O Fisco Digital: uma visão                        empreendedora                                 Como ele afeta o seu bolso...
“A melhor maneira de                                 prever o futuro é criá-lo”                                      Peter...
Objetivos da Palestra            Projetar o futuro, a partir de uma macro         visão do “País da Transparência”        ...
Quem não pode perder                                     “A palavra empreendedorismo foi                                  ...
Temas abordados            “País da Transparência”: que país é         esse?            “Fisco Digital”: SPED, NF-e, NFS-e...
Quem irá te ajudar a                                          compreender tudo isso...                                    ...
“Nos últimos 50 anos, a revolução da                                    informação centrou-se nos dados —                 ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Briefing da Palestra: Uma visão empreendedora do SPED

1.616 visualizações

Publicada em

Briefing da Palestra: Uma visão empreendedora do SPED

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.616
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
750
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Briefing da Palestra: Uma visão empreendedora do SPED

  1. 1. O Fisco Digital: uma visão empreendedora Como ele afeta o seu bolso e toda sua empresa Briefing da palestra www.robertodiasduarte.com.brsexta-feira, 29 de julho de 11
  2. 2. “A melhor maneira de prever o futuro é criá-lo” Peter Drucker www.robertodiasduarte.com.brsexta-feira, 29 de julho de 11
  3. 3. Objetivos da Palestra Projetar o futuro, a partir de uma macro visão do “País da Transparência” Entender significado e o propósito da informação no contexto do “Fisco Digital” Analisar os riscos inerentes ao "Ecossistema Fiscal". Criar o senso de urgência quanto às transformações empresariais Compreender os ganhos de competitividade e redução de custos possíveis. Perceber da importância do Capital Intelectual no processo de adequação da empresa.  www.robertodiasduarte.com.brsexta-feira, 29 de julho de 11
  4. 4. Quem não pode perder “A palavra empreendedorismo foi utilizada pelo economista Joseph Schumpeter em 1950 como sendo uma pessoa com criatividade e capaz de fazer sucesso com inovações”. (Wikipédia) Empreendedores: sócios e diretores Empreendedores internos: gerentes e líderes Profissionais que já perceberam que todos somos empreendedores no mundo digital www.robertodiasduarte.com.brsexta-feira, 29 de julho de 11
  5. 5. Temas abordados “País da Transparência”: que país é esse? “Fisco Digital”: SPED, NF-e, NFS-e, CT-e, EFD, ECD, CF-e e outras siglas... "Ecossistema Fiscal": como meus fornecedores e clientes podem me ajudar com o SPED (ou não!)... Urgência na (transform)ação: o que precisa mudar? Ganhos de competitividade: dá para melhorar a rentabilidade? Capital Intelectual: gente + processos + tecnologia www.robertodiasduarte.com.brsexta-feira, 29 de julho de 11
  6. 6. Quem irá te ajudar a compreender tudo isso... Administrador de empresas com MBA pelo IBMEC. Atua há 23 anos em projetos de gestão suportados por tecnologia. Professor em cursos de pós‐graduação, membro do conselho de administração da Mastermaq Softwares e Diretor Acadêmico da Escola de Negócios Contábeis – ENC. Em agosto de 2008, publicou o primeiro livro do Brasil que analisa os impactos do SPED. Mantém o blog Spedito (www.robertodiasduarte.com.br) desde 2007 com mais de 2milhões de acessos. Realizou mais de 300 palestras sobre o SPED em todo o país. @robertoduarte www.robertodiasduarte.com.brsexta-feira, 29 de julho de 11
  7. 7. “Nos últimos 50 anos, a revolução da informação centrou-se nos dados — captura, armazenamento, transmissão, análise e apresentação. Estava centrada no «T» da abreviatura «TI» (tecnologias de informação). A próxima revolução da informação centrar-se-á no «I» e questiona o significado e o propósito da informação. Isto levará rapidamente à redefinição das tarefas a realizar com a ajuda da informação e à redefinição das organizações que as executam.” Drucker, A Revolução da Informação www.robertodiasduarte.com.brsexta-feira, 29 de julho de 11

×