabalho, conseguir transmitir...
<ul><li>O sabe tudo </li></ul><ul><li>Possui um conhecimento infinito capaz de irritar o mais calmo dos monges budistas.  ...
<ul><li>O negociador </li></ul><ul><li>Simpáticas palmadinhas nas costas, gargalhadas indiscretas e piadas sem graça são m...
<ul><li>O esquecido </li></ul><ul><li>Infelizmente, é um tipo de cliente muito comum. Sofre de amnésia no dia do pagamento...
<ul><li>O desesperado </li></ul><ul><li>Mal começou o trabalho e ele já quer saber se o prazo vai ser cumprido. Liga dez v...
<ul><li>Aquilo que é fundamental para ser um bom profissional, é corresponder às necessidades dos clientes, conhecer bem o...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Clientes Inconvenientes Trab.

1.471 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.471
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Clientes Inconvenientes Trab.

  1. 1. Clientes Inconvenientes <ul><li>Trabalho realizado por: </li></ul><ul><li>Sara Resende </li></ul><ul><li>Rodíca Vitan </li></ul><ul><li>David Álvares </li></ul><ul><li>João Loureiro </li></ul>
  2. 2. <ul><li>Os clientes são importantes para o negócio porque representam a ligação mais forte entre o empregado e o dinheiro, pois são eles que pagam e esperam receber um bom trabalho em troca. </li></ul><ul><li>Manter o cliente satisfeito não é apenas uma questão de educação, é a peça chave para atingir os nossos objectivos no negócio e fazer dinheiro. </li></ul><ul><li>Um dos grandes desafios dos vendedores é o atendimento de clientes considerados difíceis ou inconvenientes. </li></ul>
  3. 3. <ul><li>Como lidar com esse tipo de clientes? </li></ul><ul><li>É esse o objectivo do nosso trabalho, conseguir transmitir qual a melhor forma de lidar com um cliente inadequado. </li></ul><ul><li>Agindo sempre de uma forma profissional e educada. </li></ul><ul><li>Não é fácil lidar com clientes zangados, mas também não é uma missão impossível. </li></ul>
  4. 4. <ul><li>O sabe tudo </li></ul><ul><li>Possui um conhecimento infinito capaz de irritar o mais calmo dos monges budistas. </li></ul><ul><li>Pensa que sabe mais sobre o trabalho do que o empregado e tem sempre uma maneira melhor e mais inteligente de executar uma tarefa. </li></ul><ul><li>Táctica: Ouve as ideias porque elas podem servir para alguma coisa. Entretanto, deixa bem claro que é o empregado que é o profissional, que sabe o que faz e que o processo que está a utilizar, produzira um bom resultado. Se o cliente continuar a interferir, diz que podes ouvir todas as suas sugestões de mudanças depois do trabalho estar pronto. </li></ul>
  5. 5. <ul><li>O negociador </li></ul><ul><li>Simpáticas palmadinhas nas costas, gargalhadas indiscretas e piadas sem graça são marcas registadas. Intimidade é sua principal armadilha. Começa com um convite para uma cerveja no bar da esquina e termina com a história das dívidas que o sócio deixou antes de fugir para África que vem acompanhada de um pedido de atraso no pagamento. </li></ul><ul><li>Táctica : Não crie laços de amizade. Tratá-lo por você para provar que sua relação com ele é estritamente profissional. Recuse convites com desculpas educadas e não ceda a chantagem emocional. </li></ul>
  6. 6. <ul><li>O esquecido </li></ul><ul><li>Infelizmente, é um tipo de cliente muito comum. Sofre de amnésia no dia do pagamento, que pode estender-se por mais de uma semana. </li></ul><ul><li>Quando cobrado, costuma repetir frases do tipo “A secretária esqueceu-se de pôr o cheque no correio” ou “Ah sim, vou fazer isso hoje”. Se achas que és uma pessoa muito optimista ou que acreditas no Pai Natal, podes alargar o prazo normal de 30 dias para dois meses ou três meses. Se estiveres a precisar de dinheiro, é melhor protegeres-te desse tipo de clientes. </li></ul><ul><li>Táctica: Incluir uma cláusula de depósito no contrato, determinando a data do pagamento e multa por atraso. Também pode-se exigir parte do pagamento adiantado sem problemas. </li></ul>
  7. 7. <ul><li>O desesperado </li></ul><ul><li>Mal começou o trabalho e ele já quer saber se o prazo vai ser cumprido. Liga dez vezes ao dia para saber o que se está a passar, entope a caixa postal do telemóvel de recados e entra em pânico se se disser que há algum problema. </li></ul><ul><li>Táctica: não se deixe contagiar pelo interesse do cliente. Antes de atender o telefone, respire fundo e conte até dez. Use o contracto para mostrar que as coisas estão a correr conforme planeado e, se estiver com problemas, assegure sempre que tudo está sobre controle (mesmo que não esteja). </li></ul>
  8. 8. <ul><li>Aquilo que é fundamental para ser um bom profissional, é corresponder às necessidades dos clientes, conhecer bem os produtos ou serviços, acompanhar e cuidar dos clientes e, naturalmente, solucionar os seus problemas. </li></ul><ul><li>Pontos-chave de aprendizagem: </li></ul><ul><li>Ser honesto e sincero; </li></ul><ul><li>Conhecer o produto ou serviço; </li></ul><ul><li>Ouvir antes de vender; </li></ul><ul><li>Fazer o seguimento das solicitações do cliente, acompanhando a situação até ver as suas  necessidades satisfeitas; </li></ul><ul><li>Tomar a iniciativa e procurar soluções para os problemas; </li></ul><ul><li>Aproveitar todas as oportunidades para fazer negócio. </li></ul>

×