25 de Mar
                                   Escola EB2,3 Prof. Dr. Egas Moniz




            Fábio Abreu nº9 6ºC        ...
25 de Mar
                                   Escola EB2,3 Prof. Dr. Egas Moniz


                                         ...
25 de Mar
                                   Escola EB2,3 Prof. Dr. Egas Moniz




                              Invenções...
25 de Mar
                                   Escola EB2,3 Prof. Dr. Egas Moniz




                                       ...
25 de Mar
                                   Escola EB2,3 Prof. Dr. Egas Moniz

            de sons era composto por um su...
25 de Mar
                                   Escola EB2,3 Prof. Dr. Egas Moniz




                                       ...
25 de Mar
                                   Escola EB2,3 Prof. Dr. Egas Moniz

            Foram os egípcios e parte dos ...
25 de Mar
                                   Escola EB2,3 Prof. Dr. Egas Moniz

            Nos castelos e palácios da Eur...
25 de Mar
                                   Escola EB2,3 Prof. Dr. Egas Moniz




                                       ...
25 de Mar
                                   Escola EB2,3 Prof. Dr. Egas Moniz

            elemento metálico, com um alto...
25 de Mar
                                   Escola EB2,3 Prof. Dr. Egas Moniz




            Eu com este trabalho perceb...
25 de Mar
                                   Escola EB2,3 Prof. Dr. Egas Moniz




            http://pt.wikipedia.org/wik...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Fabio - Fonógrafo, Relógio e Máquina de Escrever

2.232 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.232
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
8
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
12
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Fabio - Fonógrafo, Relógio e Máquina de Escrever

  1. 1. 25 de Mar Escola EB2,3 Prof. Dr. Egas Moniz Fábio Abreu nº9 6ºC 1 Trabalho de História
  2. 2. 25 de Mar Escola EB2,3 Prof. Dr. Egas Moniz Índice Invenções do século XVIII e XIX Invenções Fonógrafo o Quem inventou o Como é feito o Como foi evoluindo Relógio o Alguns inventores o Como são feitos o Alguns relógios Máquina de escrever o Quem inventou Como são feitas o Conclusão Bibliografia Fábio Abreu nº9 6ºC 2 Trabalho de História
  3. 3. 25 de Mar Escola EB2,3 Prof. Dr. Egas Moniz Invenções dos séculos XVIII e XIX Houve várias invenções nos séculos XVIII e XIX e algumas muito úteis tais como o: relógio, o automóvel, a bicicleta, o telefone, máquina fotográfica e a máquina de escrever e entre muitos outros… Agora irei referir algumas dessas invenções que eu acho que teve alguma importância no desenvolvimento no mundo tais como o fonógrafo que teve uma importância a nível musical e na arte e no lazer a seguir irei falar sobre o relógio que hoje em dia se utiliza muito na orientação do mundo e das pessoas e em último vou falar sobre a máquina de escrever que teve um papel muito importante na comunicação escrita tais como: jornais, cartas para comunicar entre pessoas e na aprendizagem nas escolas. Agora irei referi-las mais em pormenor em cada uma delas: Fábio Abreu nº9 6ºC 3 Trabalho de História
  4. 4. 25 de Mar Escola EB2,3 Prof. Dr. Egas Moniz Fonógrafo O americano Thomas Alva Edison em 21 de Novembro de 1877, inventou um aparelho que o seu nome é fonógrafo e consistia num cilindro coberto com papel de alumínio. Com uma ponta aguda que era pressionada conta o cilindro. Ligados à ponta, e ficavam um diafragma e um grande bocal. O cilindro era girado manualmente conforme o operador ia falando no bocal. A voz fazia o diafragma vibrar. Conforme isso acontecia, a ponta aguda cortava uma linha no papel de alumínio. A despeito da rápida evolução do sistema de gravação, os aparelhos reprodutores tiveram um aperfeiçoamento mais lento. O disco carregava mais tecnologia que o gira-discos. Desde os tempos de Edison, o aparelho reprodutor Fábio Abreu nº9 6ºC 4 Trabalho de História
  5. 5. 25 de Mar Escola EB2,3 Prof. Dr. Egas Moniz de sons era composto por um suporte giratório (impulsionado por motor ou manualmente), uma agulha leitora, um diafragma e uma corneta, assim Permanecendo até mesmo com o advento da gravação eléctrica. Os mais marcantes aperfeiçoamentos foram verificados na parte mecânica dos aparelhos, quando passou a ser usado o motor a corda (Spring Motor), com velocidade constante e ajustável. As máquinas também passaram a ser melhor construídas e os diafragmas foram melhorados, alguns já produzidos em folha de alumínio duro. No mais, perfumaria: o gramofone Ultraphon alemão com braço duplo (que reproduzia com eco), o Columbia Baby Regent, embutido em uma escrivaninha, ou ainda o Klingsor com cordas na saída da corneta que deveriam ser afinadas para proporcionar ressonância simpática conforme se reproduzia o disco. Houve, ainda, um fonógrafo de Edison especialmente construído para escolas de idiomas, equipado com a tecla quot;language repeatquot;, que repetia um determinado trecho da lição gravada. Fábio Abreu nº9 6ºC 5 Trabalho de História
  6. 6. 25 de Mar Escola EB2,3 Prof. Dr. Egas Moniz O relógio Uns grandes construtores e aperfeiçoadores de relógios foram Ricardo de Walinfard (1344), Santigo de Dondis (1344), seu filho João de Dondis que ficou conhecido como quot;Horologiusquot;, e Henrique de Vick (1370). Acredita-se que o tempo que começou a ser medido há cerca de 5000 anos. Os primeiros relógios construídos e usados foram feitos pelos gnomos e consistiam num obelisco que, iluminado pelo sol ou pela lua, projectava uma sombra, que se movia com o passar das horas e entre o seu ponto inicial e seu ponto final, havia um espaço que o homem fraccionou criando a divisão do tempo. Fábio Abreu nº9 6ºC 6 Trabalho de História
  7. 7. 25 de Mar Escola EB2,3 Prof. Dr. Egas Moniz Foram os egípcios e parte dos povos da Ásia ocidental quem primeiro dividiram o dia em 24 horas. O mais antigo instrumento de marcar as horas foi o quot;relógio do solquot; que foi inventado pelos babilónios e tinha um funcionamento simples: uma haste vertical que se projectava do centro de uma superfície circular, projectando uma sombra do sol para indicar a hora. O mais antigo relógio de sol está exposto no Museu de Berlim. Relógio de areia Outro tipo de relógio muito utilizado foi o de areia, ou ampulheta, inventado também pelos egípcios. O seu funcionamento é simples, dois cones de vidro ligados por um pequeno orifício que regulava a passagem de areia colocada em uma das partes, marcavam um determinado período de tempo. Depois era só virar o instrumento e repetir o processo. A ampulheta aparece no século VIII, e evoluiu com o fabrico do vidro que a tornou hermética, garantindo a fluidez da areia. Fábio Abreu nº9 6ºC 7 Trabalho de História
  8. 8. 25 de Mar Escola EB2,3 Prof. Dr. Egas Moniz Nos castelos e palácios da Europa antiga, usava-se o “relógio de fogo”, que consistia numa corda com nós que queimavam a intervalos regulares. Como todas as formas de marcar as horas não eram confiáveis, o homem continuou a fazer novos experimentos. Foi assim que surgiu no Egipto o quot;relógio de águaquot;, o Clepsidra, que consistia em um recipiente cheio de água com as paredes graduadas e um pequeno orifício para a água sair. Cada descida de duas graduações correspondia à passagem de l hora. Fábio Abreu nº9 6ºC 8 Trabalho de História
  9. 9. 25 de Mar Escola EB2,3 Prof. Dr. Egas Moniz Máquina de escrever A máquina de escrever é um instrumento mecânico, electromecânico ou electrónico com teclas que, quando premidas, causam a impressão de caracteres num documento, em geral de papel. O método pelo qual uma máquina de escrever deixa a impressão no papel varia de acordo com o tipo de máquina. Habitualmente é causado pelo impacto de um Fábio Abreu nº9 6ºC 9 Trabalho de História
  10. 10. 25 de Mar Escola EB2,3 Prof. Dr. Egas Moniz elemento metálico, com um alto-relevo do carácter a imprimir, numa fita com tinta que em contacto com o papel é depositada na sua superfície. A invenção de um primitivo dispositivo de escrever mecanicamente é atribuída a Henri Mill, em 1714. O italiano Pellegrino Turri introduziu, em 1808, o sistema de teclado. Posteriormente, o mecânico norte-americano Carlos Thuber criou um modelo aperfeiçoado, com maior rapidez de escrita (1843). Outros nomes como os do norte-americano Burth, o inglês Jenkins, e o francês Pogrin, colaboraram para o aperfeiçoamento da máquina. As primeiras máquinas imprimiam apenas em caracteres maiúsculos. Foi Brooks quem conseguiu a impressão dos caracteres maiúsculos e minúsculos. Fábio Abreu nº9 6ºC 10 Trabalho de História
  11. 11. 25 de Mar Escola EB2,3 Prof. Dr. Egas Moniz Eu com este trabalho percebi que nós nos séculos XVIII e XIX tínhamos coisas úteis e algumas nem muito. E também fiquei a perceber que se não tivéssemos os inventores que tivemos não tínhamos coisas que temos ainda hoje. Ainda bem que fiz este trabalho porque fiquei a perceber mais sobre os nossos inventores. Fábio Abreu nº9 6ºC 11 Trabalho de História
  12. 12. 25 de Mar Escola EB2,3 Prof. Dr. Egas Moniz http://pt.wikipedia.org/wiki/Rel%C3%B3gio http://www.maquinasdeescreverantigas.com.br/ http://www.google.pt/search?sourceid=navclient&aq=h12&oq=relógio%20wikipédia& ie=UTF- 8&rlz=1T4SUNA_enPT289PT290&q=textos+sobre+as+inven%c3%a7%c3%b5es+nos+s% c3%a9culos+XVIII+e+XIX http://pt.wikipedia.org/wiki/S%C3%A9culo_XVIII Fábio Abreu nº9 6ºC 12 Trabalho de História

×