O Profissional da QualidadeO Profissional da Qualidade
e sua Atuação em ume sua Atuação em um
Mundo GlobalizadoMundo Globa...
S E Q U Ê N C I AS E Q U Ê N C I A
1 Algumas Reflexões1 Algumas Reflexões
2 Conhecimento e Inovação2 Conhecimento e Inovaç...
A cada dia, osA cada dia, os meios de comunicaçãomeios de comunicação estãoestão
globalizandoglobalizando mais o nosso mun...
Busca de melhores oportunidades profissionais,Busca de melhores oportunidades profissionais,
dentro e fora do país de orig...
A quantidade de informação geradaA quantidade de informação gerada
anualmente é maior do que a acumuladaanualmente é maior...
Devemos nos atualizar sempre e nãoDevemos nos atualizar sempre e não
ficar apenas repetindo a experiênciaficar apenas repe...
S E Q U Ê N C I AS E Q U Ê N C I A
1 Algumas Reflexões1 Algumas Reflexões
2 Conhecimento e Inovação2 Conhecimento e Inovaç...
Qual é a real diferença entre . . .Qual é a real diferença entre . . .
. . . a TV de uma marca ou de outra marca?. . . a T...
Quem faz apenasQuem faz apenas benchmarkingbenchmarking sese
contenta em perseguir o 1º.contenta em perseguir o 1º.
Inovaç...
S E Q U Ê N C I AS E Q U Ê N C I A
1 Algumas Reflexões1 Algumas Reflexões
2 Conhecimento e Inovação2 Conhecimento e Inovaç...
EVOLUÇÃO DOEVOLUÇÃO DO
CONCEITOCONCEITO
QUALIDADEQUALIDADE
Gestão EstratégicaGestão Estratégica
da Qualidadeda Qualidade
Q...
ConhecimentoConhecimento
ConhecimentoConhecimento
ConhecimentoConhecimento
ConhecimentoConhecimento
ConhecimentoConhecimen...
S E Q U Ê N C I AS E Q U Ê N C I A
1 Algumas Reflexões1 Algumas Reflexões
2 Conhecimento e Inovação2 Conhecimento e Inovaç...
22 -- SISTEMA DA QUALIDADESISTEMA DA QUALIDADE
OS SEIS VETORES DO CONHECIMENTOOS SEIS VETORES DO CONHECIMENTO
11 -- GESTÃO...
Fundamentos da qualidade.Fundamentos da qualidade. Evolução a partir do controleEvolução a partir do controle
da qualidade...
Comunicação com todos os níveis da organização.Comunicação com todos os níveis da organização.
Conhecimento e aplicação de...
11 -- GESTÃO E LIDERANÇAGESTÃO E LIDERANÇA
OS SEIS VETORES DO CONHECIMENTOOS SEIS VETORES DO CONHECIMENTO
22 -- SISTEMA DA...
Elementos e documentação.Elementos e documentação. Compreensão e definição.Compreensão e definição.
Identificação dos docu...
Auditoria da qualidade.Auditoria da qualidade. Tipos de auditoria.Tipos de auditoria.
Responsabilidades e participantes. P...
11 -- GESTÃO E LIDERANÇAGESTÃO E LIDERANÇA
22 -- SISTEMA DA QUALIDADESISTEMA DA QUALIDADE
OS SEIS VETORES DO CONHECIMENTOO...
Definição das características necessárias a novosDefinição das características necessárias a novos
produtos e processos.pr...
Verificação do projeto.Verificação do projeto. Aplicação de teste de validação deAplicação de teste de validação de
novos ...
11 -- GESTÃO E LIDERANÇAGESTÃO E LIDERANÇA
22 -- SISTEMA DA QUALIDADESISTEMA DA QUALIDADE
OS SEIS VETORES DO CONHECIMENTOO...
Ferramentas de controle.Ferramentas de controle. Implantação de planos deImplantação de planos de
controle. Desenvolviment...
Medição e Teste.Medição e Teste. Conhecimento dos principaisConhecimento dos principais
instrumentos de medição. Testes de...
11 -- GESTÃO E LIDERANÇAGESTÃO E LIDERANÇA
22 -- SISTEMA DA QUALIDADESISTEMA DA QUALIDADE
OS SEIS VETORES DO CONHECIMENTOO...
Ferramentas da qualidade.Ferramentas da qualidade. As 7 ferramentas de controle daAs 7 ferramentas de controle da
qualidad...
11 -- GESTÃO E LIDERANÇAGESTÃO E LIDERANÇA
22 -- SISTEMA DA QUALIDADESISTEMA DA QUALIDADE
OS SEIS VETORES DO CONHECIMENTOO...
Estudo dos dados discretos e contínuos.Estudo dos dados discretos e contínuos. Métodos deMétodos de
coleta de dados. Medid...
Decisão estatística.Decisão estatística. Estimativas e intervalos de confiança.Estimativas e intervalos de confiança.
Test...
Estudo daEstudo da capabilidadecapabilidade dos processos.dos processos. Limites deLimites de
especificação. Índices deesp...
11 -- GESTÃO E LIDERANÇAGESTÃO E LIDERANÇA
22 -- SISTEMA DA QUALIDADESISTEMA DA QUALIDADE
OS SEIS VETORES DO CONHECIMENTOO...
O exame para a certificaçãoO exame para a certificação
ASQ / CQE agora é oferecidoASQ / CQE agora é oferecidoASQ / CQE ago...
S E Q U Ê N C I AS E Q U Ê N C I A
1 Algumas Reflexões1 Algumas Reflexões
2 Conhecimento e Inovação2 Conhecimento e Inovaç...
“ Sou Black“ Sou Black BeltBelt (ou Engenheiro da Qualidade)(ou Engenheiro da Qualidade) pelapela
Instituição de Treinamen...
Uma das soluções adotadas temUma das soluções adotadas tem sidosido
““ certifiquecertifique--se pela ASQse pela ASQ ””
Uma...
•• MaiorMaior comunidadecomunidade dede profissionaisprofissionais dada
qualidadequalidade
•• 150150 paísespaíses
ASQASQ -...
PrincipalPrincipal
publicaçãopublicação
mundialmundial
em gestão daem gestão da
PrincipalPrincipal
publicaçãopublicação
mu...
Engenheiro daEngenheiro da QualidadeQualidade Engenheiro de ConfiabilidadeEngenheiro de Confiabilidade
EngenheiroEngenheir...
ALGUNS PARCEIROSALGUNS PARCEIROS
S E Q U Ê N C I AS E Q U Ê N C I A
1 Algumas Reflexões1 Algumas Reflexões
2 Conhecimento e Inovação2 Conhecimento e Inovaç...
3 estágios3 estágios 3 níveis de comprometimento3 níveis de comprometimento
EM NOSSO DIA A DIA . . .EM NOSSO DIA A DIA . ....
Disco rígido deDisco rígido de
55 MbytesMbytes dede 19561956
O QUE É ISSO ?O QUE É ISSO ?
MelhorouMelhorou ouou
não melhor...
FIMFIM
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

O Profissional da Qualidade e sua Atuação em um Mundo Globalizado

729 visualizações

Publicada em

O Profissional da Qualidade e sua Atuação em um Mundo Globalizado 1 Algumas Reflexões,2 Conhecimento e Inovação,3 Evolução do Conceito Qualidade,
4 Os Vetores do Conhecimento,5 Certificando o Conhecimento...

Publicada em: Carreiras
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
729
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
20
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O Profissional da Qualidade e sua Atuação em um Mundo Globalizado

  1. 1. O Profissional da QualidadeO Profissional da Qualidade e sua Atuação em ume sua Atuação em um Mundo GlobalizadoMundo Globalizado Evandro Lorentz, ASQEvandro Lorentz, ASQ FellowFellow, CQE, CQA, CQE, CQA MaioMaio / 2011/ 2011
  2. 2. S E Q U Ê N C I AS E Q U Ê N C I A 1 Algumas Reflexões1 Algumas Reflexões 2 Conhecimento e Inovação2 Conhecimento e Inovação 1 Algumas Reflexões1 Algumas Reflexões 2 Conhecimento e Inovação2 Conhecimento e Inovação2 Conhecimento e Inovação2 Conhecimento e Inovação 3 Evolução do Conceito Qualidade3 Evolução do Conceito Qualidade 4 Os Vetores do Conhecimento4 Os Vetores do Conhecimento 5 Certificando o Conhecimento5 Certificando o Conhecimento 6 Considerações Finais6 Considerações Finais 2 Conhecimento e Inovação2 Conhecimento e Inovação 3 Evolução do Conceito Qualidade3 Evolução do Conceito Qualidade 4 Os Vetores do Conhecimento4 Os Vetores do Conhecimento 5 Certificando o Conhecimento5 Certificando o Conhecimento 6 Considerações Finais6 Considerações Finais
  3. 3. A cada dia, osA cada dia, os meios de comunicaçãomeios de comunicação estãoestão globalizandoglobalizando mais o nosso mundo.mais o nosso mundo. Cresce a luta pela inclusão digital.Cresce a luta pela inclusão digital. INTERNETINTERNET São geradasSão geradas mais mensagens em ummais mensagens em um diadia do que o número de pessoas no planeta.do que o número de pessoas no planeta. FacebookFacebook ee MySpaceMySpace são “países”são “países” entre os mais populosos do mundo.entre os mais populosos do mundo. LinkedinLinkedin atingiu 100 milhões de profissionais.atingiu 100 milhões de profissionais.
  4. 4. Busca de melhores oportunidades profissionais,Busca de melhores oportunidades profissionais, dentro e fora do país de origem.dentro e fora do país de origem. Redução do tempo médio de trabalho em uma empresa.Redução do tempo médio de trabalho em uma empresa. O MERCADO DE TRABALHOO MERCADO DE TRABALHO Redução do tempo médio de trabalho em uma empresa.Redução do tempo médio de trabalho em uma empresa. EUA: 50% dos profissionais trabalhamEUA: 50% dos profissionais trabalham há menos de 5 anos na empresa.há menos de 5 anos na empresa. ONU: os estudantes de hoje terãoONU: os estudantes de hoje terão 10 a 14 empregos até os 38 anos.10 a 14 empregos até os 38 anos.
  5. 5. A quantidade de informação geradaA quantidade de informação gerada anualmente é maior do que a acumuladaanualmente é maior do que a acumulada nosnos últimos 5.000 anosúltimos 5.000 anos.. CONHECIMENTOCONHECIMENTO nosnos últimos 5.000 anosúltimos 5.000 anos.. A informação técnicaA informação técnica dobra a cada 2 anosdobra a cada 2 anos.. O conhecimento cresceO conhecimento cresce exponencialmente.exponencialmente.
  6. 6. Devemos nos atualizar sempre e nãoDevemos nos atualizar sempre e não ficar apenas repetindo a experiênciaficar apenas repetindo a experiência e o conhecimento que já tínhamos.e o conhecimento que já tínhamos. Uma observação . . .Uma observação . . . Se não . . . obsolescência profissional.Se não . . . obsolescência profissional. Comunicação globalComunicação global Negócio globalNegócio global Profissional globalProfissional global
  7. 7. S E Q U Ê N C I AS E Q U Ê N C I A 1 Algumas Reflexões1 Algumas Reflexões 2 Conhecimento e Inovação2 Conhecimento e Inovação 1 Algumas Reflexões1 Algumas Reflexões 2 Conhecimento e Inovação2 Conhecimento e Inovação2 Conhecimento e Inovação2 Conhecimento e Inovação 3 Evolução do Conceito Qualidade3 Evolução do Conceito Qualidade 4 Os Vetores do Conhecimento4 Os Vetores do Conhecimento 5 Certificando o Conhecimento5 Certificando o Conhecimento 6 Considerações Finais6 Considerações Finais 2 Conhecimento e Inovação2 Conhecimento e Inovação 3 Evolução do Conceito Qualidade3 Evolução do Conceito Qualidade 4 Os Vetores do Conhecimento4 Os Vetores do Conhecimento 5 Certificando o Conhecimento5 Certificando o Conhecimento 6 Considerações Finais6 Considerações Finais
  8. 8. Qual é a real diferença entre . . .Qual é a real diferença entre . . . . . . a TV de uma marca ou de outra marca?. . . a TV de uma marca ou de outra marca? . . . o carro popular deste ou daquele fabricante?. . . o carro popular deste ou daquele fabricante? Todas as empresas podem ter equipamentosTodas as empresas podem ter equipamentos semelhantes.semelhantes. Isso não as diferencia.Isso não as diferencia. O que as diferencia é a capacidade de inovação,O que as diferencia é a capacidade de inovação, único fatorúnico fator de competitividade real para as empresas.de competitividade real para as empresas.
  9. 9. Quem faz apenasQuem faz apenas benchmarkingbenchmarking sese contenta em perseguir o 1º.contenta em perseguir o 1º. InovaçãoInovação é o que faz você ficar em 1º.é o que faz você ficar em 1º.InovaçãoInovação é o que faz você ficar em 1º.é o que faz você ficar em 1º. Quem inova são as pessoas e não as máquinas.Quem inova são as pessoas e não as máquinas. Para inovar é preciso ter conhecimento.Para inovar é preciso ter conhecimento. A economia é baseada no conhecimento.A economia é baseada no conhecimento.
  10. 10. S E Q U Ê N C I AS E Q U Ê N C I A 1 Algumas Reflexões1 Algumas Reflexões 2 Conhecimento e Inovação2 Conhecimento e Inovação 1 Algumas Reflexões1 Algumas Reflexões 2 Conhecimento e Inovação2 Conhecimento e Inovação2 Conhecimento e Inovação2 Conhecimento e Inovação 3 Evolução do Conceito Qualidade3 Evolução do Conceito Qualidade 4 Os Vetores do Conhecimento4 Os Vetores do Conhecimento 5 Certificando o Conhecimento5 Certificando o Conhecimento 6 Considerações Finais6 Considerações Finais 2 Conhecimento e Inovação2 Conhecimento e Inovação 3 Evolução do Conceito Qualidade3 Evolução do Conceito Qualidade 4 Os Vetores do Conhecimento4 Os Vetores do Conhecimento 5 Certificando o Conhecimento5 Certificando o Conhecimento 6 Considerações Finais6 Considerações Finais
  11. 11. EVOLUÇÃO DOEVOLUÇÃO DO CONCEITOCONCEITO QUALIDADEQUALIDADE Gestão EstratégicaGestão Estratégica da Qualidadeda Qualidade Qualidade HolísticaQualidade Holística Garantia da QualidadeGarantia da Qualidade Controle do ProcessoControle do Processo Inspeção do ProdutoInspeção do Produto da Qualidadeda Qualidade NecessidadeNecessidade de maisde mais conhecimentoconhecimento
  12. 12. ConhecimentoConhecimento ConhecimentoConhecimento ConhecimentoConhecimento ConhecimentoConhecimento ConhecimentoConhecimento . . . mas qual é o conhecimento. . . mas qual é o conhecimento necessário ao profissionalnecessário ao profissional da qualidadeda qualidade ConhecimentoConhecimento
  13. 13. S E Q U Ê N C I AS E Q U Ê N C I A 1 Algumas Reflexões1 Algumas Reflexões 2 Conhecimento e Inovação2 Conhecimento e Inovação 1 Algumas Reflexões1 Algumas Reflexões 2 Conhecimento e Inovação2 Conhecimento e Inovação2 Conhecimento e Inovação2 Conhecimento e Inovação 3 Evolução do Conceito Qualidade3 Evolução do Conceito Qualidade 4 Os Vetores do Conhecimento4 Os Vetores do Conhecimento 5 Certificando o Conhecimento5 Certificando o Conhecimento 6 Considerações Finais6 Considerações Finais 2 Conhecimento e Inovação2 Conhecimento e Inovação 3 Evolução do Conceito Qualidade3 Evolução do Conceito Qualidade 4 Os Vetores do Conhecimento4 Os Vetores do Conhecimento 5 Certificando o Conhecimento5 Certificando o Conhecimento 6 Considerações Finais6 Considerações Finais
  14. 14. 22 -- SISTEMA DA QUALIDADESISTEMA DA QUALIDADE OS SEIS VETORES DO CONHECIMENTOOS SEIS VETORES DO CONHECIMENTO 11 -- GESTÃO E LIDERANÇAGESTÃO E LIDERANÇA 55 -- MELHORIAMELHORIA CONTÍNUACONTÍNUA 33 -- PROJETO DOPROJETO DO PRODUTO E DOPRODUTO E DO PROCESSOPROCESSO 66 -- MÉTODOS QUANTITATIVOSMÉTODOS QUANTITATIVOS 44 -- CONTROLE DOCONTROLE DO PRODUTO E DOPRODUTO E DO PROCESSOPROCESSO
  15. 15. Fundamentos da qualidade.Fundamentos da qualidade. Evolução a partir do controleEvolução a partir do controle da qualidade. Os gurus da qualidade e suasda qualidade. Os gurus da qualidade e suas contribuições.contribuições. VETOR 1: GESTÃO E LIDERANÇA ( 1/2 )VETOR 1: GESTÃO E LIDERANÇA ( 1/2 ) Sistema de Gestão da Qualidade.Sistema de Gestão da Qualidade. PlanejamentoPlanejamento estratégico: políticas e objetivos. Técnicas deestratégico: políticas e objetivos. Técnicas de desdobramento. Benchmarking. Necessidades dasdesdobramento. Benchmarking. Necessidades das partes interessadas. Sistemas de informação.partes interessadas. Sistemas de informação. Princípios e técnicas de liderança e de facilitação.Princípios e técnicas de liderança e de facilitação. Ética eÉtica e conduta profissional. Tipos de liderança. Ação do líder.conduta profissional. Tipos de liderança. Ação do líder. Resolução de conflitos.Resolução de conflitos. BrainstormingBrainstorming..
  16. 16. Comunicação com todos os níveis da organização.Comunicação com todos os níveis da organização. Conhecimento e aplicação de métodos de comunicação.Conhecimento e aplicação de métodos de comunicação. Identificação das barreiras que se opõem à melhoria daIdentificação das barreiras que se opõem à melhoria da qualidade.qualidade. VETOR 1: GESTÃO E LIDERANÇA ( 2/2 )VETOR 1: GESTÃO E LIDERANÇA ( 2/2 ) Relações com os consumidores.Relações com os consumidores. Definição e aplicação daDefinição e aplicação da medição da satisfação. Desdobramento da funçãomedição da satisfação. Desdobramento da função qualidade (QFD). Análise da satisfação do cliente.qualidade (QFD). Análise da satisfação do cliente. Gestão dos fornecedores.Gestão dos fornecedores. Qualificação e certificação.Qualificação e certificação. Melhoria do desempenho do fornecedor.Melhoria do desempenho do fornecedor.
  17. 17. 11 -- GESTÃO E LIDERANÇAGESTÃO E LIDERANÇA OS SEIS VETORES DO CONHECIMENTOOS SEIS VETORES DO CONHECIMENTO 22 -- SISTEMA DA QUALIDADESISTEMA DA QUALIDADE 55 -- MELHORIAMELHORIA CONTÍNUACONTÍNUA 33 -- PROJETO DOPROJETO DO PRODUTO E DOPRODUTO E DO PROCESSOPROCESSO 66 -- MÉTODOS QUANTITATIVOSMÉTODOS QUANTITATIVOS 44 -- CONTROLE DOCONTROLE DO PRODUTO E DOPRODUTO E DO PROCESSOPROCESSO
  18. 18. Elementos e documentação.Elementos e documentação. Compreensão e definição.Compreensão e definição. Identificação dos documentos necessários, incluindoIdentificação dos documentos necessários, incluindo VETOR 2: SISTEMA DA QUALIDADE ( 1/2 )VETOR 2: SISTEMA DA QUALIDADE ( 1/2 ) políticas, procedimentos, registros. Gestão dapolíticas, procedimentos, registros. Gestão da configuração,configuração, Normas da qualidade.Normas da qualidade. Conhecimento dos pontosConhecimento dos pontos importantes da série ISO 9000. Introdução aos prêmiosimportantes da série ISO 9000. Introdução aos prêmios nacionais da qualidade.nacionais da qualidade.
  19. 19. Auditoria da qualidade.Auditoria da qualidade. Tipos de auditoria.Tipos de auditoria. Responsabilidades e participantes. Planejamento eResponsabilidades e participantes. Planejamento e execução. Relatório e acompanhamento. Verificação dasexecução. Relatório e acompanhamento. Verificação das ações corretivas.ações corretivas. VETOR 2: SISTEMA DA QUALIDADE ( 2/2 )VETOR 2: SISTEMA DA QUALIDADE ( 2/2 ) ações corretivas.ações corretivas. Custo da qualidade.Custo da qualidade. Conceitos, categorias e interpretação.Conceitos, categorias e interpretação. Treinamento da qualidade.Treinamento da qualidade. Identificação dos treinamentosIdentificação dos treinamentos necessários. Desenvolvimento e análise dosnecessários. Desenvolvimento e análise dos treinamentos.treinamentos.
  20. 20. 11 -- GESTÃO E LIDERANÇAGESTÃO E LIDERANÇA 22 -- SISTEMA DA QUALIDADESISTEMA DA QUALIDADE OS SEIS VETORES DO CONHECIMENTOOS SEIS VETORES DO CONHECIMENTO 55 -- MELHORIAMELHORIA CONTÍNUACONTÍNUA 66 -- MÉTODOS QUANTITATIVOSMÉTODOS QUANTITATIVOS 44 -- CONTROLE DOCONTROLE DO PRODUTO E DOPRODUTO E DO PROCESSOPROCESSO 33 -- PROJETO DOPROJETO DO PRODUTO E DOPRODUTO E DO PROCESSOPROCESSO
  21. 21. Definição das características necessárias a novosDefinição das características necessárias a novos produtos e processos.produtos e processos. Entradas para o projeto e análise.Entradas para o projeto e análise. VETOR 3: PROJETO PRODUTO / PROCESSO ( 1/2 )VETOR 3: PROJETO PRODUTO / PROCESSO ( 1/2 ) produtos e processos.produtos e processos. Entradas para o projeto e análise.Entradas para o projeto e análise. Aplicação das necessidades dos consumidores,Aplicação das necessidades dos consumidores, requisitos legais, etc.requisitos legais, etc. Desenhos e especificações técnicasDesenhos e especificações técnicas. Interpretação.. Interpretação. Dimensionamento e tolerância.Dimensionamento e tolerância.
  22. 22. Verificação do projeto.Verificação do projeto. Aplicação de teste de validação deAplicação de teste de validação de novos produtos e processos.novos produtos e processos. VETOR 3: PROJETO PRODUTO / PROCESSO ( 2/2 )VETOR 3: PROJETO PRODUTO / PROCESSO ( 2/2 ) Confiabilidade eConfiabilidade e ManutenabilidadeManutenabilidade.. Técnicas para manter eTécnicas para manter e melhorar a confiabilidade. Indicadores (MTTF, MTBF,melhorar a confiabilidade. Indicadores (MTTF, MTBF, etc.). A curva da banheira. Estudos sobre FMEA, árvoreetc.). A curva da banheira. Estudos sobre FMEA, árvore de falhas, etc.de falhas, etc.
  23. 23. 11 -- GESTÃO E LIDERANÇAGESTÃO E LIDERANÇA 22 -- SISTEMA DA QUALIDADESISTEMA DA QUALIDADE OS SEIS VETORES DO CONHECIMENTOOS SEIS VETORES DO CONHECIMENTO 55 -- MELHORIAMELHORIA CONTÍNUACONTÍNUA 33 -- PROJETO DOPROJETO DO PRODUTO E DOPRODUTO E DO PROCESSOPROCESSO 66 -- MÉTODOS QUANTITATIVOSMÉTODOS QUANTITATIVOS 44 -- CONTROLE DOCONTROLE DO PRODUTO E DOPRODUTO E DO PROCESSOPROCESSO
  24. 24. Ferramentas de controle.Ferramentas de controle. Implantação de planos deImplantação de planos de controle. Desenvolvimento de procedimentos econtrole. Desenvolvimento de procedimentos e instruções de trabalho.instruções de trabalho. VETOR 4: CONTROLE PRODUTO / PROCESSO ( 1/2 )VETOR 4: CONTROLE PRODUTO / PROCESSO ( 1/2 ) Controle de material.Controle de material. Identificação eIdentificação e reatreabilidadereatreabilidade.. Segregação. Classificação de defeitos. Destinação deSegregação. Classificação de defeitos. Destinação de materiais.materiais. Inspeção por amostragem.Inspeção por amostragem. Conceitos. Planos e normas deConceitos. Planos e normas de inspeção. Utilização e interpretação.inspeção. Utilização e interpretação.
  25. 25. Medição e Teste.Medição e Teste. Conhecimento dos principaisConhecimento dos principais instrumentos de medição. Testes destrutivos e nãoinstrumentos de medição. Testes destrutivos e não destrutivos.destrutivos. VETOR 4: CONTROLE PRODUTO / PROCESSO ( 2/2 )VETOR 4: CONTROLE PRODUTO / PROCESSO ( 2/2 ) Metrologia.Metrologia. Sistemas de calibração. Padrões de calibraçãoSistemas de calibração. Padrões de calibração ee rastreabilidaderastreabilidade. Erro de medição.. Erro de medição. Análise do sistema de medição.Análise do sistema de medição. Cálculo e interpretação deCálculo e interpretação de estudos deestudos de R&RR&R. Desvios, linearidades, etc.. Desvios, linearidades, etc.
  26. 26. 11 -- GESTÃO E LIDERANÇAGESTÃO E LIDERANÇA 22 -- SISTEMA DA QUALIDADESISTEMA DA QUALIDADE OS SEIS VETORES DO CONHECIMENTOOS SEIS VETORES DO CONHECIMENTO 33 -- PROJETO DOPROJETO DO PRODUTO E DOPRODUTO E DO PROCESSOPROCESSO 66 -- MÉTODOS QUANTITATIVOSMÉTODOS QUANTITATIVOS 44 -- CONTROLE DOCONTROLE DO PRODUTO E DOPRODUTO E DO PROCESSOPROCESSO 55 -- MELHORIAMELHORIA CONTÍNUACONTÍNUA
  27. 27. Ferramentas da qualidade.Ferramentas da qualidade. As 7 ferramentas de controle daAs 7 ferramentas de controle da qualidade. As 7 ferramentas de gestão da qualidade.qualidade. As 7 ferramentas de gestão da qualidade. 5W5W--2H2H--1A.1A. Técnicas de melhoria contínua.Técnicas de melhoria contínua. TQM,TQM, kaizenkaizen, PDCA,, PDCA, leanlean VETOR 5: MELHORIA CONTÍNUA ( 1/1 )VETOR 5: MELHORIA CONTÍNUA ( 1/1 ) Técnicas de melhoria contínua.Técnicas de melhoria contínua. TQM,TQM, kaizenkaizen, PDCA,, PDCA, leanlean sixsix sigma, teoria das restrições, etc.sigma, teoria das restrições, etc. Ações corretivas.Ações corretivas. Identificação do problema, análise deIdentificação do problema, análise de falha, análise da causafalha, análise da causa--raiz. Verificação da efetividade.raiz. Verificação da efetividade. Ações preventivas.Ações preventivas. PokaPoka yokeyoke, projeto robusto, etc., projeto robusto, etc. Verificação da efetividade.Verificação da efetividade.
  28. 28. 11 -- GESTÃO E LIDERANÇAGESTÃO E LIDERANÇA 22 -- SISTEMA DA QUALIDADESISTEMA DA QUALIDADE OS SEIS VETORES DO CONHECIMENTOOS SEIS VETORES DO CONHECIMENTO 55 -- MELHORIAMELHORIA CONTÍNUACONTÍNUA 33 -- PROJETO DOPROJETO DO PRODUTO E DOPRODUTO E DO PROCESSOPROCESSO 66 -- MÉTODOS QUANTITATIVOSMÉTODOS QUANTITATIVOS 44 -- CONTROLE DOCONTROLE DO PRODUTO E DOPRODUTO E DO PROCESSOPROCESSO
  29. 29. Estudo dos dados discretos e contínuos.Estudo dos dados discretos e contínuos. Métodos deMétodos de coleta de dados. Medidas de tendência central e decoleta de dados. Medidas de tendência central e de dispersão. Teorema do limite central. Distribuições dedispersão. Teorema do limite central. Distribuições de frequência.frequência. VETOR 6: MÉTODOS QUANTITATIVOS ( 1/3 )VETOR 6: MÉTODOS QUANTITATIVOS ( 1/3 ) Conceitos.Conceitos. População. Amostra. Estatística. ValorPopulação. Amostra. Estatística. Valor esperado. Validação de conclusões estatísticas.esperado. Validação de conclusões estatísticas. Probabilidade.Probabilidade. Distribuições de probabilidade.Distribuições de probabilidade. Contínuas: normal,Contínuas: normal, uniforme,uniforme, esponencialesponencial,, WeibullWeibull,, quiqui quadrado, t dequadrado, t de StudentStudent, F, etc. Discretas: binomial, Poisson, etc., F, etc. Discretas: binomial, Poisson, etc.
  30. 30. Decisão estatística.Decisão estatística. Estimativas e intervalos de confiança.Estimativas e intervalos de confiança. Testes de hipóteses. Análise de variância. InterpretaçãoTestes de hipóteses. Análise de variância. Interpretação de resultados.de resultados. VETOR 6: MÉTODOS QUANTITATIVOS ( 2/3 )VETOR 6: MÉTODOS QUANTITATIVOS ( 2/3 ) Relacionamento entre variáveis.Relacionamento entre variáveis. Regressão linear.Regressão linear. Correlação. Análise de séries temporais.Correlação. Análise de séries temporais. Controle estatístico do processo.Controle estatístico do processo. Objetivos e benefícios.Objetivos e benefícios. Gráficos de controle. Análise.Gráficos de controle. Análise.
  31. 31. Estudo daEstudo da capabilidadecapabilidade dos processos.dos processos. Limites deLimites de especificação. Índices deespecificação. Índices de capabilidadecapabilidade e dee de VETOR 6: MÉTODOS QUANTITATIVOS ( 3/3 )VETOR 6: MÉTODOS QUANTITATIVOS ( 3/3 ) especificação. Índices deespecificação. Índices de capabilidadecapabilidade e dee de desempenho.desempenho. Projeto e análise de experimentos.Projeto e análise de experimentos. Planejamento ePlanejamento e organização de experimentos.organização de experimentos.
  32. 32. 11 -- GESTÃO E LIDERANÇAGESTÃO E LIDERANÇA 22 -- SISTEMA DA QUALIDADESISTEMA DA QUALIDADE OS SEIS VETORES DO CONHECIMENTOOS SEIS VETORES DO CONHECIMENTO Este é o Corpo de ConhecimentoEste é o Corpo de Conhecimento (( BoKBoK )) 55 -- MELHORIAMELHORIA CONTÍNUACONTÍNUA 33 -- PROJETO DOPROJETO DO PRODUTO E DOPRODUTO E DO PROCESSOPROCESSO 66 -- MÉTODOS QUANTITATIVOSMÉTODOS QUANTITATIVOS 44 -- CONTROLE DOCONTROLE DO PRODUTO E DOPRODUTO E DO PROCESSOPROCESSO (( BoKBoK )) da certificação ASQ / CQEda certificação ASQ / CQE CertifiedCertified QualityQuality EngineerEngineer
  33. 33. O exame para a certificaçãoO exame para a certificação ASQ / CQE agora é oferecidoASQ / CQE agora é oferecidoASQ / CQE agora é oferecidoASQ / CQE agora é oferecido emem portuguêsportuguês
  34. 34. S E Q U Ê N C I AS E Q U Ê N C I A 1 Algumas Reflexões1 Algumas Reflexões 2 Conhecimento e Inovação2 Conhecimento e Inovação 1 Algumas Reflexões1 Algumas Reflexões 2 Conhecimento e Inovação2 Conhecimento e Inovação2 Conhecimento e Inovação2 Conhecimento e Inovação 3 Evolução do Conceito Qualidade3 Evolução do Conceito Qualidade 4 Os Vetores do Conhecimento4 Os Vetores do Conhecimento 5 Certificando o Conhecimento5 Certificando o Conhecimento 6 Considerações Finais6 Considerações Finais 2 Conhecimento e Inovação2 Conhecimento e Inovação 3 Evolução do Conceito Qualidade3 Evolução do Conceito Qualidade 4 Os Vetores do Conhecimento4 Os Vetores do Conhecimento 5 Certificando o Conhecimento5 Certificando o Conhecimento 6 Considerações Finais6 Considerações Finais
  35. 35. “ Sou Black“ Sou Black BeltBelt (ou Engenheiro da Qualidade)(ou Engenheiro da Qualidade) pelapela Instituição de Treinamento X ou pela UniversidadeInstituição de Treinamento X ou pela Universidade Y,Y, situados no país Z ”situados no país Z ” “ Sou Black“ Sou Black BeltBelt (ou Engenheiro da Qualidade)(ou Engenheiro da Qualidade) pelapela Instituição de Treinamento X ou pela UniversidadeInstituição de Treinamento X ou pela Universidade Y,Y, situados no país Z ”situados no país Z ” Qual o significado desta afirmação para oQual o significado desta afirmação para o mundomundo,,Qual o significado desta afirmação para oQual o significado desta afirmação para o mundomundo,, ??Qual o significado desta afirmação para oQual o significado desta afirmação para o mundomundo,, por melhor que seja a Instituição ou Universidade?por melhor que seja a Instituição ou Universidade? Qual o significado desta afirmação para oQual o significado desta afirmação para o mundomundo,, por melhor que seja a Instituição ou Universidade?por melhor que seja a Instituição ou Universidade? Como as empresas transnacionais podemComo as empresas transnacionais podem comparar conhecimentos de seuscomparar conhecimentos de seus profissionais em suas dezenas de sitesprofissionais em suas dezenas de sites distribuídos aodistribuídos ao redor doredor do mundomundo?? Como as empresas transnacionais podemComo as empresas transnacionais podem comparar conhecimentos de seuscomparar conhecimentos de seus profissionais em suas dezenas de sitesprofissionais em suas dezenas de sites distribuídos aodistribuídos ao redor doredor do mundomundo?? ?? ??
  36. 36. Uma das soluções adotadas temUma das soluções adotadas tem sidosido ““ certifiquecertifique--se pela ASQse pela ASQ ”” Uma das soluções adotadas temUma das soluções adotadas tem sidosido ““ certifiquecertifique--se pela ASQse pela ASQ ”” umum parâmetro de comparaçãoparâmetro de comparação conhecidoconhecido em mais de uma centena de paísesem mais de uma centena de países umum parâmetro de comparaçãoparâmetro de comparação conhecidoconhecido em mais de uma centena de paísesem mais de uma centena de países CERTIFICAÇÃO DA ASQCERTIFICAÇÃO DA ASQ
  37. 37. •• MaiorMaior comunidadecomunidade dede profissionaisprofissionais dada qualidadequalidade •• 150150 paísespaíses ASQASQ -- A VOZ GLOBAL DA QUALIDADEA VOZ GLOBAL DA QUALIDADE •• 6565 anosanos dede históriahistória •• 2525 divisõesdivisões ee fórunsfóruns •• CertificaçõesCertificações mundialmentemundialmente reconhecidasreconhecidas •• LíderLíder globalglobal emem conhecimentoconhecimento ee informaçõesinformações sobresobre qualidadequalidade
  38. 38. PrincipalPrincipal publicaçãopublicação mundialmundial em gestão daem gestão da PrincipalPrincipal publicaçãopublicação mundialmundial em gestão daem gestão daem gestão daem gestão da qualidade,qualidade, abrangendoabrangendo as inovações em gestão doas inovações em gestão do conhecimento, desempenho para a excelência,conhecimento, desempenho para a excelência, melhomelho-- ria de processos e comportamento das organizaçõesria de processos e comportamento das organizações em gestão daem gestão da qualidade,qualidade, abrangendoabrangendo as inovações em gestão doas inovações em gestão do conhecimento, desempenho para a excelência,conhecimento, desempenho para a excelência, melhomelho-- ria de processos e comportamento das organizaçõesria de processos e comportamento das organizações
  39. 39. Engenheiro daEngenheiro da QualidadeQualidade Engenheiro de ConfiabilidadeEngenheiro de Confiabilidade EngenheiroEngenheiro de Qualidade dede Qualidade de Software InspetorSoftware Inspetor GerenteGerente da Qualidade eda Qualidade e Excelência OrganizacionalExcelência Organizacional Engenheiro daEngenheiro da QualidadeQualidade Engenheiro de ConfiabilidadeEngenheiro de Confiabilidade EngenheiroEngenheiro de Qualidade dede Qualidade de Software InspetorSoftware Inspetor GerenteGerente da Qualidade eda Qualidade e Excelência OrganizacionalExcelência Organizacional ASQASQ -- CERTIFICAÇÕESCERTIFICAÇÕES GerenteGerente da Qualidade eda Qualidade e Excelência OrganizacionalExcelência Organizacional MasterMaster BlackBlack BeltBelt,, SixSix SigmaSigma BlackBlack BeltBelt,, SixSix Sigma GreenSigma Green BeltBelt AuditorAuditor dada QualidadeQualidade TécnicoTécnico em Calibração Técnico emem Calibração Técnico em QualidadeQualidade Assistente de Melhoria da Qualidade, etc.Assistente de Melhoria da Qualidade, etc. GerenteGerente da Qualidade eda Qualidade e Excelência OrganizacionalExcelência Organizacional MasterMaster BlackBlack BeltBelt,, SixSix SigmaSigma BlackBlack BeltBelt,, SixSix Sigma GreenSigma Green BeltBelt AuditorAuditor dada QualidadeQualidade TécnicoTécnico em Calibração Técnico emem Calibração Técnico em QualidadeQualidade Assistente de Melhoria da Qualidade, etc.Assistente de Melhoria da Qualidade, etc.
  40. 40. ALGUNS PARCEIROSALGUNS PARCEIROS
  41. 41. S E Q U Ê N C I AS E Q U Ê N C I A 1 Algumas Reflexões1 Algumas Reflexões 2 Conhecimento e Inovação2 Conhecimento e Inovação 1 Algumas Reflexões1 Algumas Reflexões 2 Conhecimento e Inovação2 Conhecimento e Inovação2 Conhecimento e Inovação2 Conhecimento e Inovação 3 Evolução do Conceito Qualidade3 Evolução do Conceito Qualidade 4 Os Vetores do Conhecimento4 Os Vetores do Conhecimento 5 Certificando o Conhecimento5 Certificando o Conhecimento 6 Considerações Finais6 Considerações Finais 2 Conhecimento e Inovação2 Conhecimento e Inovação 3 Evolução do Conceito Qualidade3 Evolução do Conceito Qualidade 4 Os Vetores do Conhecimento4 Os Vetores do Conhecimento 5 Certificando o Conhecimento5 Certificando o Conhecimento 6 Considerações Finais6 Considerações Finais
  42. 42. 3 estágios3 estágios 3 níveis de comprometimento3 níveis de comprometimento EM NOSSO DIA A DIA . . .EM NOSSO DIA A DIA . . . fazer a coisa certafazer a coisa certa padronizaçãopadronização melhorar o que se fazmelhorar o que se faz melhoria contínuamelhoria contínua inovar . . . inventar . . .inovar . . . inventar . . .inovar . . . inventar . . .inovar . . . inventar . . . . . .. . . deve ser nosso objetivodeve ser nosso objetivo. . .. . . deve ser nosso objetivodeve ser nosso objetivo
  43. 43. Disco rígido deDisco rígido de 55 MbytesMbytes dede 19561956 O QUE É ISSO ?O QUE É ISSO ? MelhorouMelhorou ouou não melhorou ?não melhorou ?não melhorou ?não melhorou ? Houve inovação ?Houve inovação ? Invenção ?Invenção ? DesenvolveuDesenvolveu--se ose o conhecimento ?conhecimento ?
  44. 44. FIMFIM

×