1   Tecnologia a    serviço das    pessoas.
1    “   A diferença entre um produto ótimo e um        bom é que o primeiro personifica uma        ideia que as pessoas co...
1
1
1
1
1
1
1
1    “   Você precisa ir além da usabilidade        para um design ótimo. Ele precisa        ser também desejável.
1    Tecnologia e design estão    mais próximos do que    imaginamos.    Ambos são um conjundo de técnicas,    conheciment...
2   Somos todos    designers.
2    Design = Projeto
2    Fazer que um produto funcione    bem, com otimizado e dentro    dos padrões é essencial, mas    será que apenas isso ...
2    O que o usuário experiência é    o produto final, código é uma    parte dele.
2    EMOÇÃO RESULTANTE     INTERAÇÃO                        VISUAL            PRODUTO                        TECNOLOGIA
2    Quem é você ?    DEV. DE SOFTWARE                       DEV. DE PRODUTO    Pensa apenas na complexidade de        Pen...
2    Utopia ?
3   Como fazer.
3                  PESQUISA                              DEFINIÇÃO                 E DEFINIÇÃO                          DE...
3    PESQUISA E DEFINICÃO          ENTENDER OBJETIVOS DE NEGÓCIO (STAKEHOLDERS)               ENTREVISTAS               WO...
3    PESQUISA E DEFINICÃO          NECESSIDADE DOS USUÁRIOS               ENTREVISTAS               OBSERVAÇÃO            ...
3    PESQUISA E DEFINICÃO              Só construa o set,              depois que todos os              personagens e hist...
3    PESQUISA E DEFINICÃO
3    PESQUISA E DEFINICÃO    Entenda bem sobre contexto de    uso antes de projetar qualquer    solução
3    PESQUISA E DEFINICÃO    “   Um bom design é o aquele que é útil,        consciente, fácil de usar que é capaz        ...
3    DEFINIÇÃO    DE REQUISITOS          NECESSIDADES DE USO DOS USUÁRIOS          PRIORIZAÇÃO POR VALOR DE NEGÓCIO X COMP...
3    “   Não comece pela funcionalidade        que poderia ter, identifique o        que realmente deve ter para        ate...
3    PROTOTIPAGEM         ETAPA DE EXPERIMENTAÇÃO E SOLUÇÃO         MODELO DE INTERAÇÃO         ALINHAMENTO COM RESTRIÇÕES...
3    “   Don’t start with        the constraints
3    Pensamento lateral, não linear
3VOCÊ   POSSÍVEL   PRÁTICO    VIÁVEL      MAIS DO                                         MESMO                           ...
3              BUSINESS     FINAL    DEVELOPMENT          DESIGN
3
3
3
3
3
CONTATO  Ricardo Saavedra.   ARQUITETO DE INFORMAÇÃO / DESIGNER DE INTERAÇÃO                                          t: @...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Como Design de Interação e Arquitetura de Informação no processo de desenvolvimento de produto

1.205 visualizações

Publicada em

Como as disciplinas de Arquitetura de Informação, Design de interação e Usabilidade ajudam no processo de desenvolvimento de produto criando experiências memoráveis e construir uma relação emocional com usuários.

Publicada em: Design
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.205
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
20
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
20
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Como Design de Interação e Arquitetura de Informação no processo de desenvolvimento de produto

  1. 1. 1 Tecnologia a serviço das pessoas.
  2. 2. 1 “ A diferença entre um produto ótimo e um bom é que o primeiro personifica uma ideia que as pessoas conseguem entender e compreender.
  3. 3. 1
  4. 4. 1
  5. 5. 1
  6. 6. 1
  7. 7. 1
  8. 8. 1
  9. 9. 1
  10. 10. 1 “ Você precisa ir além da usabilidade para um design ótimo. Ele precisa ser também desejável.
  11. 11. 1 Tecnologia e design estão mais próximos do que imaginamos. Ambos são um conjundo de técnicas, conhecimento direcionado para resolver problemas.
  12. 12. 2 Somos todos designers.
  13. 13. 2 Design = Projeto
  14. 14. 2 Fazer que um produto funcione bem, com otimizado e dentro dos padrões é essencial, mas será que apenas isso basta ? De quem é a responsabilidade ?
  15. 15. 2 O que o usuário experiência é o produto final, código é uma parte dele.
  16. 16. 2 EMOÇÃO RESULTANTE INTERAÇÃO VISUAL PRODUTO TECNOLOGIA
  17. 17. 2 Quem é você ? DEV. DE SOFTWARE DEV. DE PRODUTO Pensa apenas na complexidade de Pensa na relação implementação x complexidade X valor de negócio Se baseia na sua própria opinião Tenta reproduzir o modelo mental para tomar decisões x dos usuários Se importa apenas com o código e Gosta de participar das decisões não se interessa com o resto x que possam afetar o produto diretamente ou indiretamente
  18. 18. 2 Utopia ?
  19. 19. 3 Como fazer.
  20. 20. 3 PESQUISA DEFINIÇÃO E DEFINIÇÃO DE REQUISITOS ENTENDER SOBRE O RELAÇÃO ENTRE OBJETIVOS DOS NEGÓCIO E QUEM VAI USUÁRIOS, VALOR DE NEGÓCIO E UTILIZAR O PRODUTO COMPLEXIDADE TÉCNICA PRODUTO PROTOTIPAGEM CONSTRUÇÃO E PROPOSTA DE SOLUÇÕES, FLUXOS E MODELO DE IMPLEMENTAÇÃO INTERAÇÃO “WHEN THE DREAM COMES TRUE” VISUAL DESIGN INTERFACE, LOOK AND FEEL
  21. 21. 3 PESQUISA E DEFINICÃO ENTENDER OBJETIVOS DE NEGÓCIO (STAKEHOLDERS) ENTREVISTAS WORKSHOPS ALINHAMENTO DOS OBJETIVOS
  22. 22. 3 PESQUISA E DEFINICÃO NECESSIDADE DOS USUÁRIOS ENTREVISTAS OBSERVAÇÃO PESQUISA QUALITATIVA E QUANTITATIVA PERSONAS E CENÁRIOS
  23. 23. 3 PESQUISA E DEFINICÃO Só construa o set, depois que todos os personagens e histórias estiverem bem definidas
  24. 24. 3 PESQUISA E DEFINICÃO
  25. 25. 3 PESQUISA E DEFINICÃO Entenda bem sobre contexto de uso antes de projetar qualquer solução
  26. 26. 3 PESQUISA E DEFINICÃO “ Um bom design é o aquele que é útil, consciente, fácil de usar que é capaz de criar uma ligação emocional com os usuários.
  27. 27. 3 DEFINIÇÃO DE REQUISITOS NECESSIDADES DE USO DOS USUÁRIOS PRIORIZAÇÃO POR VALOR DE NEGÓCIO X COMPLEXIDADE
  28. 28. 3 “ Não comece pela funcionalidade que poderia ter, identifique o que realmente deve ter para atender às necessidades de uso
  29. 29. 3 PROTOTIPAGEM ETAPA DE EXPERIMENTAÇÃO E SOLUÇÃO MODELO DE INTERAÇÃO ALINHAMENTO COM RESTRIÇÕES TÉCNICAS WIREFRAMES
  30. 30. 3 “ Don’t start with the constraints
  31. 31. 3 Pensamento lateral, não linear
  32. 32. 3VOCÊ POSSÍVEL PRÁTICO VIÁVEL MAIS DO MESMO IDEIA RÍDICULO LÚDICO IMPOSSÍVEL GENIAL
  33. 33. 3 BUSINESS FINAL DEVELOPMENT DESIGN
  34. 34. 3
  35. 35. 3
  36. 36. 3
  37. 37. 3
  38. 38. 3
  39. 39. CONTATO Ricardo Saavedra. ARQUITETO DE INFORMAÇÃO / DESIGNER DE INTERAÇÃO t: @ricardosaavedra e: hi@ricardosaavedra.net w: ricardosaavedra.net

×