A QUESTÃO DOS RESÍDUOS SÓLIDOS E A
COLETA SELETIVA NO CAMPUS UNB
PLANALTINA
DEFINIÇÕES
Ecoeficiência: é um conceito empresarial que visa a eficiência na utilização dos recursos, buscando
potencializ...
O PROJETO

Trata-se de um projeto de pesquisa e extensão. Visa 4 importantes eixos de atuação:
resíduos sólidos, água, ene...
O CAMPUS

PÚBLICO

QUANTIDADE

Alunos de graduação

1246

Professores

103

Técnicos Administrativos

35

Prestadores de S...
HISTÓRICO DA UNB
Ano de 2009: a UnB foi convocada pelo Ministério Público Federal para uma audiência porque
não estava cum...
CENÁRIOS ATUAIS
O FLUXO DOS RESÍDUOS NA UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA, CAMPUS DARCY
RIBEIRO

FONTE: cartilha “COLETA SELETIVA S...
CENÁRIOS ATUAIS
O FLUXO DOS RESÍDUOS NA FACULDADE UNB PLANALTINA - FUP
O DIAGNÓSTICO
CARACTERIZAÇÃO DOS RESÍDUOS GERADOS, CONFORME PADRÃO UNB
O DIAGNÓSTICO
CARACTERIZAÇÃO DOS RESÍDUOS GERADOS, CONFORME PADRÃO UNB
E VOCÊ?
QUAL O SEU PAPEL?

Separa o seu resíduo

O SLU coleta os
orgânicos

E ASSIM VOCÊ
COOPERA
COM TODO O
CICLO!

O pess...
E VOCÊ?
COMO FAZ?
Os coletores disponíveis no campus mantêm o padrão de coleta adotado em 2011 pela
UnB, com seleção do li...
E VOCÊ?
COMO FAZ?
RECICLÁVEIS

ORGÂNICOS E NÃO RECICLÁVEIS

Folhas e aparas de papel, Jornais
Revistas, Caixas, Papelão, F...
“O jogo Reciclando é um jogo para toda a sociedade, que ainda precisa tomar consciência
de sua relação com os resíduos que...
PEÇAS DO JOGO

Tabuleiro do Intermediário

Cartas de Indústria

Cartas de Sorte ou Azar

catadores
Cartas de Materiais
Fic...
COMO PREPARAR AS PEÇAS:

Obs: Não se esqueçam de
abrir uma carta de sorte ou
azar no início de cada ciclo
de jogada: 1,2 e...
FASE 1: MOVIMENTAÇÃO DOS CATADORES

1º coloquem seus catadores nas casas livres da cidade. Em ordem: 1,2 e 3;
2º Após todo...
FASE 2: TRIAGEM DOS MATERIAIS

Área de Recebimento:
Aqui é a área da sua
cooperativa. Ela
comporta até 10 peças.

Área de ...
FASE 3: ABASTECIMENTO DO MERCADO
(Nesta fase só participa quem tiver material triado.)

Você pode:
-Vender seus materiais ...
E AGORA?

COMEÇAR TUDO NOVAMENTE!
Bom Jogo!
Coordenador:
Prof. Dr. Rômulo Ribeiro
Equipe:
Daniely F. Soares
Ana Clara Alves
Bruna Ferreira
Kamilla Costa
Sâmara Ribeir...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Oficina de Gestão de Resíduos Sólidos na Semana Universitária da UnB - 2013

1.078 visualizações

Publicada em

Apresentação sobre a questão de gestão de resíduos sólidos na UnB e no campus de Planaltina. Instrução para a atividade prática, Jogo Reciclando.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.078
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
264
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Oficina de Gestão de Resíduos Sólidos na Semana Universitária da UnB - 2013

  1. 1. A QUESTÃO DOS RESÍDUOS SÓLIDOS E A COLETA SELETIVA NO CAMPUS UNB PLANALTINA
  2. 2. DEFINIÇÕES Ecoeficiência: é um conceito empresarial que visa a eficiência na utilização dos recursos, buscando potencializar as melhorias ambientais; Cooperativa: é uma associação de pessoas que se unem, voluntariamente, para satisfazer aspirações e necessidades econômicas, sociais e culturais comuns, através de uma empresa de propriedade comum e democraticamente gerida. Resíduos sólidos: material, substância, objeto ou bem descartado resultante de atividades humanas em sociedade; Coleta Seletiva: coleta de resíduos sólidos previamente segregados conforme sua constituição ou composição; Reciclagem: processo de transformação dos resíduos sólidos que envolve a alteração de suas propriedades físicas, físico-químicas ou biológicas, com vistas à transformação em insumos ou novos produtos Reutilização: processo de aproveitamento dos resíduos sólidos ; Rejeitos: resíduos sólidos que, depois de esgotadas todas as possibilidades de tratamento e recuperação por processos tecnológicos disponíveis e economicamente viáveis, não apresentem outra possibilidade que não a disposição final ambientalmente adequada.
  3. 3. O PROJETO Trata-se de um projeto de pesquisa e extensão. Visa 4 importantes eixos de atuação: resíduos sólidos, água, energia e educação ambiental. QUAL É O OBJETIVO DO PROJETO? promover a coleta seletiva e destinação final correta dos resíduos produzidos no Campus UnB de Planaltina, assim como o utilização eficiente dos recursos tais como água e energia.
  4. 4. O CAMPUS PÚBLICO QUANTIDADE Alunos de graduação 1246 Professores 103 Técnicos Administrativos 35 Prestadores de Serviços 24 TOTAL 1408 Devido à sua natureza de atividade, público frequentador e infraestrutura construída, a FUP pode ser enquadrada como um grande gerador de resíduos sólidos.
  5. 5. HISTÓRICO DA UNB Ano de 2009: a UnB foi convocada pelo Ministério Público Federal para uma audiência porque não estava cumprindo o decreto 5.940/2006, que prevê a separação do lixo em todos os órgãos públicos do país Ano de 2010: a coleta seletiva da Universidade foi padronizada em resíduos orgânicos e secos. Ano de 2011: coleta seletiva no Darcy Ribeiro têm sido realizada em parceria com a Central de Cooperativas de Materiais Recicláveis (Centcoop) A Universidade de Brasília, ao assumir em 2011 sua responsabilidade socioambiental ao lançar o “Coleta Seletiva Solidária” alçou todos os campi em um processo simultâneo, no entanto o mesmo não ocorreu.
  6. 6. CENÁRIOS ATUAIS O FLUXO DOS RESÍDUOS NA UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA, CAMPUS DARCY RIBEIRO FONTE: cartilha “COLETA SELETIVA SOLIDÁRIA DOS RESÍDUOSSÓLIDOS NA UnB (2011)”,
  7. 7. CENÁRIOS ATUAIS O FLUXO DOS RESÍDUOS NA FACULDADE UNB PLANALTINA - FUP
  8. 8. O DIAGNÓSTICO CARACTERIZAÇÃO DOS RESÍDUOS GERADOS, CONFORME PADRÃO UNB
  9. 9. O DIAGNÓSTICO CARACTERIZAÇÃO DOS RESÍDUOS GERADOS, CONFORME PADRÃO UNB
  10. 10. E VOCÊ? QUAL O SEU PAPEL? Separa o seu resíduo O SLU coleta os orgânicos E ASSIM VOCÊ COOPERA COM TODO O CICLO! O pessoal da limpeza recolhe A cooperativa coleta os recicláveis
  11. 11. E VOCÊ? COMO FAZ? Os coletores disponíveis no campus mantêm o padrão de coleta adotado em 2011 pela UnB, com seleção do lixo seco e orgânico. Além dos coletores de não recicláveis para as salas de aula, laboratórios e administração ; e caixas de papelão para coleta de papel.
  12. 12. E VOCÊ? COMO FAZ? RECICLÁVEIS ORGÂNICOS E NÃO RECICLÁVEIS Folhas e aparas de papel, Jornais Revistas, Caixas, Papelão, Formulários de computador, Cartolinas, Cartões, Envelopes, Rascunhos escritos, Fotocópias, Folhetos, Impressos em geral ,Tetra Pak, Latas de alumínio, Ferragens, Canos, Esquadrias Arame, Tampas, Potes de alimentos PET, Garrafas de água mineral, Recipientes de Limpeza, Higiene PVC, Sacos plásticos, Brinquedos, Baldes, Potes de vidro, Copos Garrafas, Embalagens de molho Frascos de vidro -Resíduos orgânicos; -adesivos, etiquetas, papel toalha, papel higiênico, papéis e guardanapos engordurados, papéis metalizados, parafinados ou plastificados, clipes, grampos, esponjas de aço, latas de tintas, pilhas, tomadas, isopor, espelhos, cristal, ampolas de medicamentos, cerâmicas e louças, lâmpadas, vidros temperados planos.
  13. 13. “O jogo Reciclando é um jogo para toda a sociedade, que ainda precisa tomar consciência de sua relação com os resíduos que gera todos os dias (...) mostra de forma lúdica, que o êxito da atividade econômica dos catadores está fortemente ligado ao desenvolvimento da organização cooperativa.” OBJETIVO DO JOGO: Obter o melhor desempenho econômico com a reciclagem. Ganha o jogador que tiver o controle da cooperativa com a maior quantidade de “solidários”, a moeda do jogo.
  14. 14. PEÇAS DO JOGO Tabuleiro do Intermediário Cartas de Indústria Cartas de Sorte ou Azar catadores Cartas de Materiais Ficha de “Vez” Tabuleiro Cidade Peças de Compra Tabuleiro da Cooperativa
  15. 15. COMO PREPARAR AS PEÇAS: Obs: Não se esqueçam de abrir uma carta de sorte ou azar no início de cada ciclo de jogada: 1,2 e 3.
  16. 16. FASE 1: MOVIMENTAÇÃO DOS CATADORES 1º coloquem seus catadores nas casas livres da cidade. Em ordem: 1,2 e 3; 2º Após todos terem movimentado suas peças, coletem as de nº 1, depois 2 e 3; DICA: tente sempre colocar um catador na casa de cooperativa. Assim você transfere seus materiais para a área de recebimento, podendo triá-los na próxima fase. ;)
  17. 17. FASE 2: TRIAGEM DOS MATERIAIS Área de Recebimento: Aqui é a área da sua cooperativa. Ela comporta até 10 peças. Área de Triagem: Você só pode passar 4 cartas por vez. O local de triagem suporta 6 cartas inicialmente. 3º Passe até 4 cartas da sua área de recebimento para a área de triagem. Não tem material na área de recebimento? Então infelizmente não poderá fazer a triagem 
  18. 18. FASE 3: ABASTECIMENTO DO MERCADO (Nesta fase só participa quem tiver material triado.) Você pode: -Vender seus materiais para o intermediário; -Vender para alguma cooperativa; -Comprar alguma carta de indústria, ou -Não fazer nada!
  19. 19. E AGORA? COMEÇAR TUDO NOVAMENTE! Bom Jogo!
  20. 20. Coordenador: Prof. Dr. Rômulo Ribeiro Equipe: Daniely F. Soares Ana Clara Alves Bruna Ferreira Kamilla Costa Sâmara Ribeiro Tácio Sousa Projeto Ecoeficiência FUP - Unb Gostou? Tem interesse em participar do projeto? Entre em contato: daniely.soares17@gmail.com

×