Cultura
Organizacional
8/11/2010
Cultura da General
Motors
Inequivocamente, as empresas são uma
das mais complexas e admiráveis
instituições sociais que a criatividade e a
engenhosi...
A satisfação também se manifesta nas relações
de trabalho. as relações de trabalho passaram
por radicais mudanças.
3 30/01...
Os trabalhadores deixaram de ser descartáveis
e desqualificados (meras engrenagens das
linhas de produção) para tornarem-s...
Na realidade ele pretende conscientizar-
nos de que o modelo taylorista-fordista da
gestão dos processos de trabalho,
frag...
Daí, o surgimento de uma nova
cultura organizacional, onde
novos pactos organizacionais
se inserem de forma ostensiva
e em...
Este trabalho objetiva mostrar como se
processam esses novos relacionamentos
no âmbito de uma grande empresa – tendo
como ...
Virton apresenta sua argumentação, numa
passagem da qual extraímos o seguinte: É,
pois, o esforço humano global, pelo qual...
Teilhard de Chardin apud Timashef leva-nos
a entender que cada cultura, passada ou
presente, simples ou complexa, represen...
A abrangência da cultura organizacional é
mais ampla do que possamos supor. A
cultura organizacional tem vida própria e
co...
A General Motors do Brasil caracteriza-se
pela manutenção de uma cultura
organizacional que remonta à época da sua
fundaçã...
O modelo da família GM ou dos
teams(equipes, times) de trabalho, por
exemplo, eram boas soluções americanas
de convivência...
Nesse contexto alguns pactos
organizacionais foram firmados
transformando-se em programas de
incentivo e reconhecimento ao...
Complementando os investimentos em
cursos internos e externos, são promovidos
intercâmbios com as diversas
universidades e...
Programa de Benefícios Internos
Consciente de que o sucesso dos seus negócios
depende, fundamentalmente, do comprometiment...
A cultura organizacional da General Motors
do Brasil pode até mesmo ser analisada
sob o enfoque da mitologização, até porq...
As empresas cumprem um papel social, apesar de
aparentarem ser entidades frias, insensíveis e
impessoais. Entretanto, quan...
Na General Motors do Brasil a mitologia socialmente
responsável tem dado certo.
Alguns programas implementados – na forma ...
Relógio de Ouro – Ao completar 25 anos de trabalho
na empresa todo funcionário é agraciado com um
relógio de ouro, como fo...
RELAÇÕES COMUNICACIONAIS
Enfocarei essas relações sob a ótica das relações
sociais e dos agentes sociais, considerando que...
No âmbito da empresa, a comunicação
interpessoal, de certa forma, restringe-se às
relações de trabalho, diferindo, substan...
Tanto quanto nos processos de
comunicação intercultural, aqui, também,
se a comunicação for eficiente, o
entendimento aume...
Por outro lado, as relações de interdependência
que enfatizam o coletivo, a co-responsabilidade
e a cidadania, que, por su...
24 30/01/2015
Cultura
Organizacional
Cultura da General
Motors
Aliás, aqui cabe uma observação em relação
a um aspecto da comunicação intercultural,
já que estamos falando de uma empres...
26 30/01/2015
A empresa adota um modelo comunicacional
próprio para o relacionamento com os operários:
uma espécie de boletim, conhecido...
Na realização da pesquisa observamos
que, no tocante às recompensas e
remunerações dos operários, a cada
cor de gola corre...
O valor da remuneração sofre alterações,
em decorrência da função desempenhada.
Igualmente, os exames médicos periódicos
t...
O clima organizacional entre o operariado é,
geralmente, ameno, não havendo
ocorrências de conflitos, diferentemente do
qu...
Outros signos denotam relações de poder e
de influência. As relações de poder
explicitam uma dupla relação: dominação e
su...
Por outro lado, o domínio do raciocínio e da
persuasão racional é o terreno palpável da
influência. Tais relações, no caso...
funcionários burocratas (mensalistas)
podem utilizar o restaurante destinado aos
operários (horistas), sendo que o inverso...
O quesito restaurante é a prova incontestável de
uma ideologia dominante.
À GUISA DE CONCLUSÃO
Ler uma empresa, sob o pont...
Mormente quando se pretende ter como objeto de
estudo uma empresa transnacional, de grande
porte, na qual muitas informaçõ...
De qualquer modo, procuramos realizar a pesquisa
de forma criteriosa, transportando os dados
coletados para este trabalho ...
As relações comunicacionais que esmiuçamos,
foram vistas sob a tintura das relações sociais e
dos agentes sociais atuantes...
Essas relações, (até mesmo por conta
das revoluções tecnológicas que
estamos presenciando), ao invés de
relações autoritár...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Topicos Ii Gm Cultura

1.550 visualizações

Publicada em

Cultura GM

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.550
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
15
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Topicos Ii Gm Cultura

  1. 1. Cultura Organizacional 8/11/2010 Cultura da General Motors
  2. 2. Inequivocamente, as empresas são uma das mais complexas e admiráveis instituições sociais que a criatividade e a engenhosidade humana construíram. João Bosco dos Santos 2 30/01/2015 Cultura Organizacional Cultura da General Motors
  3. 3. A satisfação também se manifesta nas relações de trabalho. as relações de trabalho passaram por radicais mudanças. 3 30/01/2015 Cultura Organizacional Cultura da General Motors
  4. 4. Os trabalhadores deixaram de ser descartáveis e desqualificados (meras engrenagens das linhas de produção) para tornarem-se trabalhadores qualificados e polivalentes (profissionais organizados em ilhas de trabalho). 4 30/01/2015 Cultura Organizacional Cultura da General Motors
  5. 5. Na realidade ele pretende conscientizar- nos de que o modelo taylorista-fordista da gestão dos processos de trabalho, fragmentado em tarefas repetitivas e simplificadas, perdeu o fôlego, na medida em que, no seio das organizações, ao operário padrão.5 30/01/2015 Cultura Organizacional Cultura da General Motors
  6. 6. Daí, o surgimento de uma nova cultura organizacional, onde novos pactos organizacionais se inserem de forma ostensiva e em que novas formas de relacionamentos comunicacionais se fazem6 30/01/2015 Cultura Organizacional Cultura da General Motors
  7. 7. Este trabalho objetiva mostrar como se processam esses novos relacionamentos no âmbito de uma grande empresa – tendo como modelo a General Motors do Brasil S.A. 7 30/01/2015 Cultura Organizacional Cultura da General Motors
  8. 8. Virton apresenta sua argumentação, numa passagem da qual extraímos o seguinte: É, pois, o esforço humano global, pelo qual os membros de uma sociedade determinada se esforçam por dominar e utilizar, para fins que podem ser utilitários, estéticos, éticos ou religiosos.8 30/01/2015 Cultura Organizacional Cultura da General Motors
  9. 9. Teilhard de Chardin apud Timashef leva-nos a entender que cada cultura, passada ou presente, simples ou complexa, representa numa dada coletividade uma solução particular aos problemas da vida reflexiva. 9 30/01/2015 Cultura Organizacional Cultura da General Motors
  10. 10. A abrangência da cultura organizacional é mais ampla do que possamos supor. A cultura organizacional tem vida própria e constitui uma das dimensões da organização. E toda cultura é apreendida, transmitida e partilhada 10 30/01/2015 Cultura Organizacional Cultura da General Motors
  11. 11. A General Motors do Brasil caracteriza-se pela manutenção de uma cultura organizacional que remonta à época da sua fundação, há 80 anos. Na verdade, desde o início, a empresa tratou de conhecer o seu chão para adequar métodos e diretrizes norte-americanos ao jeito brasileiro de ser.11 30/01/2015 Cultura Organizacional Cultura da General Motors
  12. 12. O modelo da família GM ou dos teams(equipes, times) de trabalho, por exemplo, eram boas soluções americanas de convivência social e relações de trabalho. 12 30/01/2015 Cultura Organizacional Cultura da General Motors
  13. 13. Nesse contexto alguns pactos organizacionais foram firmados transformando-se em programas de incentivo e reconhecimento aos seus empregados. 13 30/01/2015 Cultura Organizacional Cultura da General Motors
  14. 14. Complementando os investimentos em cursos internos e externos, são promovidos intercâmbios com as diversas universidades e escolas de formação técnica, através de programas de estágio e de aprendizagem.14 30/01/2015 Cultura Organizacional Cultura da General Motors
  15. 15. Programa de Benefícios Internos Consciente de que o sucesso dos seus negócios depende, fundamentalmente, do comprometimento dos seus empregados com os objetivos traçados pela empresa, a General Motors do Brasil oferece o que há de mais moderno e qualificado no que diz respeito a planos de saúde e benefícios em geral. 15 30/01/2015 Cultura Organizacional Cultura da General Motors
  16. 16. A cultura organizacional da General Motors do Brasil pode até mesmo ser analisada sob o enfoque da mitologização, até porque a mitologia se manifesta ostensivamente dentro (e fora) dos limites da organização, proporcionando ao seu quadro funcional identidade e personalidade próprias.16 30/01/2015 Cultura Organizacional Cultura da General Motors
  17. 17. As empresas cumprem um papel social, apesar de aparentarem ser entidades frias, insensíveis e impessoais. Entretanto, quando os funcionários têm uma compreensão clara da mitologia da empresa, podem entender melhor quais devem ser as suas próprias prioridades e o que podem esperar dela 17 30/01/2015 Cultura Organizacional Cultura da General Motors
  18. 18. Na General Motors do Brasil a mitologia socialmente responsável tem dado certo. Alguns programas implementados – na forma de premiações – são uma clara e insofismável demonstração dessa afirmativa: 18 30/01/2015 Cultura Organizacional Cultura da General Motors
  19. 19. Relógio de Ouro – Ao completar 25 anos de trabalho na empresa todo funcionário é agraciado com um relógio de ouro, como forma de reconhecimento à dedicação, prêmio que lhe é entregue pelo presidente da corporação. 19 30/01/2015 Cultura Organizacional Cultura da General Motors
  20. 20. RELAÇÕES COMUNICACIONAIS Enfocarei essas relações sob a ótica das relações sociais e dos agentes sociais, considerando que as relações interpessoais são relações interindividuais e que envolvem as subjetividades dos agentes individuais. 20 30/01/2015 Cultura Organizacional Cultura da General Motors
  21. 21. No âmbito da empresa, a comunicação interpessoal, de certa forma, restringe-se às relações de trabalho, diferindo, substancialmente. 21 30/01/2015 Cultura Organizacional Cultura da General Motors
  22. 22. Tanto quanto nos processos de comunicação intercultural, aqui, também, se a comunicação for eficiente, o entendimento aumentará com atos de colaboração. No caso da empresa objeto deste estudo – General Motors do Brasil – a leitura que faço da comunicação22 30/01/2015 Cultura Organizacional Cultura da General Motors
  23. 23. Por outro lado, as relações de interdependência que enfatizam o coletivo, a co-responsabilidade e a cidadania, que, por sua vez, significam coesão e convergência em torno de objetivos consensuais – relações essas apontadas entre os ocupantes de cargos nos níveis hierárquicos superiores – contribuem para que problemas comuns sejam enfrentados com base na ajuda 23 30/01/2015 Cultura Organizacional Cultura da General Motors
  24. 24. 24 30/01/2015 Cultura Organizacional Cultura da General Motors
  25. 25. Aliás, aqui cabe uma observação em relação a um aspecto da comunicação intercultural, já que estamos falando de uma empresa norte-americana: para os estudiosos Edward T. Hall e William Foote Whyte, a promoção de nativos na escala hierárquica, tão logo estejam qualificados.25 30/01/2015 Cultura Organizacional Cultura da General Motors
  26. 26. 26 30/01/2015
  27. 27. A empresa adota um modelo comunicacional próprio para o relacionamento com os operários: uma espécie de boletim, conhecido como 7 Laudas, cujo recheio informacional é composto por avisos, alterações, comunicações etc. 27 30/01/2015 Cultura Organizacional Cultura da General Motors
  28. 28. Na realização da pesquisa observamos que, no tocante às recompensas e remunerações dos operários, a cada cor de gola corresponde um padrão de ganho e que, além de ser classificado por códigos28 30/01/2015 Cultura Organizacional Cultura da General Motors
  29. 29. O valor da remuneração sofre alterações, em decorrência da função desempenhada. Igualmente, os exames médicos periódicos também variam em cada caso. 29 30/01/2015 Cultura Organizacional Cultura da General Motors
  30. 30. O clima organizacional entre o operariado é, geralmente, ameno, não havendo ocorrências de conflitos, diferentemente do que ocorre com os funcionários burocratas. 30 30/01/2015 Cultura Organizacional Cultura da General Motors
  31. 31. Outros signos denotam relações de poder e de influência. As relações de poder explicitam uma dupla relação: dominação e sujeição, e mando e obediência. 31 30/01/2015 Cultura Organizacional Cultura da General Motors
  32. 32. Por outro lado, o domínio do raciocínio e da persuasão racional é o terreno palpável da influência. Tais relações, no caso da General Motors do Brasil também se manifestam visivelmente. 32 30/01/2015 Cultura Organizacional Cultura da General Motors
  33. 33. funcionários burocratas (mensalistas) podem utilizar o restaurante destinado aos operários (horistas), sendo que o inverso jamais poderá ocorrer. 33 30/01/2015 Cultura Organizacional Cultura da General Motors
  34. 34. O quesito restaurante é a prova incontestável de uma ideologia dominante. À GUISA DE CONCLUSÃO Ler uma empresa, sob o ponto de vista da semiótica empresarial, conforme a proposta deste trabalho, não é uma tarefa fácil de ser executada. 34 30/01/2015 Cultura Organizacional Cultura da General Motors
  35. 35. Mormente quando se pretende ter como objeto de estudo uma empresa transnacional, de grande porte, na qual muitas informações são consideradas sigilosas e, portanto, indisponibilizadas para aqueles que se encontram fora do seu universo. 35 30/01/2015 Cultura Organizacional Cultura da General Motors
  36. 36. De qualquer modo, procuramos realizar a pesquisa de forma criteriosa, transportando os dados coletados para este trabalho e analisamos-os com base em conceitos históricos, antropológicos, sociológicos e éticos. Cultura organizacional demanda, decerto, uma abordagem muito mais aprofundada. 36 30/01/2015 Cultura Organizacional Cultura da General Motors
  37. 37. As relações comunicacionais que esmiuçamos, foram vistas sob a tintura das relações sociais e dos agentes sociais atuantes no sistema corporativo. 37 30/01/2015 Cultura Organizacional Cultura da General Motors
  38. 38. Essas relações, (até mesmo por conta das revoluções tecnológicas que estamos presenciando), ao invés de relações autoritárias, de corte assimétrico e baseada no temor das sanções – expurgam a idéia de transformar os subordinados (desqualificando-os) – constroem relações liberais. 38 30/01/2015 Cultura Organizacional Cultura da General Motors

×