Revista história 2013

268 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
268
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Revista história 2013

  1. 1. Estudantes: Bruna Hakbart, Cassio Eduardo Treml eSergio Schwarz Filho
  2. 2. Colonização AlemãA primeira colôniaeuropeia em SantaCatarina foiinstalada, poriniciativa dogoverno, em SãoPedro de Alcântara,em 1829. Eram 523colonos católicosvindos de Bremem(Alemanha).Quadro de Ernst Zeuner sobre a chegadada primeira leva de imigrantes alemães àsmargens do rio dos Sinos.
  3. 3. Em 1829, a SociedadeColonizadora de Hamburgoadquiriu 8 léguas quadradas deterra, correspondentes ao doteda princesa Dona Francisca, quecasa com o príncipe, fundando acolônia Dona Francisca. Apesardas dificuldades do clima, dosolo e do relevo, a colôniaprosperou, expandindo-se pelosvales e planaltos e dandoorigem, em 1870, à colônia deSão Bento do Sul. O núcleodessa colônia deu origem àcidade de Joinville.
  4. 4. A colônia de Blumenau (atual Blumenau), no vale do rio Itajaí-Açú,fundada, em 1850, por um particular, Dr. Hermann Blumenau, foivendida, dez anos após, ao Governo Imperial.Em 1893, a Sociedade Colonizadora Hanseática fundava o vale doItajaí do Norte, a colônia de Hamônia (hoje Ibirama).No vale do Itajaí-Mirim, a partir de 1860, começaram a chegar asprimeiras levas de imigrantes, principalmente alemães e italianos,que dinamizaram a colônia de Itajaí, posteriormente denominadaBrusque.Os imigrantesalemães, queentraram nasProvíncias deSanta Catarina eRio Grande doSul durante oséculo XIX
  5. 5. Blumenau - Oktoberfest – desfile- um dos pontos altos dafesta
  6. 6. Colonização ItalianaFundação da colôniaNova Itália (atualSão João Batista) em1836, no vale do rioTijucas, comimigrantes da Ilha daSardenha.
  7. 7. "Que coisa entendeis por uma nação, Senhor Ministro?é a massa dos infelizes?Plantamos e ceifamos o trigo, mas nunca provamos pãobranco.Cultivamos a videira, mas não bebemos o vinho.Criamos animais, mas não comemos a carne.Apesar disso, vós nos aconselhais a não abandonarmos anossa pátria?Mas é uma pátria a terra em que não se consegue viver dopróprio trabalho?"(resposta de um italiano a um Ministro de Estado de seu país, apropósito das razões que estavam ditando a emigração emmassa)Esse texto é um pouco do resumo de como os italianosimigravam para o Brasil, colonizar não só Santa Catarina, mastambém RS, SP, etc.
  8. 8. Em decorrência do contrato firmado, em 1874, entre ogoverno imperial brasileiro e Joaquim Caetano PintoJúnior, foram fundadas, a partir de 1875, Rio dos Cedros,Rodeio, Ascurra e Apoiúna, em torno da colônia Blumenau;Porto Franco (atual Botuverá) e Nova Trento, em torno dacolônia Brusque. Em 1877, funda-se a colônia Luís Alvesno vale do rio Itajaí-Açú e implantou-se, no vale do rioTubarão, os núcleos de Azambuja, Pedras Grandes e Trezede Maio: no vale do Urussanga, os núcleos de Urussanga,Acioli de Vasconcelos (atual Cocal) e Criciúma.Um pouco de como disseminou-se os italianos por SantaCatarina.
  9. 9. Quando esses colonizadores estavam chegandoem Blumenau, Itajaí, Brusque, eles trouxeramconsigo também um pouco da cultura deles,como a tecelagem, grande marco da história deBrusque que hoje possui uma famosa fábrica detecidos de Santa Catarina, a fábrica de tecidosCarlos Renaux.
  10. 10. Fábrica de tecidos Carlos Renaux, primeira fábrica de tecidosde Santa Catarina
  11. 11. O agricultor italianodifundiu em SantaCatarina, as culturasagrícolas com as quais jáestavam familiarizados: auva, o arroz, o milho, ofumo. O vinho logocomeçou a ser produzido,pois era um produtomuito apreciado pelositalianos; depois sebuscou a suaindustrialização.
  12. 12. Colonização AçorianaA partir de 1740, por decisão regulamentada pelo ConselhoUltramarino, a Coroa portuguesa estimulou a emigraçãode açorianos para ocupar e colonizar pontos estratégicoscomo a ilha de Santa Catarina e terras próximas docontinente. As ilhas do arquipélago dos Açoresapresentavam excesso de população, o que já haviaocasionado a saída de muita gente. O recrutamento decolonos nessa região foi, portanto, a solução para osaçorianos e também para o governo português queprecisava povoar efetivamente o sul da América.
  13. 13. Essas pessoas não vieram de Portugal e sim de uma ilhaperto de Portugal, a Ilha dos Açores.Os açorianos receberam vantagens. A primeira leva decasais açorianos chegou ao Brasil em 1617 e então ofluxo migratório mantivesse até o século XX.A economia também estava fraca, outro motivo para queviessem para Santa Catarina.Angra do Heroísmo, IlhaTerceira, Açores, vista doMonte Brasil
  14. 14. Arquitetura típica açoriana (Florianópolis - SC)
  15. 15. Localização geográfica dos açores
  16. 16. Monumento aos Açorianos (Porto Alegre - RS)Renda deBilro
  17. 17. As técnicas de pesca, a renda de bilro, as festividades doDivino, o desenvolvimento do engenho de farinha demandioca dentre outros traços, são o espolio deixado peloscolonos vindos das ilhas de Açores e Madeira, quejuntamente com os portugueses e dos escravos negrosafricanos formaram a diversidade étnica-cultural da capitalde Santa Catarina.
  18. 18. Para finalizar esta edição uma foto da lagoa daconceição em Florianópolis.

×