Brochura de métodos e técnicas de estudo workshop

564 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
564
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
23
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Brochura de métodos e técnicas de estudo workshop

  1. 1. Aprender a estudar… estudar para aprender!
  2. 2. "A melhor de todas as coisas é aprender. O dinheiro pode ser perdido ou roubado, a saúde e força podem falhar, mas o que você dedicou à sua mente é seu para sempre.” ( Louis L.Amour )
  3. 3. Amas a vida? Então não desperdices o tempo, pois é de tempo que a vida é feita. (Benjamin Franklin)
  4. 4. Estou há horas a estudar e parece que não me lembro de nada…
  5. 5. As Horas Mais Rentáveis…. O rendimento intelectual de manhã é superior ao da tarde e ao da noite;  Cada pessoa tem um ritmo intelectual próprio; É vantajoso que o aluno conheça os períodos do dia em que o eu esforço rende mais e aproveite essas horas para “atacar” o estudo;  Há dois momentos pouco recomendáveis para grandes esforços: 1º Depois das refeições pesadas, porque o processo de digestão produz uma certa sonolência, reduzindo a capacidade de concentração; 2ª Antes de dormir, porque o esforço intenso pode perturbar o sono prejudicando a saúde e o rendimento escolar.
  6. 6. As pausas Em cada sessão do estudo o aluno deve começar por decidir o que fazer e como fazer, distribuindo o tempo disponível pelas várias tarefas; Para aprender é necessário empenhar-se com entusiasmo durante um tempo mínimo mas não deve abusar do esforço (meia hora). Trabalhar sem pausas é um erro. Os especialistas aconselham o estudo em pequenas etapas, em períodos de esforço intenso e concentrado. Uma sessão de estudo de 3 horas com 2 ou 3 pausas rende mais do que 3 horas seguidas; Várias experiências confirmam que pequenos intervalos facilitam a aprendizagem e a memorização;
  7. 7. • No intervalos o aluno deve levantar-se e fazer algum exercício físico: são de evitar actividades muito atractivas que correm o risco de perturbar as sessões de estudo, tais como ver televisão, jogar computador ou navegar na net.
  8. 8. Como terminar uma sessão de estudo? Uma sessão de estudo termina sempre com uma avaliação do trabalho realizado: “Dediquei ao estudo o tempo que tinha previsto? “Distribui bem o tempo pelas várias tarefas?” “Fiz intervalos adequados?” “Cumpri os meus objectivos?”
  9. 9. Depois destes conselhos… vou consegui estudar melhor e ter mais tempo para fazer outras coisas… Experimenta tu também!
  10. 10. Uma gestão eficaz do tempo exige um local de estudo fixo e com boas condições ambientais: Calma Conforto Arrumação
  11. 11. A Calma… Embora haja alunos que gostam de trabalhar com algum som ambiente, a maioria aproveita mais se estudar num clima de silêncio, sem barulho, conversas ou telefonemas que interrompam o trabalho. Estudar com música de fundo? Talvez, em alguns casos. Estudar com a televisão ligada? Nunca!  Ver televisão e estudar são ocupações incompatíveis porque ambas requerem muita atenção.
  12. 12. Arrumação… • O material de trabalho deve estar organizado em locais próprios: estantes, gavetas. Sobre a secretária deve ficar apenas o material necessário para realizar as tarefas de cada sessão de estudo e não objectos que distraem ou atrapalhem o trabalho.
  13. 13. Conforto... • São elementos de conforto uma temperatura moderada, um bom arejamento e uma boa iluminação. Para uma boa postura corporal aconselha-se uma secretária espaçosa e uma cadeira firme. Estudar reclinado no sofá ou na cama é um excesso de conforto que dificulta o trabalho e convida o descanso
  14. 14. • Uma técnica de memoroização lista de objectos. • Formula Secreta: • Recorrer a uma estrutura que conheças muito bem (ex. a tua casa) + muita imaginação e criatividade (dá movimento, som acção, ridiculariza, atribui cheiro, aroma, paladar em fim dá asas à tua imaginação...
  15. 15. Exemplo: Tens uma lista de palavras ou uma apresentação oral para fazer, então…. • Divides essa apresentação por partes e colocando-as em diferentes repartições da tua casa, sempre com muita criatividade… Assim á medida que vais falando vais visualizando mentalmente a tua casa e das respectivas partes da apresentação que tens que fazer….
  16. 16. Princípios • Princípio de primazia: Lembramo-nos melhor do princípio de um teste ou de uma aula; • Princípio dos factos recentes: tendência para recordar mais facilmente o fim de uma sessão de aprendizagem. • Ou seja vias-te lembrar bem do início e bem do fim de algo!
  17. 17. • Assim se dividires qualquer coisa que tenhas de estudar em 2, existe uma grande probabilidade de te lembrares da primeira e última coisa de cada uma dessas partes.
  18. 18. Outra estrutura • O teu corpo. • Vais ter que memorizar uma lista diferente da anterior, ou seja com abstracções (palavras difíceis de visualizar por não se referirem a nenhuma coisa concreta). • 1º visualiza o teu corpo;
  19. 19. lista • • • • • Comprar um gelado; Arranjar o aspirador; Saber que filme está no cinema; Tirar as pulgas do cão; Pôr a carta para o tio no correio;
  20. 20. • Fazer sempre pela mesma sequência, começando pelo alto da cabeça. • Exemplo: esborrachar o gelado na testa (espalhando o molho de chocolate pelo tapete); fazer brilhar o aspirador nos teus olhos; ouvires o som do inicio das sessões de cinema nos teus ouvidos;…
  21. 21. Organizar ideias e memorizar um tema
  22. 22. Memorizar números • Os números apenas são dificeis de memorizar se forem vistos de uma forma abstracta. • Assim que um número ganha algum significado ou identidade fica mais fácil de memorizar.
  23. 23. Existem sempre números que têm um significado especial • O dia, mês e ano do nosso aniversário,do nosso irmão, dos nossos pais, o nosso. • O número da nossa porta; • O nosso número da sorte; • O nosso número do azar; • …. • Quando olhamos para determinada sequencia de números é mais facil de memorizar se conseguirmos estabelecer uma relação com números que para nós tem significado.
  24. 24. Números como imagens • Transformar um número numa imagem muito fácil de memorizar: • Comece por associar uma imagem a cada algarismo do 0 a 9 baseada na forma de cada um deles.
  25. 25. Para visualizar este esquema traz à tua mente a imagem apropriada a cada algarismo. È como escrever uma história
  26. 26. exemplo • 1975 • Estava cheia de sede e bebi um copo de água(1), mas como estava muito calor não fiquei satisfeita e fui comprar um gelado de morango (9) que trazia uma palhinha (7) com um camarão (5) de papel colado.
  27. 27. Depois de fazeres a história coloca as várias datas numa estrutura …. • • • • • • • E depois tenta lembrar-te. Vamos tentar: 1023 1867 1948 1975 2010

×