Apres 4 t11 port

714 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
714
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
410
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apres 4 t11 port

  1. 1. Resultados 4T 2011 e 2011 28 de Fevereiro de 2012
  2. 2. AGENDA Providência USA DESTAQUES RESULTADOS PERSPECTIVAS
  3. 3. DESTAQUES 4T 2011 O Volume de Vendas somou 87,7 mil toneladas no ano de 2011 um crescimento de 11,7% emrelação ao ano anterior. No 4T11 atingimos 23,0 mil toneladas, 14,0% mais que no 4T10; A Receita Líquida atingiu R$ 526,6 milhões no ano, 16,2% mais que em 2010, basicamente emfunção do aumento no volume de vendas. No 4T11 totalizamos R$ 142,0 milhões, 22,5% superior ao4T10; O Lucro Bruto alcançou R$ 161,4 milhões no ano de 2011 e R$ 46,2 milhões no 4T11, umacréscimo de 7,4% no ano e de 15,3% no trimestre; Em novembro a Companhia recebeu o valor referente ao financiamento à exportação junto aoBNDES no montante de R$ 50 milhões, com taxa de juros pré-fixada de 9,0% ao ano e prazo depagamento de 18 meses; A Companhia realizou, em 25 de novembro, o pagamento de dividendos antecipados no montantede R$ 14,1 milhões, referente a 100% do lucro líquido ajustado do primeiro semestre de 2011 epropõe, a ser deliberado em AGO, a distribuição de 100% da base de cálculo dos dividendosajustada do ano, o equivalente a R$ 39,5 milhões, destes, R$ 25,4 milhões serão pagos em 2012. 3
  4. 4. AGENDA Providência USA DESTAQUES RESULTADOS PERSPECTIVAS
  5. 5. VOLUME DE VENDAS (em milhares de toneladas) Em 2011 a Companhia apresentou um aumento 23,0no Volume Total de Vendas de 11,7% em relação ao 22,8 20,2ano anterior; 1,6 2,4 1,2 19,0 21,2 20,6 87,8 78,6 7,5 4T10 3T11 4T11 5,0 No 4T11 a Companhia atingiu o volume de 23,0 mil toneladas vendidas e as vendas de nãotecidos mostraram um acréscimo de 8,7% em relação ao 80,3 73,6 registrado no 4T10; Nossa 1ª linha de produção nos EUA atingiu mais de 1.000 toneladas vendidas/mês, em linha com a rampa de produção projetada, contribuindo com o 2010 2011 5 aumento nas vendas.
  6. 6. RECEITA LÍQUIDA (em milhões de Reais) No acumulado de 2011 a Receita Líquida atingiuR$ 526,6 milhões, apresentando um incremento de16,2% em relação aos R$ 453,3 milhões do ano de 116,0 142,7 142,02010; 4T10 3T11 4T11 No 4T11 a Receita Líquida alcançou R$ 142,0 milhões, apresentando um acréscimo de 22,5% 526,6 quando comparado com o 4T10; 453,3 Tal crescimento está relacionado, principalmente, ao aumento do volume de vendas, realinhamento de preços e à elevada utilização da capacidade de produção, que atingiu um volume de 23 mil toneladas 2010 2011 6 neste trimestre.
  7. 7. R$10,00320300280260 CPV (Custos dos Produtos Vendidos)240220 (em milhões de Reais)200180 R$4,21 R$5,00160 R$4,17140 R$3,77120100 80 O CPV totalizou R$ 95,8 milhões no 4T11, um 60 40 75,9 95,7 95,8 acréscimo de 26,2% se comparado ao 4T10. No ano de 20 0 2011 o incremento foi de 20,5% em relação a 2010; R$- 4T10 3T11 4T11 R$20,00 R$19,00 R$18,00 R$17,00 R$16,00 R$15,00 R$14,00 R$13,00 Este aumento se deve, principalmente, ao maior R$12,00 R$11,00 R$10,00 R$9,00 R$8,00 R$7,00 R$4,16 volume de vendas uma vez que o CPV unitário R$6,00 R$5,00 R$4,00 R$3,00 R$3,86 R$2,00 R$1,00 R$- apresentou incremento de apenas 7,9% em relação ao R$(1,00) R$(2,00) R$(3,00) R$(4,00) R$(5,00) R$(6,00) ano de 2010 devido ao seu principal componente, o R$(7,00) R$(8,00) R$(9,00) 365,2 R$(10,00) R$(11,00) R$(12,00) 303,0 polipropileno, que neste ano demonstrou um R$(13,00) R$(14,00) R$(15,00) R$(16,00) R$(17,00) R$(18,00) acréscimo em seu preço. R$(19,00) R$(20,00) R$(21,00) R$(22,00) R$(23,00) R$(24,00) R$(25,00) R$(26,00) R$(27,00) R$(28,00) R$(29,00) R$(30,00) R$(31,00) R$(32,00) R$(33,00) R$(34,00) R$(35,00) 7 2010 2011
  8. 8. 100,0 70% EBITDA (em milhões de Reais) 80,0 e MARGEM EBITDA (%) 60,0 24,5% 23,0% O EBITDA Ajustado totalizou R$ 102,1 milhões no 20,5% 20%ano e atingiu R$ 29,1 milhões no 4T11, um 40,0acréscimo de 2,2% quando comparado com os R$ 20,028,4 milhões registrados no 4T10. 28,4 32,8 29,1 - 4 -30% 23,4% 19,4% 4 3 3 2 2 1 1 4T10 3T11 4T11 0 -1 -1 -2 -2 -3 -3 -4 -4 -5 -5 -6 -6 -7 -7 -8 -8 -9 -9 -10 -10 -11 -11 -12 -12 -13 -13 -14 No 4T11 a Margem EBITDA totalizou 20,5%, 4,0 -14 -15 p.p. inferior ao 4T10; -15 -16 -16 -17 -17 -18 -18 -19 -19 -20 -20 -21 -21 -22 -22 -23 106,2 102,1 -23 -24 -24 -25 -25 Essa redução ano contra ano está diretamente -26 -26 relacionada com: -27 -27 -28 -28 -29 -29 -30 -30 -31 -31 -32 • o forte aumento nos preços de nossa principal -32 -33 -33 -34 -34 -35 -35 matéria prima, o polipropileno; -36 -36 -37 -37 -38 -38 -39 -39 -40 -40 -41 • o início da operação e ajustes de máquina na -41 -42 -42 -43 -43 -44 -44 planta dos EUA ao longo do ano. -45 -45 8 2010 2011
  9. 9. LUCRO LÍQUIDO (em milhões de Reais) 70,0% E MARGEM LÍQUIDA (%) 20,0 10,8% 20,0% Em 2011 o Lucro Líquido totalizou R$ 29,5 4,8% 3,2%milhões, um aumento de 23,7% quandocomparado com o ano anterior; -30,0% 15,4 800,0% 750,0% 700,0% 650,0% 600,0% 550,0% 500,0% 5,6% 450,0% 400,0% 350,0% 5,6 4,6 5,3% 300,0% 250,0% 200,0% 150,0% 100,0% - 50,0% 0,0% -80,0% -50,0% -100,0% -150,0% -200,0% -250,0% -300,0% 4T10 -350,0% -400,0% -450,0% -500,0% 3T11 4T11 -550,0% -600,0% -650,0% -700,0% -750,0% -800,0% Lucro Líquido Margem Líquida (%) -850,0% -900,0% -950,0% -1000,0% -1050,0% -1100,0% -1150,0% -1200,0% -1250,0% -1300,0% -1350,0% -1400,0% -1450,0% -1500,0% -1550,0% -1600,0% -1650,0% -1700,0% -1750,0% -1800,0% -1850,0% -1900,0% -1950,0% -2000,0% -2050,0% -2100,0% -2150,0% -2200,0% -2250,0% -2300,0% -2350,0% -2400,0% Entretanto, a base de cálculo dos dividendos -2450,0% -2500,0% -2550,0% -2600,0% -2650,0% -2700,0% -2750,0% -2800,0% 29,5 -2850,0% -2900,0% -2950,0% -3000,0% -3050,0% ajustada do ano atingiu R$ 39,5 milhões devido à -3100,0% -3150,0% -3200,0% -3250,0% -3300,0% 23,8 -3350,0% -3400,0% -3450,0% -3500,0% -3550,0% -3600,0% -3650,0% -3700,0% realização do Custo Atribuído e à reversão da -3750,0% -3800,0% -3850,0% -3900,0% -3950,0% -4000,0% -4050,0% -4100,0% -4150,0% -4200,0% -4250,0% -4300,0% -4350,0% provisão do primeiro plano de Stock Options. -4400,0% -4450,0% -4500,0% -4550,0% -4600,0% -4650,0% -4700,0% -4750,0% -4800,0% -4850,0% -4900,0% -4950,0% -5000,0% -5050,0% -5100,0% -5150,0% -5200,0% -5250,0% -5300,0% -5350,0% -5400,0% -5450,0% -5500,0% 2010 2011 9
  10. 10. CAIXA E APLICAÇÕES FINANCEIRAS (em milhões de Reais) A Companhia registrou redução do saldo de Caixa de67,4% ou R$ 168,0 milhões ao comparar com o mesmoperíodo do ano passado e 74,9% ou R$ 241,8 milhõesquando comparado com o trimestre anterior; 300,0 250,0 Essa redução se deve principalmente: 200,0 • À estratégia de redução da Dívida Total (pagamento antecipado de principal de R$ 106,5 milhões em 150,0 323,0 debêntures e liquidação de R$ 152,6 milhões 249,1 100,0 referente aos contratos do Programa BNDES-Exim Pré-Embarque) com conseqüente diminuição do nível 50,0 81,2 de Caixa; - • Aos pagamentos das duas linhas de produção que 4T10 3T11 4T11 entrarão em operação em 2012; 10 • Ao pagamento de R$ 14,1 milhões em dividendos.
  11. 11. DÍVIDA LÍQUIDA (em milhões de Reais) A Dívida Líquida apresentou acréscimo de R$ 96,9 milhões no final do período, sendo o principal fator a captação para financiamento dos projetos de novas máquinas no Brasil e nos EUA; No 4T11 foi recebido o valor referente ao financiamento à exportação junto ao BNDES no 340,8 montante de R$ 50 milhões, com taxa de juros 304,5 pré-fixada de 9,0% ao ano e prazo de pagamento 243,9 de 18 meses. Os recursos provenientes deste financiamento serão utilizados pela Companhia nas operações de exportação; 4T10 3T11 4T11 35% do endividamento é baseado em moeda local (parte em US$ porém com hedge para CDI) e 65% emmoeda estrangeira, preponderantemente tomada nos EUA com hedge natural em função da receita e ativos 11naquele país.
  12. 12. ENDIVIDAMENTO/CAIXA (em milhões de Reais) Dívida Líquida ConsolidadaR$ (MM) 31/12/2010 31/12/2011 Var 3T11 / Var 4T11 /R$ (MM) 30/09/2010 30/09/2011 4T10 3T10Dívida Total Dívida Total Financiamento Curto Prazo Financiamento Curto Prazo 262,2 145,3 73,6 312,8 -71,9% 115,3% Financiamento Longo Prazo Financiamento Longo Prazo 230,8 318,1 348,4 314,7 50,9% -1,1%Total Total 493,1 463,4 422,0 627,5 -14,4% 35,4%Caixa Caixa 249,1 233,0 81,2 323,0 -67,4% 38,6%Dívida Líquida Dívida Líquida 243,9 230,5 340,8 304,5 39,7% 32,1%Patrimônio Líquido Patrimônio Líquido 697,1 702,5 689,3 698,9 -1,1% -0,5% 12
  13. 13. DIVIDENDOS (em milhões de Reais) A Companhia está propondo em suas demonstrações financeiras, para ser deliberado em AGO, opagamento de dividendos adicionais no valor de R$ 25,4 milhões, o que elevará a distribuição a 100% dabase de cálculo dos dividendos ajustada do ano. O montante referente ao exercício de 2011 totalizará R$39,5 milhões, equivalente a aproximadamente R$ 0,49 por ação. R$ 0,49 45 R$ 0,50 40 R$ 0,41 R$ 0,45 R$ 0,40 A base de cálculo de R$ 39,5 milhões 35 30 R$ 0,30 R$ 0,35corresponde a: R$ 0,30 25 Lucro Líquido do exercício de 2011 R$ 0,25 R$ 29.5 milhões 20 39,5 (-) Reserva legal (5%) R$ 1.5 milhões R$ 0,20 32,9 (+) Realização Custo Atribuído 2011: R$ 10.2 milhões 15 R$ 0,15 Reversão do 1º Plano de Stock (+) 24,2 10 Options: R$ 0,10 R$ 1,3 milhões Base de Cálculo dos Dividendos R$ 39.5 milhões 5 R$ 0,05 0 R$ - 2009 2010 2011** Dividendos pagos (R$ MM) Dividendo/Ação ** Estes proventos serão ratificados na AGO em 29.03.2012 13
  14. 14. AGENDA Providência USA DESTAQUES RESULTADOS PERSPECTIVAS
  15. 15. PERSPECTIVAS A expectativa para o ano de 2012 é o aumento no volume de vendas, com a entrada em operação no 2º trimestre da linha de produção em Pouso Alegre (MG), e no 4º trimestre da linha de produção em Statesville (NC). Os dois projetos estão dentro do cronograma previsto, e adicionarão 40 mil toneladas à nossa atual capacidade instalada, ou seja, 40% de aumento. KAMI 12 – Pouso Alegre (MG) – Fev 2012 KAMI 13 – Statesville (NC) – Fev 2012 15KAMI 13 – Statesville/NC
  16. 16. CEO: Hermínio V. S. de Freitas CFO: Eduardo Feldmann Costa RI : Gabriela Las Casas Beatriz Tokarski Tel: +55 (41) 3381-8673 Fax: +55 (41) 3283-5909 São José dos Pinhais – PR www.providencia.com.br/ri www.twitter.com/providencia_riAs palavras “acredita”, “antecipa”, “espera”, “estima”, “irá”, “planeja”, “pode”, “poderá”, “pretende”, “prevê”, “projeta”, entre outras palavras com significado semelhante,têm por objetivo identificar estimativas e projeções. Estimativas e projeções futuras envolvem incertezas, riscos e premissas, pois incluem informações relativas aos nossosresultados operacionais futuros possíveis ou presumidos, estratégia de negócios, planos de financiamento, posição competitiva no mercado, ambiente setorial,oportunidades de crescimento potenciais, efeitos de regulamentação futura e efeitos da competição. Devido aos riscos e incertezas descritos acima, os eventos estimados efuturos discutidos nesta apresentação podem não ocorrer e não são garantia de acontecimento futuro. A Providência não se obriga a atualizar essa apresentação mediantenovas informações e/ou acontecimentos futuros. 16

×