Apresentação 2T07

215 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia, Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
215
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
30
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação 2T07

  1. 1. Teleconferência de Resultados 2º Trimestre de 2007
  2. 2. EBITDA e Margem EBITDA EBITDA e Margem EBITDA Crescimento de 10% no EBITDA R$ milhões e % da Receita Líquida ajustado, principalmente pelo aumento das vendas no mercado doméstico (nãotecidos) e redução 37,0 no CPV. 30,7 28,7% Crescimento teria sido maior, não 26,3 23,9 fosse: 26,4% 24,4% 21,7% • a queda pontual das vendas no mercado externo por conta do inverno mais rigoroso na América do Sul; • queda na produção / vendas de PVC por conta de manutenções 2T06 4T06 1T07 2T07 não programadas.
  3. 3. Volume de Vendas VOLUME DE VENDAS (ton) 12,7 12,1 12,6 • Cia vem ampliando 12,0 gradualmente seu volume de vendas, particularmente o segmento de nãotecidos; 7,0 6,4 5,6 • Problemas relacionados à 5,0 manutenção não programada levou à redução na produção e vendas de 0,7 0,5 0,4 0,6 PVC; 3ºT 2006 4ºT 2006 1ºT 2007 2ºT 2007 • Vamos limitar vendas ao setor Não Tecidos Tubos e Conexões Embalagens público, onde a margem é menor.
  4. 4. Receita Bruta Receita Bruta R$ milhões 143,0 130,1 121,6 • No mercado interno a receita 118,0 44,9 com nãotecidos mostrou um 39,3 crescimento de 6,4%; 41,8 36,9 • Queda na receita de exportações 98,1 de nãotecidos em função da 90,7 apreciação do Real 79,8 81,1 • Queda nas vendas de PVC afetaram o desempenho no trimestre. 2T06 4T06 1T07 2T07 Mercado interno Mercado externo
  5. 5. Custo dos Produtos Vendidos CPV / MARGEM CPV 74,8% 74,4% 73,5% • Redução gradual no CPV vem garantindo melhora de eficiência e ampliação das margens 88,2 86,8 operacionais. 69,9% 81,9 79,1 3ºT 2006 4ºT 2006 1ºT 2007 2ºT 2007 CPV MARGEM
  6. 6. Desp. Operac. e Res. Financeiro Despesas Operacionais e Resultado Financeiro R$ milhões 2T07 1T07 % • Gastos no processo de aquisição R$ 2,5 milhões; -Despesas administrativas (12,7) (6,3) 102,3% • Gastos IPO R$ 0,7 milhão; • Ajuste de preço R$ 1,9 milhão, devido aos antigos acionistas, conforme contrato de compra e venda; • Gastos não recorrentes R$ 1,0 milhão com reestruturação de pessoal, contingências trabalhistas e cíveis. -Resultado Financeiro (17,5) (9,9) 77,6% • Juros da dívida contraída para aquisição da Cia (NP´s)
  7. 7. Lucro Líquido Lucro Líquido R$ milhões • Combinação de despesas não recorrentes e encargos financeiros levaram ao prejuízo no trimestre; 31,1 • Gastos financeiros serão reduzidos a partir do 3º trimestre, com o equacionamento da dívida. 9,8 9,7 (9,2) 2T06 4T06 1T07 2T07
  8. 8. Endividamento Composição da Dívida Líquida R$ milhões Atual (R$ MM) 30/06/07 Após o IPO Dívida total Financiamento da Aquisição mais juros 499,5 - Aquisição da Isofilme 97,0 73,6 Financiamento da 9ª máquina 70,4 70,4 Notas Promissórias II 250,0 666,9 394,0 Caixa 57,0 57,0 Recursos líquidos da Oferta - 170,31 Dívida líquida 609,9 166,7 Dívida líquida/ EBITDA UDM2 5,8x 1,6x 1 Baseado no EBITDA UDM de R$ 105, mm, em 31 de março de 2007 2 Oferta primária de R$ 451,7 MM (já líquido), menos R$ 255,0 MM referente NP´s e R$ 26,4 MM pagamento da Isofilme
  9. 9. Destaques Operacionais • Conclusão da operação de financiamento da Máquina 09; obras civis encerradas e processo de montagem em curso; • Contrato de aquisição da Isofilme; • Contratação de um novo ERP (SAP) – operacional ao final do 1ºT 2008; • Reestruturação da área comercial; • IPO da Companhia, etapa fundamental para reduzir o endividamento e preparar a Companhia para novas aquisições.
  10. 10. Contato de RI Rubens Sardenberg Diretor de RI Tel: (41) 3381-7600 Fax: (41) 3283-5909 São José dos Pinhais – PR rubens@providencia.com.br www.providencia.com.br/ri As palavras “acredita”, “antecipa”, “espera”, “estima”, “irá”, “planeja”, “pode”, “poderá”, “pretende”, “prevê”, “projeta”, entre outras palavras com significado semelhante, têm por objetivo identificar estimativas e projeções. Estimativas e projeções futuras envolvem incertezas, riscos e premissas, pois incluem informações relativas aos nossos resultados operacionais futuros possíveis ou presumidos, estratégia de negócios, planos de financiamento, posição competitiva no mercado, ambiente setorial, oportunidades de crescimento potenciais, efeitos de regulamentação futura e efeitos da competição. Devido aos riscos e incertezas descritos acima, os eventos estimados e futuros discutidos nesta apresentação podem não ocorrer e não são garantia de acontecimento futuro. A Providência não se obriga a atualizar essa apresentação mediante novas informações e/ou acontecimentos futuros.

×