Curitiba, 25 de novembro de 2014 
APIMEC 2014 CURITIBA COMPANHIA PROVIDÊNCIA INDÚSTRIA E COMÉRCIO
Agenda 
A Companhia 
Setorial 
Destaques 
Resultados 3T14 
Alienação de controle
Missão 
Contribuir para um mundo:
Composição acionária 
PRVI3 – 80 Milhões de ações
A Providência (PRVI3) está listada no mercado de ações no segmento Novo Mercado, o mais elevado padrão de Governança Corpo...
675 
131 
81 
Colaboradores em Setembro/2014 
São Jose dos Pinhais 
Pouso Alegre 
Estados Unidos 
76% 
15% 
9% 
Estrutura ...
Estrutura societária 
Companhia Providência Indústria e Comércio Providencia USA Inc. 
1963 | 1970 | 1980 | 1990 | 2000 | ...
Statesville – NC 
Estrutura física 
Capacidade Instalada: 
40 mil t/ano – 2 Linhas de Produção 
Área: 
16,3 mil m2 de área...
Expansões mais recentes 
São José dos Pinhais – PR KAMI 13: 2º fábrica em Statesville. Dobrou a capacidade de produção nos...
Agenda 
Setorial 
A Companhia 
Destaques 
Resultados 3T14 
Alienação de controle
Usos 
Nãotecidos Principais Usos Principais Clientes 
Maior fabricante de 
nãotecidos da 
América Latina 
Higiênicos 
Du...
Foco B2B em indústrias de consumo 
Duráveis 
Receita 
Bruta 
Médicos 
Volume de Vendas 2013 
Higiênicos 
Receita 
Bruta 
7...
Mercado de nãotecidos – Projeção da demanda (em mil toneladas) Nafta (México e EUA) Crescimento consumo: 3% a.a. 
300 
400...
Mercado de Higiênicos (vendas varejo / mm unidade) 
Incontinência Absorventes Fraldas Infantis 
EUA 1% 
Brasil 5% 
EUA -1%...
Market share & Mercado de fraldas (2013 em volume) Market Share América Latina, exceto México 
Market Share Brasil 
Evoluç...
Mercado de higiênicos no Brasil (2013 em volume) 
Share – Fraldas Infantis 
Share - Absorventes 
Share – Incontinência P&G...
Penetração de fraldas infantis no mundo 
Fonte: Euromonitor International 
- 
5 10 
15 
20 
25 
China 
EUA 
Brasil 
Japão ...
Mercado de higiênicos – Global (EUA – 2013) 
Share - Fraldas Infantis P&G 36% 
Private Label 20% 
KC 37% 
Outros 7% 
Share...
Agenda Destaques 
A Companhia 
Setorial 
Resultados 3T14 
Alienação de controle
Destaques 
O 3T14 foi marcado pela retomada da produção das máquinas e equipamentos que foram interditados pelo Ministéri...
Agenda 
Resultados 3T14 
A Companhia 
Setorial Destaques 
Alienação de controle
AC13 AC14 
81,5 
76,0 
7,4 
5,2 
88,9 
81,2 
Nãotecidos Outros 
Volume de Vendas acumulado 
3T13 
2T14 
3T14 
29,2 
21,3 
...
3T13 
2T14 
3T14 
211,1 
162,9 
202,6 
Receita Líquida 
Receita Líquida por trimestre R$6,72 
R$7,21 
R$6,94 
Receita Líqu...
AC13 
AC14 413,9 456,8 CPV 
CPV acumulado 
3T13 
2T14 
3T14 
156,9 
135,0 
161,3 CPV CPV por trimestre 
R$4,66 
R$5,62 
CP...
AC13 AC14 
98,0 
51,9 
EBITDA 
EBITDA acumulado 
3T13 
2T14 3T14 40,1 
7,2 
15,8 EBITDA 
EBITDA por trimestre 16,9% 
5,5% ...
3T13 
2T14 
3T14 
10,0 
(45,4) 
(7,9) Resultado Líquido Resultado Líquido por trimestre 
4,7% 
-27,9% 
-3,9% Margem Líquid...
Dívida (em milhões de Reais) 
A dívida total teve majoração de 6,2% no 3T14, em comparação a 3T13, principalmente devido ...
Indicadores de mercado 
3T13 2T14 3T14 
0,96 0,97 
1,06 
Cotação da Ação / Valor patrimonial por ação 
PRVI3 - Valor patri...
Market Cap Peers – Nãotecidos em 01/10/2014 (em US$) 
267.717.932260.080.861279.065.493200250300350400Oct-13Nov-13Dec-13Ja...
Responsabilidade socioambiental 
A Providência mantém 19 mil m2, considerado como área de preservação permanente, com algu...
Responsabilidade socioambiental 
A Providência realiza o monitoramento do consumo de energia elétrica e atua na execução d...
Prêmios e reconhecimentos Conquistamos a 89º posição entre as 250 melhores companhias do Brasil e nos classificamos entre ...
Agenda A Companhia Setorial 
Destaques 
Resultados 3T14 
Alienação de controle
Status – Alienação de controle para PGI 
 Em 14 de julho de 2014, em Assembléia Geral Extraordinária, foram aprovadas as ...
CEO/CFO: Hermínio Vicente Smania de Freitas 
RI : Gabriela Las Casas 
Danielle Cabrini 
Tel: +55 (41) 3381-8673 
Fax: +55 ...
Primeira Reunião Apimec - Sul
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

26112014 apimec 2014

627 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
627
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
63
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

26112014 apimec 2014

  1. 1. Curitiba, 25 de novembro de 2014 APIMEC 2014 CURITIBA COMPANHIA PROVIDÊNCIA INDÚSTRIA E COMÉRCIO
  2. 2. Agenda A Companhia Setorial Destaques Resultados 3T14 Alienação de controle
  3. 3. Missão Contribuir para um mundo:
  4. 4. Composição acionária PRVI3 – 80 Milhões de ações
  5. 5. A Providência (PRVI3) está listada no mercado de ações no segmento Novo Mercado, o mais elevado padrão de Governança Corporativa. Entre as principais práticas adotadas estão: Estrutura de governança corporativa Assembleia Geral de Acionistas Conselho de Administração Conselho Fiscal Diretoria Executiva Auditoria externa independente do Executivo.
  6. 6. 675 131 81 Colaboradores em Setembro/2014 São Jose dos Pinhais Pouso Alegre Estados Unidos 76% 15% 9% Estrutura organizacional Presidência Diretoria Financeira / RI Financeiro Controladoria R.I. T.I. Jurídico Diretoria Comercial Vendas Customer Service Desenvolvimento Produto Compras Diretoria de Operações, Engenharia e Tecnologia Produção Manutenção Engenharia Logística Qualidade Processos Diretoria USA Administrativo e Manufatura Recursos Humanos Quality Assurance Total: 887
  7. 7. Estrutura societária Companhia Providência Indústria e Comércio Providencia USA Inc. 1963 | 1970 | 1980 | 1990 | 2000 | 2007 | 2008 | 2011 | 2012 | 2013 | 2014 Fundada em 1963, tornou-se uma das pioneiras na fabricação de plásticos no sul do Brasil; Iniciada a produção de nãotecidos; Abertura de Capital e aquisição da Isofilme, empresa de nãotecidos localizada em Pouso Alegre (MG); Foco no nãotecido: Venda da divisão de tubos e conexões; Inaugurou sua primeira fábrica no exterior, na cidade de Statesville, Carolina do Norte - EUA; Alienação de Controle para PGI Brasil e Incorporação da Isofilme.
  8. 8. Statesville – NC Estrutura física Capacidade Instalada: 40 mil t/ano – 2 Linhas de Produção Área: 16,3 mil m2 de área construída em terreno de 174 mil m2 Pouso Alegre – MG São José dos Pinhais – PR Capacidade Instalada: 30 mil t/ano – 2 Linhas de Produção Área: 25 mil m² de área construída em terreno de 210 mil m² Capacidade Instalada: 70 mil t/ano – 9 Linhas de Produção Área: 72 mil m² de área construída em terreno de 189 mil m²
  9. 9. Expansões mais recentes São José dos Pinhais – PR KAMI 13: 2º fábrica em Statesville. Dobrou a capacidade de produção nos EUA. Capacidade: 20 mil ton/ano de nãotecidos Investimento: USD 63 milhões Colaboradores Adicionais: 40 Inaugurada em março/2013. KAMI12: 2º fábrica em Pouso Alegre/MG Capacidade: 20 mil ton/ano de nãotecidos Investimento: USD 60 milhões Colaboradores Adicionais: 40 Inaugurada em junho/2012. Em milhares de toneladas de nãotecidos
  10. 10. Agenda Setorial A Companhia Destaques Resultados 3T14 Alienação de controle
  11. 11. Usos Nãotecidos Principais Usos Principais Clientes Maior fabricante de nãotecidos da América Latina Higiênicos Duráveis Médicos Fraldas infantis Fraldas geriátricas Absorventes femininos Móveis e colchões Coberturas agrícolas Embalagens Campos cirúrgicos descartáveis Aventais médicos descartáveis Base ativa de aproximadamente 1000 clientes
  12. 12. Foco B2B em indústrias de consumo Duráveis Receita Bruta Médicos Volume de Vendas 2013 Higiênicos Receita Bruta 75% 5% 20%
  13. 13. Mercado de nãotecidos – Projeção da demanda (em mil toneladas) Nafta (México e EUA) Crescimento consumo: 3% a.a. 300 400 500 600 700 2010 2011 2012 2013 567 584 602 620 América do Sul e Central (exceto Brasil) Crescimento consumo: 8% a.a. Brasil Crescimento consumo: 8% a.a. 40 60 80 100 120 2010 2011 2012 2013 83 90 97 105 40 60 80 100 120 2010 2011 2012 2013 79 87 96 106 Fonte: Providência + Relatórios John Starr
  14. 14. Mercado de Higiênicos (vendas varejo / mm unidade) Incontinência Absorventes Fraldas Infantis EUA 1% Brasil 5% EUA -1% Brasil 3% EUA 5% Brasil 12% Variação 2012 x 2013 Variação 2012 x 2013 Variação 2012 x 2013 - 5.000 10.000 15.000 20.000 25.000 2008 2009 2010 2011 2012 2013 6.235 7.256 8.109 9.142 9.166 9.594 20.759 20.456 20.023 19.506 19.124 19.308 Brasil EUA - 5.000 10.000 15.000 20.000 25.000 2008 2009 2010 2011 2012 2013 7.637 7.698 8.421 8.432 8.526 8.762 21.898 21.787 22.086 22.133 21.808 21.517 Brasil EUA - 1.000 2.000 3.000 4.000 5.000 2008 2009 2010 2011 2012 2013 350 416 528 637 729 820 3.430 3.580 3.775 4.052 4.284 4.479 Brasil EUA Fonte: Euromonitor International
  15. 15. Market share & Mercado de fraldas (2013 em volume) Market Share América Latina, exceto México Market Share Brasil Evolução da Penetração de fraldas no Brasil 1995 2000 2005 2009 2010 2011 2012 2013 15% 20% 35% 42% 48% 52% 55% 57% Providência 29% Fitesa Fiberweb 15% PGI 31% Softbond 8% Outros 18% Fitesa Fiberweb 22% PGI 5% Softbond 4% Outros 15% Providência 54% Fonte: Euromonitor International
  16. 16. Mercado de higiênicos no Brasil (2013 em volume) Share – Fraldas Infantis Share - Absorventes Share – Incontinência P&G 30% KC 26% Hyper 16% Outros 28% P&G 28% KC 24% Johnson & Johnson 33% Outros 15% KC 10% Hyper 33% Outros 57% Fonte: Euromonitor International
  17. 17. Penetração de fraldas infantis no mundo Fonte: Euromonitor International - 5 10 15 20 25 China EUA Brasil Japão Mexico Russia Reino Unido Alemanha 21 19 10 8 8 5 3 3 29 20 10 7 8 5 3 3 Milhares Consumo Efetivo Expectativa Média 2014 - 2018
  18. 18. Mercado de higiênicos – Global (EUA – 2013) Share - Fraldas Infantis P&G 36% Private Label 20% KC 37% Outros 7% Share – Absorventes Share - Incontinência P&G 46% Private Label 17% KC 14% Outros 12% Johnson & Johnson 11% Private Label 31% KC 56% SCA 10% Outros 2% No ano de 2013 houve crescimento global de 3% na industria de higiênicos, cerca de US$2,7 bilhões em relação ao ano anterior, devido principalmente aos países emergentes além da previsão de crescimento médio de 4% até 2018; O mercado de incontinência apresentou crescimento mais forte entre todas as categorias de higiênicos, 6% (2012 x 2013), principalmente em países desenvolvidos; O Brasil também se destacou no mercado de incontinência, apresentou crescimento de 12% (2013 x 2012), no mesmo período os Estados Unidos aumentou apenas 5%. De acordo com o IBGE em 2012 a população com mais de 60 anos representava 12%, este percentual deve atingir 18% até 2030; Na América Latina existem expectativas de crescimento na industria de lenços higiênicos de 6% em comparação aos 2% em um nível global. Esta variação é reflexo principalmente do aumento no consumo de lenços íntimos e para remoção de maquiagem. Fonte: Euromonitor International
  19. 19. Agenda Destaques A Companhia Setorial Resultados 3T14 Alienação de controle
  20. 20. Destaques O 3T14 foi marcado pela retomada da produção das máquinas e equipamentos que foram interditados pelo Ministério do Trabalho em 1º de abril de 2014 e liberados paulatinamente até a primeira semana de julho de 2014;  Ao longo do trimestre, nosso desempenho financeiro ainda apresentou impacto decorrente das interdições nos equipamentos e realocações de produção, além da elevação de 2,8% nos custos fixos;  O Volume de Vendas somou 29,2 mil toneladas, ainda 7,1% inferior ao 3T13 em virtude das ineficiências associadas à retomada da operação de algumas máquinas e equipamentos na planta de São José dos Pinhais que estiveram interditadas por uma determinação do Ministério do Trabalho durante o 2T14;  A Receita líquida atingiu R$ 202,6 milhões, 4,0% menor que no 3T13, também devido aos impactos da retomada da operação citada anteriormente;  Os custos dos produtos vendidos foram R$ 4,4 milhões superiores ao 3T13 devido aos custos da retomada da produção e às despesas de manutenção mais elevadas no 3T14.
  21. 21. Agenda Resultados 3T14 A Companhia Setorial Destaques Alienação de controle
  22. 22. AC13 AC14 81,5 76,0 7,4 5,2 88,9 81,2 Nãotecidos Outros Volume de Vendas acumulado 3T13 2T14 3T14 29,2 21,3 27,1 2,2 1,3 2,1 31,4 22,6 29,2 Nãotecidos Outros Volume de Vendas por trimestre Volume de vendas (em milhões de toneladas) Neste trimestre a Companhia apresentou uma redução no volume total de vendas de 7,1% na comparação com o mesmo período de 2013. As vendas de nãotecidos mostraram uma redução de 7,3% em relação ao registrado no 3T13. Na comparação com o 2T14 o volume de nãotecidos cresceu 5,8 mil toneladas – 27,1% - reflexo da retomada das vendas após a interdição ocorrida no 2T14.
  23. 23. 3T13 2T14 3T14 211,1 162,9 202,6 Receita Líquida Receita Líquida por trimestre R$6,72 R$7,21 R$6,94 Receita Líquida Unitária Receita líquida (em milhões de Reais) A Companhia divulgou receita líquida de R$ 202,6 milhões no 3T14, redução de 4,0% quando comparado com o 3T13. Tal variação está relacionada, principalmente, ao menor volume de vendas do período devido aos impactos da retomada da operação.  No 3T14 a participação das exportações no mix aumentou, o que levou a uma redução de 3,7% no preço de venda unitário médio em relação ao 2T14;  No acumulado a receita líquida unitária aumentou 12,0%. AC13 AC14 564,8 577,2 Receita Líquida R$6,35 R$7,11 Receita Líquida Unitária Receita Líquida acumulada
  24. 24. AC13 AC14 413,9 456,8 CPV CPV acumulado 3T13 2T14 3T14 156,9 135,0 161,3 CPV CPV por trimestre R$4,66 R$5,62 CPV unitário R$4,99 R$5,97 R$5,53 CPV unitário CPV – Custos dos produtos vendidos (em milhões de Reais) Os custos com produtos vendidos (CPV) totalizaram R$ 161,3 milhões no 3T14, 2,8% maior se comparados com os R$ 156,9 milhões registrados no 3T13; O CPV unitário teve redução de 7,4% na comparação com o 2T14 devido ao aumento de 5,8 mil toneladas no volume de vendas.
  25. 25. AC13 AC14 98,0 51,9 EBITDA EBITDA acumulado 3T13 2T14 3T14 40,1 7,2 15,8 EBITDA EBITDA por trimestre 16,9% 5,5% Margem Ebitda (%) EBITDA (em milhões de Reais) e Margem EBITDA (%) O EBITDA Ajustado no 3T14 atingiu R$ 15,8 milhões, uma redução de 60,6% quando comparado com os R$ 40,1 milhões registrados no 3T13. Em relação ao 2T14 houve acréscimo de R$ 8,6 milhões. 19,0% 4,4% 7,8% Margem Ebitda (%) No 3T14 o EBITDA ainda foi impactado pelas ineficiências de produção pós- NR12 e por certos custos reconhecidos durante o trimestre que não devem se tornar recorrentes.
  26. 26. 3T13 2T14 3T14 10,0 (45,4) (7,9) Resultado Líquido Resultado Líquido por trimestre 4,7% -27,9% -3,9% Margem Líquida (%) Resultado líquido (em milhões de Reais) e Margem líquida (%) O trimestre apresentou prejuízo líquido de R$ 7,9 milhões, principalmente devido aos menores volumes de produção e vendas, combinado com maiores custos.
  27. 27. Dívida (em milhões de Reais) A dívida total teve majoração de 6,2% no 3T14, em comparação a 3T13, principalmente devido à valorização do dólar frente ao Real, de 9,9% no período; A dívida líquida teve aumento de 17,6% em relação ao 3T13, principalmente em função da redução do caixa e instrumentos financeiros com liquidez nos últimos dois trimestres. O aumento foi devido à pior performance operacional e ao CAPEX adicional no 2T14. 8% 92% Moeda Local Moeda Estrangeira Representatividade da Dívida Líquida Descrição em R$ (MM)3T132T143T14Var. 3T14 / 3T13Financiamentos Curto Prazo51,4 114,6 141,6 175,2% Financiamentos Longo Prazo523,6 449,2 469,0 -10,4% Total575,0 563,8 610,5 6,2% Caixa e Instrumentos financeiros com liquidez (hedge)80,7 41,1 29,5 -63,5% Dívida líquida494,3 522,7 581,1 17,6% Patrimônio Líquido662,1 619,2 610,2 -7,8% Dívida líquida sobre EBITDA3,86 4,72 5,95 54,1% Dívida líquida Consolidada
  28. 28. Indicadores de mercado 3T13 2T14 3T14 0,96 0,97 1,06 Cotação da Ação / Valor patrimonial por ação PRVI3 - Valor patrimonial por trimestre O valor patrimonial das ações da Companhia apresentou crescimento de 9,2% comparado a 2T14 e 3,5% em relação ao mesmo período do ano anterior. 3,5% 3,4% Variação cotações 3T14/ 3T13 PRVI3 IBOVESPA R$ 7,92 R$ 7,89 R$ 8,05 R$ 7,51 R$ 8,20 R$ 7 R$ 8 R$ 9 set/13 dez/13 mar/14 jun/14 set/14 Variação do valor da ação IBOVESPA
  29. 29. Market Cap Peers – Nãotecidos em 01/10/2014 (em US$) 267.717.932260.080.861279.065.493200250300350400Oct-13Nov-13Dec-13Jan-14Feb-14Mar-14Apr-14May-14Jun-14Jul-14Aug-14Sep-14Oct-14 Million ProvidênciaAvgolPégas
  30. 30. Responsabilidade socioambiental A Providência mantém 19 mil m2, considerado como área de preservação permanente, com algumas espécies da vegetação nativa; Bosques – Unidade São José dos Pinhais/PR A Companhia possui 4 máquinas tipo extrusoras para a reciclagem de parte das aparas de nãotecido geradas durante o processo de fabricação; Os resíduos, os materiais recuperados e as sobras são encaminhados para tratamento somente em empresas devidamente licenciadas pelo órgão ambiental responsável. Preservação das áreas verdes e proteção dos rios Programa de reciclagem interna de materiais Programa de gestão de resíduos
  31. 31. Responsabilidade socioambiental A Providência realiza o monitoramento do consumo de energia elétrica e atua na execução de ações para sua redução. Os colaboradores são orientados sobre a importância de evitar desperdícios; Toda a água utilizada para aquecimento e resfriamento de equipamentos é novamente armazenada em cisternas, e posteriormente reutilizada para os mesmos fins. Comissão de análise do consumo de energia Água – Monitoramento de consumo e circuito fechado
  32. 32. Prêmios e reconhecimentos Conquistamos a 89º posição entre as 250 melhores companhias do Brasil e nos classificamos entre as 10 Empresas em destaque na região Sul do País, segundo o ranking Época Negócios 360º. Fomos um dos destaques do Ranking das Transnacionais Brasileiras 2013, desenvolvido pela Fundação Dom Cabral. Estamos entre as 10 + no quesito Empresas com Faturamento de até R$ 1 bilhão, no qual figuramos na 8ª posição. No ranking geral, nos classificamos em 23ª lugar com um índice de 0,143 pontos de transnacionalidade; Ocupamos a 76ª posição no ranking elaborado pela revista Amanhã, que define as melhores empresas do Sul do Brasil em 2014, subimos 7 posições em relação ao ano anterior. Atualmente ocupamos a 32ª posição entre as melhores empresas do Paraná, que em 2013 era 37ª. Nos destacamos entre os 50 maiores Patrimônios líquidos e Receitas Brutas, ocupando as 27ª e 43ª posições respectivamente;
  33. 33. Agenda A Companhia Setorial Destaques Resultados 3T14 Alienação de controle
  34. 34. Status – Alienação de controle para PGI  Em 14 de julho de 2014, em Assembléia Geral Extraordinária, foram aprovadas as seguintes deliberações:  Aprovada por maioria de votos a saída da Companhia do Novo Mercado da BM&FBOVESPA;  Aprovada por maioria de votos dos acionistas elegíveis representantes das ações em circulação presentes a escolha do BANCO J. SAFRA S.A. como instituição financeira responsável pela elaboração do laudo de avaliação do valor econômico das ações da Companhia para fins da OPA para cancelamento de registro e da OPA para saída do Novo Mercado; Em 07 de novembro de 2014 foram publicados nos websites da Companhia e do Itaú BBA a minuta do Edital da Oferta Pública de Ações e o Laudo de Avaliação ajustado.
  35. 35. CEO/CFO: Hermínio Vicente Smania de Freitas RI : Gabriela Las Casas Danielle Cabrini Tel: +55 (41) 3381-8673 Fax: +55 (41) 3381-7656 São José dos Pinhais – PR www.providencia.com.br/ri www.twitter.com/providencia_ri Contatos As palavras “acredita”, “antecipa”, “espera”, “estima”, “irá”, “planeja”, “pode”, “poderá”, “pretende”, “prevê”, “projeta”, entre outras palavras com significado semelhante, têm por objetivo identificar estimativas e projeções. Estimativas e projeções futuras envolvem incertezas, riscos e premissas, pois incluem informações relativas aos nossos resultados operacionais futuros possíveis ou presumidos, estratégia de negócios, planos de financiamento, posição competitiva no mercado, ambiente setorial, oportunidades de crescimento potenciais, efeitos de regulamentação futura e efeitos da competição. Devido aos riscos e incertezas descritos acima, os eventos estimados e futuros discutidos nesta apresentação podem não ocorrer e não são garantia de acontecimento futuro. A Providência não se obriga a atualizar essa apresentação mediante novas informações e/ou acontecimentos futuros.
  36. 36. Primeira Reunião Apimec - Sul

×