Teleconferência de resultados 12 m09 ifrs

340 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
340
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Teleconferência de resultados 12 m09 ifrs

  1. 1. Banco Santander (Brasil) S.A.Resultados 2009 em IFRS – Pro forma04 de Fevereiro de 2010
  2. 2. 2Índice Cenário Macroeconômico e Sistema Financeiro 2009 • - Estratégia - Negócios g - Resultados
  3. 3. 3Cenário Macroeconômico Economia retoma crescimento em 2010 PIB (Crescimento Real anual %) Taxa de Juros – Selic (Final %) 6,1 5,1 5,4 4,0 13,25 13,75 11,25 11,25 8,75 8 75 0,0 2006 2007 2008 2009(e) 2010(e) 2006 2007 2008 2009 2010(e) Inflação (IPCA %) Taxa de Câmbio – R$/US$ Final de Período 5,9 4,5 4,3 4,6 2,14 2,34 3,1 1,77 1,74 1,76 2006 2007 2008 2009 2010(e) 2006 2007 2008 2009 2010(e)Fonte: Banco Central do Brasil e IBGE.Expectativas de 2010: fonte pesquisa Focus (Consenso de Mercado BACEN)
  4. 4. 4Sistema Financeiro: Dinâmica do crescimento do créditoR$ Bilhões Crédito Total Crédito PF Livre %12M Bancos Privados %12M Bancos Públicos %12M Crédito Total 1.410 434 451 471 1.348 1 348 411 1.227 1.243 1.277 394 39,5% 24,2% 31,1% 31,1% 19,4% 26,8% 14,9% 5,7% Dez.08 Mar.09 Jun.09 Set.09 Dez.09 Dez.08 Mar.09 Jun.09 Set.09 Dez.09 Crédito C édit PJ Li Livre Crédito Direcionado C édit Di i d 482 457 477 426 470 356 367 378 38,9% 465 464 29,4% 28,4% 1,2% 1 2% Dez.08 Mar.09 Jun.09 Set.09 Dez.09 Dez.08 Mar.09 Jun.09 Set.09 Dez.09 Volume Variação Interanual %Fonte: Banco Central do Brasil
  5. 5. 5Sistema Financeiro: Dinâmica do crescimento das captaçõesR$ Bilhões Captações Depósitos Fundos de Investimento (Depósitos + Fundos) Var. 12M – Dez.09. Var. 12M – Dez.09 Vista: 8,7% Varejo: 14,2% 2.515 Poupança: 17,7% Não Varejo: 24,1% 2.427 Prazo: 4,1% 2.314 2.219 2.169 977 1.011 1.031 1 011 1 031 1.060 1.397 1.454 976 1.303 1.192 1.243 40,7% 599 1.172 575 607 608 15,9% 587 14,4% 14 4% 8,5% 987 1.046 1.116 22 1% 22,1% 945 402 389 403 423 462 247 258 256 280 282 -0,8% Dez. Mar. Jun. Set. Dez. Dez. Mar. Jun. Set. Dez. Dez. Mar. Jun. Set. Dez. 08 09 09 09 09 08 09 09 09 09 08 09 09 09 09 Prazo Vista + Poupança Volume Variação Interanual %Fonte: Banco Central do Brasil
  6. 6. 6Índice Cenário Macroeconômico e Sistema Financeiro 2009 - Estratégia g - Negócios - Resultados
  7. 7. 7Franquia O Santander é o 3 maior banco privado no Brasil, com 3º escala para competir Participação de mercado em termos de número de agências (%) Dez/09 Dezembro 2009 Norte: 5% do PIB Crédito (R$ MM) 138.394 Participação : 5% Nordeste: 13% do PIB Participação: 7% Captação Clientes¹ (R$ MM) 143.672 Captação de Clientes Total² (R$ MM) 242.079 Lucro Líquido (R$ MM) 5.508 Sólida plataforma de distribuição… Banco com um dos maiores números de pontos Centro-oeste: 9% do PIB Participação: 6% de venda na região Sul / Sudeste (73% do PIB) – 2.091 agências Sudeste: 57% do PIB – 1.502 PABs Participação: 16% – 18.094 caixas eletrônicos 10,2 milhões de correntistas ativos³ Sul: 16% do PIB Participação: 9%Fonte: Banco Central do Brasil e IBGE. Data base do PIB de 20071. Inclui depósitos à vista, depósitos a prazo e poupança + debêntures + Letra de Crédito Imobiliário (LCI) e Letra de Crédito Agrícola (LCA)2. Inclui Fundos3. Clientes com movimentação de depósito à vista no período de 30 dias, segundo Banco Central do Brasil
  8. 8. Integração 8 Com a integração, combinamos em uma única plataforma a g ç , p capacidade global com forte presença local Plataforma f global do Santander Rede Rede Escala Global em Sourcing Concentração em São Forte presença no Rio Paulo e região Sul de Janeiro, Minas Gerais, e outras partes no Nordeste Plataforma de TI Internacional e Diferenciada Segmentos Forte presença nos segmentos de média Segmentos Forte presença nos segmentos de alta + Capacidade de Replicar Produtos Globais renda e servidores renda e Pequenas e públicos úbli Médias Empresas Médi E Gestão de Riscos Eficiente Negócios Negócios Cartões de crédito, Financiamento de crédito consignado édit i d veículos í l Base de Clientes Multinacional
  9. 9. 9Integração O processo de integração segue conforme o planejado planejado... 1a Etapa 2a Etapa 3a EtapaAgo/08A /08 Mar/09 M /09 Jan/10 Mai/10 M i/10 Set/10 S /10 I Senior Management Integrado II Áreas Centrais Integradas Análise de Risco, Recursos Humanos, Marketing, Controladoria, Compliance, etc III Atacado, Private & Asset III Integrados GB&M, Corporate, e Middle IV IV Sistema de Cartão de Crédito V IV Caixas Eletrônicos Integrados Plataforma de Caixas Eletrônicos Melhorias na infra-estrutura das agências VI VII Integração Completa/ V Sistemas de Back Office VI Unificação das Redes Unificação das atividades/processos de caixa “Big Bang” das agências e compensação Integração dos Call centers
  10. 10. 10Integração ...e Juntos estamos levando cada vez mais o melhor de cada banco para nossos clientes li tSantander Master• As duas melhores idéias em cheque especial, agora juntas. especial juntas Serviços Van Gogh Parcelamento do saldo devedor 10 dias sem juros + pela metade dos juros do • Santander lança os por mês cheque especial Serviços Van Gogh para os clientes alta renda, , oferecendo soluções financeiras adequadas e inovadoras.Auto Max • Santander e Real adotam formato único para a contratação e venda de Santander Flex e Real Flex seguros no Brasil. • Com este processo, a comercialização dos seguros é otimizada. Todo Mês, 5 dias a mais para Parcelamento da fatura pagar a fatura + pela metade dos juros do Todo o ano, um mês sem juros cartão de crédito
  11. 11. 11Integração: Sinergias Sinergias de Gastos previstas R$ milhões Alcançamos R$ 1 1 bilhã 1,1 bilhão de sinergias de gastos superando gastos, 2.400 a previsão em 1.600 R$ 300 milhões 800 2009 2010 2011
  12. 12. 12Índice Cenário Macroeconômico e Sistema Financeiro 2009 - Estratégia - Negócios - Resultados
  13. 13. 13Negócio: Evolução Gerencial do Crédito ClientesR$ Bilhões 1,7% , % Var. Var. 2009 2008 4,1% R$ Milhões 12M (%) 3M (%) 136,0 137,1 134,2 132,9 138,4 Pessoa Física 43.352 39.153 10,7% 2,2% Financiamento ao 24.627 24.757 -0,5% 1,7% consumo Pequenas e 32.417 34.289 -5,5% 4,5% Médias Empresas p Grandes Empresas 37.998 37.839 0,4% 7,7%dez.08dez 08 mar.09 mar 09 jun.09 jun 09 set.09 set 09 dez.09 dez 09 Total¹ 138.394 136.039 1,7% 4,1% Incluindo carteiras cedidas por outros bancos (não consideradas na carteira de crédito em IFRS), o crescimento do crédito em doze meses seria de 3,0% e no trimestre de 4,2%1. Em 2009, o Banco adquiriu, através da agência de Cayman, contratos de financiamento e crédito à exportação com clientesbrasileiros no montante de US$ 1.977 milhões, equivalente a R$ 3.442 milhões. No 4T09, o montante foi de US$ 1.170 milhões.
  14. 14. 14Negócio: Evolução do Crédito Pessoa Física por Produtos Consignado Consignado¹ VeículosR$ MM R$ MM 2,8% 33,0% 21.949 22.575 10.176 10 176 7.650 Dez.08 Dez.09 Dez.08 D 08 Dez.09 D 09 Cartões C tõ Imobiliário² I biliá i ²R$ MM R$ MM 30,6% 21,4% 9.086 6.957 55,5% 8.472 3.860 6.980 2.483 4.474 5.226 16,8% Dez.08 Dez.09 Dez.08 Dez.09 Pessoa Física Pessoa Jurídica1. Inclui compra de carteira de R$ 2.220 milhões em Dez/09 e R$ 443 milhões em Dez/082. Inclui financiamento a PF e PJ
  15. 15. 15Negócio: Evolução da CaptaçãoR$ Bilhões 5,3% Var. Var Var. Var -1,4% 2009 2008 R$ Milhões 12M (%) 3M (%) 229,9 235,7 245,5 242,1 Vista 15.140 15.298 -1,0% 12,0% 228,8 85,5 93,1 98,4 Poupança 25.217 20.643 22,2% 10,3% 80,4 80,1 Prazo 75.771 88.907 -14,8% -13,7% 149,5 148,7 150,2 152,4 143,7 Debêntures / 27.544 24.686 11,6% -2,2% LCI / LCA¹ dez.08 mar.09 jun.09 set.09 dez.09 Captação 143.672 149.534 -3,9% -5,7% Clientes Fundos Captação de Clientes¹ Fundos 98.407 80.402 22,4% 5,7% Total 242.079 229.936 5,3% -1,4%1. Operações compromissadas com lastro em Debêntures, Letras de Crédito Imobiliário e Letra de Crédito Agrícola
  16. 16. 16Índice Cenário Macroeconômico e Sistema Financeiro 2009 - Estratégia - Negócios - Resultados
  17. 17. 17Resultados: Eventos não recorrentes do trimestre Eventos não recorrentes 4T09 Valor (R$ Milhões) - - Cetip 54 - REFIS (Lei 11.941/09)¹ 207 - Provisão para contingências diversas -207 207 TOTAL (antes de impostos) 54 1. Referente ao efeito líquido do pagamento de tributos, por meio do programa de parcelamento e pagamento à vista de débitos tributários – Lei nº 11.941/09 (REFIS).
  18. 18. 18Resultados: Highlights Lucro líquido de R$ 5.508 MM em 2009, com crescimento de 41% em doze meses Crescimento d l C i t do lucro alavancado por crescimento das receitas e l d i t d it controle de gastos Melhora nos indicadores de Gestão em doze meses (12M09/12M08) ( ) Eficiência¹: 35,0% com queda de 9,1 p.p. Recorrência²: 57,0% com aumento de 6,1 p.p. ROE³: 19,3% com aumento de 2,6 p.p. Bons indicadores de Solidez Índice de Basiléia³: 25,6%, com aumento de 10,9 p.p. em doze meses (12M09/12M08) Cobertura: 101,7%, com aumento de 0,7 p.p. no trimestre Patrimônio Líquido³ de R$ 40.954 MM1. Despesas gerais sem amortização/Receitas Totais2. Comissões líquidas/Despesas Gerais sem amortização3. Exclui o ágio apurado na Aquisição do Banco Real e da Real Seguros Vida e Previdência
  19. 19. 19Resultados: Lucro Líquido AcumuladoR$ MM Aceleração do ritmo de crescimento do lucro líquido 41% 30% 5.508 13% 3.917 3.913 3.007 2.445 2.170 6M08 6M09 9M08 9M09 2008 2009
  20. 20. 20Resultados: Margem Líquida com JurosR$ MM 8,7% 8 7% 3,4% 5.384 5.489 5.656 5.850 5.172 Var. 2009 2008 12M (%) Margem com Juros 22.167 19.231 15,3% 4T08 1T09 2T09 3T09 4T09 Taxa de Juros (Média) – Selic ( ) 13,66% 11,70% 9,54% 8,65% 8,65%
  21. 21. 21Resultados: Spreads Spread de Depósitos, % Spread de Crédito, % 12,8 12,7 12,6 1,0 1,0 12,4 12,3 0,9 0,9 0,8 4T08 1T09 2T09 3T09 4T09 4T08 1T09 2T09 3T09 4T09
  22. 22. 22Resultados: Ganhos/perdas ativos financeiros + diferençascambiaisR$ MM -32,5% , 1.051 1 051 Var. 646 459 578 2009 2008 12M (%) 240 390 (222) 514 Ganhos/perdas ativos 592 financeiros + diferenças 2.665 777 243,0% 306 258 338 cambiais 132 84 - Hedge de Cayman¹ 1.146 1 146 - 600 n.a. na (480) Ganhos/perdas ativos financeiros + diferenças 4T08 1T09 2T09 3T09 4T09 1.519 1.377 10,3% cambiais (excluindo ( Outros Hedge) Hedge Cayman1. Este valor refere-se ao Hedge Fiscal do Investimento na Agência de Cayman que tem contrapartida na linha de impostos
  23. 23. 23Resultados: Comissões LíquidasR$ MM 26,8% Var . 2009 2008 12M (%) 7,1% Tarifas bancárias 2.458 2.376 3,4% 1.666 Seguros e capitalização 1.042 844 23,4% 1.573 1.556 1.443 1 443 1.314 Fundos de investimento 737 830 -11,2% Cartões de crédito e 746 635 17,5% débito Cobrança e Arrecadação 502 442 13,5% 4T08 1T09 2T09 3T09 4T09 Mercado de capitais 539 413 30,6% Comércio exterior 384 397 -3,2% Outras¹ -171 -72 136,5% Total 6.238 6 238 5.866 5 866 6,3% 6 3%1. Inclui impostos e outras
  24. 24. 24Resultados: Despesas Gerais e AmortizaçãoR$ MM -9,5% 4,8% 3.491 Var . 3.048 2.977 3.013 3.158 318 2009 2008 12M (%) 317 339 265 328 Gastos de Adm. 5.436 5.858 -7,2% 3.173 2.893 Gastos de Pessoal 5.511 5.674 -2,9% 2.731 2.649 2.674 Depreciações e 1.249 1.236 1,1% Amortizações 4T08 1T09 2T09 3T09 4T09 Total 12.196 12.768 -4,5% Depreciações e A D i õ Amortizações ti õ Despesas G i D Gerais
  25. 25. 25Resultados: Receita Bruta vs Despesas Gerais Receita Bruta¹ e Despesas Gerais²R$ MM 4T09 vs. 4T08 (%) 7.471 7.598 7.776 7.055 7.288 10,2% 2,7 2,2 -8,8% 3.173 2.893 2.731 2.649 2.674 4T08 1T09 2T09 3T09 4T09 Receita Bruta Despesas Gerais1. Exclui o hedge de Cayman. O crescimento da Receita Bruta incluindo o hedge de Cayman foi de 19,5% (4T09 vs 4T08)2. Não inclui amortização
  26. 26. 26Resultados: Provisões de Crédito¹R$ MM 3,5% -26,6% -26 6% 3.101 2.683 500 -12,5% 2.462 2 462 2.197 2.275 Var 2009 2008 12M (%) Provisões Crédito 10.520 10 520 7.240 7 240 45,3% 45 3% 2.601 4T08 1T09 2T09 3T09 4T09 Provisão de Crédito Adicional1. Não inclui Recuperação de Crédito Baixados como Prejuízo
  27. 27. 27Negócios: Qualidade do Crédito Inadimplência IFRS¹ (%) Inadimplência BRGAAP² (%) Cobertura IFRS³ 9,7 7,9 7,8 9,3 7,2 7,4 8,6 86 8,8 8,3 6,4 6,5 7,7 6,2 5,9 7,0 7,2 106% 107% 102% 5,0 97% 101% 6,0 5,3 5,7 3,9 5,1 6,1 4,2 5,7 5,3 3,2 4,2 3,9 2,0 4T08 1T09 2T09 3T09 4T09 4T08 1T09 2T09 3T09 4T09 4T08 1T09 2T09 3T09 4T09 PF PJ Total PF PJ Total1. Operações vencidas há mais de 90 dias mais créditos normais com alto risco de inadimplência / carteira de crédito gerencial2. Operações vencidas há mais de 90 dias / carteira de crédito em BRGAAP3. Provisões de Crédito de Liquidação Duvidosa / operações vencidas há mais de 90 dias mais créditos normais com alto risco de inadimplência
  28. 28. 28Resultados: Indicadores Eficiência¹ (%) Recorrência² (%) ROE (ajustado)³ (%) 6,1 p.p. -9,1 p.p. 2,6 p.p. 57,0 50,9 44,1 19,3 16,8 35,0 2008 2009 2008 2009 2008 20091. Os índices de eficiência para 2008 e 2009, excluindo o hedge de Cayman, seriam respectivamente 43,1% e 36,3%.2. Recorrência (Comissões líquidas/Despesas Gerais).3. ROE ajustado, exclui o efeito do ágio apurado na aquisição do Banco Real e da Real Seguros Vida e Previdência.
  29. 29. 29Conclusões O processo de integração segue conforme planejado utilizando as melhores práticas de cada banco Captura de Sinergias de R$ 1,1 bilhão em 2009, R$ 300 MM acima do esperado Melhora nos indicadores de Gestão e de Solidez Aceleração do crescimento do lucro líquido: 6M09/6M08 = 13%; 9M09/9M08 = 30% e 12M09/12M08 = 41%
  30. 30. 30 ANEXOSResultados Pro FormaBalanço Pro Forma
  31. 31. 31Resultado Pro forma por trimestreR$ MMDemonstração de Resultado 4T08 1T09 2T09 3T09 4T09- Receitas com juros e similares 11.117 9.996 9.775 9.731 10.934- Despesas com juros e similares (5.733) (4.824) (4.286) (4.075) (5.084)Margem líquida com juros 5.384 5.172 5.489 5.656 5.850Resultado de renda variável 5 7 8 7 8Resultado de equivalência patrimonial 88 205 52 33 5Comissões líquidas 1.314 1.443 1.573 1.556 1.666- Receita de tarifas e comissões 1.581 1.664 1.799 1.797 1.888-D Despesas d tarifas e comissões de if i õ (267) (221) (226) (241) (222)Ganhos (perdas) com ativos e passivos financeiros (líquidos) + diferenças cambiais (222) 646 1.051 578 390Outras receitas (despesas) operacionais 6 (53) (110) 106 (59)Total de receitas 6.575 7.420 8.063 7.936 7.860Despesas Gerais (3.173) (3 173) (2.731) (2 731) (2.649) (2 649) (2.674) (2 674) (2.893) (2 893)- Despesas Administrativas (1.659) (1.371) (1.297) (1.345) (1.423)- Despesas de Pessoal (1.514) (1.360) (1.352) (1.329) (1.470)Depreciação e amortização (318) (317) (328) (339) (265)Provisões (líquidas) (líquidas)¹ (432) (559) (1.250) (1 250) (1.190) (1 190) (482)Perdas com ativos (líquidas) (1.983) (2.381) (2.518) (3.844) (2.125)- Provisão para Créditos de Liquidação Duvidosa² (1.920) (2.360) (2.467) (3.008) (2.148)- Perdas com outros ativos financeiros (líquidas) (63) (21) (51) (836) 23Ganhos líquidos na alienação de bens 5 49 1.040 1 040 2.280 2 280 34Lucro Líquido antes da tributação 674 1.481 2.358 2.169 2.129Impostos sobre a renda 232 (649) (745) (697) (538)Lucro Líquido 906 832 1.613 1.472 1.591 1. Inclui provisões para contingências legais e fiscais 2. Inclui recuperações de créditos baixados como prejuízo
  32. 32. 32 Resultado Pro forma Acumulado R$ MM Var 12MDemonstração de Resultado 2009 2008 ABS %- Receitas com juros e similares 40.436 38.102 2.334 6,1%- Despesas com juros e similares (18.269) (18.871) 602 -3,2%Margem líquida com juros 22.167 19.231 2.936 15,3%Resultado de renda variável 30 39 (9) -23,1%Resultado de equivalência patrimonial 295 305 (10) -3,3%Comissões líquidas 6.238 5.866 372 6,3%-RReceita d t if e comissões it de tarifas i õ 7.148 6.849 299 4,4%- Despesas de tarifas e comissões (910) (983) 73 -7,4%Ganhos (perdas) com ativos e passivos financeiros (líquidos) + diferenças cambiais 2.665 777 1.888 243,0%Outras receitas (despesas) operacionais (116) (75) (41) 54,7%Total de receitas 31.279 31 279 26.143 26 143 5.136 5 136 19,6% 19 6%Despesas Gerais (10.947) (11.532) 585 -5,1%- Despesas Administrativas (5.436) (5.858) 422 -7,2%- Despesas de Pessoal (5.511) (5.674) 163 -2,9%Depreciação e amortização (1.249) (1 249) (1.236) (1 236) (13) 1,1% 1 1%Provisões (líquidas)¹ (3.481) (1.702) (1.779) 104,5%Perdas com ativos (líquidas) (10.868) (6.655) (4.213) 63,3%- Provisão para Créditos de Liquidação Duvidosa² (9.983) (6.573) (3.410) 51,9%- Perdas com outros ativos financeiros (líquidas) (885) (82) (803) n.a naGanhos líquidos na alienação de bens 3.403 54 3.349 n.aLucro Líquido antes da tributação 8.137 5.072 3.065 60,4%Impostos sobre a renda (2.629) (1.159) (1.470) 126,8%Lucro Líquido 5.508 3.913 1.595 40,8% 1. Inclui provisões para contingências legais e fiscais 2. Inclui recuperações de créditos baixados como prejuízo
  33. 33. 33Balanço Pro forma - AtivoR$ MMAtivo dez/08 mar/09 jun/09 set/09 dez/09Disponibilidades e reserva no Banco Central do Brasil 23.701 23.317 24.813 21.261 27.269Ativos financeiros para negociação 19.986 22.347 15.809 19.261 20.116Outros ativos financeiros ao valor justo no resultado 5.575 6.462 6.068 16.986 16.294Ativos financeiros disponíveis para venda 30.736 27.294 30.593 44.763 46.406Empréstimos e financiamentos 162.725 159.356 161.645 149.973 152.163 - Empréstimos e adiantamentos a instituições de crédito 29.692 30.977 31.993 27.932 24.228 - Empréstimos e adiantamentos a clientes p 141.214 137.227 138.811 132.343 138.005 - Provisão para perdas (8.181) (8.848) (9.159) (10.302) (10.070)Derivativos utilizados como hedge 106 99 178 157 163Ativos não correntes para venda 113 120 58 53 171Participações em coligadas 634 460 502 417 419Ativos tangíveis 3.829 3.742 3.600 3.682 3.702Ativos intangíveis 30.995 30.534 30.589 30.982 31.618 - Ágio 27.488 27.190 27.263 28.312 28.312 - Outros 3.507 3 507 3.344 3 344 3.326 3 326 2.670 2 670 3.306 3 306Ativo fiscal 12.920 12.798 13.386 15.058 15.779Outros ativos 2.870 3.170 1.637 3.642 1.873Total do ativo 294.190 289.699 288.878 306.235 315.973
  34. 34. 34Balanço Pro forma - PassivoR$ MMPassivo dez/08 mar/09 jun/09 set/09 dez/09Passivos financeiros para negociação 11.210 8.268 4.887 5.316 4.435Outros passivos financeiros ao valor justo no resultado 307 257 363 2 2Passivos financeiros ao custo amortizado 213.974 213 974 208.267 208 267 207.644 207 644 205.801 205 801 203.567 203 567 - Depósitos do Banco Central do Brasil 185 1.049 870 562 240 - Depósitos de instituições de crédito 26.326 23.435 21.793 18.754 20.956 - Depósitos de clientes 155.495 155.231 154.922 154.548 149.440 - Títulos de dívida e valores mobiliários 12.086 11.535 11.299 10.945 11.439 - Dívidas subordinadas 9.197 10.938 10.996 11.149 11.304 - Outros passivos financeiros 10.685 6.079 7.764 9.843 10.188Passivos por contratos de seguros - - - 13.812 13 812 15.527 15 527 (1)Provisões 8.915 9.749 10.203 11.555 9.480Passivos fiscais 6.156 6.402 7.352 9.287 9.457Outros passivos² 3.791 6.084 6.624 4.796 4.239Total do passivo 244.353 239.027 237.073 250.569 246.707Patrimônio líquido 49.318 50.113 51.135 55.079 68.706Participação dos acionistas minoritários 5 5 5 5 1Ajustes ao valor de mercado 514 554 665 582 559Total do patrimônio líquido 49.837 50.672 51.805 55.666 69.266Total do passivo e patrimônio líquido 294.190 289.699 288.878 306.235 315.9731. Inclui provisões para pensões e contingências2. Inclui outros passivos financeiros ao valor justo no resultado e Derivativos utilizados como hedge.
  35. 35. 35Carteira de Crédito Clientes Gerencial por segmento¹R$ MMCrédito Clientes Gerencial 4T08 1T09 2T09 3T09 4T09Pessoa Física 39.153 40.602 41.321 42.405 43.352Financiamento ao consumidor 24.757 24.284 24.332 24.225 24.627Pequenas e Médias Empresas 34.289 32.933 31.748 31.029 32.417Grandes Empresas 37.839 37 839 39.298 39 298 36.772 36 772 35.290 35 290 37.998 37 998Total do Crédito 136.039 137.117 134.173 132.949 138.394Avais e Fianças 25.405 24.118 22.671 21.247 20.967Total do Crédito com Avais e Fianças 161.444 161.235 156.844 154.196 159.3611. A abertura gerencial do crédito considera a reclassificação efetuada no 3T09, quando excluiu-se algumas operações quenão apresentam características de crédito
  36. 36. 36Conciliação IFRS x BRGAAPR$ MM 2009 Lucro em BR GAAP 1.806 - Reversão da Amortização do ágio / Outros 3.030 - Ajuste de preço de compra 411 - Outros 261 Lucro em IFRS L 5.508 5 508
  37. 37. Relações com InvestidoresAvenida JA id Juscelino K bit h k 2 235 10º andar li Kubitschek, 2.235, dSão Paulo | SP | Brasil | 04543-011Tel. (55 11) 3553-3300e-mail: ri@santander.com.br

×