2 T08

467 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
467
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
32
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

2 T08

  1. 1. Resultados 2T08 07 de Agosto de 2008
  2. 2. TIM PARTICIPAÇÕES S.A. Investor Relations Comentários iniciais Marca inovadora e confiável: “Viver além da tecnologia” Primeiro lugar no Top of mind¹ Primeiro lugar em Awareness¹ da marca Escolhido o melhor website de sustentabilidade entre as empresas brasileiras de telecomunicação ² Melhor provedor de serviços e infra-estrutura IP NGN no ano – Cisco (2008) Aplicativos de atendimento ao cliente mais inovadores – Prêmio de excelência 2008 (TM fórum) Observação: 1 – Instituto Synovate (Jun/08); 2- Management e Excellence; Revista Razão Contábil e IBRI 2
  3. 3. Destaques Panorama do Mercado Desempenho Operacional Desempenho Financeiro Perspectivas 2S08
  4. 4. TIM PARTICIPAÇÕES S.A. Investor Relations Destaques do 2T08 – Um trimestre de melhorias Ações Desempenho no Trimestre Nova promoção para o pré-pago (TIM 10x, 1% de crescimento em relação ao 1T08 para foco no bônus on-net e ARPM); R$29,8 apesar da queda no mercado em geral; ARPU Foco na qualidade do pós-pago (clientes de O maior ARPU entre as operadoras móveis; alto valor e melhoria no mix) Suportado pelo desempenho do MOU (7% superior ao 2T07 e 1T08). Lançamento do 3G (1º Maio); Crescimento de 21% (vs 1T08) e de 49% (vs Vendas do TIM Web dobraram T/T 2T07), alavancado pelo 3G; VAS Crescimento de parcerias de conteúdo (com acordo de repasse de receita) 10% da receita líquida de serviços (vs 7% -2T07) Canal de televendas totalmente Melhoria significativa no comparativo com 1T08: remodelado; queda de 25%; BAD DEBT Rígida política de crédito; 6,8% da receita líquida de serviços (contra 9,6% Comissão baseada na qualidade das registrado no 1T08). aquisições. Oferta pré-pago focada em rentabilidade Aumento de 19% T/T, atingindo R$637 milhões; (promoções on-net) EBITDA Redução dos custos de cessão de meios Recuperação de 2pp na margem EBITDA T/T, através de infra-estrutura própria mesmo ainda sendo impactada pelos efeitos negativos do 1T08 Estrito controle dos custos discricionários 4
  5. 5. Destaques Panorama do Mercado Desempenho Operacional Desempenho Financeiro Perspectivas 2S08
  6. 6. TIM PARTICIPAÇÕES S.A. Investor Relations Panorama da Indústria de Telecomunicações Móvel Fixo Banda Larga Milhões de Linhas Milhões de Linhas Milhões de Linhas 16% 69% 14% 64% 66% 74% 59% 70% 71% 71% 10% 56% 7% % Penetração na % Penetração por Domicílio Base de Assinantes Base de Assinantes população total O crescimento do mercado continua forte A TIM está focada em capturar oportunidades: (concentrado na população de baixa renda); As adições líquidas do mercado foram Player alternativo ao monopólio da telefonia fixa, após a impulsionadas por: implantação da portabilidade numérica; - Subsidio de aparelhos; Beneficio do forte crescimento da banda larga e vendas de PCs; - Promoções intra-rede agressivas; - Venda de chip avulso. Fortalecimento da estratégia de convergência. 6 Fonte: Anatel e estimativas internas*
  7. 7. TIM PARTICIPAÇÕES S.A. Investor Relations Performance TIM Base de Clientes (Milhões) Performance de Market Share 23,1% 32,5 33,8 Primeiro 29,2 31,3 Competidor* 27,5 Terceiro Competidor 2T07 3T07 4T07 1T08 2T08 Base Pós-paga Base Pré-paga Segmento pré-pago cresceu 26% vs. 2T07 ajudado pela Market share estável nos próximos trimestres; promoção “TIM 10x Mais”; O Mix de base permaneceu acima da média dos concorrentes Foco na participação do gasto do cliente (share of wallet) (pós-pago atingiu 20,2% vs 18,6% da concorrência); •Inclui a Vivo e a Telemig Celular Taxa de cancelamentos caiu de 9,7% no 2T07 para 8,4% no •Fonte: ANATEL e dados da companhia. 2T08. 7
  8. 8. Destaques Panorama do Mercado Desempenho Operacional Desempenho Financeiro Perspectivas 2S08
  9. 9. TIM PARTICIPAÇÕES S.A. Investor Relations Roadmap para uma Companhia Convergente ...2006 2007 2008 2008... MÓVEL Fortalecimento do nosso negócio Móvel + Captura da oportunidade em Licença Portabilidade serviço de voz fixo através da FIXO Fixa Numérica portabilidade numérica TIM Casa TIM Casa Flex + Competindo no mercado de Licença banda larga com o conceito INTERNET 3G TIM Web de mobilidade TIM Web Banda Larga + Fortalecimento da parceria na PARCERIA EM oferta de TV paga TV PAGA = Companhia Convergente Aumento do share of wallet do cliente através da oferta de pacotes 9
  10. 10. TIM PARTICIPAÇÕES S.A. Investor Relations Lançamento da terceira geração Roll-out / Lançamento Vantagens Posicionamento e Parcerias Estímulo ás ofertas cross selling; Disponível nas principais áreas VELOCIDADE: Upgrade para metropolitanas; 1Mbps e 7,2 Mbps; Ofertas convergentes através da Facilitado pela nossa cobertura SIMPLICIDADE: Todos os TIM rede móvel; nacional; chips estão preparados para o 3G; TIM + : Primeiro notebook conceito Buy & Play; Lançamento dos planos de dados com TIM Chip embarcado; TIM Web ilimitados (1Mbps ou MOBILIDADE: Internet sem fio TIM + : TIM banda larga 7,2Mbps); em qualquer lugar; móvel para os clientes UOL; Planos de dados limitados: ACESSIBILIDADE: Qualquer Upgrade automático para 1Mbps; aparelho 3G e computadores. TIM + : TV Paga + Banda Larga + Movél. 10
  11. 11. TIM PARTICIPAÇÕES S.A. Investor Relations Estratégia de VAS: Foco em Inovação e Rentabilidade Receita de SVA: R$397 milhões (21% vs 1T08 e 49% vs 2T07); 10% da receita bruta de serviços (7% vs 2T07; 8% vs 1T08 ); As vendas do TIM Web banda larga duplicaram no trimestre (c/ ARPU incremental) VAS 3G+ Novas funcionalidades Oferta de conteúdo Serviços inovadores Internet no celular Ferramentas do Google Canais de TV Leilão TIM: leilão UOL móvel reverso white label TIM TV Orkut WAP (1º no Brasil) Ringback tones TIM Music Store Conteúdo exclusivo YouTube Mobile Sony-BMG na TIM Serviço de navegação TIM Vídeo Chamada Music Store GPS Windows Mobile no portifólio smart-phone da Serviço de páginas TIM amarelas 11
  12. 12. Destaques Panorama do Mercado Desempenho Operacional Desempenho Financeiro Perspectivas 2S08
  13. 13. TIM PARTICIPAÇÕES S.A. Investor Relations Performance de Receita Receita sainte: Crescimento do outgoing devido ás Receita Líquida Total novas dinâmicas promocionais – recuperação do MOU e R$ Milhões do ARPU no trimestre; 3.060 2.993 3.186 Serviços de VAS: Forte crescimento de 21% no trimestre e 49% no ano, como resultado do foco em ofertas de pacote de dados e das parcerias com importantes provedores de conteúdo; Receita entrante: Estável em função da agressividade das promoções intra-rede no mercado como um todo e também, mudança do padrão fixo-móvel. TIM mantém o Receita Líquida de Serviços Receita Líquida de Aparelhos foco na convergência a fim de reduzir a dependência do O maior tráfego incoming e para capturar novas fontes de receita; crescimento vs 2T07 vs 1T08 trimestral Receita de aparelhos: Redução de 22% no ano Receita total +4,1% +6,5% explicada pela queda no preço dos aparelhos e pela Receita de Serviços +6,8% +4,7% venda de chip avulso. Receita de Aparelhos -22,4% +38,7% 13
  14. 14. TIM PARTICIPAÇÕES S.A. Investor Relations Performance KPI’s (1/2) ARPU MOU R$ Minutos -14% 7% +1% Performance do ARPU: Performance do MOU: 1% de crescimento no trimestre apesar da queda do Um dos maiores MOU do mercado; mercado e queda do mix pós-pago; Melhor ARPU do mercado no 2T08; Mix pós-pago de maior qualidade; Queda no ano em função do aumento do segmento Elasticidade devido as promoções. pré-pago e tarifas promocionais; Excluindo o efeito do incoming, o ARPU apresentaria crescimento de 4,1% no trimestre. 14
  15. 15. TIM PARTICIPAÇÕES S.A. Investor Relations Performance KPI’s (2/2) SAC BAD DEBT R$ -25% R$ Milhões +5% 9,6%¹ +2% 6,8%¹ 6,1%¹ ¹ Bad debt / receita líquida de serviços Performance do SAC: Performance do Bad debt : Melhoria do resultado no trimestre devido ás ações de Crescimento das despesas de venda em função do recuperação (ex: remodelagem completa dos canais); lançamento do 3G; 2T ainda sobre efeito do canal de televendas; Taxa SAC/ARPU atingiu 4,0x (estável T/T); Subsídio praticamente estável, com foco na venda Expectativa de atingir ~6% da receita líquida de serviços em FY08 (em função da revisão na política de de chip avulso. créditos). 15
  16. 16. TIM PARTICIPAÇÕES S.A. Investor Relations EBITDA EBITDA e Margem EBITDA R$ Milhões 24,3% A queda em relação ao 2T07 ainda reflete a provisão 20,0% para devedores duvidosos do canal televendas e despesas 17,9% 17.9 com vendas e rede (devido ao lançamento do 3G), mas 744 ligeiramente compensado pelo crescimento da receita de 637 535 VAS (+49%); O ganho no trimestre deve-se principalmente a um 2T07 1T08 2T08 aumento da receita (impulsionada pelo VAS e uso) e também à recuperação nos níveis de inadimplência e vs 2T07 vs 1T08 EBITDA -14% +19% controle dos custos. Margem EBITDA -4pp +2pp 16
  17. 17. TIM PARTICIPAÇÕES S.A. Investor Relations Performance do EBITDA e Margem EBITDA no ano Despesas de vendas cresceram 7,6% enquanto as adições brutas cresceram 8,7% R$ Milhões 188,8 (62,3) (46,9) 51,6 (172,8) (34,9) (30,5) Base de Clientes +23% Tráfego Total (vol) +33% 743,7 636,7 EBITDA Receita Receita Despesa Custo de CMV Bad Debt Other EBITDA 2T07 Serviços Aparelhos de vendas Rede Expenses 2T08 Variação % vs 2T07 +6,8% -22,4% +7,6% +19,2% -13,7% +20,7% +12,1% Margem EBITDA 24,3% 20,0% 17
  18. 18. TIM PARTICIPAÇÕES S.A. Investor Relations Do EBITDA ao resultado líquido – 2T08 EBITDA Depreciação Despesa Impostos e EBIT Financeira Prejuízo R$ Milhões 2T08 Amortização Outros* Líquida 636,7 636.7 636.7 596,3 596.3 596.3 40,3 40.3 40.3 (59,2) (59.2) (59.2) (34.1) (15,2) (15.2) (34,1) (34.1) Variação vs. 2T07 -14,4% 4,6% -76,8% -27,4% -73,9% - * Outras Despesas/Receitas não operacionais 18
  19. 19. TIM PARTICIPAÇÕES S.A. Investor Relations Posição financeira líquida e fluxo de caixa – 2T08 Dívida líquida Fluxo de caixa operacional líquido R$ Milhões R$ Milhões FCL 1T08 FCLOp 2T08 Capital Não Op EBITDA Capex* FCLOp* Licença FCLOp de giro 3G 201 Licença (467) 3G: R$1,2 Bi 637 371 (2.096) Sendo R$207 de dividendos (868) (247) (3.210) (1.239) (868) Fluxo de caixa operacional líquido positivo no 2T Fluxo de caixa líquido totalizou -R$1.115 bilhões no 2T (excluindo licença 3G) * Excluíndo 3G Dívida bruta R$ 4,1 bilhões (42% no longo prazo) Custo médio anual 11,64% no 2T08 contra 11,66% no 2T07 19
  20. 20. Destaques Panorama do Mercado Desempenho Operacional Desempenho Financeiro Perspectivas 2S08
  21. 21. TIM PARTICIPAÇÕES S.A. Investor Relations Perspectivas do 2º semestre Principais ações de recuperação Voz: Retomada do foco no segmento de alto-valor, remodelação do pré-pago (iniciada no 2T08) e inovação das dinâmicas de promoção para alavancar a ARPM Oferta VAS: Alavancar os serviços inovadores através da banda larga móvel com o 3G enriquecendo a oferta de conteúdo Convergência: Capturar as oportunidades oferecidas através do desenvolvimento da banda larga móvel e da portabilidade numérica (A partir de Set’08) para oferecer serviços fixo como uma alternativa ao mercado Foco nos clientes de alto valor: Segmentação profunda de aquisição, retenção e estratégia de fidelização; Comissionamento: Aumentar a compensação por clientes com maior retorno e Rentabilidade e desenvolver rentabilidade-alvo por canal; Eficiência Operacional Bad debt: Reorganização do processo de monitoramento com regras estritas de análise de crédito (implementado no 2T08); Eficiência: Investimento em capacidade de transmissão para gerenciamento efetivo dos custos e redução/revisão seletiva do modelo de terceirização. 21
  22. 22. TIM PARTICIPAÇÕES S.A. Investor Relations Revisão das estimativas para 2008 Estimativas Revisão 1º Revisão originais atualizada Base de Clientes ~ 37 Mi Sem modificação Sem modificação Market Share ~ 26% Sem modificação Sem modificação Receita total > 12% ~ 9% > 7% Margem EBITDA > 23% Sem modificação 22.0% ~ 22.5% CAPEX ~ 3.6 R$ Bi Sem modificação Sem modificação A revisão das estimativas para 2008, levaram em conta: Receita – O padrão crescente de trafego intra-rede para o mercado como um todo e crescimento das vendas de aparelhos através de canais de venda direta, acabaram pressionando as receitas entrantes e de aparelhos; Despesas – Antecipamos despesas operacionais para capturar o forte crescimento da banda larga móvel e a oportunidade com a portabilidade numérica; reforçando os serviços do call-center, fortalecendo o programa de fidelidade clientes de alto valor e alavancando a capacidade da rede 3G. Baseado no cenário acima mencionado, estamos tomando uma posição mais conservativa na receita e na margem EBITDA 22
  23. 23. TIM PARTICIPAÇÕES S.A. Investor Relations Considerações Futuras As declarações contidas nessa apresentação, assim como observações feitas pela administração da TIM Participações S.A. (a “Companhia” ou “TIM”) que não constituam fatos consumados, são previsões e/ou estimativas futuras envolvendo fatores que podem fazer com que os resultados reais da Companhia sejam materialmente diferentes dos resultados históricos ou de quaisquer resultados expressos ou implícitos por essas previsões e estimativas. A Companhia alerta que os usuários desta apresentação não devem fundamentar suas decisões de investimento nessas previsões e estimativas futuras, pois elas estão baseadas em suposições que podem não se realizar. Relações com Investidores Visite nosso Website Avenida das Américas, 3434 - Bloco 01 http://www.timpartri.com.br 6° andar – Barra da Tijuca 22640-102 Rio de Janeiro, RJ Telefone: (21) 4009-3742 / 4009-3751 / 4009-3446 Fax: (21) 4009-3990 23

×